Wikipédia:Esplanada/geral/Discussão sobre movimento estratégico global (15abr2019)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Página inicial Temas e questões Grupos de trabalho Perguntas frequentes Chat no Telegram Relatórios

Após um período de introdução iniciado na página anterior com comentários gerais sobre o processo, traduções e primeiras dúvidas, gostaria de passar a uma segunda fase das nossas discussões locais, com algo mais direcionado para os grupo temáticos e suas perguntas. Qualquer pendência do processo anterior (dúvidas, questionamentos, etc) pode ser realizada em qualquer dos espaços de acordo com seu critério. Abaixo, estarei dividindo em seções os grupos temáticos, para que possamos comentar individualmente sobre cada um. Não é necessário que comente em todos; pode comentar nos que tiver interesse.

Sugestão:

  • Leia a introdução sobre o processo.
  • Caso haja alguma, dúvida, pode encontrar a resposta nas FAQ's ou entrar contato diretamente comigo aqui mesmo ou em privado se preferir
  • As seções abaixo resumem as áreas temáticas e suas perguntas. Leia a introdução e tente ir respondendo às perguntas livremente, sem necessariamente seguir qualquer ordem
  • Para facilitar a identificação de uma pergunta, cada uma terá um código de acordo com seu grupo e número de pergunta. Por exemplo. no grupo 02, a questão 01 pode ser identificada por #G2Q1.
  • Apenas para facilitar o entendimento, os temas estão sendo resumidos aqui junto com as perguntas, mas fique à vontade para acessar cada página dos grupos temáticos individualmente se assim preferir e terá uma introdução mais completa.

Recomendo não se preocupar em errar. É normal no início não saber exatamente do que se trata a discussão e, com o tempo, tudo vai se esclarecendo. Não deixem de participar, pois a nossa participação garante que possamos influenciar diretamente sobre as decisões daquilo que envolve os projetos pelos quais somos apaixonados e em que acreditamos. Uma boa discussão a todos. LTeles (WMF) (discussão) 01h27min de 16 de abril de 2019 (UTC)

Grupo 1: Funções e responsabilidades[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático faz referência aos modelos de organização e governança das comunidades da Wikimedia e sua relação com a Fundação Wikimedia. Atualmente, há diversas estruturas criadas que foram geradas sem um plano geral, com diversas tarefas de importância estratégica que não são realizadas por não haver pessoas designadas para elas.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G1Q1) Quais estruturas organizacionais e de governança são necessárias para apoiar a entrega da direção estratégica?
Pergunta 2 (G1Q2) Como podemos assegurar que as nossas estruturas operacionais e de governança possam se adaptar à mudança social, tecnológica e política?
Pergunta 3 (G1Q3) Quem deve se responsabilizar pelas funções e estruturas do movimento e como?
Pergunta 4 (G1Q4) Quais estruturas, processos e comportamentos nos permitirão incluir todas as vozes (inclusive, p. ex., colaboradores atuais e públicos emergentes) na nossa tomada de decisões?
Pergunta 5 (G1Q5) Qual é a melhor maneira de compreender as contribuições e capacidades dos nós na nossa rede futura?
Pergunta 6 (G1Q6) Quais responsabilidades são melhor colocadas em nível global, regional, local ou temático? Quais devem ser centralizadas e quais devem ser descentralizadas?
Pergunta 7 (G1Q7) Como podemos integrar o movimento Wikimedia com o ecossistema de conhecimento livre maior?
Pergunta 8 (G1Q8) Como a gestão e a resolução de conflitos devem ser estruturadas ao longo do movimento?
Pergunta 9 (G1Q9) Como podemos ser estratégicos para assegurarmos relevância à medida que nos desenvolvemos, ao mesmo tempo em que apoiamos a comunidade de edição existente?

Comente[editar código-fonte]

Na minha visão não existe um problema na estrutura de governança das comunidades de editores, a estrutura de hierarquia horizontal, em todos podem opinar sobre as políticas e onde aqueles que têm poderes de decisão especial são eleitos pela comunidade, é um sistema robusto e flexível o suficiente para conseguir se adaptar às mudanças. Os problemas de governança estão nas estruturas da WMF e seus comitês, pois quando essas estruturas não funcionam direito não existe um mecanismo para nós forçarmos uma mudança. O que falta na minha opinião é um mecanismo de avaliação dos diversos departamentos e comitês da WMF, deveria ter uma vez por ano uma chamada em todos projetos para opinar sobre a WMF, em que todos tenham a liberdade de dizer o que acham que está funcionando e o que não está funcionando. Não é possível fazer um planejamento bem feito sem isso, pois ao redesenharmos estruturas sem essa avaliação prévia criamos o risco de não resolver alguns problemas e até de criar problemas em áreas que estão funcionando bem. Danilo.mac(discussão) 18h27min de 19 de abril de 2019 (UTC)

Eu penso que as estruturas de governaça estão funcionais e poderam continuar em vigor, mas acho que se deve criar um novo estatudo de usuarios um especi de superconfirmados onde esses podessem ver as paginas que foram eleminadas. Ribeiro2002Rafael (discussão) 20h33min de 18 de maio de 2019 (UTC)

@Ribeiro2002Rafael: Obrigado pela participação! Acredito que isso possa ser proposto à comunidade na Esplanada com as devidas justificativas. Ou pode, por exemplo, questionar outros usuários individualmente sobre a opinião deles a respeito disso e ir amadurecendo a ideia. Entretanto, o Processo Estratégico não lida com esse tipo de decisão, pois isso fica a cargo da comunidade local decidir através de seus espaços de discussão.
O que este Processo pretende saber de você é sua opinião sobre as estruturas de governança relacionadas ao movimento Wikimedia em geral, a interação entre a Wikimedia Foundation, a comunidade de editores e as demais entidades do movimento, como comitê de afiliação, capítulos, Comitê de Disseminação de Fundoss, grupos de usuários, o Conselho Diretivo. O que precisa ser mudado e o que deve ser mantido? LTeles (WMF) (discussão) 18h52min de 31 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 2: Fluxos de receita[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Pretende-se aqui avaliar novas e diversificadas oportunidades de captação de recursos. Considera-se que as receitas atuais não são capazes de levar os projetos às metas até 2030. Atualmente concentrada na doação de um grande número de pessoas que fazem contribuições pequenas, exige-se que a ampliação da receita esteja ligada aos princípios da Wikimedia.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G2Q1) Que receita contínua o movimento Wikimedia precisa até 2030 para realizar a sua missão nos próximos 100 anos?
Pergunta 2 (G2Q2) O que precisamos saber sobre a geração passada e gastos de receita para determinar a melhor maneira de atingirmos a nossa meta?
Pergunta 3 (G2Q3) Quais fatores, internos e externos, afetam a nossa capacidade de atingir a nossa meta?
Pergunta 4 (G2Q4) Quais são os limites que não devemos ultrapassar ao trabalharmos em direção à nossa meta?
Pergunta 5 (G2Q5) Quais fluxos de receita nos permitirão atingir a nossa meta?
Pergunta 6 (G2Q6) Quais são as capacidades necessárias para desenvolvermos esses fluxos de receita?
Pergunta 7 (G2Q7) Como podemos tirar proveito do fato de sermos um movimento global com presença local para atingirmos a nossa meta?
Pergunta 8 (G2Q8) Como podemos organizar a geração de receita e o fluxo ao longo do movimento?

Comente[editar código-fonte]

Na minha visão a WMF precisa se preocupar menos sobre como aumentar a receita e mais sobre como reduzir gastos que geram pouco ou nenhum retorno. Um exemplo que já vi pessoas de vários países comentado é a quantidade de dinheiro gasto com viagens para fazer reuniões presenciais. A Wikimania é um bom exemplo, nessa reunião são feitas várias apresentações sobre diversos temas, mas provavelmente tudo do que é apresentado poderia ser feito por video conferências ou outro meio digital, fazendo com que a única diferença do encontro presencial seja a confraternização entre Wikimedistas, que é algo positivo, mas não é para isso que as pessoas fazem doações. Outro tipo de gasto que poderia ser evitado são projetos que se desenvolvem sem ter uma certeza razoável que os resultados finais valerão os recursos gastos. Um exemplo nesse sentido é o que aconteceu com o Flow, foram gastos muito tempo e recursos para desenvolver essa ferramenta sem que se dessem conta durante o processo que os editores não iriam aceitar que o Flow substituísse as páginas de discussão, ou seja, foi um gasto desnecessário que poderia ter sido empregado em outras áreas. Enfim, redução de gastos é uma importante fonte de receitas que deveria ser mais considerada.

