Wikipédia:Esplanada/geral/Ascom MEC solicita exclusão do verbete de Abraham Weintraub (1jul2019)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


O texto seguinte foi movido de: Wikipédia:Esplanada/anúncios

Recebi uma mensagem em meu email pessoal onde, aparentemente, a Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação do Brasil solicita a exclusão do verbete Abraham Weintraub por conter "informações não confirmadas", que "contribuem para interpretações dúbias". A nota veio do endereço acsgabinete@mec.gov.br. Segue a íntegra do texto:

Olá, tudo bem?

A Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação do Brasil, tomando conhecimento da criação desta página no dia 8 de abril de 2019 e a da impossibilidade de edição por este órgão governamental, solicita a exclusão da página do ministro Abraham Weintraub.

A página contém informações não confirmadas com a pessoa pública ora em destaque, contribuindo para interpretações dúbias. Com a restrição, a pessoa física/jurídica fica incapacitada de declarar a ampla defesa e o contraditório.

Este departamento aguarda retorno do usuário em breve.

Atenciosamente, Assessoria de Comunicação Ministério da Educação Governo Federal

Brasil

Caberia alguma resposta formal da comunidade quanto à solicitação do MEC? Chronus (discussão) 04h18min de 1 de julho de 2019 (UTC)

Pra mim só existe uma, devolvida por vc mesmo, já que quem recebeu o e-mail foi vc: poderia informar de que "informações não confirmadas" que poderiam levar a "interpretações dúbias" fala?. Só a partir daí se pode ter alguma ideia do que se trata. O resto é achismo aqui do grupo, e achar pelos outros, o que não se sabe, é sempre um grande erro. Sds. MachoCarioca oi 13h56min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Provavelmente seja por causa da seção "polêmicas", porque o resto está "tudo bonitinho". Penso que a resposta é que eles devem tentar remover os artigos do UOL e Globo, que referenciam a seção "polêmicas". Apenas repassamos as informações das fontes.--PauloMSimoes (discussão) 04h59min de 1 de julho de 2019 (UTC)
Responda que ninguém na Wikipédia tem o poder pessoal de simplesmente eliminar um artigo unilateralmente, e que a comunidade apenas elimina artigos nos termos da WP:PDE (recomendo "linkar" esta página). Que a Wikipédia não inventa informações, apenas reproduz fontes exteriores (recomendo "linkar" WP:FF). Leefeniaures audiendi audiat 05h15min de 1 de julho de 2019 (UTC)
Chronus e PauloMSimoes, acredito que a conduta mais razoável seria primeiramente perguntar à ASCOM quais são as informações não-confirmadas a que eles se referem, pois as informações podem ser disputadas, mas a eliminação do artigo é improvável, dado se tratar de personalidade importante que certamente deve ser abordada numa enciclopédia.
Também, convém esclarecer que, diferente do que a ASCOM afirmou, pessoas físicas podem sim editar o artigo, apenas pessoas jurídicas é que não são aceitas na Wikipédia. Eles (pessoa jurídica) provavelmente tentaram criar uma conta para editar o artigo antes, e acabaram banidos devido ao nome impróprio do usuário (isto é, por serem pessoa jurídica).
Por fim, linkar esta discussão aqui corrente pode ajudar a esclarecer a eles como as coisas por aqui funcionam.--Mister Sanderson (discussão) 13h38min de 1 de julho de 2019 (UTC)

A estrutura de biografias não deveria conter uma secção controvérsias (estas deveriam ser desencorajadas como as secções de curiosidades), que acabam por ter um peso indevido nos artigos. Ao invés o foco deveria ser uma divisão cronológica. Resolveria 90% destes casos. GoEThe (discussão) 06h26min de 1 de julho de 2019 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, de forma geral. Ademais, a parte que compara as posições do biografado com a dos pais dele me parece demasiadamente opinativa, ainda que esteja apenas reproduzindo uma opinião alheia. Leefeniaures audiendi audiat 06h31min de 1 de julho de 2019 (UTC)
Se os fatos forem relevantes, estiverem bem referenciados e sem características de WP:PESO indevido, não vejo problema. O que falta é uma diretriz a seguir para editar essa seção. Não se pode é colocar tudo que é assunto em "Controvérsias", como está a ocorrer com Governo Jair Bolsonaro, em que o caso de um sargento da FAB envolvido com tráfico internacional de cocaína virou "controvérsia" no verbete. Discuti isso na PD do artigo e espero que editores conscientes removam aquilo. Aquela inclusão é extremamente séria, pois liga o governo Bolsonaro ao fato. Que se saiba, até o momento não há suspeita de envolvimento de ninguém ligado ao governo. Queria ver se o planalto viesse aqui solicitar a remoção daquilo do texto, se aqueles que estão lá defendendo a manutenção "teriam peito" para contestar.--PauloMSimoes (discussão) 06h47min de 1 de julho de 2019 (UTC)
@GoEThe: Seções sobre "controvérsias" são válidas desde que tenham relevância enciclopédica, estejam referenciadas por fontes confiáveis/independentes e sem características de WP:PESO/WP:POV, como bem pontuou o PauloMSimoes. Se cumpridos os requisitos supracitados, não há base para a remoção de conteúdo. Chronus (discussão) 07h59min de 1 de julho de 2019 (UTC)
Chronus, também acho que a informação não deve ser eliminada, mas antes reorganizada. Uma secção polémicas ou controvérsias é uma coisa, ter informação sobre polémicas e controvérsias numa biografia bem estruturada é outra. GoEThe (discussão) 09h04min de 1 de julho de 2019 (UTC)
Eu creio que deva ser feita uma análise mesmo dessa questão sobre a seção controversias pra evitar que se coloque tudo. Eu acho ruim que a seção tenha tantos fatos que fique maior que o artigo (veja-se o caso do artigo do Sergio Moro. No próprio artigo do Bolsonaro temos o caso Queiroz que nem tem relação com o governo em si, mas está lá). Não acho que o governo vai perder tempo precioso por questão do sargento, pois com alterações realizadas, está mais do que claro no artigo o que teria supostamente (pois em investigação) acontecido e onde. Há diferença entre avião principal e avião de apoio. Por outro lado, mesmo acreditando que essas seções não devam ter tanto conteúdo a ponto de superar a soma das demais seções, existem casos de pessoas que estão tão em evidência que fica difícil não ter constantes informações sobre a pessoa.FábioJr de Souza msg 11h44min de 1 de julho de 2019 (UTC)
Lembrando que embora um perfil do MEC não possa editar, ele pode comentar e mostrar seus argumentos estruturados e ser levado em consideração na aba de Discussão da página. Paladinum2 (discussão) 19h17min de 3 de julho de 2019 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário @Chronus: na minha visão o biografado é notório e a eliminação não deve ser cogitada ou pelo menos não deveria, sendo que as passagens polêmicas deveriam ser discutidas; contudo, conhecendo a comunidade... provavelmente não haveria consenso.

Sobre a resposta, o Leefeni foi categórico e preciso. Eu recomendaria a indicação de que a Wikipédia somente reproduz informações oriundas de terceiros, além da maior parte dos usuários serem voluntários que não possuem poder de efetuar eliminação unilateralmente sem que esteja respaldada pela política de eliminação estabelecida. Com isso, o correto é orientá-los a procurar algum membro da fundação Wikimedia. Em outras palavras, estamos aquém deste tópico já que não podemos fazer muita coisa a respeito dele.

Caso não queira envolver no caso, poderá solicitar a um steward, repassando a informação para ele que, por sua vez, provavelmente passará para algum membro da fundação. Depois disso, deixam que eles dialogam e o que for decidido será aplicado sem que os voluntários se envolvam. Edmond Dantès d'un message? 08h05min de 1 de julho de 2019 (UTC)

@Conde Edmond Dantès: O biografado é obviamente notório, afinal é o atual líder do Ministério da Educação do Brasil. Ademais, não há como suprimir conteúdo sem saber quais "informações não confirmadas" são essas e sem a apresentação de motivos mais concretos. Mas enfim, eu não pretendo responder. Este tipo de comunicação deve ser feita entre instituições, seja através da fundação Wikimedia ou da comunidade lusófona em conjunto. Minha única edição neste artigo, aliás, foi a proteção que apliquei no dia 2 de junho em resposta ao pedido feito pelo Fabiojrsouza. Chronus (discussão) 08h41min de 1 de julho de 2019 (UTC)

Olá a todos, vejo esta como uma tentativa de censura e falta de compreensão por parte da equipe do ministério sobre o que é a Wikipédia, suas dinâmicas e objetivos. Além de tudo, há posicionamento claro do STF quanto a biografias não autorizadas. Um verbete na Wikipédia sobre uma pessoa, nada mais é do que um texto bibliográfico não autorizado. Segundo interpretação abaixo, do plenário do STF, temos permissão para a publicação de textos biográficos, mesmo sem consentimento, qualquer tentativa de nos tolher esse direito é censura e creio que devemos lutar contra isso, claro, da forma mais madura e amigável possível.

Por unanimidade, o Plenário do Supremo Tribunal Federal julgou procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) 4815 e declarou inexigível a autorização prévia para a publicação de biografias. Seguindo o voto da relatora, ministra Cármen Lúcia, a decisão dá interpretação conforme a Constituição da República aos artigos 20 e 21 do Código Civil, em consonância com os direitos fundamentais à liberdade de expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença de pessoa biografada, relativamente a obras biográficas literárias ou audiovisuais (ou de seus familiares, em caso de pessoas falecidas)(STF, 2015). [1]

No meu ponto de vista devemos manter o verbete, melhorar o que for possível, mantendo só as informações bem referenciadas e relevantes para o texto enciclopédico. Rodrigo Padula(Fale comigo) 08h37min de 1 de julho de 2019 (UTC)

