Wikipédia:Esplanada/propostas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
▼ Ir ao fim da página ▼
Bem-vindo(a) à se(c)ção propostas da Esplanada!
Esta secção é utilizada para discutir novas ideias e propostas para saber a opinião da comunidade. Pode ser sobre a alteração ou criação de predefinições, páginas, políticas, etc. Tenha em mente que as decisões da comunidade são baseadas no método do consenso. Veja também as mudanças recentes nas esplanadas.



Mudança no limite de tamanho de artigos destacados

Olá. O Tetraktys propôs na discussão da WP:EAD que alterássemos o limite estabelecido de 190kb para verbetes destacados para 250kb. Eu concordei parcialmente, visto que acredito que algo em torno de 210/220kb já seria suficiente. Enfim, como ninguém se manifestou lá, trago a discussão para a Esplanada. O limite de 190kb para destacados ainda se justifica? Qual a posição da comunidade? Chronus (discussão) 19h55min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio A mudança, nunca fui a favor de restringirem o limite de tamanho de artigos e anexos(listas). Cada tipo de assunto tem a sua quantidade aquedada que varia. Cada artigo é um caso. Mas concordo que devem haver uma proporção aquedada para evitar artigos muitos extensos que podem prejudicar de alguma forma. Mas foi discutido pelo He7d3r que o tamanho deve ser contato com a quantidade de códigos wiki e não apenas os números de bytes brutos em si. Vitor MazucoMsg 20h47min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Eu concordo com o tamanho que foi decidido. Não é por uma questão técnica, mas para limitar a quantidade de texto. Poder-se-ia manter na mesma os 190 kb e introduzir a possibilidade de alguma flexibilidade até aos 200 kb se houvesse acordo na eleição para a necessidade de tal, mas mais do que isso é um exagero de texto. Antero de Quintal (discussão) 22h23min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Outra hipótese é limitar de acordo com o número de caracteres de texto simples, e não de kb. Antero de Quintal (discussão) 22h27min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Isso de tamanho limite é muito relativo. Essa página mesmo, tem 3.081kB de texto, porém se eu inclui-la em uma outra página qualquer, o tamanho dessa outra será de apenas 98 bytes, porém o texto será exatamente o mesmo dessa. E se alguém resolve fazer isso em um artigo candidato? Quebra-lo em páginas menores e incluir no artigo mãe, afim de "diminuir o tamanho"? Na minha opinião, deve-se extinguir o isso de tamanho limite, pois não é algo claro e não reflete a realidade. Ele diz respeito apenas ao texto do código-fonte da página, e não ao seu resultado final. !Silent (discussão) 22h37min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

A página Brasil mesmo, tem 192kB (acima até do permitido) de texto no código-fonte, mas vocês acham mesmo que o tamanho final dele é só esse mesmo? E se eu lhes disse que o tamanho final dele é de 873kB? Viram que não tem lógica isso? !Silent (discussão) 22h42min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Tem lógica no sentido em que se 190kb do código fonte são na realidade ~1mb, então se o limite do código fonte fosse o dobro, o total transferido também seria o dobro. Independentemente de se considerar o valor-limite no código fonte ou no total de dados transferido, tem que haver um limite. E entre esses dois parâmetros, o único limite que é possível quantificar e controlar é ao nível do código fonte. Antero de Quintal (discussão) 22h48min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Esses 190kB podem valer 873kB, assim como podem valer 300kB, 500kB, 1MB, 2MB. O tamanho final é incerto, e o que vai definir isso são as predefinições que foram incluídas nas páginas. O artigo Avril Lavigne por exemplo, tem 184kB (quase o mesmo do artigo Brasil), porém o tamanho final é de 488kB, quase metade. Continuo dizendo: essa forma de predizer o tamanho das páginas é algo arbitrário. !Silent (discussão) 23h01min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Qual seria a solução então? Deixar sem limites qualquer? Não existe nenhum meio legítimo o suficiente para medirmos o tamanho real de artigos? Chronus (discussão) 23h04min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
@!Silent: E é possível controlar a quantidade de dados transferida, em vez de no código fonte? Antero de Quintal (discussão) 23h08min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

eu acho que não deveria haver limite de tamanho. artigos importantes e complexos tendem a ser grandes, e olhando outras enciclopédias, como a Britannica, vejo artigos simplesmente quilométricos. como sempre se diz que a Wiki não é de papel, por que estabelecer limites que são em tudo arbitrários? há talvez a dificuldade de navegação para alguns usuários, mas penso que a tecnologia avança a passos largos todos os dias e os equipamento mais limitados tendem a desaparecer. nesse sentido, por qual medida vamos padronizar a acessibilidade? pelos telefones celulares, que já podem acessar a internet mas têm tamanho mínimo? isso deveria nos impor o uso de imagens microscópicas e apenas dois parágrafos de texto, por exemplo? vejam que não há um parâmetro uniforme nos aparelhos e por isso não precisamos ficar excessivamente vinculados a eles. em nosso caso, acho que a informação mais rica e completa deveria estar em primeiro plano em nossos pensamentos. Tetraktys (discussão) 23h33min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Se não for para passar a contar o número de palavras no texto para comparar com um valor limite (a ser estabelecido), prefiro nem mexer nisso, pois acho que continuará dizendo muito pouco sobre a quantidade de conteúdo (que não tem tanta relação com o código wiki nem com o conteúdo compactado enviado entre o servidor e os clientes). Helder 00h29min de 17 de novembro de 2014 (UTC)
E sobre o tamanho das imagens, a tendência parece ser que o próprio software passe a determinar o tamanho a ser utilizado (design responsivo? ver bugzilla:67695, bugzilla:36198 e tópico na wikitech), em vez de os editores definirem isso explicitamente no código-fonte dos artigos. Helder 00h34min de 17 de novembro de 2014 (UTC)

Symbol question.svg Pergunta: E qual a conclusão de tudo isso? Deixaremos sem limite de tamanho? Ou passaremos a contar o número de palavras, conforme sugeriu o He7d3r? Chronus (discussão) 08h09min de 30 de novembro de 2014 (UTC)

Para avançar nesse sentido seriam importante saber se existe alguma forma de contabilizar automaticamente o número de palavras de um artigo, excluindo referências e ligações externas. Antero de Quintal (discussão) 15h31min de 30 de novembro de 2014 (UTC)
Não sei se ainda funciona, mas existe por exemplo o script en:User:Dr pda/prosesize. E acredito que também é viável fazer algo similar em lua (e para isso, talvez seja possível reutilizar parte do Módulo:Avaliação). Helder 16h29min de 30 de novembro de 2014 (UTC)

Há mesmo a necessidade de manter um limite? Digo, pensemos, por exemplo, num artigo sobre um país. Países são extremamente complexos, têm muitos assuntos para serem estudados e aprofundados. Porém, se um artigo estiver excessivamente grande, com rodeios desnecessários, então basta não votar a favor do artigo para destaque. A própria regra de EAD já afirma que os artigos devem ser completos, porém, focados sempre no assunto. A meu ver, nem precisava existir limite, pois se um artigo estiver grande demais, isso já o elimina da EAD por ser pouco objetivo. --Chinobistar (discussão) 18h09min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

Continuação[editar | editar código-fonte]

O texto seguinte foi movido de: Wikipédia:Esplanada/propostas/Mudança no limite de tamanho de artigos destacados (30jan2015)

Ano passado eu criei esta proposta que foi arbitrariamente arquivada sem que pudéssemos chegar a qualquer conclusão. Muitos se manifestaram a favor do fim do limite de tamanho de verbetes destacados, mas ficou a dúvida sobre qual a melhor maneira de impedir a criação de artigos imensos. Podemos continuar a discussão? Chronus (discussão) 07h04min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