Outra fonte de receita pode ser as doações de empresas e organizações que investem em projetos educacionais. Isso não é conseguido com os banners da campanha de doação, é preciso que representantes da WMF vão até as organizações pedir as doações. Uma vantagem desse método é que as organizações que fazem as doações ficarão atentas a como os recursos estão sendo empregados, o que ajuda na vigilância dos gastos. Outra ideia é criar um fundo de investimentos para colocar parte das doações, a longo prazo os juros desse fundo pode complementar a receita obtida por doações, ou, dependendo do tamanho que esse fundo tomar, pode se tornar a principal fonte de recursos. Danilo.mac(discussão) 17h45min de 18 de abril de 2019 (UTC)

@Danilo.mac: Wikimania é a única convenção global do Movimento Wikimedia que está aberta a todos, acho muito importante que isso exista e se mantenha. Pelo que sei, os gastos com isso, embora consideráveis, são uma ninharia no cômputo global, e muitíssimo menos que aquilo que outras organizações congéneres como a FireFox gastam com a formação e desenvolvimento dos seus voluntários. Aquilo não é um "convívio de wikimedistas", é o único ponto onde muitos de nós, especialmente quem não está vinculado a nenhum afiliado Wikimedia, pode trocar experiências com outros wikimedistas do mundo inteiro, e dar o salto para fora do buraco ou toca de coelho que muitas vezes acabam sendo os projectos Wikimedia. Não acho isso só importante, acho fundamental para a boa saúde do movimento. Basta pensar que foi na Wikimania 2008 na Biblioteca de Alexandria que se apresentou e desenvolveu o conceito de GLAM, muitos dos grandes saltos e avanços no Movimento e nas várias comunidades foram dados precisamente em Wikimanias. Nada substitui o contacto pessoal, a troca de experiências cara a cara. Para estar enfiados à frente de computadores, já estamos nós aqui todos o dias. Por tudo isso discordo em absoluto que se deva poupar justamente no único evento Wikimedia global que é aberto a todos. Poupar nisso é, como se diz aqui, poupar na farinha para gastar no farelo, pois nada paga o conhecimento que é gerado e transmitido em encontros desse género. O investimento é uma ninharia, comparado com o retorno que traz.-- Darwin Ahoy! 21h42min de 18 de abril de 2019 (UTC)
Eu não fui a nenhum Wikimania mas acompanhei a agenda de alguns e assisti algumas apresentações via stream, e não vi depois impactos relevantes por aquelas discussões terem ocorrido presencialmente, mas posso estar errado sobre isso. Em todo caso, o ponto é verificar o real impacto das ações e comparar esse impacto com os recursos empregados para evitar gastos desnecessários. Danilo.mac(discussão) 23h30min de 18 de abril de 2019 (UTC)
Talvez pudesse estar melhor documentado, mas é facto que muitos dos conceitos de alto impacto no Movimento, como os GLAMs, ou a necessidade preemente de descolonização da Internet, dominada por uma cultura de matriz ocidental (tema da última Wikimania), tiveram como ponto fulcral estes eventos. Também é o único sítio em que um wikipedista da Guiné-Bissau pode se encontrar e conversar com um do Bangladesh, e perceber que ambos os países partilham dois desafios fundamentais: Como trabalhar na quase total ausência de fundos externos, e uma comunidade online toda ligada via Facebook, e um experimentar a solução que o outro encontrou. Este tipo de coisa, embora teoricamente possível online, é muito improvável de acontecer fora de encontros presenciais.
É facto que uns poucos olham para aquilo como uma espécie de férias pagas pela Wikimedia, como um prémio pelo trabalho voluntário, mas não é nada disso que aquilo é, e quem vai com esse espírito era melhor que ficasse em terra e desse o lugar a outros, pois as bolsas são um recurso escasso. Pelo que soube, este ano há um objectivo da organização privilegiar quem nunca participou antes, também para evitar uam certa classe de "wikifesteiros", gente que mal participa nos projectos, mas conseguiu ter sucesso nesse nicho, e vive saltando de evento Wikimedia em evento Wikimedia, fazendo o chamado "Wikitour", com muito pouco ou nenhum impacto real nos projectos depois. Essa classe, que deu bastante má fama no passado aos eventos Wikimedia, entre eles o Wikimania, já está mais ou menos identificada, e a tendência que tenho percebido é para a sua gradual extinção.-- Darwin Ahoy! 14h48min de 20 de abril de 2019 (UTC)
Bom saber que estão tendo essa atenção com o "wikitour". Mas de fato o impacto dos eventos precisaria estar melhor documentado, é preciso aumentar a atenção com o pós-evento, vejo muita atividade relacionada com o Wikimania e outros eventos nos dias que antecedem e durante o evento, mas ao terminar o evento não existe muita preocupação em registrar o impacto que o ele teve. Seria bom que por exemplo seis meses após um Wikimania fosse feita uma verificação e registro do impacto de cada tema discutido, o que evoluiu e o que ficou parado. Danilo.mac(discussão) 18h09min de 20 de abril de 2019 (UTC)

Sobrescrevo o primeiro comentário do colega Danilo.mac, mas com menos ênfase no encontro específico sendo discutido. Como é amplamente difundindo, o problema da fundação não é captação de receita mas sim gastos desenfreados e desnecessários - o projeto sustentava-se muito bem no passado sem esses gastos, que não são, na grossa parte, direcionados para infraestrutura e pessoal associado a essa para suportar o maior volume de internautas. Saturnalia0 (discussão) 14h33min de 21 de abril de 2019 (UTC)

Sendo que um dos gastos desenfreados parece ser justamente este processo de estratégia, que já dura há anos e ninguém sabe muito bem como funciona nem onde vai chegar, se é que tenta sequer chegar a algum lado. Eu teria muito mais atenção aos gastos com este tipo de coisa, com o site da WMF, que aparentemente custou uma fortuna e continua um lixo visual, com projectos malucos como o novo plano de branding que sugere juntar Wikimedia e Wikipédia, do que com os custos dos eventos de formação e capacitação das comunidades, que geralmente têm tradução no desenvolvimento e enriquecimento dos projectos.
"Considera-se que as receitas atuais não são capazes de levar os projetos às metas até 2030" - na verdade nem sei o que isto quer dizer. Parece ser uma mera suposição hipotética. Tanto quanto eu sei, o financiamento dos projectos em si não está minimamente em risco, até acabaram de fazer uma dotação financeira só destinada a aplicação de fundos, para um financiamento dos custos correntes a longo prazo (leia-se, dezenas de anos ou séculos).-- Darwin Ahoy! 02h53min de 24 de abril de 2019 (UTC)
@DarwIn e Saturnalia0: Acredito que essa frase sobre as receitas não serem suficientes se refere a uma previsão de que os custos irão aumentar ou a alguma demanda maior de investimento para que as metas de 2030 sejam alcançadas. Até onde se sabe, os recursos atuais estão sendo suficientes de acordo com os gastos atuais. Não saberia dizer qual seria essa demanda maior de investimento, mas posso buscar essa informação se quiserem. LTeles (WMF) (discussão) 17h29min de 24 de abril de 2019 (UTC)
@LTeles (WMF): Será que seria possível confirmar isso com os grupos de discussão? É que realmente essa frase é confusa até para mim, que tenho acompanhado minimamente o processo. Se nem há objectivos ainda, como se presume que os gastos vão aumentar assim tanto para além do expectável (mais servidores, etc) que não é nada assim tão custoso?
@DarwIn: Vou buscar essa informação.LTeles (WMF) (discussão) 20h16min de 24 de abril de 2019 (UTC)

Aliás, já que estamos falando nisso, a não ser que a situação tenha mudado e eu não fiquei sabendo temos o seguinte: Como alguns por aqui devem lembrar, quando um editor, por maiores que sejam suas contribuições ao projeto, envolve-se em algum entrave judicial devido às suas contribuições (e exclusivamente devido a elas), por mais justas que sejam, nem um centavo de recurso é alocado em seu auxílio. A receita tem fins mais importantes, suponho. Saturnalia0 (discussão) 03h37min de 24 de abril de 2019 (UTC)

@Saturnalia0: No caso do Chico eles não pegaram, mas no Commons tem acontecido a WMF realmente avançar com todo o departamento legal, e até às últimas consequências, para defender os Wikimedistas. Suponho que tenha a ver com política interna e estratégia da Fundação, que acabam sendo bastante obscuras. Também penso que deveria ser ponto assente e incontroverso que qualquer wikimedista com problemas legais por fazer uso legítimo dos projectos deveria ter representação legal graciosa e de qualidade providenciada pela WMF. É uma boa coisa para mandar para esses grupos de estratégia mastigarem, de facto, embora pertença a outros tópicos (Alocação de Recursos, por exemplo), e não a este.-- Darwin Ahoy! 18h23min de 24 de abril de 2019 (UTC)

Eu já falei isso antes e vou repetir: "PAY THE AUTHORS NOW!!!". Os autores da Wikipédia são a verdadeira sustentação de todo o projeto. De fato, não é com reuniões burocráticas que se faz a Wikipedia, não é com remunerações a burocratas. É com a escrita dos autores que a Wikipédia existe: se ninguém escrevesse, não haveria verbetes. Mesmo assim, os burocratas desejariam as reuniões e remunerações. Não precisamos de um sistema hierárquico, pois as informações cedidas à Wikipédia são controladas pelos próprios escritores, com base na citação de fontes e confiabilidade das mesmas. A própria comunidade é capaz de identificar vandalismos ou "carece de fontes", por escrutínio. Além de todos os vícios já expostos por mim e por outros, a hierarquia na Wikipédia interfere na QUALIDADE da informação. Exemplo disso é o verbete Modernidade, que insistem apagar minha contribuição embasada em fontes fiáveis para manter uma visão ideológica, imprópria e equivocada sobre o conceito, entronando Nietzsche como patrono. Outro exemplo é o verbete Neurociências, que está correto na Wikipédia lusófona e incorreto na Wikipédia anglófona. Minha proposta se resume em dois pontos: - a dissolução imediata da hierarquia entre colaboradores e; - a remuneração dos escritores por caractere mantido após um ano. ---Camillo Cavalcanti (discussão) 18h15min de 1 de maio de 2019 (UTC)

