Wikipédia:Artigos destacados/arquivo/Ana da Grã-Bretanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anne Stuart.jpg

Ana (Londres, 6 de fevereiro de 1665 – Londres, 1 de agosto de 1714) foi a Rainha da Inglaterra, Escócia e Irlanda de 8 de março de 1702 até 1 de maio de 1707, quando uniu a Inglaterra e a Escócia em um único estado soberano, o Reino da Grã-Bretanha, com o Tratado de União. Ela continuou a reinar como Rainha da Grã-Bretanha e Irlanda até sua morte.

Ana nasceu durante o reinado de seu tio Carlos II, que não tinha herdeiros legítimos. Seu pai, Jaime, era o primeiro na linha de sucessão. Seu catolicismo não era popular e assim Ana foi criada como protestante a mando de Carlos. Jaime foi deposto pela "Revolução Gloriosa" em 1688, três anos depois de assumir o trono. Maria II, irmã mais velha de Ana, tornou-se co-monarca junto com o marido e primo protestante Guilherme III & II. Apesar de as irmãs terem sempre sido próximas, discordâncias sobre as finanças, posição social e conhecidos de Ana no início do reinado de Maria fizeram as duas se distanciarem. Guilherme e Maria não tiveram filhos. Quando Maria morreu em 1694, Guilherme continuou reinando sozinho até ser sucedido por Ana em 1702. (leia mais...)