A questão de quantidade de kb pra mim não procede. Um artigo para ser destacado precisa ser completo sobre o assunto, apenas isso. Se para ser completo ele precisa de 250 kb ou 70, o tamanho não importa. O problema por aqui é que tudo é copiado da Wiki-en e por lá eles desenvolvem assuntos até virarem livros, são catatonicos, coisa q não existe em qualquer enciclopedia. Enciclopedias são compostas de verbetes, resumos detalhados, apenas isso, em 50 kb se faz um belo verbete de enciclopedia. MachoCarioca oi 08h16min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)
Continuo sendo a favor de remover esse limite, pelos motivos que expus na outra discussão.!Silent (discussão) 11h15min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

@Chronus: A discussão foi arquivada por um bot, mas se escrever uma resposta ela passa automaticamente para as discussões recentes. É mais prático do que estar novamente a discutir a mesma coisa. Antero de Quintal (discussão) 11h26min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

O texto acima foi movido de: Wikipédia:Esplanada/propostas/Mudança no limite de tamanho de artigos destacados (30jan2015). Helder 12h46min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

  • Symbol comment vote.svg Comentário Achei pertinente isso que o MC postou. A limitação de tamanho incentiva a criação de novas páginas sobre o tema. Não sei se concordo com a mudança. Quais são os exemplos de artigos que não poderiam ser quebrados em páginas menores? Flávio, o Maddox (msg!) 12h50min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

Está acontecendo uma discussão exatamente sobre isso em Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Queen. Fronteira diga - veja 20h18min de 10 de fevereiro de 2015 (UTC)


Eu Symbol support vote.svg Apoio a mudança, pois o importante é o texto no artigo e se pensar bem, as formatações corretas das referências, com arquivamentos e tal, ocupam muitos kB, já coloquei pequenos trechos de texto que ficaram com 2, 3, 4, 5 kB, muito por causa da referenciação. Bruno Ishiai (discussão) 13h37min de 21 de fevereiro de 2015 (UTC)

Essa discussão ainda tá valendo? Se sim, vou dar a minha opinião a respeito: eu acho uma bobagem sem precedentes essa história de existir um "limite" para o tamanho dos artigos. Existem muitos assuntos complexos que mesmo se resumidos ao máximo, podem resultar em um artigo com mais de 190k. Creio que artigos sobre qualquer assunto devem ser completos, e se pra serem completos precisam ter mais que 190k, que seja. O "tamanho limite" deve ser uma recomendação, não uma imposição. O Estranho no Ninho (discussão) 00h32min de 6 de março de 2015 (UTC)
Na realidade, é apenas uma recomenação. Havendo consenso de que determinado artigo necessita de mais um pouco, isso pode ser feito. Agora, isso também não significa que deva haver total libertinagem no tamanho. Antero de Quintal (discussão) 12h07min de 6 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário De certa forma, essa recomendação de tamanho evita a criação de artigos digamos que "longos demais" pois, concordando com o que o MachoCarioca disse, uma enciclopédia deve possuir resumos detalhados e não verdadeiros livros. Por outro lado, realmente diversos temas exigem artigos de diversos tamanhos diferentes. Acho que para a escolha de artigo destacado, esse limite de tamanho não deveria existir. Acho que se deve analisar as características do verbete e se o mesmo atende as exigências, independente do tamanho. Se atender as exigências ganhará a votação e será eleito artigo destacado. Se não atender, não ganhará a votação e não será eleito. Independente do tamanho, acredito que se deve verificar apenas se o artigo cumpre com os requisitos. -- stanglavine discussão 01h58min de 11 de março de 2015 (UTC)

Bem, se a discussão ainda estiver ativa, digo que Symbol support vote.svg Apoio a mudança para 220kb. Com os que me precederam acima. LuizM 00h59min de 22 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Apoio também. José Luiz disc 01h07min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio Um artigo enciclopédico deve ser completo [porém sem exageros], só isso. --Zoldyick (Discussão) 01h17min de 22 de março de 2015 (UTC)

Mas gente! Essa discussão não anda! Precisamos de mais pessoas para expor a opinião. LuizM 20h29min de 28 de março de 2015 (UTC)

Acredito que o limite-padrão atual é suficiente. E, como o Antero citou acima, esse limite-padrão é apenas uma recomendação; existem artigos destacados acima desse limite, vide Império Bizantino. Dito isto, sugiro que uma nota seja adicionada aos critérios informando que artigos que tenham conteúdo indispensável possam excedê-lo. G.M (discussão) 22h28min de 28 de março de 2015 (UTC)

Eu acho que os artigos da Wikipédia não deveriam ter sequer um limite estabelecido de tamanho que dita que quando ultrapassado, o mesmo deva ser desfragmentado em outros artigos, pois o nível de complexidade de um assunto é relativo ao seu tópico. Segundo WP:AD?, "Um artigo em destaque deve ser praticamente um artigo perfeito" e "Deve ser completo sobre o assunto em questão". Há artigos que para serem completos sobre o seu tema possam necessitar de alcançar eventualmente os 200kb, ou até mesmo mais. Então, ao estabelecermos um limite de tamanho predefinido, estamos consequentemente a estabelecer barreiras para a complexidade do tema, o que vai contra o estabelecido em WP:AD?. A minha opinião é a de que ao invés de obrigatoriamente termos que seguir rigidamente a regra dos 190kb, altere-se isso de regra para uma recomendação. Devíamos recomendar aos usuários da Wikipédia para que se esforcem ao máximo para que o artigo não exceda a marca dos 190kb. E sempre que tivermos um artigo que supere a marca, ele poderá passar por uma revisão para que se avalie se realmente o conteúdo que existe nele é fundamental ou se pode ser removido sem comprometer a complexidade. Caso a informação contida seja fundamental, o artigo poderá receber a estrela dourada, mesmo tendo 210kb de tamanho. É essa a minha sugestão. O que acham? African Prince às 16:55:52 de domingo, 29 de março de 2015 (UTC+2)

