Wikipédia:Esplanada/geral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
▼ Ir para o fim da página ▼
Boas-vindas à se(c)ção geral da Esplanada!
Esta secção é utilizada para todo tipo de discussões sobre o projeto que não se encaixem em qualquer outra secção, como pedidos, reflexões, debates etc. Veja também as mudanças recentes nas esplanadas.


Sobre edições nas infocaixas de emissoras de rádio e televisão

Estou com um problema de edição no artigo da Rádio Globo Rio de Janeiro (veja o histórico de edições). A questão é a seguinte: usando fontes confiáveis como documentos combratórios da Anatel, deve-se colocar informações sobre a cidade de concessão e a sede da emissora mesmo que ambas sejam a mesma cidade? A reversão de tais edições pode ser considerada como sendo ato de vandalismo? Há algum consenso sobre o assunto? Boas edições! Jimmymsg 18h20min de 4 de novembro de 2017 (UTC)

Vou insistir na pergunta antes de levantar qualquer proposta. Existe alguma regra sobre isso? Eu ainda não encontrei. As práticas estão sendo feitas
por conveniência? Jimmymsg 22h24min de 6 de novembro de 2017 (UTC)
Pergunto também, mais diretamente, aos usuários PauloMSimoes, Felipe da Fonseca, Papa Christus, Tuga1143, Luiz Fernando Silva Pinto, Érico sobre este assunto. Jimmymsg 22h33min de 6 de novembro de 2017 (UTC)
@Jimmy.T.: nunca me interessei muito por este assunto e não conheço nada sobre ele. Vi a sua edição que foi revertida, mas foram vários parâmetros alterados e não entendi bem qual deles especificamente se refere à sua dúvida. Se puder ser um pouco mais específico, talvez eu possa ajudar. A princípio, entende-se que seja válido tudo o que é bem referenciado. PauloMSimoes (discussão) 22h42min de 6 de novembro de 2017 (UTC)
Muito obrigado PauloMSimoes! As únicas alterações são no acréscimo da cidade de concessão e nos endereços das sedes, tudo com fontes. Agora, alguns espaçamentos da infocaixa foram retirados, não sei exatamente o motivo, pois foi involuntário por conta de algum erro já que eu estava editando com o Visual Editor. Jimmymsg 23h20min de 6 de novembro de 2017 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário - Colocar informações sobre a cidade de concessão e a sede da emissora, mesmo que ambas sejam a mesma cidade, não é proibido. Se puder justificar a informação com fontes, muito pelo contrário. Luís Almeida "Tuga1143 22h52min de 6 de novembro de 2017 (UTC)

Muito obrigado Tuga1143! Estou tentando contribuir na edição de alguns artigos de emissoras de rádio, mas o que parece é que tem um grupo que vive revertendo as edições. As únicas alterações que fiz foram o acréscimo da cidade de concessão e os endereços das sedes, tudo com fontes. Em alguns artigos acrescentei as coordenadas do transmissor da rádio. As fontes são da própria Anatel, a agência reguladora do governo, que apresenta em documento todos esses dados. Não via motivos para reversão. Jimmymsg 23h20min de 6 de novembro de 2017 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Não sou a melhor pessoa para comentar isso, entretanto, pelo minha curta experiência e posição pessoal: inserções de informações devem vir acompanhadas de fontes, quanto mais informações, melhor. Portanto, se há fontes, seria melhor inserir todas as informações (cabíveis em artigo enciclopédico). Porém, percebi que todas estão na infocaixa... não seria este um problema estético ou de realce na infocaixa? Desconheço norma a este respeito. Espero ter ajudado, grande abraço, --Fonseca 23h07min de 6 de novembro de 2017 (UTC)

Muito obrigado Felipe da Fonseca! Bem, acho improvável, pois não acrescentei as bandeirinhas nem nada. Não sei se existe alguma regra como a que existe para as infocaixas biográficas neste caso, mas a tendência é de retirá-las. A questão é que muitos desses artigos exibem um verdadeiro "show" de bandeirinhas. Jimmymsg 23h20min de 6 de novembro de 2017 (UTC)

Symbol question.svg Pergunta ao Jimmy. Existe algum caso em que a cidade de concessão seja diferente da cidade sede ? Supondo que não, ou seja que a cidade sede sempre será a cidade de concessão, não vejo tanta importância em citar nos dois campos. No entanto, creio que não seja este o caso, pois por qual razão existiriam os dois campos? Observei que na Predefinição:Info/Emissora de rádio, o campo "sede" é "recomendado" e o campo "cidade" é "opcional". Observei também que as duas fontes que estão no exemplo citado, não estão ativas. (Relatório do Canal em AM ANATEL e Relatório do Canal em FM ANATEL). PauloMSimoes (discussão) 23h41min de 6 de novembro de 2017 (UTC)