@Camillo Cavalcanti: Obrigado pelas opiniões. Parece ser algo cada vez mais aceito que os editores precisam ser melhor assistidos. Traz uma ideia um pouco diferente sobre remuneração a autores/editores, o que modificaria o caráter voluntário das edições. Gostaria de explicar melhor como isso se daria? Acredita que existe verba suficiente para todas as contribuições? Com relação a outros tipos de contribuições em que não há adição de conteúdo, por exemplo, daqueles que revertem vandalismo ou escrevem scripts de robôs ou atuam na área administrativa, deveriam ser pagas também?
Outro ponto é sobre a hierarquia. Não ficou claro pra mim a que hierarquia se refere. Está se referindo à existência de grupos de usuários como administradores, burocratas, etc? Possui alguma ideia sobre como tornar o sistema menos hierárquico? LTeles (WMF) (discussão) 21h19min de 3 de maio de 2019 (UTC)
Oi Sr. @LTeles (WMF):, obrigado pela sinalização, no meu perfil, de sua resposta aqui. Durante o Projeto Wikipédia na Escola, para o qual fui convidado pelo Sr. Everton, sugeri fosse estabelecido 0,01 de dólar (um centavo) por caractere na página principal do artigo, ao menos durante um ano. Abri no Projeto Wikipedia na Escola vários rascunhos de verbetes sobre crítica e teoria (p.ex., Alceu Amoroso Lima), escritos pelos meus alunos, para futuramente receberem tratamento editorial mais adequado, por parte dos administradores, robôs, burocratas, etc. Na ocasião infelizmente percebi que a colaboração voluntária só se aplica aos escritores, pois, subindo na hierarquia, administradores, robôs, burocratas não quiseram desempenhar o trabalho voluntariamente. Ao contrário, vieram oferecer bondade fantasmagórica em troca de que eu me sacrificasse mais, revisando e editando todos os rascunhos, mas minha bondade fantasmagórica não convenceu os soberanos da Wikipédia a também atuarem voluntariamente, igual aos escritores valorizadíssimos em retórica vazia de massagear o ego dos marginalizados. As páginas-rascunho até hoje aguardam esse tratamento editorial, se é que ainda existe a página da Wikipédia na Escola (a página "PAY THE AUTHORS NOW!!!" já sumiu). Administradores, robôs, burocratas poderiam e deveriam ganhar exatamente a mesma coisa: 0,01 dólar (um centavo) para cada caractere escrito em substituição aos erros, em vez de simplesmente apagarem (muitas vezes incorretamente) ou colarem traduções robóticas da Wikipédia anglófona (muitas vezes numa sintaxe ilegível). Mas para fazer essas edições, não é necessário, de forma alguma, distintivo oligárquico de "administrador", "robô", "burocrata". Todos os protagonistas são escritores, uns escrevem mais, outros menos. E seria o Império da Justiça todos iguais perante a lei. A Lei da Wikipédia: todos são escritores, independentemente de raça, credo, localização ou grau de participação; e quem trabalha mais é também e ainda, e sempre, um escritor e receberá a mais por isso, se a comunidade julgar, por discussão ou escrutínio, que seu caractere (type) tem valor sustentável ao menos por um ano na página principal do artigo, seguindo os já estabelecidos princípios de edição. Camillo Cavalcanti (discussão) 03h21min de 9 de maio de 2019 (UTC)
Discordo em pagar os editores dessa forma, não existem recursos para isso, e nós colaboramos sem receber nada em troca para que as pessoas tenham acesso as informações de forma gratuita e sem anúncios. Nós estamos colaborando para o livre acesso ao conhecimento, esse é o nosso pagamento. Danilo.mac(discussão) 00h19min de 12 de maio de 2019 (UTC)

E vai gastar o dinheiro então com o "wikitour"???Camillo Cavalcanti (discussão) 00h16min de 15 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 3: Alocação de recursos[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Atualmente, a Fundação Wikimedia é o principal ponto de alocação de recursos. Através dos seus programas de pedidos de recursos, usuários ou afiliados podem solicitá-los abertamente. Mesmo sendo um processo aberto a todos, tem sido questionado se apenas possibilitar o acesso seja suficiente para garantir a equidade entre as diferentes comunidades. "Recursos" é um termo que pode fazer referência a dinheiro, mas também a recursos tecnológicos, de comunicação, de marca, de gestão de pessoas, entre outros.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G3Q1) Como a alocação de recursos pode apoiar as estruturas que fortalecem os diferentes atores dentro do movimento de conhecimento livre a longo prazo? Como o poder está conectado à alocação de recursos e como podemos utilizar a alocação de recursos para criar mudanças?
Pergunta 2 (G3Q2)
  • Quem toma as decisões sobre a alocação de recursos dentro do movimento? Como essas decisões devem ser tomadas (em termos de estruturas, critérios, prioridades, responsabilidade)?
    • Como os critérios e prioridades de tomada de decisão são definidos?
    • Como incluímos as “comunidades que foram deixadas de lado por estruturas de poder e privilégio?
Pergunta 3 (G3Q3)
  • Qual é o objetivo de um sistema amplo de alocação de recursos do movimento? Quais devem ser os valores e princípios que regem o sistema de alocação de recursos, para que possam apoiar um sistema para a alocação equitativa de recursos no movimento?
    • Há uma hierarquia de valores? E se entrarem em conflito?
    • Como podemos assegurar que os recursos que alocamos nos ajudarão a alcançar a direção estratégica de tornarmo-nos a infraestrutura essencial de conhecimento livre, inclusive a equidade de conhecimento e conhecimento como serviço?
Pergunta 4 (G3Q4) A direção estratégica prioriza “comunidades que foram deixadas de lado”. Quem são elas? Com quem devemos entrar em contato e com base em qual princípio?
Pergunta 5 (G3Q5)
  • Quem devem ser os destinatários dos recursos? Como determinamos os limites, quem ou o que será incluído?
    • As regras seriam diferentes para o movimento Wikimedia em comparação a entidades/comunidades do ecossistema mais amplo de conhecimento livre?
Pergunta 6 (G3Q6)
  • Como podemos alocar os recursos para assegurar a inovação em relação à nossa meta de 2030?
    • Como podemos equilibrar a necessidade de inovação ao mesmo tempo em que apoiamos o trabalho existente?
    • Como podemos possibilitar a inovação para uma ampla gama de comunidades?
Pergunta 7 (G3Q7)
  • De que maneiras os recursos alocados garantem recursos futuros (sustentabilidade)?
    • Como podemos integrar o desenvolvimento de capacidades (para a sustentabilidade) com a alocação de recursos?
    • Se nos concentrarmos no aspecto financeiro: Como podemos usar os fundos existentes para criar fundos futuros? Quais são as variações contextuais que precisamos considerar para esse processo? Esse processo será diferente para as comunidades emergentes e não emergentes?
Pergunta 8 (G3Q8)
  • Qual o impacto que os recursos alocados devem criar dentro das nossas comunidades e do mundo?
    • Como podemos medir o impacto a longo prazo?
    • Como podemos equilibrar a necessidade de medição específica ao contexto e a consistência ao longo do movimento?
    • Como podemos assegurar que a nossa alocação de recursos seja catalítica e leve a mudanças maiores e mais rápidas para o conhecimento livre ao longo do tempo (para que os recursos do movimento não sejam os únicos usados)?
    • Como podemos assegurar que o impacto geral na sociedade seja positivo?
Pergunta 9 (G3Q9) A quem prestamos contas e como podemos organizar a prestação de contas?

Comente[editar código-fonte]

Comentando somente a pergunta 8, considero fundamental ter uma forma de medir o impacto dos recursos alocados, sem essa medição podemos estar dando recursos demais para ações com pouco impacto e recursos de menos para ações que geram grande impacto e têm potencial de gerar ainda mais. A medição de impacto deve ter como base a nossa missão de levar conhecimento às pessoas, temos que procurar verificar se as ações de alguma forma aumentarão o conhecimento que as pessoas obtêm, observando também a relevância desse conhecimento na vida das pessoas, ler artigos sobre entretenimento por exemplo não é tão relevante quanto ler artigos científicos. Fazer essa medição porém não é uma tarefa simples, pois o aumento do conhecimento das pessoas é uma coisa subjetiva e para fazer medições precisamos de objetividade. Uma forma de criar objetividade é através de pesquisas de opinião que transforme essas subjetividades em estimativas numéricas, por exemplo perguntar às pessoas que já leram artigos da Wikipédia com que frequência elas leem os artigos e qual diferença isso faz em seu nível de cultura e conhecimento, e repetir a pergunta para as outras formas em que divulgamos conhecimento, com isso teremos uma estimativa do que leva mais e menos conhecimento às pessoas. Outra parte da medição é medir quanta informação nós disponibilizamos e qual uso está sendo feito dela. Uma forma de medir isso nos artigos da Wikipédia de uma forma numérica é usando o número de acessos e o tamanho dos artigos, apesar de não ser uma medida precisa o número de acessos alto mostra que mais pessoas estão lendo ou pelo menos procurando aquele assunto, e o tamanho do artigo tem uma certa relação com a qualidade dele. Essa medição pode ser diferente para outros tipos de informações que disponibilizamos, imagens no Commons por exemplo podem ser medidas pelos acessos diretos à página da imagem, o número de páginas em que a imagem é usada e o número de acessos a essas páginas. Danilo.mac(discussão) 21h27min de 19 de abril de 2019 (UTC)