  • Symbol support vote.svg Concordo com o GoEThe. Seções de controvérsias em biografias dão peso indevido a elas e precisam estar em artigo separado com chamada em destaque no artigo principal. José Luiz disc 12h28min de 1 de julho de 2019 (UTC)
Mas o GoEThe não disse isso. Ele defendeu que as informações contidas em seções controvérsias sejam redistribuídas ao longo do texto do próprio artigo, não eliminadas ou transferidas para um artigo secundário (apesar disto ser necessário às vezes). Chronus (discussão) 18h57min de 1 de julho de 2019 (UTC)
@Jbribeiro1: Movi o conteúdo da seção "controvérsias", a qual foi excluída. Se não tem uma seção para "elogios", também não deve ter para "controvérsias", via de regra, salvo em casos notórios como ditadores sanguinários. Érico (disc.) 22h01min de 3 de julho de 2019 (UTC)
A questão é que praticamente todos os politicos que tem biografia aqui tem essa seção controvérsias. Ou se tira de todos ou de nenhum, não tem sentido editorial nenhuma retirar a seção deste verbete. Além do que, sobre este ministro até agora o que mais existe é controvérsia. MachoCarioca oi 13h52min de 4 de julho de 2019 (UTC)
Eu removo a seção "controvérsias" sempre que posso. Assim, só porque vários artigos contém essa seção não significa que está correto. Érico (disc.) 15h01min de 4 de julho de 2019 (UTC)
Sim, nem significa que está incorreto, já q existem neles faz tempo. Nunca vi alguma discussão ou definição sobre a correção ou incorreção disso por aqui, simplesmente foram criadas e existem. Me parece um caso de debate geral sobre a seção em si para todos, antes de qualquer coisa. Não costumo editar verbetes de politica como sabe, mas creio q foi criada por ser a maneira de incluir essas coisas tendo alguma divisão de temas no verbete.MachoCarioca oi 15h12min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Com relação ao solicitado na mensagem, se quiser responder, evite referir como se estivesse apontando opinião própria. Prefira citar as regras da Wikipédia. Sendo o biografado notório e havendo informação comprovada por fontes, as regras da Wikipédia permitem a permanência do artigo e não faz parte do procedimento da comunidade eliminar a pedido do biografado ou seu representante. Importante referir que administradores apenas seguem as regras da comunidade e não podem apagar artigos a pedido. Pode ser válido orientá-los a informar na discussão do artigo qual trecho em que existe um possível problema. Em vez de eliminar, o recomendado pelas regras da Wikipédia é corrigir qualquer informação falsa ou parcial.
Se houver qualquer citação a processo legal, recomendo finalizar a conversa e encaminhar o caso para o Legal Team da fundação. Em todo caso, podemos nos abster de tomar qualquer providência em caso de receio ou ameaça judicial. Se quiser ajuda pra elaborar a mensagem, pode entrar em contato comigo. Sobre o conteúdo, concordo com o Goethe e Paulo.—Teles«fale comigo» 16h44min de 1 de julho de 2019 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Minha sugestão é que, ao invés de dar uma resposta conclusiva, responder ao email de outro modo: "Informo que o assunto está em debate na página x (linkar aqui) e os Srs. estão convidados a participar. A decisão será tomada na mesma página. XYZ (voluntário da Wikipédia)". Essa resposta pode ser dada pelo Chronus ou, caso ele não queira, qualquer um de nós. Millbug fala 19h45min de 1 de julho de 2019 (UTC)

Não há o que debater. A wikipedia apenas reproduz fatos de outras fontes e a mensagem é extremamente vaga, não esclarece que "interpretações dúbias' são essas. MachoCarioca oi 13h52min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário A sua resposta, ou de qualquer editor nesses casos é de "isenção de responsabilidade", a gente sabe bem que não cabe a um só editor a decisão de excluir ou manter páginas. Pediria para que esta pessoa (o assessor que deve ter assinado) publicamente expor sua queixa na página apropriada (Fale conosco ou PD que seja) porque dai outros editores opinam e também tentam resolver. Pedir em particular indica que não entende as regras do projeto. Acredito que seja assessor de imprensa dele, não do órgão... enfim, pode ser o e-mail até do vaticano, ele não pode cobrar ação de um editor sendo que as ações são tomadas pela comunidade. ― Diana m 20h40min de 1 de julho de 2019 (UTC)

Citação: Dianakc escreveu: «publicamente expor sua queixa na página apropriada (Fale conosco ou PD que seja)» Porquê não usar a própria página de discussão do artigo, que é o local mais apropriado para isto?--Mister Sanderson (discussão) 19h29min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Talvez fosse o caso de deixar as controvérsias na seção de Controvérsias da página do Governo, linkando apenas a página da biografia à do Governo. Paladinum2 (discussão) 19h01min de 3 de julho de 2019 (UTC)

Estou observando o debate, acredito o Ministério da Educação deve nos dar mais informações sobre o que eles acreditam ser "interpretações dúbias", e por fim, o caso deve ser destacado na página do ministro. DanielClemente (discussão) 15h46min de 4 de julho de 2019 (UTC)DanielClemente


Quais seriam as interpretações dúbias? Provavelmente devem estar se referindo ao caso dos 30%, do nepotismo ou no caso de interditar o pai. Mas todos esses casos possuem uma boa fonte. De qualquer forma precisamos é defender o direito do verbete permanecer na Wikipédia, já que, a notoriedade do Ministro existe. Sergiotucano (discussão) 18h49min de 4 de julho de 2019 (UTC)


Sobre a seção "controvérsias" ou "polêmicas", sou favorável à manutenção nos artigos, desde que amparadas por fontes fiáveis e redigidas sem se fazer julgamentos. Se retirarem todas as polêmicas das biografias, a Wikipédia virará um site "chapa branca", distante da realidade. Se algum biografado apontar que as informações são incorretas, que aponte fontes fiáveis que rebatam e complementem aquelas informações (Exemplo: "fulano foi acusado de roubo[1], mas tal site comprovou que as acusações não eram verdadeiras[2]). Robertogilnei (discussão) 19h15min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Robertogilnei, porquê apontar as controvérsias do ministro fora da seção que descreve o período dele como ministro? Haverá uma seção "elogios e concordâncias" para contra-balancear a seção "críticas e controvérsias"?--Mister Sanderson (discussão) 19h28min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Repercussão na mídia[editar código-fonte]

Parece que nosso colega Chronus agora é uma celebridade, espero que não se esqueça de seus amigos comuns! 😂 Agora falando sério, é bom que este caso já esteja sendo coberto pela imprensa tão cedo quanto começou. Leefeniaures audiendi audiat 19h59min de 3 de julho de 2019 (UTC)

Incluí a notícia no artigo por revelar um comportamento antidemocrático. Érico (disc.) 21h55min de 3 de julho de 2019 (UTC)
Boa.Acho que não esperavam por essa. MachoCarioca oi 13h46min de 4 de julho de 2019 (UTC)
Concordo com a proteção, a probabilidade da página virar alvo de vandalismo aumentou com a reportagem. Edmond Dantès d'un message? 15h35min de 4 de julho de 2019 (UTC)
Saiu no Estadão. [1] O MEC não diz quais seriam as "interpretaçõpes dúbias". MachoCarioca oi 13h44min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Outros veículos da imprensa também noticiaram esta discussão:

Me parece ser o caso de uma resposta comunitária, que use esse verdadeiro Efeito Streisand até para explicar melhor nossas políticas e como o site funciona. Francamente, outras pessoas na internet estão defendendo mais nossa autonomia e liberdade do que os próprios utilizadores da Wikipédia! Friso que não se trata de uma disputa ideológica, até porque nos últimos anos fomos alvos de ataques por todo o lado, mas de uma reafirmação de nossos valores. Na Turquia, o acesso à Wikipédia foi bloqueado por motivos bem parecidos (ver notícia): "a informação é falsa porque estou dizendo que é, e então o artigo deve ser excluído." Espero que não cheguemos a este ponto, mas também estamos deixando a desejar. Érico (disc.) 18h41min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Fiz algumas contribuições junto ao Tecnoblog e tb outros contatos de imprensa. Mais do que editores, somos libertários. Contribuímos com um projeto que luta diariamente contra censura, bloqueios e todos os tipos de restrições ao livre pensar/compartilhar. Acredito que enquanto editores/administradores deste projeto, devemos ter uma posição mais dura e enérgica quando isso acontece, pois, casos como este podem alimentar outros e gerar uma onda negativa. Tempos que aproveitar todo espaço na mídia para falar sobre a wikipédia, suas regras e as licenças creative commons adotadas aqui. Não falo, nem tento falar em nome de ninguém, mas sempre que possível, tento me posicionar como militante dessa causa. Acho muito importante todos vestirem essa camisa de militância em prol do conhecimento aberto para combater exageros e erros, seja de quem for ou de qual governo for, independente de posicionamento político e ideológico. Rodrigo Padula(Fale comigo) 18h56min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Aliás, também deveríamos esclarecer matérias como esta, do Terra, pois nenhuma informação controversa foi removida após a reclamação do ministro: o conteúdo apenas foi distribuído entre as outras seções existentes, em respeito a WP:BPV. Érico (disc.) 19h02min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Érico, usar a seção de comentários da matéria lhe parece insuficiente?--Mister Sanderson (discussão) 19h25min de 4 de julho de 2019 (UTC)
@MisterSanderson: Penso que não, pois casos de repercussão como este devem ser tratados pela comunidade como um todo. Se não nos unimos nem para defender o motivo de nossa existência, a Wikipédia em Português pode de fato estar fadada ao fracasso. Érico (disc.) 20h20min de 4 de julho de 2019 (UTC)
Reportagens costumam ser repassadas por outros meios com a permissão do detentor dos direitos autorais. Conforme isso, comentar numa página pode ser produtivo, mas existe a probabilidade de haver outras com o mesmo conteúdo. Também considero válido e pertinente a posição do Érico, responder por si mesmo é fácil e estariamos a ser contraditorios em algus pontos. Edmond Dantès d'un message? 03h05min de 5 de julho de 2019 (UTC)

Proposta de comunicado[editar código-fonte]

Está havendo na internet uma grande confusão sobre a forma como a Wikipédia funciona. Não que isso seja inédito, mas penso que devemos tentar esclarecer essas questões. Assim, proponho a divulgação do seguinte comunicado:

Em junho de 2019, recebemos da Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação do Brasil solicitação para que o artigo do ministro Abraham Weintraub na Wikipédia fosse excluído. A justificativa afirmava a existência de "informações dúbias", não especificando quais.

Nos últimos dias, diversos veículos da mídia divulgaram este pedido, motivo pelo qual esclarecemos:

  • A Wikipédia não é uma rede social em que os biografados decidem sobre a permanência ou não de seus artigos. Todas as biografias devem cumprir com nossos critérios de notoriedade, bem como outras premissas como a verificabilidade e imparcialidade do conteúdo, reproduzindo nos verbetes o que é publicado por fontes reputadas e notórias. O Ministro Weintraub certamente possui relevância enciclopédica suficiente e nenhum editor ou administrador pode apagar seu artigo por iniciativa própria sem passar pelo crivo da comunidade;
  • De forma rotineira, nossos voluntários recebem alertas sobre problemas em nossos artigos e buscam corrigir inconsistências ou eliminar informações falsas. No caso do ministro, não houve, por parte de sua assessoria, nenhuma indicação de qual trecho seria "dúbio" ou "problemático", o que impossibilitou ações efetivas de nossa parte. Ademais, alguns textos da imprensa indicaram incorretamente que a seção "controvérsias" foi removida a pedido do biografado, enquanto que a realidade é que o conteúdo foi redistribuído para as seções pertinentes;
  • Por fim, esclarecemos que, embora a princípio nossos artigos podem ser editados por todos, isto não significa que haja salvo-conduto para todo tipo de modificação, pois há diversas regras a serem observadas. O artigo do Ministro Weintraub, por exemplo, foi protegido em 2 de junho de 2019 por estar sendo alvo de reiteradas edições problemáticas, o que revela nossa preocupação com a qualidade das informações publicadas.