Citação: Existe algum caso em que a cidade de concessão seja diferente da cidade sede ? Sim PauloMSimoes. Existem vários casos. Citarei dois casos: 89 FM a Rádio Rock, que tem sua sede na cidade de São Paulo e a concessão em Osasco, SP; Fanática FM, que tem sua sede na cidade do Rio de Janeiro e concessão de São Gonçalo, RJ. Existem vários outros casos pelo Brasil tanto em rádio como em TV. Citação: No entanto, creio que não seja este o caso, pois por qual razão existiriam os dois campos? Observei que na Predefinição:Info/Emissora de rádio, o campo "sede" é "recomendado" e o campo "cidade" é "opcional". Observei também que as duas fontes que estão no exemplo citado, não estão ativas. Se existem os dois campos, entendo eu que não deveria ser opcional, pois sede e cidade de concessão são duas coisas diferentes. No caso dos links, provavelmente eles devem ter tirado do ar visto que algumas documentações iriam ser atualizadas. Muito provável que isto tenha ocorrido nesses dias. Seja como for, tem outras fontes que poderiam ser colocadas lá. Jimmymsg 03h01min de 7 de novembro de 2017 (UTC)
@Jimmy.T.: a dedução lógica então é que o preenchimento do campo "cidade de concessão" é "opcional", pois existem casos em que a "cidade de concessão" é diferente da "cidade sede". Symbol comment vote.svg Sugestão para resolver a pendenga: que esta informação seja adicionada à documentação da Predefinição:Info/Emissora de rádio e também da Predefinição:Info/Emissora de televisão Exemplo:
Não é necessário preencher o campo "cidade de concessão", quando for a mesma da "cidade sede".
PauloMSimoes (discussão) 11h34min de 7 de novembro de 2017 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo com a proposta do PauloMSimoes, afinal a gente evita redundância de informações. EVinentefale comigo 14h46min de 7 de novembro de 2017 (UTC)

Um milhão de artigos?

983 482 (Faltam 16518 artigos!)

Sei que o clima por aqui geralmente é suficiente para gelar o inferno, mas estamos bem próximos de atingir um milhão de artigos. Antigamente o povo apostava na data, escolhia o logo da página principal e outras coisas assim.

Na minha opinião, é uma marca importante para todos nós que ralamos o dia todo aqui e podia ser comemorada não só aqui como também na imprensa em geral (via Wikimedia?) ou algum interessado (Rodrigo Padula?). Em Portugal e nos PALOPs também, se possível....

PS: estamos com 982 066 artigos atualmente e criando aproximadamente 80-100 artigos por dia, o que nos dá aproximadamente uns 220 dias (estimativa por baixo) para nos prepararmos.

Enfim, só um pensamento meu mesmo.

José Luiz disc 02h42min de 7 de novembro de 2017 (UTC)

Estou de olho nesse contador, com modelo de bolo e cupcakes ja preparados, release também ja está no esquema! Vamos tentar agendar entrevistas com alguns dos Wikipedistas que mais criaram artigos aqui no Brasil e em Portugal pra disparar algo bem bacana! Podem contar conosco no que for necessário pra agitar essa Rodrigo Padula(Fale comigo) 02h47min de 7 de novembro de 2017 (UTC)
O capitulo português está se reestruturando, já estamos planejando atividades para 2018 em conjunto, vou botar esse assunto em pauta também, assim fazemos uma comemoração bacana e promovemos um abraço fraternal entre Wikipedistas :-) Rodrigo Padula(Fale comigo) 02h54min de 7 de novembro de 2017 (UTC)
Muito bem lembrado José!!! É uma grande marca e merece festa. Coloquei a {{NUMBEROFARTICLES}} no topo para acompanharmos a evolução e nos inspirarmos com boas ideias como as suas. O Victor Lopes foi o primeiro a me chamar a atenção sobre isso. Lembro que conversamos sobre ajudar os repórteres a entenderem a dinâmica de funcionamento da Wikipédia. Assim eles conseguem entender o destaque do caralho e de outras coisas legais. Ixocactus (discussão) 07h09min de 7 de novembro de 2017 (UTC)
@Jbribeiro1: As apostas já estão correndo em WP:Apostas e a Fundação já está de olho. Então, só falta o concurso de logos… Faça um chamada lá em Wikipédia Discussão:Estúdio gráfico que o pessoal inventa alguma coisa! Quero ver se submeto alguma coisa ainda nessa semana… Att --Usien6 11h57min de 7 de novembro de 2017 (UTC)
Esse 1 milhão que nunca chega. Vitor MazucoMsg 12h38min de 7 de novembro de 2017 (UTC)