Minha proposta se resume em dois pontos: - a dissolução imediata da hierarquia entre colaboradores e; - a remuneração dos escritores por caractere mantido após um ano. --Camillo Cavalcanti (discussão) 18h20min de 1 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 4: Desenvolvimento de capacidades[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático pretende definir como e quais áreas devem ser o foco do desenvolvimento de capacidades que envolvem toda a contribuição aos projetos da Wikimedia. Isso faz referência ao desenvolvimento de capacidades para que um usuário edite melhor, fotografe melhor, escreva melhores scripts, desenvolva robôs, mas também pode fazer referência ao desenvolvimento, por exemplo, de capacidades não editoriais, como de comunicação para aqueles que tenham interesse em realizar apresentações sobre um determinado projeto caso a comunidade decida apoiar isso.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G4Q1) Como tornamos o desenvolvimento de capacidades inclusivo e equitativo?
Pergunta 2 (G4Q2) Quais partes interessadas devem fazer parte dos esforços de desenvolvimento de capacidades e como?
Pergunta 3 (G4Q3) Quais recursos são necessários para o desenvolvimento de capacidades?
Pergunta 4 (G4Q4) Quais ferramentas e métodos funcionam melhor a nível local, regional e internacional?
Pergunta 5 (G4Q5) Como podemos ampliar as ferramentas disponíveis além do treinamento, identificando formatos inovadores e eficazes?
Pergunta 6 (G4Q6) Qual papel a comunicação deve desempenhar em um sistema de desenvolvimento de capacidades e como isso pode ser integrado a uma abordagem de comunicação em todo o movimento?
Pergunta 7 (G4Q7) Quais processos ou sistemas apoiarão o desenvolvimento de capacidades de maneira eficaz?
Pergunta 8 (G4Q8) Quais estruturas e órgãos são necessários para preservar e promover a capacidade e quem deve mantê-los?
Pergunta 9 (G4Q9) Até que ponto ampliamos os esforços de desenvolvimento de capacidades além das partes interessadas do movimento e para o ecossistema de conhecimento?

Comente[editar código-fonte]

Eu também gostaria de saber a respostas para muitas dessas perguntas, eu já tentei fazer guias técnicos como este para incentivar que mais editores contribuíssem em áreas mais técnicas, criei as ferramentas ptwikis de uma forma que vários usuários podem ter acesso, mas essas iniciativas não deram muito certo. A dificuldade principal parece ser que a programação exige muito mais tempo de aprendizado e desenvolvimento do que outras tarefas de edição, e também exige muito mais paciência, pois ao programar é comum cometermos e corrigirmos muitos erros. Danilo.mac(discussão) 18h53min de 18 de abril de 2019 (UTC)

@Danilo.mac: Podemos tentar ir definindo do mais amplo para o mais específico. Já entende quais são as dificuldades (tempo de aprendizado para programação). Portanto, já podemos pensar em definir um norte. Por exemplo, isso pode ser resolvido com elaboração de material didático em nossa língua? Ou o ideal seriam palestras para usuários? Ou parcerias com instituições? Se for material didático, que tipo de material, como ele vai se relacionar com as novas tecnologias? Se forem palestras, como atingir mais pessoas e garantir que o conteúdo seja o mais acessível possível? Acredito que aos poucos as opiniões possam ir sendo definidas. LTeles (WMF) (discussão) 17h57min de 20 de abril de 2019 (UTC)
Já existe um pouco de material aqui na Wikipédia, um exemplo é o guia que citei acima, também comecei recentemente a escrever o Ajuda:Lua, e lembro que já houveram palestas na época do projeto Catalisador. E é possível encontrar muita coisa sobre programação na internet, inclusive em português, pois diferentemente de outras modalidades de edição a programação não é algo específico da Wikipédia. Não sei bem o que falta, talvez a programação seja simplesmente algo que muitos não têm interesse em aprender, da mesma forma com que eu colaboro com programação aqui mas nunca tive interesse em redigir artigos. Danilo.mac(discussão) 18h24min de 20 de abril de 2019 (UTC)
Deixo a pergunta em aberto então. Alguém já teve interesse em aprender sobre programação aqui na Wikipédia, mas desistiu por não encontrar material ou por falta de apoio? Alguém acha que uma ajuda nesse sentido teria evitado essa desistência? Que tipo de ajuda?
Se me permite, eu respondo que no meu caso isso já aconteceu mais de uma vez. Já pensei em programar e tive um bot, mas não consegui dar continuidade por falta de conhecimento. Talvez outros tenham passado pela mesma experiência. LTeles (WMF) (discussão) 20h28min de 20 de abril de 2019 (UTC)
Agora mesmo tá sendo uma autêntica charada perceber o funcionamento do Petscan, que alguns descrevem como a 5ª maravilha do mundo. Nessas coisas se você não tem um padrinho que ajude a saber o caminho das pedras, ferrou.-- Darwin Ahoy! 18h27min de 24 de abril de 2019 (UTC)

Eu entendo esse problema.Os problemas com bots são muito constantes.Eu mesmo criei um bot,mas não entendi nada da programação e acabei abandonando.Acho que a Wikimedia Foundation deveria achar um jeito de auxiliar os usuários especialmente os novatos a entrarem na área técnica.Assim teríamos mais artigos.Gustave London (discussão) 15h07min de 18 de maio de 2019 (UTC)

Oi, Gustave London. Obrigado pela participação. Que tipo de auxílio gostaria que fosse realizado ou apoiado pela Wikimedia Foundation? Melhorar a documentação sobre as ferramentas? Promover workshops ou aulas presenciais sobre bots? Outra alternativa? LTeles (WMF) (discussão) 18h53min de 18 de maio de 2019 (UTC)
Acho que nem precisaria de aulas presenciais.Acho que precisaria ter mais ajudas.No tutorial por exemplo, poderia ter alguma coisa que explicasse melhor o uso das ferramentas robóticas.Só isso ajudaria muito.Mas obrigado LTeles.Gustave London (discussão) 12h52min de 20 de maio de 2019 (UTC)

Nesta área eu acho que seria um bom acréscimo, uma estrutura de cursos (tipo como é feito pela Udemy, Coursera ou EdX), tipo um WikiAcademia, para treinar e desenvolver as capacidades de editores. Por exemplo: "Como criar e usar pré-definições", "Curso de construção de bots", etc.. Ricardo F. OliveiraDiga 18h56min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Obrigado pelo exemplo Ricardo.Também seria bom pessoas mais experientes nessa área ensinarem pessoas novas em programação a usarem ferramentas robóticas.Gustave London (discussão) 19h19min de 25 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 5: Parcerias[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático faz referência a acordos de cooperação entre usuários ou afiliados dos projetos Wikimedia e grupos externos à Wikimedia com intuito de melhorar a qualidade do conteúdo dos projetos. Entender os desafios futuros para formação de melhores parcerias, otimizar o modelo de parcerias já realizado de forma isolada entre diferentes grupos, aumentar o impacto gerado pelas parcerias, são pontos importantes da discussão.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G5Q1) Como podemos desenvolver a Wikimedia em um conjunto eficaz de parcerias, alianças e ações coletivas impactantes com base em uma visão compartilhada de conhecimento aberto e do movimento “Big Open”?
Pergunta 2 (G5Q2) Como desenvolvemos a infraestrutura técnica, as capacidades e o suporte que precisamos para sermos um parceiro eficaz para compartilharmos a “soma de todos os conhecimentos” e cumprirmos a visão de conhecimento como serviço para os nossos parceiros?
Pergunta 3 (G5Q3) Como podemos capacitar as pessoas e as organizações que trabalham em parcerias para obterem o apoio de que precisam para cumprir o nosso potencial de realizar parcerias diversificadas, sustentáveis, eficazes e impactantes?
Pergunta 4 (G5Q4) Como criamos uma cultura inclusiva e abrangente de compartilhamento de conhecimento, habilidades e práticas sobre colaborações e parcerias para que todos no movimento possam participar e se beneficiar delas?