Editores da Wikipédia em Português

Aguardo opiniões. Érico (disc.) 21h34min de 4 de julho de 2019 (UTC)

10-skylt, Swedish roadsign.svg Perfeito Onde seria publicado? É possível publicar na mídia, como resposta às matérias divulgadas?--PauloMSimoes (discussão) 21h40min de 4 de julho de 2019 (UTC)

Sim, essa é a ideia: no topo dessa página e na mídia. Pelo menos entrar em contato com todos os veículos que noticiaram o pedido do MEC. Érico (disc.) 21h41min de 4 de julho de 2019 (UTC)
Sei que está subentendido, mas não seria bom deixar claro que reproduzimos em nossos artigos o que é publicado em fontes reputadas e notórias?--PauloMSimoes (discussão) 21h43min de 4 de julho de 2019 (UTC)
Como? Por favor, sinta-se livre para fazer qualquer modificação que desejar, diretamente no texto. Érico (disc.) 21h47min de 4 de julho de 2019 (UTC)
  • Subscrevo. Imagino que seria importante que o maior número possível de admnistradores e editores subscrevam o texto, até para lhe dar força. José Luiz disc 21h47min de 4 de julho de 2019 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Subscrevo. Fiz alguns pequenos ajustes, como retirar o termo "vandalismo" em favor de "edições problemáticas", porque penso que "vandalismo" seja parte de nossa própria linguagem particular. Leefeniaures audiendi audiat 22h13min de 4 de julho de 2019 (UTC)

@Érico: No primeiro ponto não me parece que esteja bem esclarecida a forma como a Wikipédia funciona. Muita gente no exterior continua com a ideia que somos produtores de conteúdo original de forma convencional. Sugiro que o início seja qualquer coisa como "A Wikipédia apenas reproduz informações que tenham sido anteriormente publicadas por múltiplas fontes fidedignas, como jornais de circulação nacional ou livros publicados por autores ou editoras reputadas." JMagalhães (discussão) 02h20min de 5 de julho de 2019 (UTC)

@JMagalhães: Mantendo o restante? No caso, "A Wikipédia apenas reproduz informações que tenham sido anteriormente publicadas por múltiplas fontes fidedignas, como jornais de circulação nacional ou livros publicados por autores ou editoras reputadas. O site não é uma rede social em que os biografados decidem sobre a permanência ou não de seus artigos. Todas as biografias devem cumprir com nossos critérios de notoriedade, bem como outras premissas como a verificabilidade e imparcialidade. O Ministro Weintraub certamente possui relevância enciclopédica suficiente e nenhum editor ou administrador pode apagar seu artigo por iniciativa própria sem passar pelo crivo da comunidade". Isso? Acho importante manter a questão de que não são os biografados que escolhem "sair" da Wikipédia, como difundido por vários sites. Érico (disc.) 02h25min de 5 de julho de 2019 (UTC)

@Érico: já responderam a solicitação do MEC? Acho válido formular uma resposta ao solicitante antes de responder aos meios de comunicação. Caso sim, desconsidere este comentário. Edmond Dantès d'un message? 03h05min de 5 de julho de 2019 (UTC)

@Conde Edmond Dantès: Não foi respondida, por conta do item 2 do comunicado que propus. Eles não especificaram os problemas que viam no artigo. Érico (disc.) 03h17min de 5 de julho de 2019 (UTC)
@Érico: realmente o conteúdo do e-mail enviado não contribui para que os editores possam debater sobre as informações questionáveis (ou dúbias, como foi utilizada); contudo, não considero correto responder aos meios de comunicação, que fizeram uma reportagem da situação sem que antes houvesse uma resposta ao MEC. Porém, somente estou me manifestando nesta conversa, não pretendo interferir num cenário mais amplo. E somente este ponto que questiono já que a resposta formulada por você é bem pertinente, tanto aos meios de comunicação, quanto ao MEC. Edmond Dantès d'un message? 06h09min de 5 de julho de 2019 (UTC)
  • Subscrevo ao sitenotice, como discutido anteriormente. Tetizeraz. Mande uma -> ✉️ 11h57min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Por sinal, talvez seja melhor escrever Comunidade de Editores da Wikipédia em português, mas é só um detalhe. Não me importo se continuar sendo Editores da Wikipédia em português. Tetizeraz. Mande uma -> ✉️ 11h59min de 5 de julho de 2019 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Fiz pequenas alterações no texto. As mudanças foram no sentido de:

  • eliminar construções que expunham uma noção de "posse" sobre o projeto ("nossos critérios de notoriedade");
  • evitar esclarecimentos específicos, que datam e limitam o impacto de notas desse tipo. Se a imprensa quiser esclarecimentos específicos, que entrem em contato;
  • aproveitar o espaço para expor a metodologia geral da Wikipédia e sugerir parcerias.

Preferi copiar abaixo a proposta que faço, por haver modificações relativamente importantes em relação à primeira redação. Isso permitirá a comparação. --Joalpe (discussão) 12h54min de 5 de julho de 2019 (UTC)

Em 27 de junho de 2019, recebemos da Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação do Brasil uma solicitação para que o artigo do ministro Abraham Weintraub na Wikipédia fosse excluído. A justificativa era a suposta existência de "informações dúbias" no artigo.

Nos últimos dias, diversos veículos da mídia divulgaram essa solicitação e, nesse contexto, esclarecemos:

  • Os projetos Wikimedia, em especial a Wikipédia, são construções coletivas, em que toda contribuição de boa-fé e de acordo com suas regras é bem-vinda. É com esta metodologia de trabalho, baseada na colaboração e no voluntariado, que construímos esses projetos, que figuram entre os mais acessados da internet.
  • A Wikipédia não é uma rede social em que os biografados decidem sobre a permanência ou não de seus artigos. Todas as biografias devem cumprir com os critérios de notoriedade da enciclopédia e estar de acordo com outras premissas, como a verificabilidade e a imparcialidade do conteúdo. Artigos na Wikipédia devem reproduzir apenas o que é publicado por fontes reputadas e notórias. Nenhum editor pode apagar um artigo que esteja de acordo com os critérios e regras da Wikipédia sem passar pelo crivo da comunidade.
  • De forma rotineira, recebemos alertas sobre problemas nos artigos da Wikipédia e buscamos corrigi-los. É indicado, em caso de eventuais problemas, que estes sejam claramente expostos, possibilitando assim ações efetivas.
  • Proteções em artigos são um mecanismo comum, especialmente em situações em que artigos são alvo de reiteradas edições problemáticas. O artigo do ministro Weintraub, por exemplo, foi protegido em 2 de junho de 2019 por este motivo.

Feitos esses esclarecimentos, aproveitamos para convidar os integrantes do governo brasileiro e os jornalistas interessados nesse caso, e a população no geral, a conhecerem mais a Wikipédia e a contribuírem com a qualidade e difusão do conhecimento livre.

Editores da Wikipédia em Português

Subscrevo e já proponho que seja divulgada imediatamente para que não percamos o timing. Eu apenas detalhei a proteção do artigo para mostrar que nossa intenção afinal era "proteger" o biografado de edições indevidas. Érico (disc.) 13h01min de 5 de julho de 2019 (UTC)

Tirei Citação: , o que revela nossa preocupação com a qualidade das informações publicadas, por indicar uma postura defensiva. A ideia --penso-- deve ser apenas expor a metodologia do projeto. --Joalpe (discussão) 13h17min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Não concordo, porém não é relevante o suficiente para criarmos um impasse em relação ao texto. Érico (disc.) 16h22min de 5 de julho de 2019 (UTC)

Referências

Symbol declined.svg Discordo Para não ser unânime, discordo do comunicado. Minha posição é que nada seja feito, e o pedido ignorado, até que o responsável pelo e-mail explique do que se tratam "as informações não confirmadas" e quais seriam as "interpretações dúbias". Está se correndo a responder um e-mail que não se sabe quem passou e totalmente vago. Rosanah Fienngo nunca teve essa "deferência" dos editores mesmo reclamando de um ponto especifico e objetivo na biografia dela, não sei qual seria a diferença agora. Também não faço ideia de onde esse comunicado não solicitado seria "divulgado". Sds. MachoCarioca oi 13h20min de 5 de julho de 2019 (UTC)
São casos bem diferentes. O de Rosanah Fienngo não causou nenhuma repercussão significativa fora daqui. Ainda assim, houve manifestação do Legal Counsel da WMF. Érico (disc.) 13h26min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Além do caso da Rosanah ter sim causado noticia na imprensa da briga dela com a Wikipedia, a manifestação da Wiki Foundation foi depois do caso ser resolvido. Não houve nem poderia haver nenhuma manifestação agora, pq não há nada para ela se manifestar não há "caso". Não tem nada a ver com isso aqui, é verdade, mas só nesse sentido. O caso dela foi muito mais real. Esse caso é ainda menor q o dela. O q houve até agora? Um pedido supostamente de uma assessoria de ministerio pra q se retirasse uma bio mas nada explicado: "as informações não confirmadas" (quais?) e "interpretações dúbias" (quais? sobre o que?) Não há nada. Não se sabe nem quem passou esse mail, se alguém de lá, um funcionário, por conta propria, um "fã" do ministro, ou alguém a pedido do ministro ou sua assessoria, não se sabe de nada e já se corre a dar satisfação. Meu ponto é claro, se há realmente interesse do verbetado ou sua equipe em retirar sua bio daqui, espera-se algo mais específicio e objetivo para q possa ser analisado pelo conjunto de editores. É só. MachoCarioca oi 13h35min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Claro que se sabe quem pediu a remoção. O MEC confirmou o pedido. Érico (disc.) 13h38min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Muito bem, então aguarde-se o MEC explicar do que se trata especificamente "informações não confirmadas" que poderiam levar a "interpretações dúbias", para q a Wikipedia possa se manifestar. Não há como se manifestar sobre o nada, sobre o vago. Esse comunicado aí está colocando o carro na frente dos bois, sem ter sido solicitado comunicado ou explicação nenhuma, apenas se pede a retirada da bio por............(?)... não se sabe o quê exatamente. A unica resposta possível seria a seguinte: poderia informar de que "informações não confirmadas" que poderiam levar a "interpretações dúbias" fala? Dar explicação sobre como se trabalha aqui, só diante de um caso concreto, que não há. É isso. Fica aí a minha manifestação. MachoCarioca oi 13h44min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Creio que devemos sim nos manifestar, até para não se correr o risco da coisa evoluir, como no caso Sardenberg. Neste caso, ao menos o MEC deve receber uma resposta formal. Não se trata de "carro na frente dos bois". A mídia mainstream está publicando algo que afeta a imagem da Wikipédia frente ao grande público e isso precisa ser esclarecido. As visualizações diárias da página saltaram de menos de 500 para mais de 23 mil, depois das publicações.--PauloMSimoes (discussão) 14h30min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Engano seu, quem está com a imagem ruim nesse caso não é a Wikipedia, mas ele. A questão é clara pra mim, não há um caso, portanto não há o que responder como "comunicado oficial". Se o requerente especificar sua reclamação, aí é muito mais simples responder diretamente. MachoCarioca oi 15h14min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Não se deve comparar as polêmicas envolvendo o biografado e sua imagem pública, com a imagem da Wikipédia. Quando uma matéria publicada em mídia de grande circulação afirma que a Wikipédia está publicando informações dúbias, é isso que precisa ser esclarecido, mostrando como são as nossas políticas editoriais, e que não somos um "bando de irresponsáveis que escrevem qualquer coisa em uma biografia".--PauloMSimoes (discussão) 15h23min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Não foi isso que foi publicado. O q foi publicado é a assessoria do ministro em questão acha q a enciclopedia está publicando informações dúbias (sem em nenhum momento dizer quais). Tanto o MEC, como a imprensa corporativa, como quase todo mundo, está cansado de saber que a Wiki não é fonte primária. Se olhar a noticia nas redes sociais, verá q praticamente ninguém critica a Wikipedia nos comentários. Continuo a dizer: antes de qualquer "comunicado " não pedido, caberia ao Chronus responder perguntando quais são as informações dúbias do verbete. Aí haveria o q se debater se é válido ou não e responder. Isso tudo está no escuro. MachoCarioca oi 15h28min de 5 de julho de 2019 (UTC)