Já dá pra começar um concurso de melhor logo. Ishiai (discussão) 11h33min de 14 de novembro de 2017 (UTC)

jbribeiro1, eu sou Symbol oppose vote.svg Contra comemorar. Tem muitos editores dedicados em criar "artigos" robóticos, absolutamente mínimos, no mesmo padrão, só para fazer volume e inchar o número de artigos do projeto. Um deles que posso mencionar era o Japan Football, que criou 1.584 artigos aqui, e teve 1.535 deles apagados até agora (96.9%). A Wikipédia chegar a UM MILHÃO de artigos é uma vergonha, se formos considerar o estado em que os artigos são mantidos. Artigos de uma linha e sem fontes não são nada para se comemorar. Quando vocês decidirem comemorar só os artigos que atendem aos critérios mínimos do projeto, terão meu apoio. Mas até lá, a Wikipédia é motivo de chacota. Duvida que matérias falando sobre a quantidade de artigos do projeto não vão ter entrevistas com especialistas dizendo que não temos qualidade? Podíamos aproveitar a oportunidade para fazer auto-crítica.--Mister Sanderson (discussão) 13h51min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
Autocrítica ? Fazer artigos e depois apagá-los....(pas de commentaires) --João Carvalho deixar mensagem 14h13min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
João Carvalho, eu apaguei meus artigos ruins exatamente por consequência de uma auto-crítica. É melhor reconhecer os erros do quê escondê-los sob o tapete e ser hipócrita, como a Wikipédia é. Vamos comemorar uma grande quantidade de artigos, porquê, se a maioria deles é péssima? É propaganda enganosa. "A soma de todo o conhecimento", "a maior enciclopédia online", "melhor que a Britannica"... Não se deixem enganar! Olha o en:Hubris, que levou Lúcifer a tornar-se Satã... Excesso de orgulho e auto-confiança que impedem que as pessoas detectem seus próprios problemas e possam melhorá-los. A Wikipédia em português é ruim! --Mister Sanderson (discussão) 14h43min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
Quer um exemplo de propaganda enganosa, João Carvalho? Citação: Wikipedia busca status de patrimônio da humanidade (2011) escreveu: «A Wikimedia afirma que a iniciativa deve capturar o espírito democrático da Wikipedia, apesar de todas as aplicações para os patrimônios mundiais precisarem ser patrocinadas por governos.» Espírito democrático? O que seria isto? Vamos consultar uma fonte que não seja a própria Wikipédia, por favor, para não incorrer em reportagem circular... Citação: Columbia Law School - Legal Theory Workshop - 2004 - "The Spirit of Democracy" by Jeffrey Stout of Princeton University escreveu: «What, then, do I mean by the spirit of democracy? The notion that we, the people, are responsible for the condition of our society and that it is therefore up to us to take responsibility for our common life.» Hum, então somos todos responsáveis pela Wikipédia? É essa mentira que a Fundação e o Jimbo falam? Vamos ver... Citação: Wikipedia tem hierarquia semelhante à do século passado, diz pesquisa (2016) escreveu: «[...] apesar de ter o propósito de ser um local de conhecimento descentralizado, a Wikipedia apresenta uma hierarquia social semelhante às do século passado, o que pode levar ao fim do site. [...] De acordo com os resultados, apesar de possui mais de 30 mil editores, as regras são determinadas por uma "pequena elite" de editores, presentes desde a fundação da plataforma. "Começa como um sistema democrático descentralizado, mas com o tempo há a emergência de uma classe de liderança com acesso privilegiado à informação e às redes sociais", explica um dos pesquisadores.» Devemos comemorar a oligarquia (ver w:en:Iron law of oligarchy), a burocracia? Se vocês quiserem fazer banners, e logos, e notas para a imprensa comemorando burocracia e oligarquia, eu apoio. O resto é falsidade e enganação.--Mister Sanderson (discussão) 15h40min de 18 de novembro de 2017 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário É-me absolutamente indiferente que façam essas comemorações, mas na mesma linha do MisterSanderson, venho lembrar que o artigo que ganhou o meio milhão foi um mínimo de uma linha sem fontes, de ortografia deficiente, e que fazia passar uma pequena aldeia de 100 habitantes por "município" argentino. O mínimo foi produzido no contexto de uma correria e histeria geral que tomou conta do projecto à medida que se aproximava o momento crucial dos 500 mil artigos, em meados de Agosto de 2009. Se for para repetir vergonhas destas outra vez, mais vale estarem quietos.-- Darwin Ahoy! 14h14min de 18 de novembro de 2017 (UTC)