Comente[editar código-fonte]

Acho que inicialmente a tentativa e erro é uma boa abordagem a ser usada com as parcerias, sempre registrando todas dificuldades encontradas durante o processo, dificuldades dos dois lados, das parcerias em colaborar conosco e nossas em orientá-las. Estudando essas dificuldades nós vamos aos poucos aprimorando nossas relações com entidades parceiras. As parcerias são muito importantes, mas acho que devemos dar prioridade para as parcerias de instituições que possam colaborar em artigos pouco desenvolvidos aqui na Wikipédia, parcerias que colaborem apenas com assuntos já bem desenvolvidos por aqui devem ser evitadas na minha opinião, pois o impacto positivo que podem trazer é pequeno se comparado com o tempo gasto nessa interação. Danilo.mac(discussão) 19h22min de 18 de abril de 2019 (UTC)

Grupo 6: Diversidade[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático faz referência à diversidade em sentido amplo, seja pela representação por indígenas, por pessoas de diferentes idiomas, religiões, localizações distintas ou por posicionamentos políticos, gênero, etc. Considera-se que há um desequilíbrio atual dentro e fora da Wikimedia criado pelas estruturas de poder historicamente, o que faz com que algumas vozes sejam menos ouvidas do que outras. Focar menos no inglês, trazer pessoas aos projetos que no momento não participam, permitir alcance para públicos mais amplos, são alguns dos subtemas deste grupo.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G6Q1) Podemos estabelecer que cada comunidade precisa ter um código de conduta que forneça a inclusão da diversidade? Como um compromisso com a diversidade também se manifesta nas estruturas de governança das organizações do nosso movimento, em nossas relações públicas e nas representações de mídias sociais?
Pergunta 2 (G6Q2) Como transformamos a nossa cultura e os espaços colaborativos, incluindo, entre outros, artigos, discussões gerais, páginas de discussão e o Commons para apoiar a representação diversificada de colaboradores e escritores, bem como as nossas definições de fontes e neutralidade confiáveis, para construir um ambiente seguro no qual todos (culturas e grupos minoritários/não representados/subrepresentados/predominantes) sejam incluídos e possam ver os seus respectivos conhecimentos representados, e falarem abertamente sobre eles mesmos?
Pergunta 3 (G6Q3) Como evitamos a armadilha do recentismo, recorrendo a redes de idosos, redes LGBT, redes de mulheres, comunidades indígenas, etc., para desenvolver voluntários para o projeto, como escritores, desenvolvedores e coletores de documentos, para encontrar e preservar o nosso histórico coletivo oculto?
Pergunta 4 (G6Q4) Que medidas efetivas devem ser tomadas para o futuro, para que a nossa comunidade maior possa usar outros idiomas que não o inglês para tomar decisões, eliminando a exigência de domínio do inglês como parte da nossa comunidade de tomada de decisões?
Pergunta 5 (G6Q5) Quais medidas as partes interessadas devem tomar para assegurar a diversidade de idiomas em várias plataformas (idiomas, tecnologia, interfaces e organizações para tecnologias de pesquisa, verbais e visuais) para oferecer suporte para assegurar a mais ampla representação possível de vários idiomas, bem como das pessoas com desafios físicos e cognitivos para participar do nosso movimento?
Pergunta 6 (G6Q6) As pessoas que estão aprendendo (mais especificamente crianças e jovens) entendem o conteúdo apresentado nos nossos projetos e o conhecimento está disponível em seu idioma ou nas suas plataformas de aprendizagem? Isso é, de alguma maneira, atraente para os processos de aprendizagem e para os terminais de leitura (ou seja, gerações que estão aprendendo cada vez mais por meio de vídeos)?
Pergunta 7 (G6Q7) A integração de grupos historicamente marginalizados exige que as partes interessadas do movimento repensem os seus princípios do Creative Commons ao incorporar o uso das licenças “Nenhum trabalho derivado (ND)” e “Nenhum trabalho comercial (NC)” (bem como mudanças nos princípios de notabilidade e definições e uso de outras fontes) para facilitar a “autenticidade” das vozes que foram historicamente proibidas de contar a sua própria história?
Pergunta 8 (G6Q8) Quais capacidades devem ser desenvolvidas dentro do movimento para combater as tensões que podem surgir devido ao aumento de conteúdo/conhecimento de comunidades mais diversificadas nas plataformas da Wikimedia?
Pergunta 9 (G6Q9) Como aumentamos o conhecimento em regiões de pouco conhecimento para assegurar a representação adequada, tanto no nível de participação voluntária quanto na quantidade de conteúdo?
Pergunta 10 (G6Q10) Já que o voluntariado é um papel, substancialmente, para pessoas privilegiadas, a Fundação Wikimedia deveria começar a oferecer incentivos monetários e honorários para as pessoas que voluntariam uma grande quantidade de tempo para as atividades do movimento?

Comente[editar código-fonte]

Concordo que tomar decisões importantes levando em conta somente opiniões de falantes de inglês é uma prática que acaba excluindo muitas opiniões, eu por exemplo discordo de algumas ideias de desenvolvedores que falam inglês, mas por não ter um inglês fluente acabo evitando entrar em discussões muito complexas. Não consigo ver uma solução para que pessoas que não são fluentes em uma língua em comum tenham discussões mais complexas, as ferramentas de tradução ainda cometem muitos erros e pessoas que intermedeiem a discussão não vão defender uma ideia da mesma forma, até porque podem ter opiniões diferentes. A solução na minha visão é evitar tomar decisões globais que impactem a forma como os editores de vários projeto estão acostumados a trabalhar, é preferível dar opções, incluindo a opção de manter as coisas como estão, em vez de impor decisões das quais os editores não participaram.

Sobre a pergunta 10, se a Fundação deve oferecer incentivos monetários para quem dedica muito tempo ao movimento, na minha opinião isso deveria ser feito somente em condições muito específicas, em que uma tarefa é considerada muito importante pela maioria da comunidade e não existe quem queira realizar a tarefa de forma voluntaria. Danilo.mac(discussão) 20h19min de 18 de abril de 2019 (UTC)

Sobrescrevo o que disse o colega e adiciono que a autonomia dos projetos de cada idioma é fundamental para apoiar os usuários que podem participar de decisões comunitárias apenas em seu idioma materno. Acho que o ponto mais importante seria manter e possivelmente reforçar tal autonomia. Quanto à pergunta sobre código de conduta, me parece que as regras gerais de comportamento já são suficientes e satisfatórias. Quanto à pergunta sobre as licenças, acho válido qualquer iniciativa em direção a afrouxar os requerimentos atuais. Quanto ao resto, acho que iniciativas como o GLAM válidas e interessantes. Quanto à pergunta do recentismo, não entendi muito bem, poderia esclarecer? Saturnalia0 (discussão) 14h33min de 21 de abril de 2019 (UTC)

@Saturnalia0: O tema da diversidade é tratado de forma bem ampla, o que inclui o aspecto temporal. Nesse caso, de acordo com meu entendimento da questão, a pergunta sobre recentismo se refere a evitar que os conteúdos sejam demasiadamente focados em temas atuais ou que a maior parte de cada artigo retrate aquilo que é atual, em detrimento da visão histórica sobre ele, defendendo que deve haver um equilíbrio entre as informações. Se alguém entendeu diferente, pode favor nos avise. LTeles (WMF) (discussão) 00h54min de 23 de abril de 2019 (UTC)
Certo, imaginei algo nessa linha. Não é uma pergunta simples de responder, vou pensar a respeito. Traduzir, mesmo que parcialmente, en:WP:RECENTISM (talvez como ensaio) poderia ser um bom começo para debatermos esse tópico no ambiente lusófono. Vou ver se acho tempo para isso no futuro próximo. Saturnalia0 (discussão) 00h59min de 23 de abril de 2019 (UTC)
Oi, Saturnalia0. Chegou a refletir sobre o assunto? Talvez seja um bom momento para retornarmos à discussão. LTeles (WMF) (discussão) 00h39min de 16 de junho de 2019 (UTC)
@Saturnalia0: tomei a liberdade de traduzir parcialmente o artigo como ensaio. Em geral, só não traduzi os exemplos que citavam situações típicas de artigos da anglófona, mas acredito que tenha ficado bem claro; o restante pode ser construído pela comunidade com o tempo. Arrumo um tempo para ler e opinar sobre as perguntas em breve. Saudações, ★ Claus Canddie Olá 02h21min de 29 de junho de 2019 (UTC)
  • Pergunta 1 (G6Q1): sim, é necessário um código de conduta do projeto e ações devem ser tomadas a respeito dos que não seguirem o código. As denúncias e ações deveriam ser recebidas por um sistema alheio às comunidades locais para que haja neutralidade e imparcialidade, essas denúncias devem ser mantidas nesse sistema como um histórico desse usuário.
  • Pergunta 5 (G6Q5): o projeto precisa se modernizar e seguir diretrizes de acessibilidade.
  • Pergunta 8 (G6Q8): Uma capacidade ou recurso que talvez possa reduzir o conflito sobre o conteúdo/conhecimento/participação "destoante" seria que somente editores plenamente identificados e com alguma autoridade sobre os assunto pudessem ter a opinião crítica. Editores se valem da anonimidade para serem improdutivos e na maioria das vezes não têm conhecimento algum (formal ou não) sobre um assunto para avaliar sua importância. Precisa haver uma ferramenta que contabilize e tenha alguma ação sobre editores monopolizando a criação, a manutenção, a censura e a edição nos projetos.
  • Pergunta 10 (G6Q10): o incentivo deve ser para os não-privilegiados já que os editores habituais podem recorrer a formas de auxílio. SE um dos problemas a se enfrentar é a falta de participação de minorias por exemplo, a Fundação pode criar um programa de incentivo para que essas minorias participem. A própria questão diz que se voluntariar é um privilégio (obviamente de não-minorias) e devido à cultura tóxica da comunidade é mais do que justo recompensar a colaboração que é cansativa e conflituosa.― Diana m 05h29min de 12 de junho de 2019 (UTC)
Muito bom seu comentário, Dianakc. Muito obrigado. LTeles (WMF) (discussão) 00h39min de 16 de junho de 2019 (UTC)