Subscrevo É uma boa oportunidade que temos para expor publicamente como a wikipedia funciona, e quem sabe adicionar ainda um pouco mais de detalhes sobre o conceito de "conteúdo livre", que é gerado "de todos para todos" num sistema colaborativo e amplamente inclusivo. Enfim, tentar demosntrar ainda mais claramente que o conteúdo desse e de todos os artigos é o resultado da vontade e ação coletiva de divulgação de fatos sob ponto de vista neutro.
comentário não assinado de Ogat (discussão • contrib) 15h05min de 5 de julho de 2019‎ (UTC)

  • O caso da Rosanah não tem a ver com o caso em questão, já que no primeiro houve uma liminar (bem mal escrita) que solicitava a eliminação da página. Portanto, houve decisão de um juiz do Brasil nesse sentido. Não repetirei minha opinião sobre como a comunidade lidou com o caso, mas caso alguém se interesse está aqui. No caso do Weintraub, não há nem de perto uma liminar; há apenas um pedido da assessoria de comunicação. Nada além disso. Eu acho correto que nos preocupemos com a liberdade de expressão, fico triste com essa postura de eliminar em vez de corrigir e construir a informação mais próxima do que é fato, mas, até o momento, podemos estar dando maior peso ao pedido da Ascom do que parece ter ou prevendo com muita antecipação que consequências mais graves possam surgir desse contato. Me parece muito mais um pedido feito por alguém que não entende os nossos processos. Quem acompanha os pedidos no OTRS ou em páginas de ajuda voltadas pra novatos na própria wiki sabe que esses pedidos não são raros e na discrepante maioria dos casos não evoluem para a eliminação ou processo legal. O que devemos fazer então é orientar, mas com cuidado para não nos comprometer.
    Não acho que devemos ficar em silêncio. Acho uma boa oportunidade para explicar como a wiki funciona, etc. Não sejamos ingênuos, entretanto, a ponto de pensar que não haverá possibilidade de uso político de alguma afirmação que façamos. O motivo de o caso ter recebido maior atenção é justamente o seu interesse político. Portanto, devemos ter cuidado com o que será passado e com o tom da mensagem. Acredito ser necessário usar um tom amigável, de abertura ao diálogo, como deve ser ao se referir a qualquer pessoa, mesmo deixando claro que esse tipo de eliminação não faz parte de nenhum procedimento de rotina da wiki. Prefiro não o usar o tom de repelir, mas usar o de aproximar e informar que estamos abertos para receber qualquer tipo de orientação sobre algum possível erro que o artigo contenha, para que possamos corrigi-lo e alinhá-lo de acordo com os padrões da wiki.
    Também não quero parecer ingênuo acreditando que não pode haver interesse de envolver algum processo judicial no caso. Por isso mesmo, acho que devemos responder com profissionalismo e deixar claro que tentamos resolver por meios normais, para que a nossa falta de resposta não sirva de argumento para o início de um processo legal, como acontece em alguns casos. A mensagem proposta é boa; se eu pudesse sugerir algo, sugeriria acrescentar apenas alguns detalhes que apontam nossa abertura com relação ao apontamento de erros e nosso interesse em consertá-los de acordo com nossas regras e fontes confiáveis.
    Sugiro não demorar muito pra não perder o "timing". Aliás, como será enviado? Via OTRS ou pelo próprio Chronus?—Teles«fale comigo» 15h37min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Não sei se o Chronus vai ter tempo. O importante é que seja enviado hoje para todos os veículos de comunicação que noticiaram o caso. Se não publicarem, bem, fizemos a nossa parte. Érico (disc.) 16h22min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Discutir o ocorrido com o artigo da Rosanah é andar em círculos. O caso em pauta está completamente distinto de todo o acontecimento que procedeu no outro tópico. Então, tenho que concordar com o Teles com o que ele expôs e faço uma ressalva para que o foco desta discussão não se dissipe.
Questionei se o solicitante havia sido respondido já que nosso "dever" primário seria fornecer uma resposta informativa ao MEC; sendo que, na minha opinião, essa resposta não devia ser "enviada" via terceiros, meios de comunicação. Também subscrevo a necessidade de convidarmos os membros do MEC a expor seus argumentos, seria muitíssimo interessante que todas as partes zelasse pelo diálogo. Edmond Dantès d'un message? 22h38min de 6 de julho de 2019 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo não vejo nenhum argumento válido que impeça isso e resguarda-se o projeto contra alguma ação mais séria que possa ser tomada.--PauloMSimoes (discussão) 18h13min de 5 de julho de 2019 (UTC)

  • Minha opinião é que ninguém deve ter biografia no projeto contra sua vontade, defendi isto no caso da Rosanah Fienngo e no caso do vidente. E no caso particular em uma avalição bem pessoal não penso que o atual ministro mereça toda esta atenção. Fabiano msg 15h59min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Sua opinião vai de encontro ao menos a três pilares do projeto. A Wikipédia é uma enciclopédia, logo, sua devoção é o conhecimento humano, atravessando a vontade dos objetos deste conhecimento. A Wikipédia é imparcial, logo, a informação não pode ser omitida em virtude de opiniões e gostos, mesmo os dos objetos dos artigos. A Wikipédia é de conteúdo livre, logo, os objetos dos artigos não são seus donos. Leefeniaures audiendi audiat 20h18min de 5 de julho de 2019 (UTC)
Fabiano tenho que concordar com sua opinião, apesar desta contrariar as políticas do projeto. Penso que as informações presentes na Wikipédia devem servir de apoio para uma pesquisa mais ampla; contudo, não podem ser utilizadas como principal fonte e as pessoas que fazem isso estão se sujeitando a um risco de obter informações contraditórias, subjetivas e até mesmo não fiáveis. Edmond Dantès d'un message? 22h38min de 6 de julho de 2019 (UTC)

O conteúdo pode ser mandado por qualquer um de nós, uma vez que a resposta foi consensual. Millbug fala 01h16min de 6 de julho de 2019 (UTC)

HILLBLU orologio.png Em progresso. Érico (disc.) 01h34min de 6 de julho de 2019 (UTC)
Eu acredito que o ideal é mandar via OTRS pra poder usar um endereço impessoal e mais credível (info-pt-arroba-wikimedia.org), além de permitir que as mensagens fiquem registradas e não restritas a uma pessoa. Sou contra usar um email pessoal, a não ser que seja o Chronus a enviar, por ter sido ele a receber a mensagem inicialmente.—Teles«fale comigo» 15h19min de 6 de julho de 2019 (UTC)
Sim, também acho: isso deveria ter sido enviado ontem. Entretanto, passaram-se 10 horas e nada havia sido feito. Considerando o exposto em relação ao timing, não havia mais tempo a perder. Então eu e Chronus enviamos a todos os veículos de comunicação que noticiaram o pedido do MEC. Estão respondendo; vou fazer uma tabela mais tarde. De qualquer forma, seria ótimo outras pessoas reforçarem o pedido, sendo ou não membro da OTRS. Érico (disc.) 16h28min de 6 de julho de 2019 (UTC)

Já começaram a receber. Millbug fala 17h41min de 6 de julho de 2019 (UTC)

Aqui também. Érico (disc.) 17h58min de 6 de julho de 2019 (UTC)

Subscrevo já compartilhei. JMGM (discussão) 19h43min de 6 de julho de 2019 (UTC)

Tópico anterior[editar código-fonte]