Concordo com o Antero e o George: o limite atual é suficiente, e havendo necessidade de ultrapassá-lo deve-se tentar chegar a um acordo na própria votação. Deixar livre esse limite poderá resultar em exagero em alguns casos, por usuários incluírem textos completamente desnecessários ao artigo. Digo isto pois estou participando de uma votação proposta pelo próprio editor acima, cujo artigo ultrapassava os limites e ele dizia ser toda a informação necessária; no entanto, em uma análise rápida, encontrei diversos trechos desnecessários e apontei-os na votação, e o próprio concordou em retirar. Se essa regra não existisse, tais informações continuariam na página e não poderiam ser removidas. Claro que seria aí que poderia entrar a tal revisão, mas se for para esta existir, é melhor que o limite seja regra mesmo, até porque é do conhecimento de todos aqui que muitos editores votam a favor da promoção sem sequer lê-los. Ou seja, caso essa regra não existisse e o tal que ultrapassava o limite necessitasse de uma revisão, quantos editores realmente lê-lo-iam? E em outros casos, quem garante que todos os participantes iriam mesmo ler os artigos e procurar por informações desnecessárias? Raul Caarvalho (discussão) 19h47min de 29 de março de 2015 (UTC)
Eu concordo em passar 190 kb para apenas uma recomendação. No entanto, eu ainda acho que seria pouco. Eu estava pensando e tive a ideia a seguir: colocar algo entre 200/210kb como uma recomendação para todos os artigos. Passando disso, o artigo deveria ficar em estado de observação/atenção (podendo ser eleito), e então ser feita uma análise para remover passagens desnecessárias. Se a página passar de algo como 250/260kb, manteríamos ela em estado de observação/atenção máxima (não podendo ser eleito), sendo necessária uma revisão extensa para decidir o que poderá ficar e ser removido da página. Para tal, poderíamos criar três cores: verde (para a situação normal), amarelo (para a situação de atenção) e vermelho (para a situação máxima). Não sei se consegui me expressar bem, mas acho que daria certo. LuizM 22h47min de 29 de março de 2015 (UTC)
Particularmente, penso que teria pouco efeito. O problema não é apenas o artigo ultrapassar o limite, mas sim os usuários que não o leem. Vários editores fazem isso, então, dificilmente haveria algum que apresentasse trechos que poderiam ser removidos. A maioria apenas votará a favor, todos sabemos disso! E os artigos, muitas vezes, serão eleitos com conteúdo totalmente exagerado e desnecessário. Pessoalmente, penso que o mais correto é o então proponente adaptar ao máximo as informações para que se encaixem nos critérios. Não havendo essa possibilidade, e antes de se abrir uma candidatura, para se evitar uma possível interrupção, ou na própria, se o usuário preferir, ser analisado quais trechos são desnecessários e tentar um acordo para a promoção caso o artigo ainda esteja muito extenso. Se for para haver a necessidade de uma análise, é melhor deixar como está e tentar um consenso sobre o tamanho (e se ainda assim os votantes não lerem, pelo menos as chances de informações frívolas estarem a lotar a página é bem menor com o limite atual). Raul Caarvalho (discussão) 02h05min de 30 de março de 2015 (UTC)

30 de março de 2015[editar | editar código-fonte]

Se em WP:AD? é dito que esse limite existe para evitar problemas de navegação, é pertinente perguntar: existiria algum grande impacto na navegação com um acréscimo de 30-50kb ao limite? De qualquer forma, é notório que tamanho permitido atual é insuficiente para muitos temas e, como já disseram acima, vai de encontro à exigência de que um artigo tem de ser completo e “perfeito”. Nakinn (discuss) 15h18min de 30 de março de 2015 (UTC)

Creio que não. Tendo em mente que grande parte da população já não usa mais navegadores antigos (aonde os problemas ocorrem), não vejo problema algum. LuizM 15h21min de 30 de março de 2015 (UTC)
Muito calma nesta hora, pois não estou certo das consequências disto em navegadores móveis ou nas regiões mais pobres da lusofonia, onde banda larga é luxo. Talvez o He7d3r ou o !Silent possam nos ajudar do ponto de vista técnico: será que existe um tamanho máximo para um artigo? José Luiz disc 15h26min de 30 de março de 2015 (UTC)
Não tinha pensado nesta questão, bom ponto. LuizM 16h23min de 30 de março de 2015 (UTC)

Continuo a não perceber onde está o problema na situação atual. Limites de texto existem em quase tudo: desde os trabalhos escolares e unversitários até à recepção de textos para publicação, passando pelos currículos e relatórios dentro de empresas. É preciso lembrar outra vez que a questão do tamanho é uma recomendação. Ou seja, deve ser geralmente seguida, mas pode-se abrir exceções se houver consenso que é necessário. Por exemplo, isso aconteceu na candidatura do Império Romano. Agora, é evidente que se tratava de um caso excecional que abrangia seis séculos de história europeia, sendo impossível diminuir o conteúdo sem perder as questões essenciais. O que não me acredito é que a maioria dos artigos não caibam em 190kb. Antero de Quintal (discussão) 16h33min de 30 de março de 2015 (UTC)

Sim, em alguns navegadores pode haver problemas, como foi levantado pelo José Luiz. E novamente concordo com o Antero e endosso o que ele abordou: o limite está bom e também penso ser difícil que a maioria precise de ultrapassar os 190KB. Isto parece-me um exagero em certos casos. Se algum artigo necessitar de mais conteúdo, obviamente uma exceção poderá ser aberta caso haja consenso entre os editores na votação. O artigo Império Bizantino é um ótimo exemplo disto, pois ultrapassa o limite mas teve uma exceção aberta por ser o seu conteúdo verdadeiramente indispensável. Luiz, vi que estás desenvolvendo o artigo 1989 (álbum de Taylor Swift) e que o está traduzindo da Wiki-ES, onde o tamanho é 222KB. É por isso que queres aumentar o número? Para poder eleger o artigo? Sinceramente, não entendo por que os artigos daqui têm de ser cópias exatas (em todos os sentidos) dos artigos das outras Wiki's. É necessário fazer uma adaptação e remover trechos, e não mudar as regras aqui apenas para encaixar o artigo. Como eu disse: se for para haver uma análise à procura de trechos desnecessários, por que não deixa como está e sugere-se a análise da mesma forma? Evitaria muito conteúdo desnecessário nos artigos. Raul Caarvalho (discussão) 16h59min de 30 de março de 2015 (UTC)
Sim, estou o desenvolvendo, e traduzindo algumas coisas e pesquisando outras. No entanto, como já localizei este problema, combinei com o Music01 D​ C​ E​ F​ B (que está desenvolvendo comigo) para removermos partes de julgamos desnecessárias e enquadrar a página na norma ([1]). Não, não é esse o meu objetivo aqui. LuizM 17h07min de 30 de março de 2015 (UTC)
Vocês estão esquecendo o núcleo disso tudo. O porquê de existir esse limite. Acredito que a questão que fiz é crucial pro andamento desta discussão. Alguém com conhecimento técnico pode dizer se o acréscimo de 30 a 50kb ao limite traria grande e concreto impacto na navegação? Dizer que os votantes supostamente não leem os artigos e que o aumento do limite poderia agravar isso não é argumento. E não, Antero de Quintal, não há recomendação. WP:AD? diz que "artigos cujo código wiki tenha tamanho superior a 190KB deverão ser desmembrados". O que o Tetraktys disse é importante. É meio incoerente, sendo isto aqui uma enciclopédia virtual, que se imponha esse tão restritivo limite enquanto que enciclopédias profissionais e renomadas são mais liberais quanto à extensão e quantidade de informação. A tendência é que, mesmo nos lugares mais subdesenvolvidos da lusofonia, a tecnologia avance. Mesmo no achismo, acredito que 50kb não seriam problema nem nesses lugares. Exageros e conteúdo impróprio ou irrelevante existem sempre, e deveria caber às votações e discussões a resolução desses problemas. Nakinn (discuss) 17h32min de 30 de março de 2015 (UTC)
Tendo toda a discussão posta, creio que a resolução mais correta seria analisar os artigos caso a caso, e manter 190kb como um padrão de sugestão/recomendação para todos os artigos (algo não muito diferente do que já é feito). No entanto, fico no aguardo da resposta de se o acréscimo de 30 a 50kb traria impacto grande na navegação. LuizM 17h38min de 30 de março de 2015 (UTC)
Citação: É meio incoerente, sendo isto aqui uma enciclopédia virtual, que se imponha esse tão restritivo limite enquanto que enciclopédias profissionais e renomadas são mais liberais quanto à extensão e quantidade de informação. No caso que estamos a discutir, é irrelevante a enciclopédia ser virtual. O facto de ser "virtual" permite apenas que sejam feitas hiperligações interativas no texto. Mas no essencial, cada artigo não deixa de ser um texto que as pessoas lêem, tal como qualquer texto impresso. Este texto deve ter uma dimensão aceitável e adequada, que transmita informação detalhada sem massacrar o leitor. 190 kb é tãoaceitável como 180 ou 200. Mas tem que se acertar um valor para as regras serem iguais para todos. Mudamos para 200 e daqui a um mês alguém se queixa que é muito e mudamos novamente para 190 e por aí fora... Antero de Quintal (discussão) 17h52min de 30 de março de 2015 (UTC)