Grupo 7: Produto e tecnologia[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático pretende otimizar as experiências de edição, comunicação e visualização nas páginas dos projetos de forma competitiva com demais plataformas. Melhor integração entre equipe de desenvolvedores, imaginar possíveis problemas tecnológicos futuros, quem irá decidir o que será gasto em desenvolvimento e suporte de tecnologia são algumas questões deste grupo.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G7Q1)
  • Evolução da plataforma, recursos/requisitos de software
    • Quais são os processos comparáveis de planejamento e desenvolvimento que ajudam os grupos e organizações semelhantes a definir as prioridades corretas e assegurar a eficiência?
    • Quais estruturas e processos podem corresponder melhor aos recursos e expectativas (inclusive a comunidade de desenvolvedores voluntários)?
    • Quais são as estruturas e processos que asseguram o nível necessário de inclusão na tomada de decisões e no planejamento da comunidade em geral em sua total diversidade?
Pergunta 2 (G7Q2)
  • Comunidade de desenvolvedores
    • Como podemos melhor atrair, apoiar e preservar os diferentes colaboradores técnicos, especificamente: construir e apoiar comunidades de desenvolvedores locais e priorizar os projetos que envolvam colaboradores técnicos?
Pergunta 3 (G7Q3)
  • Financiamento
    • O software/tecnologia deve ser considerada como uma possível avenida geradora de receita? Se o movimento for “a infraestrutura essencial do ecossistema de conhecimento livre”, essa posição deve ser alavancada financeiramente?
    • Qual é a relação entre financiar o movimento Wikimedia e financiar o ecossistema Mediawiki?
    • Que verificações e balanços precisamos fazer para assegurarmos que isso sirva à direção estratégica ("Até 2030, a Wikimedia se converterá na infra-estrutura essencial para o ecossistema do conhecimento livre, e qualquer pessoa que compartilhe a nossa visão poderá unir-se a nós.") e não se torne um fim em si mesmo?
Pergunta 4 (G7Q4)
  • Função na sociedade
    • Quais oportunidades de mercado e riscos para a marca fazem as metas de equidade e acesso ao conhecimento? Quais oportunidades de mercado e riscos para a marca fazem as direções da estratégia de equidade e acesso ao conhecimento? Qual a necessidade implícita que as intervenções de criação de conteúdo programático e de máquina, e os esforços de combate à censura, trazem? Como ajustaremos os nossos produtos e estratégias de plataforma à luz desses riscos e benefícios políticos?
    • Há alguma capacidade técnica ou estruturas do movimento relacionadas à tecnologia de que não dispomos atualmente que seriam úteis na detecção e prevenção de riscos que podem nos levar a armadilhas éticas (por exemplo, o Facebook agora está operacionalizado em algumas partes do mundo para incitar e organizar o linchamento de minorias)? Existe algum risco de abuso da Wikipédia de forma semelhante?
    • Qual é o papel da nossa tecnologia na preservação/proteção do acesso ao conhecimento livre, liberdade de expressão, software gratuito e plataformas e padrões de internet abertos?

Comente[editar código-fonte]

Se qualquer coisa merece alocação de recursos é o desenvolvimento do software e da infraestrutura. Programadores pagos são fontes de menos problema e mais valor do que editores pagos, em minha visão. A interface móvel do site pode ser boa para quem visualiza, mas é horrível para quem edita e utiliza ferramentas administrativas, na verdade é inutilizável no caso do último. Sempre me surpreende que, com a receita que tem, tão pouca atenção seja dada às plataformas e tanta atenção seja dada a pessoal pago para realizar tarefas alheias a essa. Saturnalia0 (discussão) 14h33min de 21 de abril de 2019 (UTC)

Concordo. E a origem desse problema é que a WMF ainda acredita que os leitores são a prioridade, o que mostra uma falta de conhecimento e sintonia da Fundação sobre como os projetos Wikimedia funcionam. Eu lembro bem do discurso da então recém contratada diretora executiva Lila Tretkov (hoje não é mais) no Wikimania, assisti via stream ao vivo, ela fez um discurso bonito dizendo que os leitores seriam a prioridade na gestão dela, todos no auditório aplaudiram muito ao final, já eu achava que aquilo estava tomando a direção errada, e de fato essa visão gerou muitos problemas, e ainda geram porque muitos ainda não entendem o erro que existe nessa visão. A razão por muitos na WMF acreditarem que os leitores são a prioridade é porque já trabalharam ou fizeram cursos que formam as pessoas para trabalhar em organizações comerciais, aonde agradar o consumidor final é a prioridade, pois são eles que pagam os salários de quem constrói e mantêm a organização. Na Wikimedia essa lógica não funciona, pois a grande maioria dos leitores não dão um centavo para receber a informação, e a grande maioria dos que constroem e mantêm os projetos não recebem um centavo para colaborar. Ao priorizar os leitores os editores são colocados em segundo plano, o que gera desmotivação e consequente abandono do trabalho voluntário. Já quando os voluntários receberem uma importância maior que os leitores eles se sentem mais motivados e fazem um trabalho melhor que acaba beneficiando os leitores, no final todos ganham. Já falei isso quando pediram opiniões para a contratação da substituta da Lila, mas vejo que ainda existem muitos que não percebem esse problema. Isso é algo fundamental na definição da direção estratégica, se continuarmos priorizando os leitores sem ver o erro que existe por trás dessa decisão vamos continuar enfrentando muitos problemas, espero que a WMF perceba que essa visão é equivocada e corrija isso durante este planejamento estratégico. Danilo.mac(discussão) 19h37min de 21 de abril de 2019 (UTC)
Por mais que o projeto seja voltado para os leitores (pois não adianta criar artigos e mais artigos se não há quem os leia) é claro que, da mesma forma, é preciso que haja quem crie os textos para que alguém possa ler. A motivação de quem produz o produto final é importantíssima para que esse produto tenha a qualidade esperada.FábioJr de Souza msg 03h16min de 24 de abril de 2019 (UTC)
@Saturnalia0, Danilo.mac e Fabiojrsouza: Posso entender do que disseram até agora que não apenas desejam que haja uma mudança de prioridade em benefício dos editores/voluntários, mas também querem passar a mensagem de que o fato de a Fundação Wikimedia ter priorizado no passado os leitores em detrimento dos editores foi um erro? Ou era algo que poderia ter acontecido naquela época, mas que agora deve ser mudado? Alguém mais concorda/discorda?LTeles (WMF) (discussão) 17h14min de 24 de abril de 2019 (UTC)
Não participei da decisão à época portanto não faço avaliação de valor da mesma, mas acho que hoje poderia ser repensado a prioridade. Saturnalia0 (discussão) 17h24min de 24 de abril de 2019 (UTC)
Convém não esquecer que quanto mais fácil é a edição, mais vandalismo o projecto atrai também. Se a estratégia é caminhar para uma cada vez maior facilidade na edição, não tenho muitas dúvidas que os dias dos IPs estão contados por aqui. Ou então não fazemos mais nada que não seja reverter a porcaria que vai conseguindo passar pelos filtros.-- Darwin Ahoy! 18h31min de 24 de abril de 2019 (UTC)
@LTeles (WMF): Para mim sempre foi e sempre será um erro priorizar os leitores pelos motivos que expliquei. E posso colocar ainda mais argumentos nessa direção, vejam por exemplo quanto tempo que nós voluntários gastamos contribuindo aqui, muitos ficam horas por dia contribuindo, imaginem agora se todo esse trabalho fosse remunerado, certamente daria muitas vezes o valor que é arrecadado com doações em dinheiro, ou seja, mesmo se alguém acreditar na lógica que devemos priorizar aqueles que doam seus recursos para manter e desenvolver os projetos, ainda assim os voluntários devem ser a prioridade pois são de longe os maiores doadores ao doarem o seu tempo. Danilo.mac(discussão) 19h15min de 24 de abril de 2019 (UTC)
Citação: Danilo.mac escreveu: «Já quando os voluntários receberem uma importância maior que os leitores eles se sentem mais motivados e fazem um trabalho melhor que acaba beneficiando os leitores, no final todos ganham.» Essa é uma visão bem interessante! --Mister Sanderson (discussão) 20h36min de 18 de maio de 2019 (UTC)
Saturnalia0, existem editores pagos pela Wikimedia para criar artigos? Não entendi.--Mister Sanderson (discussão) 20h36min de 18 de maio de 2019 (UTC)
  • Concordo com o DarwIn que se a escrita na Wikipédia for tão intuitiva quando nas redes sociais, a Wikipédia pode se tornar um paraíso para editores mais alinhados com os objetivos do Instagram que de uma enciclopédia. O que eu realmente concordo é que a experiência de edição deve ser melhor para quem quer editar: editar visual e tradutor de conteúdo menos bugados e registro e controle de referências mais centralizado. Lechatjaune msg 18h02min de 1 de maio de 2019 (UTC)
@DarwIn e Lechatjaune: Acho importante esclarecer essa ideia sobre facilitar a edição não ser algo benéfico. Se não para facilitar a edição, qual seria a evolução ideal da plataforma de edição? Alguém mais tem opiniões sobre isso? LTeles (WMF) (discussão) 02h30min de 12 de maio de 2019 (UTC)
Eu acho que este tópico na discussão sobre mudanças nas páginas de discussão explica bem por que facilitar demais pode atrair o público errado. Editar um artigo não deve ser visto como algo tão simples como postar um comentário em uma rede social, pois não é tão simples assim. Ao facilitarmos demais atraímos pessoas que não entendem como as nossas regras e processos de edição funcionam. Danilo.mac(discussão) 05h17min de 12 de maio de 2019 (UTC)
@LTeles (WMF): O vandalismo e edições não construtivas aumentam em proporção aritimética, quando não geométrica, em relação à facilidade de edição. Se a edição ficar muito mais facilitada do que aquilo que já está, melhor começarmos a planificar já a abolição do direito de edição a IPs, e a colocação de todos os novatos em quarentena, pois ninguém aqui - pelo menos ninguém que eu conheça - está disposto a dedicar todo o tempo que tem para o projecto a reverter vandalismo apenas para manter um ideal (bastante duvidoso, aliás). No passado já pensei diferente, mas neste momento, francamente, vejo com bons olhos a abolição do direito de edição para IPs, e a realocação do esforço que até agora se tem devotado a permitir a edição por anónimos - com resultados bastante contraproducentes, aliás, sobretudo no caso do Brasil, onde muitos IPs vandalizam reclamando especificamente do desprestígio causado precisamente por essa situação de IP poder editar - ao acompanhamento de novatos. Isso da edição por anónimos nem sequer está nos pilares, e pode bem ir privada abaixo, libertando o precioso tempo dos voluntários para tarefas mais construtivas que fazer de babá de IP.-- Darwin Ahoy! 19h10min de 12 de maio de 2019 (UTC)
DarwIn, me parece adequado mesmo encerrar a possibilidade de contribuições por IPs, pelo que você expôs, isto é, de economizar tempo dos voluntários em enxugar gelo para que possam contribuir em coisas mais necessárias. Quem quiser criar uma conta para editar sob pseudônimo é livre para isto, sem ser preciso entregar dados pessoais no registro. Mas isso aqui tem mesmo a ver com "produto e tecnologia", ou já é "saúde da comunidade".--Mister Sanderson (discussão) 20h36min de 18 de maio de 2019 (UTC)
A respeito de sua proposta, Darwin, isto é, de banir edições por IPs inteiramente, apesar de me parecer adequada, também me parece que não seria aprovada, dado que já foi proposta diversas vezes na Esplanada e é uma proposta recorrente. Ao invés disto, propus um meio-termo aqui: Wikipédia:Esplanada/propostas/Criação de novos artigos: limitar a somente registrados (27jun2019). Participe!--Mister Sanderson (discussão) 16h33min de 27 de junho de 2019 (UTC)