DarwIn, aqui a notícia sobre o artigo 5 milhões da anglófona: https://cache.olhardigital.com.br/noticia/wikipedia-ultrapassa-5-milhoes-de-artigos-em-ingles/52657 . Foi w:en:Persoonia terminalis, criado (1/11/2015) na primeira revisão com uma linha e uma fonte. PORÉM, o próprio autor expandiu em seguida, e o artigo passou por 88 edições de vários editores no mesmo dia da criação, até ficar assim no mesmo dia. Um artigo de boa qualidade! Diferente do que ocorreu na lusófona...--Mister Sanderson (discussão) 15h01min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
Concordo que não devemos olhar o número total de artigos mas sim o número de artigos de qualidade. Há um tempo atrás fiz este ranking alternativo após termos uma discussão semelhante a esta, medir tamanho de artigo também não é igual a medir qualidade, mas já é um pouco melhor do que não medir nada e dar a todos artigos o mesmo valor. Nós temos por exemplo mais de 33 mil esboços sobre asteroides, pedras flutuando no espaço que nós não conseguimos ver nem com luneta e que não têm praticamente nenhuma importância para as pessoas, é o equivalente a ter um artigo para cada montanha ou riacho do planeta, na enwiki só pode ter artigo próprio asteroides com alguma importância especial comprovada por fontes, se adotássemos o mesmo aqui e fundíssemos todos não relevantes em listas teríamos dezenas de milhares de artigos a menos, mas a Wikipédia lusófona não seria pior por causa disso. Por outro lado se nós ampliarmos 100 artigos sobre temas relevantes até os destacarmos, a qualidade da Wikipédia será melhor, ainda que o número total de artigos não tiver nenhuma alteração. Danilo.mac(discussão) 17h39min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
Danilo.mac, eu já levei essa discussão de asteroides para a Esplanada. A decisão na época foi levar para os artigos para o Wikidata, mas ficou por isso mesmo até o WikiData estar desenvolvido o bastante. Você se disporia a realizar isto?--Mister Sanderson (discussão) 20h12min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
Caro MisterSanderson não é preciso demonstrar-me que temos montes e montes de artigos mínimos, não referenciados, etc, etc. Todos nós sabemos isso mas, não é apagando tudo que resolve o problema. O problema resolve-se melhorando o existente. Essa melhoria pode ser feita de muitas maneiras como por exemplo, acrescentando informação, acrescentando referências, etc, etc. O apagar artigos porque não estão em condições só cria má vontade e raiva a quem os fez (mesmo que mal feitos) com boa intenção. Existem tags para colocar de falta de refs, de info duvidosa, etc, etc. Nota: Lembre-se também que a wiki não é de papel, ou seja não é uma enciclopédia impressa com limitações de espaço. --João Carvalho deixar mensagem 18h54min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
João Carvalho, esta é a sua opinião, e simplesmente isto. Se você é contra eliminar, bem, eu sou a favor. Se falar mil vezes que acha errado eliminar, vou te falar mil vezes que acho certo. O tópico aqui é para tratar da comemoração de um milhão. Eu sou contra comemorar, e você, é a favor? --Mister Sanderson (discussão) 20h15min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
Sim, sou a favor. Se isso incentiva alguém a fazer artigos, porque seria contra? Se fizerem artigos pequenos, logo alguém poderá acrescentar info. --João Carvalho deixar mensagem 20h20min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
João Carvalho, ah, você está encarando o evento como oportunidade de uma gincana para completar 1 milhão, não tanto a comemoração em si.--Mister Sanderson (discussão) 20h25min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
  • Saí, porque não vale a pena gastar o meu latim. Inté ! Cumprimentos --João Carvalho deixar mensagem 20h27min de 18 de novembro de 2017 (UTC)

Nem tanto ao céu (celebrar como se não houvesse amanhã) e nem tanto à terra (não comemorar nada). Um tempo atrás, eu propus a criação de uma predefinição complementar a {{Wikipédias com mais artigos}} só considerando artigos com mais de 5.000 caracteres (e, supostamente, referenciados minimamente), {{Wikipédias com mais artigos desenvolvidos}}, o que dá uma visão um pouco mais clara de que não estamos tão distantes assim de outras wikis. Sobre ser "motivo de chacota" ou "a wikipédia vai acabar" e afins, eu vou me abster. Ouço isso desde que entrei aqui e o site só faz crescer. O ponto-chave da comemoração, IMHO, é assumir o controle da narrativa (spin), afinal o assunto será notícia, queiramos ou não, afinal está na PP esse "número mágico" e certamente as pessoas vão comentar. Em qualquer empreendimento humano é tão contra-producente um discurso derrotista quanto um ufanista e, nesse ponto, um ponto a comemorar aqui é que é que praticamente não temos robôs criando artigos desde a época do rei-bot enquanto que outras Wikis estão crescendo praticamente com base neles (fora os casos ridículos do cebuano, waray-waray e afins, a wiki dinamarquesa, sueca, polonesa e várias outras usam fortemente a criação robotizada). Enfim, sou fã da auto-crítica, mas não quero derrotismo. Tenho muito orgulho do que faço, ora pois. José Luiz disc 23h15min de 18 de novembro de 2017 (UTC)