Já comentei outras coisas sobre esse assunto dos tamanhos em discussões anteriores:

Mesmo assim, seguem algumas notas:

  • O código-fonte em sintaxe wiki para cada página pode ser de até 2048 kilobytes ($wgMaxArticleSize), e isso não inclui o tamanho do código-fonte das predefinições que ela utiliza.
  • O tamanho do código-wiki importa cada vez menos, e não é diretamente proporcional ao tamanho do HTML enviado (compactado) para os visitantes do site... E nenhum destes dois tamanhos mede o que precisamos: o tamanho da prosa dos artigos.
  • Assim que o HTML do Parsoid começar a ser usado para a visualização os artigos, a relação entre os dois tamanhos poderá mudar completamente.
  • Se o tamanho do código-wiki tem alguma importância, é para quem edita em código-wiki (não para quem lê, nem para quem usa o Editor Visual), e há planos de iniciar o suporte a wikis em que o conteúdo passe a ser armazenado no servidor em HTML (em vez de código-wiki). Estes últimos desenvolvimentos tipicamente são testados com o artigo en:Barack Obama, de 254953 bytes de código-wiki (então ele, e outros artigos de mesmo porte continuarão funcionando normalmente).
  • Para quem não lembra, antigamente aparecia um aviso no topo das páginas cujo código wiki excedia um certo limite. Tal aviso foi removido em 2010, pois também tornou-se obsoleto...
  • Os desenvolvedores do MediaWiki já abandonaram o suporte a JavaScript para versões mais antigas de alguns navegadores (como o Internet Explorer 6 e 7). Para eles só é garantida a funcionalidade mais básica (sem JS).

Enfim, como disse lá em cima: se não for para passar a contar o número de palavras no texto, prefiro nem mexer nisso... Helder 18h17min de 30 de março de 2015 (UTC)

Concordo com tudo que o Helder disse e reitero o que disse no ínicio: não tem porquê ditar esse limites arbitrários de 190kB, 210kB, 220kB e etc, porque eles não refletem exatamente no tamanho da página. Se for pra impor algum limite, o ideal seria o número de palavras. Então, discordo de qualquer tipo de limite baseado no tamanho do código-fonte da página. !Silent (discussão) 19h30min de 30 de março de 2015 (UTC)
Eu também concordo em limitar pelo número de palavras em vez de kb. Mas voltamos ao início da discussão: há alguma forma de fazer isso? Antero de Quintal (discussão) 19h46min de 30 de março de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo da eliminação do limite como recomendação.

Sendo eu alguém com sérias dificuldades em ser sintético, já diversas vezes tive dificuldades em "encolher" certos artigos para que respeitassem o limite de 190 kb. No entanto, tentando ser racional e colocando o consulente / "ergonomia" em primeiro lugar (os artgos são para ser lidos por muita gente e não [apenas] para gaúdio de quem os escreve e de editores entusiastas da wiki), acho que o limite até devia ser inferior, pois para a esmagadora maioria dos temas 190 kb é um completo exagero — dos AD em que participei mais ativamente, só casos excecionais como Egito Antigo, Civilização Minoica, Turquia ou Império Bizantino é que podem ser exceções. Isto porque, como o Império Romano ou como talvez a generalidade dos países, são temas indiscutivelmente muito vastos e mesmo que cada secção "obrigatória" tenha apenas um mini-resumo mais um artigo principal, facilmente se ultrapassam os 190 kb. No entanto, acho que já vi, por exemplo, artigos de álbuns musicais relativamente recentes com mais de 200 kb e aqui já estamos nos antípodas dos impérios ou países: se o nível de detalhe nestes últimos temas fosse 10% do usado nesses artigos enormes sobre música, então teríamos que ter aumentar o limite para uns... 2 Mb(?). Suspeito fortemente que uma das razões mais frequentes para os artigos ficarem tão grandes é não haver um esforço em olhar para o artigo e identificar subtemas a serem tratados em artigos especializados, deixando apenas um resumo (e não uma cópia, como tantas vezes acontece) no artigo genérico. Exemplificando apenas com um dos meus primeiros AD's, entre a tradução da ES e mais alguns melhoramentos, se mantivesse a estrutura usada na ES de Plasencia, o artigo teria mais de 284 kb e atualmente tem cerca de 146 kb (e possivelmente poderia ser mais resumido).

Como o Antero já referiu mais do que uma vez, sendo os 190 kb uma recomendação, nem sequer é preciso mexer nas regras. Mas se acham que sim, então tenho as sugestões seguintes, que tanto podem ser adotadas em conjunto como adotada apenas uma delas:

  1. Deixar explícito que quando o limite é ultrapassado, os participantes na EAD decidem se o tema ou a abordagem que dele é feita justificam a exceção.
  2. Nos casos em que os 190 kb forem ultrapassados, haver a alternativa de contabilizar o nº de bytes do código wiki sem incluir as referências e bibliografia, mas nesse caso diminuir o que é contabilizado para 160 ou 170 kb. Isto só será "eficaz" ou mensurável em artigos que não coloquem o "extenso" das refs no corpo do texto. Por exemplo, Turquia tem atualmente 178 579 bytes, mas se retirarmos as refs passa a ter apenas 101 642.
  3. Criar um segundo limite (220 kb?) acima do qual o tamanho pode ser evocado para votar contra destaque mas não contra AB. Isto apenas para evitar que artigos muito grandes nem sequer cheguem a AB por causa do tamanho.

Nota quanto à pouca eficácia do nº de bytes do código wiki como medida da extensão real do artigo: como em inúmeros outros casos que se relacionam com métricas em informática, "todos" estamos cientes disso, mas temos que nos agarrar a qualquer coisa, por imprecisa que ela seja, e a dimensão do código wiki é uma aproximação razoável e fácil de conferir dentro da Wikipédia. O nº de palavras talvez fosse melhor, mas continuaria a contabilizar o texto das refs e bibliografia. O nº de bytes HTML para mim ainda faz menos sentido usar, principalmente porque o busílis aqui não é de índole técnico (se fosse, teríamos que pensar em limites de uns 50 kb...), mas prático, de facilidade de leitura. Em todo o caso, qualquer um que tenha programado um bocadinho sabe que o código HTML para fazer a mesmíssima coisa tanto pode ser 10 como 20, 30, ou 40. E para além do HTML em sentido estrito, ainda há os javascripts e css que são caregados conforme as preferências dos utilizadores, o browser, etc., etc. --Stegop (discussão) 19h52min de 30 de março de 2015 (UTC)