Considero aquela ferramenta de tradução um grande acerto, ao facilitar e estimular edições construtivas no projeto. Acho que essa ferramenta deve permanecer, e continuar sendo aperfeiçoada! Existem sites focados em treino de línguas (por exemplo, https://interpals.net ). Será que não há forma de atrair gente interessada em praticar idiomas para virem traduzir artigos? --Mister Sanderson (discussão) 20h36min de 18 de maio de 2019 (UTC)

Como sugestão, poderiam ser criadas novas formas de interação como Quiz, palavras cruzadas, gincanas, etc..para usar mais a Ludificação. Ricardo F. OliveiraDiga 19h10min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 8: Saúde da comunidade[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo, basicamente, pretende discutir sobre como os usuários podem contribuir e conviver melhor com nossas diferentes culturas, quais ferramentas precisaremos, a fim de evitar conflitos entre as diferenças. Como combater formas de assédio, bullying, doxxing, evitando que essas práticas afastem bons contribuidores, algo que afeta a saúde de diversas comunidades dentro e fora da Wikimedia? Foi sugerido pelos grupos de trabalho que processos de tomadas de decisão que melhor apoiem o bem-estar dos colaboradores, cultura de tolerância zero para comportamentos inaceitáveis e inclusão de culturas marginalizadas devem fazer parte das conclusões desta discussão.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G8Q1) Quais são os desafios sociais e técnicos atuais dentro do atual sistema administrativo e de tomada de decisão para criar e manter a saúde da comunidade?
Pergunta 2 (G8Q2) Como a capacidade das comunidades de se governarem dentro da ampla estrutura dos Termos de Uso da Fundação pode ser melhorada respeitando a dignidade de todos os envolvidos e as suas respectivas contribuições para as nossas metas compartilhadas?
Pergunta 3 (G8Q3) Como o acesso aos nossos projetos pode ser melhorado já que o acesso é o primeiro passo essencial para a participação em um movimento próspero?
Pergunta 4 (G8Q4) Como as estruturas podem criar, apoiar e reforçar comportamentos universalmente aceitáveis nas nossas comunidades?
Pergunta 5 (G8Q5) Como a mudança cultural nas comunidades pode ser iniciada para contribuir com uma experiência mais positiva para todos os que participam de boa-fé?

Comente[editar código-fonte]

Existem duas barreiras a entrada de novos usuários que acredito que nunca serão removidas, uma é o conhecimento das regras do projeto, nós temos uma grande quantidade de regras e precisamos ter para manter uma relativa ordem na imensa quantidade de informação que nós disponibilizamos, quem começar a editar sem ter a paciência de aprender pelo menos as regras mais básicas acaba sendo revertido, e não há muito o que se possa fazer para evitar isso. A outra barreira é a educação (aquela que se recebe em casa), se a pessoa não tiver uma atitude respeitosa e compreensiva com os outros editores ela não pode fazer parte da comunidade de editores, pois mesmo que ela faça edições positivas o ambiente ruim que ela cria acaba prejudicando e afastando outros bons editores. Logo os projetos Wikimidia nunca serão um ambiente inclusivo aos impacientes e mal educados, que infelizmente constituem uma boa parte da sociedade, e essa é uma ressalva que sempre precisa ser feita ao falarmos em inclusão.

Acho que falta um pouco de estatísticas sobre o que faz as pessoas abandonarem a Wikipédia e demais projetos Wikimedia, sabendo melhor o motivo do abandono nós conseguimos entender melhor o que precisa ser melhorado. Uma ideia para evitar e solucionar conflitos mais rapidamente é desenvolver ferramentas que encontrem possíveis conflitos e notifique quem estiver disposto a atuar na solução. Um método mais simples para fazer isso é uma ferramenta que notifique os administradores quando alguém desfez uma edição desfeita, o que indica um possível inicio de guerra de edição. Outro método, mais complicado, é desenvolver uma ferramenta que use algorítimos de linguagem natural (um ramo da inteligência artificial) para identificar que o tom de uma discussão está muito agressivo, teoricamente isso é possível, mas depende de quanto tempo e recursos se pretende gastar com esse problema. Danilo.mac(discussão) 22h40min de 20 de abril de 2019 (UTC)

Citação: Danilo.mac escreveu: «Acho que falta um pouco de estatísticas sobre o que faz as pessoas abandonarem a Wikipédia e demais projetos Wikimedia, sabendo melhor o motivo do abandono nós conseguimos entender melhor o que precisa ser melhorado.» Symbol support vote.svg Concordo, sem dados empíricos, estaremos discutindo achismos e experiências pessoais, não tendências gerais. Se alguém encontrar estatísticas sobre isto, me mencionem que farei questão de participar do debate!--Mister Sanderson (discussão) 20h23min de 18 de maio de 2019 (UTC)
Citação: Danilo.mac escreveu: «uma ferramenta que notifique os administradores quando alguém desfez uma edição desfeita, o que indica um possível inicio de guerra de edição» Essa é uma ideia interessante. Mas não poderia ser simplesmente implementada dentro das Mudanças Recentes? Evitar-se-ia criar mais uma ferramenta independente, quando se pode usar uma que já existe. Digo: existem já diversos filtros que adicionam observações a sumários de edição, será que não existe nenhum destes que seja "reversão de reversão"? Bastaria isso para destacar esse tipo de edição nas Mudanças Recentes.--Mister Sanderson (discussão) 20h23min de 18 de maio de 2019 (UTC)

Eu acho que as regras que temos são essencialmente necessárias. No que toca novatos, a parte realmente confusa mora nos critérios de eliminação e CDN. Infelizmente isso será difícil de resolver justamente por não haver uma visão consensual do que seja uma enciclopédia, o que se agrava a medida que a Wikipédia se torna o padrão ouro do que seja uma. Em compensação, eu acho que podemos tornar as regras básicas de edição (WP:V e WP:NPI) conhecidas do público geral. Neste caso, as escolas podem ser aliadas nossas (not so easy...). Lechatjaune msg 18h32min de 1 de maio de 2019 (UTC)