Eu acho que o caso não é exatamente o mesmo. Sobre o atual ministro da educação, há muito mais fontes para respaldar o conteúdo. O artigo deve ser rigoroso e imparcial, é claro.Lechatjaune msg 17h23min de 6 de julho de 2019 (UTC)
Acabo de perceber que de fato em WP:BPV há o trecho Citação: BPV escreveu: «Numa votação de eliminação de uma biografia de pessoa viva cuja notoriedade seja questionada, deve ser considerado um possível pedido do próprio biografado de eliminar a página.» Isto é absurdo, e, como citei acima, vai de encontro aos pilares do projeto e e é incoerente com o restante de nossas regras. Recomendo sua imediata deleção. Leefeniaures audiendi audiat 19h28min de 6 de julho de 2019 (UTC)
Eu não fiz um "apanhado" geral do que já foi discutido aqui, mas acho que se o biografado esta questionamento trechos que não são reais ou não estão fundamentados por fontes fiáveis em sua biografia, estes devem ser eliminados (que se respeite WP:BPV), assim como conteúdos de proselitismo político, deve-se respeitar WP:CV e Wikipédia:Princípio da imparcialidade. Porém, sou contra eliminar a biografia da Wikipédia só porque sua assessoria não pode ter acesso ao código. O Biografado é pessoa pública, recebe remuneração dos impostos pagos pelos brasileiros e seu nome é citado inúmeras vezes na mídia. Ou seja, sem dúvida é um personagem notório para esta ou qualquer enciclopédia. Se é realmente o seu desejo, que entre com uma ação judicial e assim teremos a comprovação de suas intenções, além da opinião de juristas brasileiros para o caso. Mesma situação da cantora Rosanah Fienngo. O "R" Aliado 22h42min de 6 de julho de 2019 (UTC)
  • Pessoal, sem entrar no mérito da questão, que me parece sim uma deslavada tentativa de censura à qual qualquer ser humano com um mínimo de decência percebe como é anacrônica neste século XXI que muitas vezes parece dar para trás, gostaria entretanto de ponderar algumas coisas sobre a mensagem proposta (riscado o original, em itálico a mudança proposta e em texto alto a justificativa):
Em 27 de junho de 2019, recebemos foi transmitido à comunidade Wikipedista por um usuário da Wikipédia um comunicado Não se deve falar, aqui, na primeira pessoa, mesmo no plural; também é necessário deixar claro que não houve qualquer comunicado direto a nós outros, mas por via transversa, atingindo um usuário que, sozinho, não delibera nada aqui - muito menos é nosso "ouvidor"... da Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação do Brasil contendo uma solicitação para que o artigo do ministro Abraham Weintraub na Wikipédia nesta enciclopédia virtualApenas para evitar a repetição fosse excluído. A justificativa era a suposta existência de "informações dúbias" no artigo.
Nos últimos dias, diversos veículos da mídia divulgaram essa solicitação e, nesse contexto, esclarecemos:
Os projetos Wikimedia, em especial a Wikipédia, são construções coletivas, em que toda contribuição de boa-fé e de acordo com suas regras é bem-vinda. É com esta metodologia de trabalho, baseada na colaboração e no voluntariado, que construímos esses projetos, que figuram entre os mais acessados da internet.
A Wikipédia não é uma rede social em que os biografados decidem sobre a permanência ou não de seus artigos. Todas as biografias devem cumprir com os critérios de notoriedade da enciclopédia e estar de acordo com outras premissas, como a verificabilidade e a imparcialidade do conteúdo. Artigos na Wikipédia devem reproduzir apenas o que é publicado por fontes reputadas e notórias. Nenhum editor pode apagar um artigo que esteja de acordo com os critérios e regras da Wikipédia sem passar pelo crivo da comunidade.
De forma rotineira, recebemos alertas sobre problemas nos artigos da Wikipédia e buscamos corrigi-los. É indicado, em caso de eventuais problemas, que estes sejam claramente expostos, possibilitando assim ações efetivas.
Proteções em artigos são um mecanismo comum, especialmente em situações em que artigos são alvo de reiteradas edições problemáticas. O artigo do ministro Weintraub, por exemplo, foi protegido em 2 de junho de 2019 por este motivo.
Feitos esses esclarecimentos, aproveitamos a comunidade wikipedista aproveitaMesmo motivo para a primeira mudança: uso da primeira pessoa. para convidar os integrantes do governo brasileiro e os jornalistas interessados nesse caso, e bem como a população no geral, a conhecerem mais a Wikipédia e a contribuírem com a qualidade e difusão do conhecimento livre.
Editores da Wikipédia em Português

Espero, por ora, haver contribuído. André Koehne (discussão) 01h19min de 7 de julho de 2019 (UTC)

PS: com relação ao que foi dito (salvo engano pelo Teles) de se responder por um e-mail institucional, penso que o caso já transcendeu ao MEC e merece o título de "Nota pública" a ser colocado como uma barra superior, como em todos os comunicados gerais que fazemos... Assim, todos que acessarem o projeto lerão... André Koehne (discussão) 01h44min de 7 de julho de 2019 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo com o comunicado geral, com o mesmo texto já enviado à imprensa. Millbug fala 02h31min de 7 de julho de 2019 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo com a sugestão de um comunicado geral. @Érico: o que acha ? A redação não precisa ser a mesma que foi enviada, até porque é muito extensa. Deve ser uma nota sucinta, mencionando a mensagem do MEC e principalmente destacando em negrito as ligações para as políticas essenciais do projeto, relacionadas a este caso: Wikipédia:Cinco pilares e Wikipédia:Biografias de pessoas vivas.--PauloMSimoes (discussão) 04h09min de 7 de julho de 2019 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo concordo com o comunicado geral, aberto, divulgado através de um banner para todos os brasileiross que acessarem a Wikipédia. Além disso, deveremos mandar esse comunicado geral a todos os jornalistas que tivermos contato e não podemos deixar passar mais tempo, com tanta desgraça aconecendo no país, isso ja está virando noticia velha. Não podemos tolerar nenhum tipo de censura nem carteirada, seja de quem for. Acredito que a comunidade deve ser mais enérgica, dandos respostas mais rápidas e duras quando isso voltar a acontecer. Mais do que tudo, defendemos a liberdade de conhecimento, ações como essa do MEC vão conta a nossa proposta enquanto movimento. Acho importante citarmos no comunicado entendimento do STF quanto a biografias não autorizadas dentre outras jurisprudências possíveis para minar qualquer possibilidade de retaliação judicial Rodrigo Padula(Fale comigo) 20h56min de 7 de julho de 2019 (UTC)

Proposta:

COMUNICADO

Em 27 de junho de 2019, recebemos da Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação do Brasil uma solicitação para exclusão da biografia do ministro Abraham Weintraub na Wikipédia, que foi repercutido pela grande mídia. Neste contexto, esclarecemos:

  • A wikipédia é uma construção coletiva, em que toda contribuição de boa-fé e de acordo com suas regras é bem-vinda. A Wikipédia não é uma rede social em que os biografados decidem sobre a permanência ou não de seus artigos, o que se coaduna, inclusive, com a jurisprudência do STF nesse sentido. Todas as biografias devem cumprir com os critérios de notoriedade, verificabilidade e imparcialidade. Nenhum editor pode apagar um artigo que esteja de acordo com os critérios e regras da Wikipédia sem passar pelo crivo da comunidade.
  • De forma rotineira, recebemos alertas sobre problemas nos artigos da Wikipédia e buscamos corrigi-los e, em alguns casos, o mecanismo de proteção é necessário.
  • aproveitamos para convidar os integrantes do governo brasileiro e os jornalistas interessados nesse caso, e a população no geral, a conhecerem mais a Wikipédia e a contribuírem com a qualidade e difusão do conhecimento livre.

Editores da Wikipédia em Português

. Millbug fala 00h09min de 8 de julho de 2019 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo da utilização de qualquer banner. A proposta inicial era usar os canais que noticiaram o assunto aproveitando pra informar os leitores sobre como a Wikipédia funciona. O banner extrapola essa função e é muito exagerado fazer alarde pro assunto quando não há qualquer ameaça à liberdade de expressão. Até agora, temos apenas um pedido da assessoria, sem nem mesmo referir qualquer intenção de envolver meios jurídicos. Se um dia isso acontecer, levemos algo com maior substância aos leitores, mas chamar atenção deles por causa de um simples email da assessoria é exagerado e dá margem pra que sejam ainda mais vistos argumentos de politização da Wikipédia.—Teles«fale comigo» 00h34min de 8 de julho de 2019 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com o Teles. Leefeniaures audiendi audiat 00h41min de 8 de julho de 2019 (UTC)

Creio que a nota se faz necessária por causa da grande repercussão na mídia. É uma forma de esclarecer os leitores sobre as políticas editoriais da Wikipédia, e não com objetivos políticos ou outros. Só discordo de que seja tão extensa. O 2.º e 3.º tópicos são desnecessários e seria bom citar os Wikipédia:Cinco pilares e Wikipédia:Biografias de pessoas vivas, para que o grande público tome conhecimento que temos regras rígidas para biografias.--PauloMSimoes (discussão) 00h50min de 8 de julho de 2019 (UTC)

Atualização da página WP:Contato e a tarefa da comunicação[editar código-fonte]

Caras, não li tuuuuudo isso aqui mas acabei lendo as páginas de da wikien (por causa de um pedido de fusão) e entre várias coisas, está lá, claramente (tradução literal):

Obrigado pelo seu interesse em entrar em contato com a Wikipedia. Antes de prosseguir, algumas importantes isenções de responsabilidade:
* A Wikipedia não possui um conselho editorial central. As contribuições são feitas por um grande número de voluntários a seu próprio critério. As edições não são de responsabilidade da Wikimedia Foundation (a organização que hospeda o site) nem de sua equipe e geralmente não são feitas edições em resposta a solicitação por e-mail.

Esses parágrafos já ajudam a explicar um pouco as coisas e segue outras páginas dizendo sobre discordâncias que deve ser discutida na PD do artigo. A página Article subjects instrui para que se use a página de discussão do artigo, em último caso eles têm um e-mail para receber esse tipo de comunicação, o que no nosso caso talvez seja a lista de discussão? otrs? enfim, podemos pensar numa abordagem que traz a solução de uma problema sem que a responsabilidade recaia nos editores.

Visto essas questões, sugiro 2 coisas:

  1. Recriar a WP:Contato para que tenha a devida serventia que é orientar sobre a comunicação externa com o projeto. As páginas da wikien são bem claras no seu propósito mas devemos adaptar para o nosso local e formas de abordagem.
  2. Definir quem está disponível e tem a habilidade para se comunicar nesses casos de acordo com o local, se é alguém de Portugal se deve ter a opção de falar com alguém de Portugal.

Enfim, posso até reproduzir essas páginas, mas algo o conteúdo precisa ser o nosso/nossa rotina. ― Diana m 23h58min de 22 de julho de 2019 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Depois de duas semanas parada, acho que esta discussão perdeu o time, como já se aventou aqui. Uma rápida pesquisa por "Weintraub; Wikipédia" só retorna matérias de há quase vinte dias. Se há algo relevante mais recente (afora as duas matérias publicadas depois do nosso comunicado), corrijam-me. O que se pode fazer, já foi feito pelo Érico e "agora Inês é morta".--PauloMSimoes (discussão) 02h15min de 23 de julho de 2019 (UTC)

Novo e-mail[editar código-fonte]

@Dianakc, PauloMSimoes, Leefeni de Karik, Érico, Teles, Leon saudanha, O revolucionário aliado, André Koehne, MisterSanderson, GoEThe, Fabiojrsouza, Paladinum2, Conde Edmond Dantès, Rodrigo Padula, Jbribeiro1, MachoCarioca, Millennium bug, DanielClemente, Robertogilnei, Sergiotucano, Zoldyick, JMagalhães, Tetizeraz e Ogat: Informo aos editores que participaram deste debate que recebi um novo e-mail da assessoria do MEC, por volta de 20h do dia 13 de agosto de 2019 (terça-feira), agora com ameaças judiciais e com "prazo de 5 dias":

O Ministério da Educação solicita aos editores do Wikipédia a liberação para edição da página do ministro e Estado Abraham Weintraub, criada em 8 de abril de 2019. A página contém informações equivocadas, que podem contribuir para interpretações dúbias, principalmente no que diz respeito à mensagem sobre “contingenciamento” e as informações sobre a vida pessoal do ministro. Com a restrição do acesso à edição, o Ministro Abraham Weintraub fica incapacitado de exercer o seu direito à ampla defesa e o contraditório.