Tamanho da prosa não inclui referências. Helder 20h00min de 30 de março de 2015 (UTC)
Concordo enormemente com o Stegop. Além disso, o fato de ser uma enciclopédia virtual não quer dizer que não deva haver um limite; ela apenas permite que sejam feitas hiperligações interativas no texto, conforme apontado pelo Antero, e a possibilidade de criação de artigos que nos permite complementar aspectos específicos de um assunto é mais que aceitável caso haja conteúdo suficiente. "Dizer que os votantes supostamente não leem os artigos e que o aumento do limite poderia agravar isso não é argumento (...) Exageros e conteúdo impróprio ou irrelevante existem sempre, e deveria caber às votações e discussões a resolução desses problemas". Aqueles que participam de votações têm pleno conhecimento de que nem todos os usuários leem os artigos, isto é fato, não sou eu quem estou especulando. Ou é isso, ou eu sou um dos poucos seres humanos que não evoluiu o suficiente a ponto de analisar dez artigos por completo e dar o meu voto a favor de todos em apenas um minuto! Portanto, penso ser praticamente impossível detectar exageros e conteúdo impróprio ou irrelevante e tentar solucioná-los nas propostas sem ler o texto (ou lendo-o em apenas alguns segundos, como muitos fazem). Eu, particularmente, ainda não possuo um radar que me permita esta habilidade. E volto a dizer: se há a necessidade de se realizar uma revisão na própria votação sobre ultrapassar o limite em certos assuntos que não têm mais como ser resumidos, para que alterar a regra? É melhor deixar como está; a necessidade será a mesma e o consenso também; independente do artigo, se o conteúdo é realmente indispensável e não se adéqua em uma sub-página ou em um artigo secundário, o caso será avaliado e poderá ser eleito mesmo ultrapassando o limite. A grande maioria consegue muito bem se encaixar nos 190KB, como vê-se em diversos artigos destacados sobre países, personagens religiosos e figuras históricas, não vejo por que mudar a regra por causa de um ou outro que destoa. Para esses, o consenso na própria votação é o mais adequado, principalmente se for o caso de o artigo ser uma tradução de outra Wiki. Não é preciso fazer uma réplica dos artigos, mas sim adaptá-los ao máximo à nossa Wiki. O próprio artigo do álbum musical que mencionei mais em cima está quase idêntico ao que lhe deu origem, sendo que eu próprio identifiquei informações nele que nada o acrescenta a ponto de ser indispensável. E o que eu disse não foi que o aumento do limite faria com que mais votantes deixassem de ler os artigos (acredite, se o diminuirmos muitos também não o leram), mas sim que haverá uma maior probabilidade de informações desnecessárias ficarem nos artigos, uma vez que muitos não os leem. Fora a questão apontada pelo José Luiz (uma realidade que tem de ser levada em consideração). Raul Caarvalho (discussão) 00h53min de 31 de março de 2015 (UTC)
Mais uma vez, é ignorado o porquê desse limite obrigatório existir (sim, não é recomendação, pelo menos não segundo WP:AD?). Os 190kb não estão lá pra estimar o volume de informação de um artigo, ou instituir uma barreira pra que artigos não se transformem em exageros de texto, ou definir o "tamanho ideal", mas sim pra evitar problemas de navegação e carregamento da página. Como já foi pacientemente relembrado, não existe relação precisa entre kb de código wiki e navegação ou carregamento. Existe, portanto, alguma forma de mudar esse parâmetro para o "número de palavras", como mesmo disse o He7d3r? Nakinn (discuss) 15h55min de 31 de março de 2015 (UTC)
Citação: Nakinn escreveu: «Os 190kb não estão lá pra estimar o volume de informação de um artigo...» Para mim pouco importa qual foi a justificação para criar o limite. Um artigo com mais de 40 ou 50 Kb já é grande demais para ser lido confortavelmente e para ser carregado em certos dispositivos mais lentos (experimentem tentar fazê-lo com um smartphone fraquinho e com 3G igualmente fraca!). E dado que por aqui há pessoas que só "entendem"/respeitam limites muito concretos, então esse de 190kb de código wiki é tão bom como contar palavras. Repetindo-me: se há temas em que nem que o limite fosse duplicado continuaria a ter que haver um grande esforço para não ultrapassar o tal limite, por outro há artigos que só só ganhariam se fossem mais pequenos,nomeadamente criando sub-artigos em vez de concentrar tudo num só artigo, ou removendo detalhes supérfluos. --Stegop (discussão) 16h12min de 31 de março de 2015 (UTC)

Nomenclatura para escolas de samba

Desejo retomar a proposta que fiz em sobre a nomenclatura para escolas de samba: Com base no indicado em Wikipédia:Convenção de nomenclatura para empresas (o que pode ser o mais próximo com escolas de samba): O padrão dos artigos deverá ser o nome mais conhecido da empresa, desde que não precise de desambiguação; em caso de precisar de desambiguação, será usada a razão social completa. Proponho que seja aplicado para as escolas de samba como título o nome mais conhecido. Exemplos:

Já em casos específicos como os abaixo, não sei qual seria a melhor solução, manter o título atual, mover, corrigir os afluentes ou mover para Nome da entidade (escola de samba).

O padrão atual de título foi adotado com base nas escolas do Rio de Janeiro que em sua maioria tem o nome de Grêmio Recreativo Escola de Samba ou GRES, o que não é o padrão dos demais artigos sobre o tema em outros locais que variam muito de entidade para entidade. Fabiano msg 00h00min de 9 de fevereiro de 2015 (UTC)

Segundo item.

Gostaria de junto discutir também a remoção do item horário da predefinição {{Info/Carnaval}}, com base em a Wikipédia não ser guia de programação; não existe qualquer sentido em se ter um espaço para esta informação que em regra é adicionada sem fontes e com base no "conhecimento" dos usuários envolvidos na edição de artigos sobre este tema. Fabiano msg 00h00min de 9 de fevereiro de 2015 (UTC)

Comentários

Eu acredito que é melhor, pois simplifica para quem procura esse tipo de informação que irá vai digitar Vai-Vai e não GRCSES Vai-Vai. Eu sei que existe redirecionamento, mas tentem se colocar no lugar de um usuário iniciante. Bruno Ishiai (discussão) 13h47min de 21 de fevereiro de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio principalmente essa parte do guia de programação. O item horário varia muito pois se uma escola atrasa, atrasa todas as outras depois, e se uma escola faltar, as seguintes tem que entrar logo em seguida. É uma informação inútil que não acrescenta nada e deve ser removida. Sugiro trocar por "ordem de apresentação" e "data" ou só remover mesmo. SnCouto (discussão) 01h03min de 7 de março de 2015 (UTC) Meatpuppetry. Fabiano msg 23h37min de 21 de março de 2015 (UTC)

  • Ninguém interessado no assunto? Fabiano msg 19h32min de 28 de março de 2015 (UTC)

Padronização dos títulos de filmes e séries no início dos artigos

Olá a todos. Gostaria de propor uma padronização dos títulos de filmes e séries, quando eles aparecem logo no primeiro parágrafo dos artigos. O que vejo é que há uma padronização somente caso o filme tenha o título PT-BR diferente do título PT-PT, quando se usa a predefinição BRPT ou a PTBR. Contudo, não há padronização quando:

  • 1 - O título original do filme é diferente da tradução em português, sendo o título em português igual no Brasil e em Portugal (exemplos: Gladiador (filme), O Senhor dos Anéis: As Duas Torres);
  • 2 - O título original do filme é igual ao título no Brasil e em Portugal (exemplos: Argo, Ray).

No primeiro caso, notei algumas formas de escrita, como:

  • Título original (br/pt Título em português)
  • Título original (no Brasil e em Portugal, Título em português)
  • Título original (Título em português, no Brasil e em Portugal)
  • Título em português (no original, Título original)
  • Título em português (no original em [idioma nativo], Título original)

No segundo caso, encontrei essas formas:

  • Título é um filme...
  • Título, lançado no Brasil e em Portugal sob o título original, é um filme...