@Lechatjaune: Acredita que a forma com que ensinamos essas regras a novatos dentro da Wikipédia seja adequada? Teria alguma ideia sobre como melhorar o atual modelo? O problema, se existe, tem a ver com uma possível falta de estrutura ou pode ter a ver com alguma falha no contato com usuários mais experientes? LTeles (WMF) (discussão) 02h18min de 12 de maio de 2019 (UTC)
Citação: Lechatjaune escreveu: «acho que podemos tornar as regras básicas de edição (WP:V e WP:NPI) conhecidas do público geral.» Primeiro esses textos precisariam ser polidos até a quase-perfeição. Essas políticas costumam ter textos abandonados, largados de qualquer jeito, e sem muita coesão e coerência devido a sucessivas alterações pontuais, que não consideraram o conjunto do texto. Eu estava tocando reformas nesses textos em 2012 e 2013, mas cansei de fazer isso sozinho, pois é desgastante encarar a oposição de gente que sequer leu o que foi proposto. Se você, ou alguma outra pessoa, tiver interesse nisso, me notifique que farei questão de participar.--Mister Sanderson (discussão) 20h23min de 18 de maio de 2019 (UTC)
Uma percepção: Pessoas com estatuto de administrador raramente são bloqueadas enquanto novatos o são com bem mais frequência. Posso estar enganado, mas isto faz parecer uma distância entre administradores e não-administradores. Então sugiro outro mecanismo: ao invés de pedir bloqueio, que será resolvido por um único administrador, um usuário poderia criar um pedido de discussão de bloqueio diretamente. Desta forma, saberíamos a opinião de muitos editores e não só daquele que resolveu o pedido de bloqueio. É apenas uma sugestão para que o usuário sem estatuto venha a ter uma percepção de mais igualdade com relação aos daqueles que tem estatuto. Ricardo F. OliveiraDiga 19h06min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Eu acho essencial para a saúde da comunidade que fantocheiros banidos fiquem de fato banidos, ao invés de ficarem pentelhando a comunidade indefinidamente, como é hoje. Não tenho nenhuma ideia de como mudar isto. Alguém tem ideias?--Mister Sanderson (discussão) 00h03min de 16 de junho de 2019 (UTC)

Pergunta 1 (G8Q1) Os desafios sociais é uma interação mais amigável e técnico fornecimento de cursos antes que alguém assuma os postos de administrador, burocrata, eliminador e reversor.
Pergunta 2 (G8Q2) A capacidade das comunidades de se governarem vai depender de conhecimento e treinamento em cursos, tem administrador que nem sabe o tamanho da Wikipedia e nem que a Wikimedia existe.
Pergunta 3 (G8Q3) A disponibilidade de cada um influi no comprometimento, o espelho é a saúde da comunidade, ninguém vai querer se envolver num ambiente ou projeto misógino, homofóbico, arbitrário, discriminador, seletivo, hostil.
Pergunta 4 (G8Q4) As estruturas podem criar um local onde qualquer um possa dizer o que está acontecendo sem ser bloqueado. Já sugeri uma vez ativar o Ombudsman nem sei como ficou isso.
Pergunta 5 (G8Q5) A mudança deve ser imediata, burocratas, administradores, eliminadores, reversores que agem dependendo de quem fez o artigo, isso precisa acabar. Os artigos de 3 linhas estão sendo analisados com o mesmo critério que são analisados os artigos Bons e Destacados, isso é um absurdo e desanima a comunidade. Políticas estão sendo criadas e mudadas por delecionistas que favorece as eliminações e fusões sem necessidade. Quando a pessoa tenta fazer sua primeira edição mesmo como ip já é tratado como vândalo isso não é um bom acolhimento. Os editores precisam ser orientados para respeitar as edições alheias sem chamar de lixo, porcaria, porco de batom, porque aprenderam com mais velhos esse costume. Os novos que assumem um posto já se sentem empoderados e acham que podem pisar e humilhar os outros editores comuns. JMGM (discussão) 00h52min de 28 de junho de 2019 (UTC)

Sigo o mesmo pensamento do Danilo.mac em relação com os novatos; contudo, acrescento que o sistema de edição do projeto facilita que as pessoas fazem edições sem o devido conhecimento das regras dos projetos. Em outras palavras, é tão fácil editar a Wikipédia que as pessoas editam sem fundamentação das normas e políticas. Como exemplo de minha experiências, contas já criaram páginas que foram eliminadas e tentaram "apagar" a ligação desta com sua conta. Contudo, antes de publicar as alterações (ou criar uma página) está presente um texto indicando que ao salvar, o usuário concorda em liberar as contribuições em CC, além de ser creditado através de hiperligações. Trata-se de um óbvio caso de publicar um conteúdo sem ter o devido conhecimento das normas e, para ajudar, depois da eliminação e das frustrações, buscam uma solução que não está ao alcance dos demais voluntários.

Então, existe uma barreira óbvia em relação as contas novatas que é justamente a falta de conhecimento das políticas e recomendações. A segunda é a boa fé dos novatos em buscar esclarecimento dos erros e tentar melhorá-los, mas muitos apelam para grosserias e ataques. Estudo sobre o porque as pessoas abandonam o projeto é interessante, bem como uma análise estatísticas de contas recém registradas e suas contribuições já que muitas vezes vejo contas sendo criadas para um propósito único. Edmond Dantès d'un message? 04h47min de 29 de junho de 2019 (UTC)

Grupo 9: Defesa ou ativismo ou advocacy[editar código-fonte]

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

A visão da Wikimedia determina que a soma do conhecimento deve ser livremente acessível a todas as pessoas. Em certos momentos, alguns eventos podem colocar em risco esse acesso, seja pela criação de leis que dificultam a reprodução de conteúdo, seja por bloqueios diretos às páginas da Wikimedia. Como agir nesses casos de forma organizada, quais abordagens usar, são questões relevantes nesse grupo.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G9Q1) Como asseguramos que os diversos contextos da nossa comunidade sejam representados por meio do ativismo?
Pergunta 2 (G9Q2) Como promovemos o ativismo para que todas as pessoas que queiram acessar os projetos da Wikimedia tenham condições de acessá-los nos idiomas e da maneira que desejarem?
Pergunta 3 (G9Q3) Como usamos o ativismo para transformar ambientes “adversos” ou “desconhecidos” em ambientes de capacitação?
Pergunta 4 (G9Q4) Como podemos assegurar que os esforços de defesa do movimento não estejam prejudicando a neutralidade do conteúdo do projeto Wikimedia?
Pergunta 5 (G9Q5) O que é necessário para incentivar e inspirar defensores para o movimento Wikimedia?
Pergunta 6 (G9Q6) De que tipo de apoio material, conceitual, especializado e de recursos os defensores do movimento precisam e de onde vêm?
Pergunta 7 (G9Q7) Como protegemos e defendemos os esforços dos defensores (e colaboradores) em ambientes “adversos” ou “desconhecidos”?
Pergunta 8 (G9Q8) Que estruturas externas devemos apoiar e/ou mudar para promover ainda mais a contribuição e o acesso ao conhecimento livre e à liberdade de expressão (p. ex., estruturas jurídicas ou departamentos governamentais)?
Pergunta 9 (G9Q9) Como incorporamos os atuais parceiros, e futuros, alinhados aos nossos esforços de defesa?

Comente[editar código-fonte]

Na minha opinião, vandalismos são coisas que alguns usuários fazem (por exemplo: Apagar conteúdo, inserir fontes indevidas, etc.), eu vejo a maioria dos editores sendo bloqueados por vandalismos, e ás vezes acontece guerra de edições em uma página, e ás vezes ela é protegida e o usuário que começou a guerra de edições ás vezes é bloqueado. Rodinelson Nivaeldo da Silva (discussão) 21h23min de 10 de maio de 2019 (UTC)

Oi, Rodinelson Nivaeldo da Silva. Obrigado pelo seu comentário. Talvez queira elaborar melhor essa questão na seção "Saúde da Comunidade" acima. Como isso é um problema para você e como podemos melhorar nesse ponto?
O tema "Defesa" tem sido, realmente, pouco compreendido. Talvez pela dificuldade de tradução do termo "advocacy". Aproveito para explicar melhor. O tema se refere a como podemos melhorar os diversos modos de defender a existência dos projetos da Wikimedia e assegurar o amplo acesso a seus conteúdos. Como podemos conscientizar mais as pessoas sobre os direitos que elas possuem de obter conhecimento livre? Como podemos nos proteger de qualquer ação que ameace o acesso ao conhecimento? São exemplos de ideias relacionadas a este tópico. LTeles (WMF) (discussão) 04h02min de 11 de maio de 2019 (UTC)
Rodinelson Nivaeldo da Silva, isso parece ter mais a ver com o Grupo 8 do quê o Grupo 9.--Mister Sanderson (discussão) 20h26min de 18 de maio de 2019 (UTC)
  • Tivemos poucos comentários sobre este tema (Defesa). Existe alguma dúvida ou necessidade de esclarecimento sobre ele? Por favor, informem se há algo que não está claro. Talvez alguém queira ler uma das questões e tentar responder aqui para servir de início da discussão sobre o assunto. LTeles (WMF) (discussão) 01h13min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Pergunta 5 (G9Q5) O que é necessário para incentivar e inspirar defensores para o movimento Wikimedia? A maioria dos editores não fazem nem ideia da existência da Wikimedia e qual a influência que tem na Wikipedia, palestras que informem a importância do movimento Wikimedia mesmo que sejam virtuais, ou vídeos do YouTube para ficarem registrados. JMGM (discussão) 01h28min de 28 de junho de 2019 (UTC)