Só acrescentando que, nesta altura do campeonato, considero a criação de artigos por bot das coisas mais deprimentes, desumanizadas e sem sentido que se pode fazer aqui. Espero que ninguém se lembre de fazer isso (por outro lado, não vejo qualquer problema quanto a criação supervisionada por semi-bot). E concordo inteiramente com a fusão dos asteroides em listas, esse é claramente um caso em que só se perdeu com a criação dos artigos individuais: Um monte de entulho inútil, e com probabilidade zero de crescimento e melhoria (ou de interesse, sequer).-- Darwin Ahoy! 23h30min de 18 de novembro de 2017 (UTC)
Concordo plenamente em relação à fusão dos artigos de asteróides em listas. Taí uma tarefa que um robô podia fazer. Sobre os artigos robotizados, subscrevo. Sou fã de robôs para muitas coisas, mas não para criar artigos. José Luiz disc 00h10min de 19 de novembro de 2017 (UTC)
Existe diversos exemplos que poderíamos dar sobre artigos mínimos que nem deveriam ser contabilizados. Como fã de O Senhor dos Anéis e das outras obras de Tolkien, eu poderia citar que grande parte desta parcela de mais de um milhão de artigos na anglófona poderia ser atribuída aos diversos artigos sem fontes (muitos x é y) sobre personagens das obras do autor, muitas personagens que só são mencionadas e que nem possuem interferência na história, mas possuem artigos que acaba resultando em uma grande árvore-genealógica de personagens fictícios. Outro caso são os artigos de asteroides citados anteriormente e que concordo que devem ser fundidos em listas.
Minha impressão é: parece que as pessoas levam muito a sério o termo "projeto colaborativo", será que o fato de "criar" o artigo com uma linha parece servir de motivação para outro editor expandir, reconstruir, reestruturar ou até mesmo re-traduzir? Será que as pessoas nunca ouviram falar do ônus da prova antes de editar o projeto? Por fim, penso que estaríamos muito perto do um milhão de artigos se aceitaríamos os artigos mal-traduzidos e muitos sem relevâncias do Rei Arthur 1. Se é para comemorar é questão a parte, e de certo modo, concordo com o José. Edmond Dantès d'un message? 05h03min de 19 de novembro de 2017 (UTC)

Paradise Papers

Alguém aí está criando o artigo do [Paradise Papers]? Achei estranho até agora não haver em português. Brunonar (discussão) 00h01min de 11 de novembro de 2017 (UTC)

As coisas andam meio lentas por aqui. Vou traduzir um esboço. Holy Goo (d . c) 00h45min de 11 de novembro de 2017 (UTC)
Paradise Papers. Traduzi principalmente o que está relacionado ao Brasil. Parei a tradução porque me cansei de corrigir "ventos" para "offshore". Holy Goo (d . c) 01h07min de 11 de novembro de 2017 (UTC)
Goo, você é muito produtivo. Obrigadão! Brunonar (discussão) 01h34min de 11 de novembro de 2017 (UTC)

Mudança do método das candidaturas de EAD e EAB sem consenso estabelecido.

Olá, recentemente esbarrei com o artigo Drakengard e percebi que o mesmo está em processo de EAD/EAB. No entanto, espantei ao ver que o método foi alterado de votação para consenso. Vendo a proposta que resultou na mudança, percebo que o processo de "consenso" foi estabelecido por dois usuários e aprovado mesmo com discordância do usuário Cléééston. O caso é, quatro usuários participaram da "reta final" da proposta, sendo que 3 concordaram e 1 discordou, foi encerrada sem que havia consenso.

Por conta isso, acredito que o encerramento deve ser analisado. Edmond Dantès d'un message? 01h29min de 11 de novembro de 2017 (UTC)

Eu achei que a declaração de consenso em Wikipédia:Esplanada/propostas/Adoção de consenso para escolha dos artigos destacados e bons (19set2017) foi meio precipitada, mas Symbol support vote.svg Apoio que se mantenha o consenso na EAD por um período entre 1 e 6 meses, para testarmos se vai dar certo ou não. O consenso é sempre preferível à votação, mas só vamos saber se vai funcionar se tentarmos.-- Leon saudanha 22h07min de 11 de novembro de 2017 (UTC)