Então gostaria de perguntar a vocês: acham que existe a necessidade de se padronizar os títulos nesses dois casos, ou deixamos como está? E, se acham necessário, qual dos formatos abaixo acham melhor? Sintam-se livres para sugerir outros:

Caso 1:

  1. Gladiator (br/pt Gladiador)
  2. Gladiator (no Brasil e em Portugal, Gladiador)
  3. Gladiator (Gladiador, no Brasil e em Portugal)
  4. Gladiador (no original, Gladiator)
  5. Gladiador (no original em inglês, Gladiator)

Caso 2:

  1. Argo é um filme de drama...
  2. Argo, lançado no Brasil e em Portugal sob o título original, é um filme de drama...
  3. Argo (mesmo título no Brasil e em Portugal) é um filme de drama...

O que acham? --Chinobistar (discussão) 20h23min de 4 de março de 2015 (UTC)

  • No segundo caso, acredito que seja desnecessário informar que a obra foi lançada sob o título original em outros países. Quanto ao primeiro caso, a convenção de nomenclatura estabelece que o título deve ser preferencialmente em português, salvo se não for o mesmo nos países lusófonos, logo, vê-se que o exemplos 1, 2 e 3 do "caso 1" estão em desacordo com a política vigente. Ver WP:CN. Não vejo necessidade de indicar a língua do título original se não for necessário indicar mais de uma língua, como no caso de alguns mangás, que possuem o título em japonês, que exige caracteres especiais, e um título "romanizado", com caracteres "normais". Ver Eyeshield 21. Flávio, o Maddox (msg!) 20h32min de 4 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário "Filme de drama" é uma bobagem que so existe na wikipedia pq copiam tudo da Wiki-en, mas o que faz sentido na lingua lá, não necessariamente faz aqui. "X é um drama", "X é uma comedia", "X é um faroeste". A expressão pode ser aplicada apenas à X é um "filme de ação"..MachoCarioca oi 01h15min de 5 de março de 2015 (UTC)

No ´início do texto faz todo o sentido referir que é um filme. É até indispensável, uma vez que uma "comédia" pode ser um livro ou uma peça de teatro. A única situação em que não faz sentido é a meio da narrativa, quando já se sabe que se está a falar de cinema. Se alguém se aproximar de si e disser "Fui ver uma comédia", você consegue distinguir se foi ver um filme, uma peça de teatro ou standup comedy? Antero de Quintal (discussão) 02h57min de 5 de março de 2015 (UTC)
Talvez faça ai, aqui não faz nenhum e ninguém escreve desta maneira, é uma bobagem tatibitati, escrita de primeiro grau. Ninguém que entra num verbete de um filme que é uma comedia vai achar que está lendo sobre um "stand-up" ou uma peça de teatro. Zero sentido sua argumentação. Não se trata de vc dizer a alguém o que foi ver, mas a leitura de um verbete sobre um filme. MachoCarioca oi 04h26min de 5 de março de 2015 (UTC)
Sério? E como sabem que é um verbete sobre um filme quando você retira a informação de que é um filme? Sem comentários... Antero de Quintal (discussão) 04h32min de 5 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Eu prefiriria que fosse usado sempre o título orignal da obra seguido do título nos países lusófonos. Nos casos aqui apresentados ficaria sempre:

  • Título, lançado no Brasil e em Portugal com o título original, é um filme...

mas também

  • Título, lançado no Brasil como títulobr e em Portugal como títulopt, é um filme...
  • Título, lançado no Brasil como títulobr e em Portugal com o título original, é um filme...

e caso fosse o mesmo em todos os países lusófonos:

  • Título, lançado nos países lusófonos como títulolus, é um filme...
  • a exceção seriam os filmes lusófonos, para os quais basta o título a negrito

Esta solução unificaria uma série de variantes confusas; ora é o título original que se põe em primeiro lugar, ora os lusófonos, ora são predefinições, e por aí fora. O sistema é confuso para os veteranos, quanto mais para os novatos. Desta forma ficaria padronizado e simples e chegar-se-ia às variantes de forma intuitiva. Antero de Quintal (discussão) 02h57min de 5 de março de 2015 (UTC)

Concordo 110% com você, Antero. Gostaria que mais usuários se pronunciassem sobre essa sugestão para possivelmente chegarmos a um consenso. --Chinobistar (discussão) 03h09min de 5 de março de 2015 (UTC)
Você concorda, mas a sua proposta originalmente era sobre padronizar o título dos filmes em cima da convenção atualmente estabelecida. O Antero está propondo alterar a convenção de nomenclatura, que, como apontei, estabelece a preferência pelos títulos em português. Eu também prefiro o uso do título original, mas não é isso que está em vigência atualmente. Flávio, o Maddox (msg!) 03h21min de 5 de março de 2015 (UTC)
Maddox, minha proposta não é nem nunca foi a de trocar os títulos dos filmes. Contudo, a MEU ver, não há problema no título do artigo ser "Gladiador" e o texto começar com "Gladiator (lançado no Brasil e em Portugal como Gladiador) é um filme..." Entenda que NÃO ESTOU querendo mudar o título, apenas quero padronizar o começo dos artigos para que não fique essa bagunça que está agora. Eu gostei da sugestão do Antero porque ele padroniza TODOS os artigos de filmes, pois todos começarão com o título original, mesmo que o título do artigo em si esteja em português. --Chinobistar (discussão) 14h40min de 5 de março de 2015 (UTC)

Como pouquíssimos editores se manifestaram e não há novas respostas há 3 dias, seguirei a dica de Antero para os filmes e séries, usando o seguinte padrão:

  • Título, lançado no Brasil como títulobr e em Portugal com o título original, é um filme...
  • Título, lançado no Brasil e em Portugal com o título original, é um filme...
  • Título, lançado no Brasil e em Portugal como títulolus, é um filme...

Apenas quero deixar claro, novamente, que minha intenção não é a de trocar os títulos dos artigos, mas apenas no primeiro parágrafo. Caso ninguém se oponha, farei essas modificações nos artigos que encontrar a partir de hoje. --Chinobistar (discussão) 17h43min de 8 de março de 2015 (UTC)

Eu não acredito que esse padrão siga o livro de estilo. Se o título é em português, a menção no primeiro parágrafo deve ser ao título em português, com a indicação de que, no original, é X. Se for pra indicar o título original, e sempre começar com o título original, então o título da página também deve ser o original. E se o filme foi lançado sob o título original, porque ser repetitivo e indicar que ele foi lançado no título original em Portugal e no Brasil?
Flávio, o Maddox (msg!) 20h15min de 8 de março de 2015 (UTC)
Certo. Vou fazer o que você diz quanto à questão de usar o título em português primeiro, ficando "Gladiador (no original em inglês, Gladiator) é um filme...". Quanto ao segundo caso, não se trata de ser repetitivo, mas de ser claro. Se eu digo que "Argo é um filme de drama...", você pode se perguntar, "tá, esse é o título original, mas qual o título em português?". Como é que o leitor vai saber que o título do filme em português é igual, se isso não é explicado? Aliás, como ele vai saber se ao menos se trata do título original ou do título traduzido? Creio que esse tipo de situação deve ser bem explicada para não causar confusão ao leitor. --Chinobistar (discussão) 15h15min de 11 de março de 2015 (UTC)
Se não há nenhuma indicação de que o título é diferente, é porque o título não é diferente. Não entendo porque haveria de ser explicado isso, mas não me oponho à inclusão. Flávio, o Maddox (msg!) 16h12min de 11 de março de 2015 (UTC)
Certo, obrigado pela compreensão. Apenas gosto de deixar as coisas bem claras, porque nem todos podem raciocinar da mesma forma. Ou alguém poderia achar que o título em português está ausente. Então, chegamos a um acordo. Como disse antes, se ninguém se opor, começarei as mudanças, pois parece não haver muita vontade de outros usuários de se pronunciarem sobre o assunto. --Chinobistar (discussão) 19h19min de 11 de março de 2015 (UTC)
Se há consenso, acho necessário incluir um texto em Wikipédia:Livro de estilo/Seção introdutória. Um subtópico "Nomes múltiplos" ou "Títulos múltiplos", estabelecendo como os títulos diferentes devem ser mencionados. Flávio, o Maddox (msg!) 20h02min de 11 de março de 2015 (UTC)