Sendo assim, o Ministério da Educação aguarda um posicionamento sobre o pedido, dentro do prazo de 5 dias do recebimento deste, sendo o seu silêncio tomado como recusa em atender ao presente pleito, ensejando a adoção das medidas judiciais cabíveis.

Chronus (discussão) 04h36min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

@Chronus: Acho que você pode responder com o comunicado que surgiu do consenso e deixar claro sua isenção de responsabilidade. Como bônus, sugira à assessoria indicar na PD quais as "informações equivocadas". Tamo junto! Ixocactus (discussão) 05h12min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
@Ixocactus: Olá. Como já disse anteriormente, acredito que seria melhor que a mensagem fosse respondida através de um e-mail da comunidade (@wikimedia.org), ao invés de um pessoal. Afinal, além do e-mail citar os "editores da Wikipédia", eu não tenho poder nenhum neste caso (seja para elaborar um comunicado, seja para derrubar a nova proteção ao artigo aplicada pelo Millennium bug ou para eliminar conteúdo referenciado). Este é um debate que deve ser feito entre instituições (MEC e Fundação Wikimedia). Chronus (discussão) 05h21min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Sim @Chronus:! O melhor seria respondermos por um e-mail institucional mesmo e encaminhar para a WMF. Mas para evitar transtornos para você creio que responder esclarecendo a isenção de responsabilidade pode ajudar. Boas! Ixocactus (discussão) 05h30min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

Concordo plenamente que a questão deva ter o envolvimento da Fundação Wikimedia. E acho que a resposta, neste momento, seja simples e direta, tipo: que o MEC informe na PD as divergências para que o conteúdo seja analisado, conforme as políticas do projeto e qualquer coisa que ultrapasse este limite ou ação, que seja discutido diretamente com responsáveis ou advogados da Fundação Wikimedia. Creio que "dar corda" para este tipo de pessoal é dar muita importância ou crédito; mesmo porque no Brasil não existe um "gerente" oficial da Wikipédia (ou existe?). O "R" Aliado 07h02min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

Acho que cabem ações de proteção do Chronus, como a que menciono abaixo. Não existe gerente de qualquer Wikipédia. Casos como esse devem ser direcionados para o Legal Team da Fundação, mas acredito que talvez seja importante que o Chronus responda ao email informando (1) que o direito de defesa é garantido através da edição da discussão do artigo em questão, (2) que ele não tem qualquer responsabilidade pelo conteúdo ou pela proteção, que já foi feita por outro usuário e pode ainda ser desfeita pelo Chronus para salientar sua isenção (caso proposta abaixo seja aprovada), (3) que o local correto para tratar de processos legais é legal-arroba-wikimedia.org. As alegações de impedimento do direito à defesa da assessoria não procedem e é isso que deve ser mostrado em nossas próximas ações e mensagens. De resto, o caso não deve ser tratado por editores, pois começa a entrar na esfera legal e não editorial.—Teles«fale comigo» 08h34min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

Plano de defesa do usuário[editar código-fonte]

Como o Chronus mencionou acima, a assessoria de comunicação agora fala em processo judicial. Acredito que inicialmente devemos criar um plano de defesa para o usuário, para que seja reduzido o risco de envolvimento do nome dele em qualquer ação ou, se houver, que fique facilmente identificado no processo que não havia qualquer responsabilidade do Chronus nas ações que envolvem o processo. O nome do Chronus foi encontrado apenas pelo fato de ele ter protegido o artigo contra edições de não-registrados e nada tem a ver com o conteúdo contestado.

Portanto, proponho uma ação exclusivamente executada, a fim de retirar a participação do Chronus na proteção:

  1. O próprio Chronus retira a proteção do artigo, anulando a ação inicial e responde ao email afirmando que não possui qualquer participação e se declarando totalmente isento de responsabilidade sobre qualquer ação no artigo, o que realmente acontecerá.
  2. Com aprovação da comunidade, é criada uma conta com nome aleatório, sem responsável publicamente identificado que, numa ação de exceção, receberá direitos de administrador temporariamente e protegerá a página por um ano. Após isso, a conta será inativada e os direitos serão retirados.
  3. Opcionalmente, a atribuição da flag de administrador pode ser feita por um steward ou um burocrata que não more no Brasil.
  4. Opcionalmente, a conta pode ser renomeada para um segundo nome aleatório, apenas pra reduzir rastros.

Como isso envolve direitos de administrador e uma ação que envolve uma exceção às regras de administrador, é preciso que haja apoio forte da comunidade para que ela aconteça. Não acho que haja risco nessa ação; pelo contrário, o risco é não fazer nada. Assim, peço o apoio de todos aqui abaixo para que consigamos reduzir a chance de qualquer ato que prejudique o usuário em questão.

  1. Symbol support vote.svg Apoio, como proponente.—Teles«fale comigo» 08h09min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
@Teles: Olá, Teles. Agradeço imensamente a proposta do plano elaborada por você. Eu apenas gostaria de fazer um pequeno comentário: a proteção atualmente em vigor foi aplicada pelo Millennium bug no dia 25 de julho com validade de um mês, enquanto que a proteção que eu havia aplicado foi iniciada no dia 2 de junho e perdeu validade no dia 17 de julho. Logo, além de serem proteções distintas, o verbete ficou aberto para edições por quase nove dias entre as duas ações administrativas, mas nenhuma edição/solicitação foi feita neste período. Eu até desprotegeria o artigo, mas creio que, para isto, seja necessário o consentimento do Millennium, para não desautorizar a ação de outro sysop. Abraço. Chronus (discussão) 08h45min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Entendi. É válido esclarecer isso também, mas você retirar a proteção seria apenas pra deixar evidente que não tem qualquer participação sua na proteção e de certa forma até segue o solicitado no email da assessoria. Acho importante criar esse registro da desproteção. Em seguida, pode-se proceder com os passos que indiquei acima, em que outra conta não identificada protegeria novamente.—Teles«fale comigo» 08h52min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Chronus, eu encaminharia o caso para a equipe legal da WMF e não tomaria mais nenhuma acção, pelo menos até a WMF responder ou aconselhar. GoEThe (discussão) 09h08min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Pensei em ser mais claro na retirada do nome do Chronus como responsável. Acho que não fazer nada mantém o status quo, em que se acredita, erroneamente, que ele tem alguma responsabilidade sobre o artigo.—Teles«fale comigo» 10h14min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Ele engajar a assessoria sem apoio legal parece-me menos sensato. GoEThe (discussão) 10h42min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Há a opção de que uma resposta não seja dada por ele, mas por um terceiro. Talvez usando o OTRS, direcionando a assessoria para o email do Legal Team e isentando o Chronus... mas acho mais arriscado deixar sem resposta.—Teles«fale comigo» 11h44min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Há várias questões envolvidas. Aqui, algumas delas: (1) Será que devemos mudar uma ação editorial justificada (a proteção do artigo) no contexto de uma ameaça legal?; (2) Uma edição a partir do Ministério da Educação sobre o ministro precisa ser enquadrado em nossa política de conflito de interesse, até para educar quem for fazer essa edição, se é que vai fazê-lo, entender o que pode e não pode fazer e o que vai acontecer se essa edição não for adequada; e (3) Tomar todos os cuidados necessários para que a comunicação com o Ministério não seja personalizada, pois há uma ameaça legal. Para isso, precisamos ter clareza sobre os procedimentos de segurança legal cabíveis e quem pode nos ajudar é o Legal Team. Teles, você pode falar com eles sobre o caso e sobre esse ponto específico de como fazer a comunicação, por favor? --Joalpe (discussão) 12h51min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Com certeza, falarei, João. Obrigado pela sugestão. Já me encontrei com um funcionário da WMF rapidamente e falei sobre isso. Passei algumas informações ao Chronus. Tentarei encontrar com alguém do Legal Team em breve.—Teles«fale comigo» 13h15min de 15 de agosto de 2019 (UTC)

Substitutivo

  1. O próprio Chronus retira a proteção do artigo, anulando a ação inicial e responde ao email afirmando que não possui qualquer participação e se declarando totalmente isento de responsabilidade sobre qualquer ação no artigo, o que realmente acontecerá.
  2. Eu reponho a proteção, em caráter de urgência, para evitar que o vândalo se aproveite desta "brecha".
  3. Esta nova proteção deve ser em nível autorrevisor, para evitar que, após três dias, haja vandalismo ou o próprio vândalo já tenha uma conta.
  4. Com aprovação da comunidade, é criada uma conta com nome aleatório, sem responsável publicamente identificado que, numa ação de exceção, receberá direitos de administrador.
  5. Após criada a conta, eu desfaço a proteção e, ato contínuo, a conta refaz a proteção.
  6. A proteção inicialmente será por ano. Após isso, a conta será inativada e os direitos serão retirados.
  7. Opcionalmente, a atribuição da flag de administrador pode ser feita por um steward ou um burocrata que não more no Brasil.
  8. Opcionalmente, a conta pode ser renomeada para um segundo nome aleatório, apenas pra reduzir rastros.