Uma coisa que eu tentei dizer na proposta foi que não adianta mudar o modo de se votar se não mudarmos antes a cultura da votação. Me digam em que esta votação que está indo pelo "sistema antigo" difere desta qui que está com o "sistema novo". Só se mudou a aparência de como o voto é dado, não como ele é realmente dado. No final, é igual. Não se tem um review de todo o artigo, apontando ponto a ponto problemas e sugestões (coisa que ocorreu aqui, por exemplo). E essa mudança de forma de votação só mostra também que temos um problema muito maior que é a falta de participação nas votações. Cléééston (discussão) 18h42min de 12 de novembro de 2017 (UTC)
Eu fui o primeiro a fazer esse argumento lá na proposta. Me responderam por que ele é inválido, e eu repeti essa resposta, no mínimo, cinco vezes lá a pelo menos três usuários diferentes. Eu me recuso a repetir de novo aqui. Fazer esse mesmo argumento aqui apenas mostra que você não leu a discussão da proposta a que se põe como contrário. A discussão que você linkou, pelo sistema atual, deve ser encerrada como inconclusiva, pois nenhum editor cumpriu com o texto proposto que exige a análise para opiniões tanto favoráveis quanto contrárias ao destaque. Se alguém encerrá-la aprovando o destaque, abra uma reclamação formal contra esse encerramento.
Tendo dito isso, eu não vejo onde o processo foi mudado. O texto em Wikipédia:Escolha do artigo em destaque continua o mesmo, e tudo que eu falei acima ao Cléston de nada vale já que não houve nenhum processo formal para alterar o método. Não sei onde o Conde viu que isso foi mudado, mas quem fez a mudança 1. Fez mal e porcamente e 2. Desrespeitou a tentativa de consenso iniciada na proposta, visto que não houve consenso.
Eu estava justamente pensando hoje em abrir uma votação para resolver de uma vez por todas essa questão do consenso/votação em EADs. Vou esperar pra ver o que sai dessa discussão aqui, e, não sendo resolvido coisa alguma, abrirei uma votação. Saturnalia0 (discussão) 19h46min de 12 de novembro de 2017 (UTC)
@Saturnalia0: eu compreendo o argumento do Cléééston, inclusive concordo plenamente com a alegação de que a "cultura da votação" deve-se mudar antes. E fazendo um off-topic, eu já abri alguns tópicos sobre votos de EAD, alguns inclusive terminaram em discussões ríspidas. Eu trabalho com destacamento de artigos há mais de um ano e o que eu percebi nessas votações é que muitos usuários votam superficialmente, não é feito uma análise crítica, eu realmente prefiro que os usuários ajudem a identificar trechos a serem corrigidos do que simplesmente votarem, eu poderia ficar semanas dando exemplos desse fato. Porém, eu concordo com você, não devemos criar ou continuar a discussão anterior, para mim o encerramento de consenso foi precipitado e deve ser revisto. Edmond Dantès d'un message? 23h35min de 12 de novembro de 2017 (UTC)
 ? Creio que não participei da discussão. --Fonseca 23h38min de 12 de novembro de 2017 (UTC)
Mesmo não tendo comentado antes, eu concordo: quando levei o Portal Literatura para destaque, pouco me foi dito oq deveria mudar, quando dito eram dizeres sem conteúdo, a impressão era que havia o desejo de apenas negar o destacamento e não em ajudar a desenvolver o portal. Estou desenvolvendo-o, em todo caso, quando estiver pronto recolocareio-o.--Fonseca 19h31min de 13 de novembro de 2017 (UTC)

off-topic @Felipe da Fonseca: estava com duas janelas abertas, esta e a proposta das páginas que você abriu, devo ter copiado seu nome errado ao invés do Saturnalia0, desculpa o incomodo. Edmond Dantès d'un message? 18h35min de 15 de novembro de 2017 (UTC)

ok--Fonseca 18h41min de 15 de novembro de 2017 (UTC)

Se vocês forem esperar mudarmos a cultura para mudarmos o modelo, não mudaremos nunca nem o modelo e nem a cultura. Consenso só se aprende praticando.-- Leon saudanha 21h13min de 16 de novembro de 2017 (UTC)

É só você olhar qualquer votação atual para destaque, ou anteriores para listas, tópicos e etc para você ver que, nem com incentivo, a cultura muda. Não basta ó falar "votação por consenso" e esperar que tudo fique bom e lindo. Que as coisas funcionem. Olhe o estado das votações para destaque hoje e veja o que estou falando. Cléééston (discussão) 17h17min de 17 de novembro de 2017 (UTC)
Cléééston durante a mudança da Eliminação por votação pra eliminação por consenso, o argumento contrário era exatamente o mesmo. -- Leon saudanha 21h33min de 17 de novembro de 2017 (UTC)
O sistema anterior dava abertura para que houvesse discussões e tudo mais, o problema era que pouquíssimas pessoas se davam o trabalho de fazer isso. O que está acontecendo agora é justamente o que eu tinha falado antes: uma mudança acima de tudo cosmética sobre como o voto é dado (além de uma redução do quórum, algo que aparentemente pouco efeito teve) Cléééston (discussão) 21h46min de 17 de novembro de 2017 (UTC)

O argumento de que "há pouca gente a ler" não serve para decidir entre votação ou consenso. Se é verdade que ninguém lê, então é irrelevante se é votação ou consenso; o que se deve debater nesse caso é se se justifica a própria existência de destacamento de artigos. JMagalhães (discussão) 21h42min de 17 de novembro de 2017 (UTC)

A falta de participação nas votações é um problema muito maior que engloba qualquer tipo de método que usamos para se destacar artigos. E debater se devemos ter artigos destacados não acho que seja a questão. Cléééston (discussão) 21h46min de 17 de novembro de 2017 (UTC)
@JMagalhães: acho que a questão não é essa, o problema ao meu ver foi que diminuímos o número de "votos" / "apoios" para destacar um artigo, ou seja, podemos ter um artigo pessimamente escrito sendo eleito por três usuários "que não lê". Entretanto, existe outros pontos que não foram refletidos sobre a mudanção, mas eu queria discutir o encerramento da proposta que mudou o método. Edmond Dantès d'un message? 00h15min de 18 de novembro de 2017 (UTC)

@Cléééston e Leon saudanha: Perguntei a outro sysop na outra discussão mas não obtive resposta, peço portanto vossa opinião: acharias razoável ... restringir o encerramento das discussões [a sysops] ou acha que sobrecarregaria os atuais/tornaria o processo burocrático demais?. Com isso creio que não há com o que se preocupar com a mudança para consenso, seguiria as linhas das PEs onde assim funciona. Saturnalia0 (discussão) 21h59min de 17 de novembro de 2017 (UTC)

Saturnalia0 de modo algum. Sysops fecham PEs porque só eles tem acesso a ferramenta de eliminação. Além disso, as PEs tem um guia de encerramento, de forma que não fosse pela necessidade da ferramenta de eliminação, qualquer autorrevisor poderia fecha-las. Desse modo, apoio a manutenção das regras atuais de encerramento.-- Leon saudanha 22h07min de 17 de novembro de 2017 (UTC)
@Saturnalia0: restringir aos sysops seria inútil, pois muitos administradores nunca contribuíram com destacamento de artigos, ou se contribuíram, muito pouco (sem desprezar as contribuições), ou seja, destacar artigos não tem relações com o estatuto de, e se realizar tal feito, perderíamos o usuário que talvez seja o mais ativo no encerramento de EADs, o Leandro Drudo. Edmond Dantès d'un message? 00h15min de 18 de novembro de 2017 (UTC)

Estaremos no Festival de Publicidade de Cannes

Vejam, um publicitário brasileiro criou esse vídeo a respeito da Wikipédia, e disse que pretende concorrer com ele no Festival de Publicidade de Cannes. Quem tiver acesso ao OTRS, pode ver o ticket enviado pelo publicitário aqui.-- Leon saudanha 22h43min de 11 de novembro de 2017 (UTC)

Ameaça legal

Apenas trazendo para o conhecimento da comunidade a seguinte ameaça legal feita contra mim e à comunidade. Holy Goo (d . c) 19h38min de 17 de novembro de 2017 (UTC)

Simplesmente reverta a edição e, se foi isso que originou a ameaça, eu diria que é seguro ignorar. Saturnalia0 (discussão) 21h55min de 17 de novembro de 2017 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Simplesmente ignore. Este lance de processar a Wikipédia e terceiros eu já vejo por aqui, praticamente, todo o ano. Tudo não passa de uma ameaça pra amedrontar o projeto. Olha, sinceramente, pode acreditar: isso não dá em nada! WikiFer msg 22h52min de 17 de novembro de 2017 (UTC)

Eu sei que não dá em nada, mas acho bom avisar quando esse tipo de ameaça acontece. Tem louco pra tudo no mundo. Holy Goo (d . c) 22h57min de 17 de novembro de 2017 (UTC)
@Holy Goo: Sim, inclusive, agradeço por ter avisado à comunidade sobre esta ameaça. WikiFer msg 23h16min de 17 de novembro de 2017 (UTC)

Holy Goo aqui não é a página de pedidos aos bloqueios, mas já que tocou no assunto, acho que você poderia reformular o seu texto de modo a ser menos agressivo ao biografado. Sobre o termo ameaça legal, proponho {{renomear}} para Wikipédia:Não proferir ameaças judiciais, pois em Português essa tradução "ameaças legais" não faz sentido. Não se ameaça com a lei, ameaça de ir ao Poder Judiciário. -- Leon saudanha 13h48min de 18 de novembro de 2017 (UTC)

Força-tarefa de adequação de mesorregiões e microrregiões do Brasil

Olá editores. Não sei se vocês sabem, mas o IBGE dividia o Brasil assim: País > Região > Estado > Mesorregião > Microrregião > Município > Bairro, conforme ilustração abaixo.