Millbug fala 13h22min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

@Chronus: Aconselho fortemente que pare de interagir nesta discussão, e que retire a proteção do artigo para eximir-se de ulteriores responsabilizações, deixando o resto com a comunidade. Leefeniaures audiendi audiat 13h30min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

@Teles: Não é melhor que um funcionário da WMF realize a proteção? Érico (disc.) 13h44min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

@Érico: No momento em que a WMF faz a proteção, vira ato de ofício e a comunidade abre mão de seu controle sobre o que se sucederá, tempos, níveis de proteção proporcionais a cada situação. Acredito que podemos lidar com isso, os editores estão atentos ao cumprimento das regras e estão disponíveis a reverter os vandalismos e aplicar as proteções. Não devemos temer ameaças legais, pois isto subverte a ordem das coisas por aqui, ou seja, o vândalo não pode acreditar que pôs medo na comunidade. Como adendo, ressalte-se que, não obstante o desenrolar desta discussão, as edições e proteções podem ocorrer normalmente na medida em que forem necessárias, caso contrário, a ameaça terá surtido efeito. Millbug fala 14h03min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

Bem, não havendo medo das ameaças legais, então nenhuma proposta precisar ser aplicada. Basta manter a proteção feita por ti e ignorar as últimas lastimáveis ameaças do MEC. É o que eu faria. Érico (disc.) 15h38min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
Quanto a isto, cabe se pronunciar quem sofreu a ameaça. Se for do interesse dele, nós damos o apoio. Uma das formas de dar esse apoio é simplesmente continuar agindo normalmente, o que implica em proteger e reverter dentro das regras. Eles não vão processar todo mundo. Se o @Chronus: quiser desproteger eu o reverto, ficando implícito que é uma ação "entre amigos". Depois eles me ameaçam e eu retiro, etc., etc.. Vamos ver quem ganha. Millbug fala 15h51min de 14 de agosto de 2019 (UTC)
  • Vai precisar ser didático com eles e haja paciência. A fundação é isenta de responsabilidade, está nos termos, em resumo nós temos que nos virar por isso é importante discutir sobre a nossa comunicação externa. Estão tentando a comunicação através de você, dai que temos (falando por todos nós) que assumir a boa fé e um dialogo amigável. Responda ao e-mail convidando-os para participar da discussão na PD do artigo, (porque é assim que se faz em qualquer artigo), sem diálogo não há consenso. ― Diana m 18h19min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

O mais irônico de tudo isso é que a própria figura biografada é quem, aparentemente, além de atentar contra os princípios básicos da Constituição, tentando censurar uma biografia, o faz usando a máquina do Estado, que tem mais o que fazer do que cuidar de interesses pessoais (não estamos mais no tempo do império). Isto sim, potencialmente é ação criminosa e ele sim, se confirmado o que se pressente, está sujeito a várias medidas legais, tanto no campo criminal como no da improbidade administrativa. É ele quem tem a temer e não a comunidade, que nada faz de errado. Seja lá a medida que tomarmos ou não, é preciso que não se abra um precedente, ou seja, não permitamos que "a moda pegue" e fique, definitivamente, uma lição - e aqui me permito parafrasear as duas últimas instruções da minha pdu, que é como vou responder a uma eventual ameaça:

  • Não tente me subornar nem me explicar o quão importante você é.
  • Ataques, ofensas e ameaças de qualquer coisa que seja não surtirão o efeito desejado e você ainda poderá ser impedido de editar.

Millbug fala 19h23min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

Não acho irônico nem surpreendente, em especial num país sem liberdade de expressão como o Brasil. Não vejo como esse tipo de ação poderia possivelmente ser ilegal considerando que conceitos como "crime contra a honra" existem e são motivos de prisão. Ademais, políticos em geral parecem mais inclinados que a média a utilizar do aparato estatal para censura, por razões óbvias. Saturnalia0 (discussão) 01h31min de 15 de agosto de 2019 (UTC)

Tem que haver proteção ao editor envolvido, no caso o @Chronus:, e acho que ele afastando-se das questões seja o melhor e deixando que outro editor responda ou edite a página, mostrando que a Wikipédia é uma comunidade de editores. O que deveria ocorrer é a desproteção da página e o monitoramento do que vai ser editado a partir desta desproteção. Por que penso assim? Para relacionar o Ministério com edições supostamente parciais. Deixamos liberado a página por alguns dias e se ocorrer edições de IPS ou até novatos com parcialidades, remoções, estas atitudes e edições estarão registradas para que qualquer juiz possa ter conhecimento do que o Ministério ou o Ministro desejam fazer com a biografia. Caso existe uma ação aberta, alguém da Wikipédia pode alegar que a outra parte tentou fazer irregularidades que não estão previstas em nossas políticas. O "R" Aliado 20h58min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

O problema é que para ter esta certeza precisaria fazer a verificação das contas e isto precisa de consenso entre os verificadores, previamente. Millbug fala 21h08min de 14 de agosto de 2019 (UTC)

Gostaria de parabenizar o Teles pelo apoio que tem prestado, creio que esteja alinhado com o que foi discutido em um tópico sobre a relação da comunidade com a Wikimedia. Espero que seja cobrado dessa o devido apoio legal - ficarei decepcionado, mas não surpreso, se a fundação não fizer absolutamente nada para ajudar o colega. Saturnalia0 (discussão) 01h31min de 15 de agosto de 2019 (UTC)

Não acho que vá fazer qualquer diferença o Chronus desproteger a página e alguém reproteger, vão continuar batendo na mesma tecla. Mas, se desejam seguir nessa linha, não seria muita mais simples pedir a um colega português a proteção da página? Saturnalia0 (discussão) 01h36min de 15 de agosto de 2019 (UTC)

Olá a todos, também fui notificado pela assessoria do MEC com a informação de medidas judiciais. O nome do Chronus repercutiu muito na imprensa e creio que ele possa acabar respondendo pessoalmente por questões que fogem ao escopo de sua atuação e responsabilidades nesse caso. Conversei com ele ontem a noite, achamos mais prudente eu mesmo fazer o desbloqueio de edição no verbete de forma que possamos acompanhar as edições do verbete para ver se o bloqueio por mais tempo é realmente necessário. Respondi ao email que recebi da assessoria prestando mais algumas informações. Assim que eu receber algum retorno informo vocês aqui. Acho importante agirmos com cautela nesse momento, pois a WMF não possui representação legal no país e algum editor pode acabar sendo responsabilizado. Rodrigo Padula(Fale comigo) 03h11min de 15 de agosto de 2019 (UTC)

No fim das contas, estaríamos fazendo o que ele pediu e cedendo a uma ameaça legal, o que, a meu ver, é inadmissível. Se nossa política diz que a página tem que ficar protegida por um tempo, ela tem que ficar protegida por um tempo, seja ela do Zezinho da esquina, do Papa ou da rainha da Inglaterra. Se quiser desproteger, também não me oponho, mas, se houver vandalismo que justifique uma nova proteção, nada impede que qualquer um de nós aplique nova proteção, se as políticas da Wikipédia assim determinarem. Millbug fala 12h14min de 15 de agosto de 2019 (UTC)
@Rodrigo Padula: Qual o motivo de vc ter sido notificado, se não tinha editado a página??? Millbug fala 12h20min de 15 de agosto de 2019 (UTC)
Não acho que precise desproteger a página. É importante salientar que uma ameaça judicial não deve mudar o funcionamento da Wikipédia. O motivo de eu ter sugerido a desproteção inicialmente foi exclusivamente para proteger o Chronus. Ou seja, ele retiraria a proteção - se quisesse - para deixar evidente que ele não é o responsável por ela. Após isso, a proteção seria reposta por outra conta em respeito à decisão administrativa prévia de proteger, o que provavelmente deverá ser feito novamente a julgar pelos vandalismos recentes. Portanto, não faz sentido que isso seja feito por outro. É interessante que, de fato, tenhamos cautela e que discutamos ações antes de realizá-las. Lembro do caso da Rosanah em que foram tomadas ações em desespero, o que acabou atrapalhando (o artigo ficou apagado por 2 anos) e deu trabalho reverter o processo.—Teles«fale comigo» 13h12min de 15 de agosto de 2019 (UTC)
Avaliando o histórico do verbete, da pra notar que não há motivos para bloqueio e expansão do bloqueio como foi feito, o verbete ficou desprotegido e sofreu poucas edições ao longo dos ultimos dias. @Millennium bug: eu venho atuando junto ao governo em varias iniciativas ha anos e recentemente passei a integrar o capitulo da Creative Commons Brasil como responsável por articulação governamental, neste contexto, fui procurado pelo Chronus quando o MEC fez o primeiro contato, desde então, me comuniquei com o ministério para prestar esclarecimentos e informações sobre as dinãmicas da Wikipedia. Recebi nominalmente um email do ministério, similar ao recebido pelo Chronus. Para evitar maiores problemas, já que o Chronus foi citado em várias matérias nominalmente e também recebeu o email, fiz o desbloqueio do verbete pois não via motivo para tal bloqueio e enviei email de resposta ao ministério através do email que recebi, prestando mais esclarecimentos sobre as dinamicas da Wikipedia, visando principalmente proteger o Chronus de qualquer ação judicial. Varios jornalistas estão acompanhando esse link e o assunto, portanto é preciso ter cautela nos comentários e posicionamentos, a wikipedia não é uma instituição e não há representação legal da WMF no país, então qualquer ação judicial cairá nas costas de pessoas envolvidas na questão. Recomendei ao Chronus que recue nessa questão para que não seja visto como porta voz/representante legal da Wikipédia e com isso sofra qualquer tipo de processo. Com o desbloqueio, qualquer editor terá condições de editar de acordo com as regras do projeto, violações reincidentes poderão culminar em novo bloqueio, bloqueio de contas e Ips. É muito importante deixar claro que não há má fé de nossa parte e muito menos posicionamentos políticos Rodrigo Padula(Fale comigo) 01h06min de 16 de agosto de 2019 (UTC)
Já concordando com quase tudo, mas enfatizando que, como vc próprio disse, novas proteções podem ser necessárias e novas ações contra qualquer tipo de edição que venha a ferir as nossas políticas e isso quem determina é a comunidade que repudia ameaças legais e, por consequência, não pode se determinar pelas ameaças. Por outro lado, do mesmo modo que temos que "ter cuidado", muito mais cuidado deve ter quem está nos ameaçando, pois nós não estamos fazendo nada errado, e nada pode nos acontecer no campo judicial, ao contrário do biografado, que pode perder o cargo e ser processado e até preso por usar a máquina pública para interesses particulares. Este "esclarecimento" deveria ser feito de alguma forma, sob pena de darmos a entender - erroneamente - que estamos nos acovardando. Millbug fala 02h56min de 16 de agosto de 2019 (UTC)

Não seria o caso de alguns de nós, que se proponham a fazê-lo voluntariamente, a partir destas informações aqui, tomar medidas legais contra o biografado? O que ele está fazendo é muito grave, usar a máquina pública para interesses particulares dá cadeia e perda do cargo. Isto além de tentativa de censura de mídia por uma autoridade pública. Millbug fala 12h09min de 15 de agosto de 2019 (UTC)