Conseguiram entender como funcionava a divisão do Brasil segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)? E eu digo funcionava, pois não é mais assim que funciona, o IBGE mudou neste ano como ele faz as divisões, como podem ver em Wikipédia:Esplanada/anúncios#Novas subdivisões geográficas segundo o IBGE (tópico do PauloMSimoes. Mas aí já é outro assunto.

Problema:

Quando fui consultar o artigo Mesorregião da Zona da Mata alguns dias atrás, ele estava assim. Como podem ver, ele não menciona quais são os municípios abrangidos pela mesorregião. Ao invés disto, apenas listava os nomes das microrregiões, e eu teria de abrir 7 artigos para descobrir os municípios abrangidos. Como eu acho que essas mesorregiões devem conter as listas de municípios, editei o artigo e incluí esta informação. Consequentemente, os artigos das microrregiões ficaram redundantes, e eu redirecionei para o artigo da mesorregião em si.

Então, minha vontade era de fundir todos os artigos de microrregiões nos artigos das mesorregiões. Eu poderia simplesmente etiquetar todos os artigos de microrregiões e levar, mesorregião-por-mesorregião, para a Central de Fusões. Show de bola, né? Só que não. Os artigos das microrregiões nem sempre estão fundíveis. Quando eu editei o artigo da Zona da Mata, tive que procurar fontes da internet e re-fazer a listagem de municípios. Existem muitas fontes desencontradas, devido ao ano da informação que tiveram por base (municípios são criados, extintos, ou mudam de micro e mesorregião). Seria preciso escrever tendo por base uma única fonte, mas eu não achei a fonte correspondente no IBGE. Achei esta, que se baseou numa publicação antiga do IBGE: RESOLUÇÃO CEE-PSDB-MG nº 001/2017. Essa fonte tem um anexo de mais de 20 páginas, "LISTA DE CIDADES QUE COMPÕEM CADA UMA DAS 12 MESORREGIÕES SUPRACITADAS". Essa é uma fonte boa que encontrei, para ser usada na referenciação de todos os artigos de mesorregiões de Minas Gerais. Para outros estados, seria preciso buscar outras fontes.

Então, é melhor ignorar os artigos das microrregiões, editar as mesorregiões, e depois só redirecionar as microrregiões para as mesorregiões. Ora, isso não é assunto para a Central de Fusões. E, como é algo que abrange todos os estados do país, vai requerer a edição de um número bastante significativo de artigos. Então trago para a Esplanada.

Proposta: dado que os artigos das microrregiões estão ruins e não podem sempre ser fundidos nas mesorregiões; dado que os artigos das mesorregiões estão ruins por não incluírem as listas de municípios que as compõem; dado que são muitos artigos para que eu pudesse resolver sozinho; PROPONHO a criação de uma força-tarefa de adequação de todos os artigos de mesorregiões do Brasil, a ser formada por voluntários que se apresentem nesta página aqui criada. A ideia é que no fim não sobre quase nenhum artigo de microrregião mais (sejam redirecionados), pois acabarão ficando redundantes, caso não estejam desenvolvidos com nada além da lista de municípios (provavelmente não estão).

Então, quem estiver afim de trabalhar nisto, apresente-se aí!

--Mister Sanderson (discussão) 19h27min de 20 de novembro de 2017 (UTC)

O texto introdutório de todos esses verbetes de meso e microrregiões, não deveria estar no pretérito? Por exemplo "A Zona da Mata Mineira foi uma das doze mesorregiões...".
Esta mesorregião foi extinta (assim como todas as demais), sendo criada a Região Geográfica Intermediária "3106 - Juiz de Fora", com 146 municípios (O recorte das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias de 2017 IBGE, página 27). No mais, acho que a nossa sinergia deve priorizar a construção dos artigos das novas divisões administrativas. As extintas pode-se ver depois. PauloMSimoes (discussão) 21h29min de 20 de novembro de 2017 (UTC)
PauloMSimoes, eu sei é que, desde a criação das meso e microrregiões até a extinção delas, os artigos estiveram inadequados. Passou muito da hora de corrigi-los. Se alguém estiver disposto a corrigir, seria bom!--Mister Sanderson (discussão) 22h13min de 20 de novembro de 2017 (UTC)