Eu sempre penso até onde eu mesmo consigo ir e agir para resolver problemas, pois a wikipedia não é uma instituição, não tem personalidade jurídica no Brasil(inclusive este sempre foi um dos motivos para eu nao ter qualquer interesse e motivação em trabalhar na fundação de um capitulo, pq se alguem abrir, vai ser processo e ação judicial todos os dias), então tudo aqui recai sobre indivíduos. Várias vezes vi a comunidade e a própria WMF fazer vista grossa para erros gigantescos cometidos por uns e outros, como no caso de Joalpe e Chico Venancio tentando usar a imprensa para condenar o Tuga de nazismo, quando o mesmo grupo usou DMCA contra uma página de um outro grupo e ninguem fez nada para impedir e ainda vi muito apoio para os erros cometidos, no final, é sempre cada um por sí. Por isso recomendo cautela e sabedoria na hora de fazer qualquer colocação aqui numa página aberta, pois a mídia está acompanhando esse link e palavras mal colocadas ou sem respaldo, poderam culminar em problemas maiores para os individuos envolvidos. Rodrigo Padula(Fale comigo) 14h47min de 16 de agosto de 2019 (UTC)
Não há qualquer razão para citar o Chico e o Joalpe em todo canto e não tem nada a ver com o caso em questão. Seria apropriado discutir nos ambientes destinados a isso, permitir defesa e acusar apenas com provas e diffs. Insistir em acusar sem provas, citar nomes, apontar conflitos que nada têm a ver caracteriza assédio, contra o que temos lutado há tempos em proteção a todos usuários e contra a proposta desta discussão inclusive. Do contrário, vamos todos voltar a falar dos conflitos anteriores e entupir a página de assunto fora do tópico e atrapalhar o andamento desta discussão. Achei super bonito quando a comunidade se juntou para escrever um texto e se mostrou unida para falar em nome dela e não chamando atenção para um ou outro em defesa dela e da liberdade de expressão. Seria importante aprender a manter essa ideia.—Teles«fale comigo» 21h36min de 16 de agosto de 2019 (UTC)
Teles, foi-se o tempo no qual eu me preocupava com certas opiniões, vou lembrar de tudo que vocês fizeram e tentaram fazer contra mim e outros editores pro resto da minha existência enquanto membro deste projeto. A unica coisa que vocês se preocupam é com o protagonismo e centralização de poder em tudo que é tipo de ação, misturam as posições e filiação, nunca sei quando estão se posicionando enquanto editores, funcionarios, assessores de imprensa, estagiários ou qualquer outra coisa. Não vou ficar discutindo contigo sobre isso nem outro assunto, não da pra esperar vocês acharem o que deve ser feito ou não, fizeram o texto, discutiram e no final nada saiu da pagina, meu nome e email estavam envolvidos nessa questão devido ao meu contato com o MEC, fiz o possível para blindar o Chronus nessa questão e fui atrás para evitar qualquer ação judicial contra a gente. A repercussão foi boa e conquistamos apoio, inclusive ja tenho vários contatos de advogados que se prontificaram a nos defender gratuitamente em uma possível ação judicial. Defendo a pauta, o conhecimento livre e estou nessa a muitos anos. Pra cima de mim não tem essa de carteirada, nem de ministro e muito menos de wikipedista ou funcionário da WMF. Rodrigo Padula(Fale comigo) 01h10min de 17 de agosto de 2019 (UTC)
Até a sua intervenção, todos estávamos tratando do problema neste espaço público de grande visibilidade de forma civilizada, sem disseminação de desconfiança nem ataques pessoais aos colegas dispostos a ajudar a resolver esta situação desagradável. Um aspecto consensual nesta discussão é que os contatos com o biografrado ameaçador deveriam ser feitos através de e-mails institucionais da WMF para despersonalizar as ameaças e explicitar que nosso trabalho é voluntário, comunitário e colaborativo. Sua iniciativa unilateral de desproteger o verbete me causa a impressão de que você busca holofotes para si, o que me parece contrário ao nosso espírito comunitário. Desejo-lhe boa sorte na empreitada, mas peço-lhe que deixe claro em suas ações que se tratam de iniciativas pessoais suas, sem endosso de nossa comunidade de editores. Ixocactus (discussão) 04h05min de 17 de agosto de 2019 (UTC)
Pois é... sem endosso e erradas sob diversos pontos de vista. Precisou outro administrador proteger novamente o artigo. Pensar que isso é um questão pessoal só atrapalha as coisas e impede de usar o bom julgamento pra tomar a decisão mais correta. Que bom que lembra do que fizemos... agora me pergunta se lembro do que fez? Tenho uma péssima memoria.—Teles«fale comigo» 01h00min de 20 de agosto de 2019 (UTC)
Se houver apoio para isto, ou seja, outros editores que se proponham a assinar a medida conjuntamente, eu me comprometo a criar o tópico específico na esplanada e uma minuta de texto. Millbug fala 12h26min de 15 de agosto de 2019 (UTC)
  • O e-mail foi enviado ao Chronus mas é endereçado à todos nós. A gente deveria implementar a abordagem da wikien Pedido de edição, onde se é feito pedido para editar arigos protegidos, não tem nenhum mistério ou tratamento especial.― Diana m 17h49min de 15 de agosto de 2019 (UTC)
@Dianakc: Os pedidos de edição em páginas protegidas podem ser feitos em WP:P/PP. Érico (disc.) 23h59min de 15 de agosto de 2019 (UTC)
@Érico: legal, não conhecia essa página, pelo que entendi o pedido é pra quando a página é protegida ou quanto há COI, que seria o caso do ministro. Na wikien os pedidos ficam na PD do artigo mesmo, tem uma predefinição que se preenche e qualquer um aprova ou não a edição exceto se é pagina só editável por admin, em geral não parece haver muita encrenca nisso não.― Diana m 00h39min de 16 de agosto de 2019 (UTC)

Informo que abri o tópico Wikipédia:Esplanada/geral/Representação à PGR por possível improbidade administrativa do Ministro da Educação (16ago2019). A mim me parece muito importante que não haja criminalização do trabalho voluntário de compilação do conhecimento humano, muito menos a vitimização de quem, ao contrário, usa a máquina pública para seus interesses particulares como se imperador fosse. Ações como esta, a meu ver devem ser não apenas repudiadas, mas efetivamente punidas, sobretudo se consistem em tentativa de uso do poder para intimidar a livre manifestação dos cidadãos. Millbug fala 03h16min de 16 de agosto de 2019 (UTC)

Calma, ainda é muito cedo para qualquer tipo de medida. Nao temos personalidade jurídica para qualquer representação contra o ministro ou ministério. Você vai fazer em seu nome pessoal? Importante ter cautela nas colocações feitas por aqui para não fornecer munição contra nos ou algum editor aqui. O verbete está desprotegido, vamos acompanhar. Ontem recebi contato da equipe do O GLOBO, hoje saiu nova matéria na imprensa e o assunto vai repercutir o dia todo, temos que aguardar o posicionamento oficial para ir calibrando as coisas aqui do nosso lado. O mais importante é tentar usar essa pauta de forma educativa, para vender bem o nosso peixe e combater essas ações totalmente despropositadas. Rodrigo Padula(Fale comigo) 14h18min de 16 de agosto de 2019 (UTC)
Já respondi no tópico respectivo. Anuncio também que começaram os vandalismos, como era previsível. Provavelmente, esta página terá que ser muito em breve protegida novamente. Millbug fala 14h43min de 16 de agosto de 2019 (UTC)
Demonstrar boa fé é sempre muito importante quando a coisa vai pro meio jurídico. Caso haja vandalismos, edições improprias, voltamos a bloquear. É importante que fique claro para todos que não se trata de uma questão política ou ideológica, são as regras do projeto, e não há nada de ilegal nisso Rodrigo Padula(Fale comigo) 14h50min de 16 de agosto de 2019 (UTC)
Se o objetivo é divulgar isso a "todos", o assunto deveria ser destacado na PP com uma nova nota por nós formulada. Este destaque já foi proposto e rejeitado nesta mesma discussão, mas, de acordo com as novas circunstâncias, não seria o caso de se repensar? Millbug fala 15h04min de 16 de agosto de 2019 (UTC)
Eu continuo achando que cabe uma nota publica explicativa sobre o caso e os erros cometidos pelo ministro/ministério ao tentar impor sua visão sobre o artigo na Wikipédia, precisamos aprender a militar pela nossa própria causa. Rodrigo Padula(Fale comigo) 20h18min de 16 de agosto de 2019 (UTC)

@Teles: Por favor, coloque o plano proposto em prática, com urgência, pois os vandalismos não cessam. Se possível, a meu ver seria melhor que um funcionário da WMF protegesse o artigo (conforme lhe questionei, mas até agora não respondeu), e não um steward. Érico (disc.) 13h42min de 17 de agosto de 2019 (UTC)

Acho pouco provável que um funcionário pudesse fazer em tempo hábil. Me parece que a solução de que isso seja feito por um não brasileiro é suficiente.—Teles«fale comigo» 01h00min de 20 de agosto de 2019 (UTC)

O histórico desse artigo estava ficando a moh zona, parece óbvio que a proteção nunca deveria ter sido removida. Botei 3 meses de proteção normal nisso - que, vale lembrar, n é impeditiva de edição, simplesmente obriga ao registro. A ampliação do tempo se explica pelo longo histórico de proteções.-- Darwin Ahoy! 14h47min de 17 de agosto de 2019 (UTC)

Érico não vejo problema algum que qualquer um de nós proteja a página no momento e no nível que for determinado pelas nossas políticas. Não precisamos pedir nada a ninguém. DarwIn A proteção atual realmente permite que "qualquer um", desde que registrado, edite a página. Mas nada impede que, se ela começar a ser vandalizada por registrados, seja protegida por um tempo em nível autorrevisor, o que é impeditivo de edição - ressalte-se - quando e se nossas políticas assim determinarem. Millbug fala 14h55min de 17 de agosto de 2019 (UTC)
@Millennium bug: Nem eu! No entanto, havendo uma discussão em andamento sobre o assunto, não queria tomar decisões controversas de forma unilateral. Érico (disc.) 21h59min de 17 de agosto de 2019 (UTC)
Agradeço ao Darwin por ter protegido. Espero que não haja mais trapalhadas. Com a proteção do Darwin, talvez seja desnecessário que isso seja feito por um administrador não identificado. O ideal é que esse tipo de ação seja feito por não brasileiros.—Teles«fale comigo» 01h00min de 20 de agosto de 2019 (UTC)
Teles Não penso que devemos fazer qualquer recomendação neste sentido nem pensar desta forma. O fato de ser brasileiro não retira o direito de editar e administrar as páginas de pessoas do Brasil, nem devemos pensar que estamos sujeitos a algum tipo de risco por biografar pessoas "importantes" ou "poderosas". Imagine se isso vira precedente e todos os biografados que se sintam nestas condições passarão a nos ameaçar. Vamos editar e administrar livremente, de acordo com nossas políticas. Millbug fala 02h33min de 20 de agosto de 2019 (UTC)