Proteger todos os módulos a nível autorrevisor

Neste momento, quase todas as predefinições estão protegidas a nível de autorrevisor. Proponho que seja aplicada, por norma, a mesma proteção nos módulos, os quais têm nível de sensibilidade equivalente. Antero de Quintal (discussão) 03h10min de 5 de março de 2015 (UTC)

Suponho que a proposta não se estenda até a documentação dos módulos, que também se encontra neste domínio. Cainamarques 02h36min de 18 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Os módulos servem de base para predefinições avançadas, portanto edições indevidas neles podem causar graves problemas. Talvez o que esteja salvando eles até hoje de serem vandalizados é o fato de que quase ninguém tem conhecimento da existência deles e de sua importante função, sejam usuários registrados ou anônimos. Fato esse que pode ser comprovado pela praticamente ausência de participação dos membros da comunidade na discussão dessa proposta até o momento...--Leon saudanha (discussão) 14h10min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Não vejo nenhum motivo para que as demais predefinições não sejam protegidas a nível de autorrevisor, até porque um editor que possui a suas edições patrulhadas já sabe muito bem o que deve ser feito neste projeto. IPs e usuários autoconfirmados nem sempre são de confiança e se uma predefinição correr o risco de ser vandalizada, pode causar estrago em diversos artigos e listas. Portanto, que todos as predefinições sejam protegidas a nível de autorrevisor. WikiFer msg 04h25min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo --OS2Warp msg 19h19min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. LuizM 17h41min de 30 de março de 2015 (UTC)

Flow na Wikipédia:Contato

Olá!

Estou dando continuidade à conversa do mês passado sobre o uso do sistema Flow de discussões na Wikipédia:Contato/Fale com a Wikipédia. Nós estamos prontos para mudar aquela página para o Flow, se a sua comunidade concordar. Nós podemos mover a página de código-wiki existente para um arquivo, e entãocriar um board do Flow em seu lugar.

Uma coisa que alguém mencionou durante a discussão aqui na Wikipédia lusófona foi que às vezes as conversas com Flow são confusas e difíceis de acompanhar. Estamos experimentando uma alteração ao sistema de respostas, e você pode nos ajudar a testá-la. Eis os links para páginas de testes que utilizam as duas versões:

  • Talk:UmaCoisa tem um novo sistema de respostas, com uma abordagem mais estruturada aos comentários tangentes.
  • Talk:OutraCoisa tem o sistema original de respostas, mas com níveis adicionais de indentação.

Escrevi algumas perguntas de exemplo em português para dar início a discussões -- o melhor que eu pude com o tradutor do Google. :) Eu realmente gostaria de saber suas impressões sobre os dois sistemas. Obrigado! DannyH (WMF) (discussão) 23h23min de 5 de março de 2015 (UTC)

Mensagem original em inglês:

Olá! (My apologies for posting in English. Please translate my post if needed. Thanks!)

I'm following up on the conversation last month about using the Flow discussion system on Wikipédia:Contato/Fale com a Wikipédia. We're ready to change that page to Flow, if your community is happy with it. We can move the existing wikitext page to an archive, and then create a Flow board there.

One thing that came up in the conversation here was that the Flow conversations are sometimes cluttered and difficult to follow. We're working on a new change to the reply system, and you can help us test it out! Here are links to test pages where we've got two different versions:

  • Talk:UmaCoisa has the new reply system, with a more structured approach to tangents.
  • Talk:OutraCoisa has the original reply system, but with more levels of indentation.

I wrote some sample discussion questions on both pages in Portuguese -- as well as I could with Google Translate. :) I'd really like to know what you think of the two systems. Thanks! DannyH (WMF) (discussão) 23h23min de 5 de março de 2015 (UTC)

Eu fiz uns testes para entender qual a diferença das duas páginas. Pelo que entendi elas são idênticas, exceto quando se responde o ÚLTIMO comentário de qualquer tópico. Nesse caso:
  • Talk:UmaCoisa: Cria um novo nível de indentação para a mensagem. Formando uma "escada" de mensagens.
  • Talk:OutraCoisa: Mantém o nível de indentação da mensagem anterior. Nesse caso, se as mensagens forem respondidas em ordem, somente um nível de indentação é visualizado.
Em ambos os casos, se uma mensagem no meio de uma discussão for respondida, um novo nível de indentação é criado naquele ponto.
Particularmente falando, a segunda opção me parece bem mais interessante, pois não cria níveis de indentação desnecessários (visto que a interface do Flow já ajuda a distinguir claramente quando uma mensagem começa e quando termina). No entando, ainda me faz falta a possibilidade de fazer um "diff" da discussão. --Diego Queiroz (discussão) 18h33min de 6 de março de 2015 (UTC)
De fato, o comportamento antigo era ruim, e ficou melhor no novo sistema. Ficará mais claro que tem que ser assim quando phab:T91807 for corrigido, pois aí será óbvio para o editor que a resposta dele estará se referindo a um comentário específico e não ao tópico como um todo, e ele terá motivo para decidir entre as duas opções de resposta (a um comentário - via link - ou ao tópico - via caixa de texto ao final do tópico).
Ainda neste assunto da indentação, sinto falta de um recurso da LQT (que acredito estar no escopo do phab:T78253): mudar a posição/indentação de uma resposta já salva, quando ela foi colocada como se tivesse relação com um comentário específico, sendo que na verdade era uma resposta a outro comentário. Não é um blocker para a WP:Contato/Fale com a Wikipédia, mas acredito que será para uma instalação completa de Flow (se mais gente se importar em corrigir respostas mal posicionadas). Helder 20h28min de 6 de março de 2015 (UTC)
No entanto, não gostei muito de só haver dois níveis de indentação na página com o novo sistema (deve ser força do hábito de usar LQT, onde eu podia abrir uma nova página que focava apenas um certo sub-tópico tangente que aparecia no meio da conversa, e ainda ter indentação para "infinitos" níveis). Helder 20h37min de 6 de março de 2015 (UTC)
Não são apenas dois níveis não. Ambos podem ter vários níveis. O que acontece é que o segundo só aumenta o nível de indentação quando uma mensagem no meio da discussão é respondida. Se pensar, é uma solução bastante razoável. De qualquer forma, não tinha pensado nessa possibilidade de alterar o nível de indentação de uma mensagem. Realmente esse é um recurso importante de se ter disponível. Também acho que deveria ser possível "mover" uma mensagem de um ponto para outro na discussão (para o caso de alguém responder no local errado, ou algo do tipo). --Diego Queiroz (discussão) 21h02min de 6 de março de 2015 (UTC)
(Sorry for posting in English... please translate. thanks!)
I'll explain a little more about the two models. Diego, your message above switched them. This is correct:
  • New model: Talk:UmaCoisa. Mantém o nível de indentação da mensagem anterior. Nesse caso, se as mensagens forem respondidas em ordem, somente um nível de indentação é visualizado.
  • Old model (but with 8 levels instead of 3): Talk:OutraCoisa. Cria um novo nível de indentação para a mensagem. Formando uma "escada" de mensagens.
(By the way, part of this test was to see if anybody even noticed what the difference was, so the names of the pages aren't very helpful.)
As Diego said, both of these can have multiple indentation levels. In the new model, you're less likely to get all the way out to 8 levels, because you only create a new tangent when you reply to a past message. For example, in this conversation that the three of us are having right now, we've posted our messages in chronological order. In the new model, that would all appear on one level -- but if I went back to specifically reply to Helder's first message, then that would create a tangent.
I think that the new model will help to avoid the problem that Helder's ticket is talking about -- there won't be as much confusion about where your reply is going to appear, and what you're talking about. Maybe. If it works properly. :) I'll post a sample conversation and you can tell me what you think... DannyH (WMF) (discussão) 01h14min de 7 de março de 2015 (UTC)
Okay, here's a sample conversation -- it's the same people, posting messages in the same order.
I don't know if that helps or not. Let me know. :) DannyH (WMF) (discussão) 01h59min de 7 de março de 2015 (UTC)
@DannyH (WMF): The current behavior of Talk:UmaCoisa doesn't look good. See the second reply (A.2) to the main message of this topic:
Helder 17h02min de 11 de março de 2015 (UTC)
...and if there are a few more replies ([2], [3]), the new indentation makes it confusing to identify that both "A.1.1" and "A.1.2" are replies to the same comment "A.1", because in the new model they do not have the same level of indentation. Also, I see no reason why "A.1.2" should be more indented than "A.1.1.1". This breaks the expectations we have from en:Wikipedia:Indentation:

2. If you want to reply to a comment, but another editor has already done so, just position your own text beneath that other editor's reply, at the same indentation level
(...)
3. Your response to a reply should be positioned below that reply, but above any later responses that were made to a different comment.

The new model seems to be mixing two display modes:
  1. Chronological
  2. By (sub(sub(...)))topic
I believe indentation should only be used to provide topic information, not chronological information (which seems to be incompatible with the request to allow changing the position of replies in a topic, and would complicate the task of splitting a topic into subtopics). This is exactly what LQT does (and does well).
For a chronological view, I just want a sequence of messages, without any indentation (as happens e.g. on Gmail or Facebook), where a message is after another if, and only if, it was posted some time after the other.
comentário não assinado de He7d3r (discussão • contrib) 17h46min de 11 de março de 2015 (UTC).
@DannyH (WMF): ^. Helder 18h11min de 18 de março de 2015 (UTC)
See also: phab:T93024 and Brad's feedback on Wikitech-l, which are about the same problem. Helder 18h20min de 18 de março de 2015 (UTC)

A página Wikipédia:Contato/Fale com a Wikipédia‎ já está utilizando o novo sistema de discussões. Helder 18h56min de 29 de março de 2015 (UTC)

Política de administradores

Olá, pessoal.

Em decorrência desta discussão, teve origem uma proposta de criação de uma política de administradores. O texto da política encontra-se sintetizado aqui, agregando conteúdos existentes nesta página de instruções (sem alterações no teor do texto, apenas com a redação revisada), além de alguns conteúdos embasados em outras políticas e textos extraídos da política de administração das Wikipédias em inglês e italiano.

Solicito maior atenção da comunidade, neste novo tópico, haja vista tratar-se de um tema importante que, na página anterior, recebeu participação inexpressiva. A Wikipédia lusófona é uma das poucas wikis que não possuem uma política oficial para administradores, tal como as políticas de burocratas, eliminadores, robôs etc.

Portanto, por favor, deixem sua opinião (ou sugestões) nesta página. Havendo consenso, a página com a política de administradores proposta poderá ser criada.

Obrigado, Ruy Pugliesi 03h15min de 13 de março de 2015 (UTC)

Refira-se que, tendo em conta que o texto de Wikipédia:Pedidos de administração/doc foi incorporado à proposta da política de administradores, seria conveniente criar um cabeçalho para Wikipédia:Pedidos de administração, semelhante ao que temos em Wikipédia:Burocratas/Pedidos de aprovação/Cabeçalho e Wikipédia:Eliminadores/Pedidos de aprovação/Cabeçalho, para substituir a documentação atual.
Caso aprovada, a proposta implica que sejam realizadas algumas alterações na política de bloqueio conforme o referido nesta discussão.
Destaco ainda que me solidarizo com a proposta, que é — ou pelo menos deveria ser — do interesse de todos. Mesmo estando implicado nela, devo aqui deixar o meu Symbol support vote.svg apoio. Sds. Shgür Datsügen (discussão) 06h33min de 14 de março de 2015 (UTC)
@Shgür Datsügen: ótima sugestão. Concordo com a movimentação da página de pedidos de administração para o formato Wikipédia:Administradores/Pedidos de aprovação ou Wikipédia:Administradores/Pedidos de remoção, pois todos os pedidos de permissões (robôs, editores de interface, eliminadores e burocratas) ocorrem nesse formato. Os pedidos anteriores poderiam ser facilmente movidos, para gerar uniformidade com os atuais e futuros, se houver concordância. Como benefício adicional, removemos palavras que não existem na língua portuguesa (como "Desnomeações") e outras com significado diverso do pretendido ("Renomeação" significa alterar o nome da conta de usuário). Ruy Pugliesi 16h15min de 14 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo É bastante estranho até que essa política já não tenha sido criada antes, já que até mesmo os eliminadores que possuem permissões bem similares as dos administradores e são um grupo de usuários relativamente recentes, possuem uma politica própria. E também concordo com a renomeação da página de pedidos de administração para Wikipédia:Administradores/Pedidos de aprovação, como as demais páginas de pedidos de permissões já são--Leon saudanha (discussão) 01h17min de 15 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a proposta. Realmente é bem estranho o fato de ainda não haver uma política "oficial" para os administradores. Symbol support vote.svg Concordo também com a sugestão da movimentação das páginas de pedido e remoção, desta forma fica mais organizado, assim como é com os demais estatutos. -- stanglavine discussão 14h17min de 15 de março de 2015 (UTC)

Alguém tem mais alguma coisa a acrescentar? Shgür Datsügen (discussão) 00h53min de 21 de março de 2015 (UTC)

Sim. Eu Symbol declined.svg Discordo. Oficialmente tudo já estava oficializado a anos atrás.--OS2Warp msg 02h10min de 21 de março de 2015 (UTC)

A política de administradores não. Shgür Datsügen (discussão) 02h23min de 21 de março de 2015 (UTC)

Li na diagonal, mas pareceu-me bem, pelo que Symbol support vote.svg Concordo Antero de Quintal (discussão) 03h39min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. Érico Wouters (msg) 20h05min de 25 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo também. Muito boa. José Luiz disc 22h07min de 25 de março de 2015 (UTC)

Após 2 meses, está claro que houve consenso e a página foi criada. Ruy Pugliesi, falta proceder às alterações no cabeçalho caso considere oportuno, mas quanto a isso não sei até que ponto será necessário abrir um novo tópico na esplanada, apesar de me parecer óbvia a conveniência dessa alteração. Shgür Datsügen (discussão) 10h09min de 28 de março de 2015 (UTC)

Shgür Datsügen, vi que já criou a página da política e fundi os históricos. Entretanto, acredito que seria prudente aguardar mais alguns dias com relação à movimentação das páginas de pedidos para o formato: Wikipédia:Administradores/Pedidos de aprovação, Wikipédia:Administradores/Pedidos de remoção e Wikipédia:Administradores/Pedidos de opinião (para os pedidos de "renomeação" - afinal, "renomeação" = renomeação de contas, o que não é o caso). Embora tenha havido concordância, inseri a ligação para esta discussão na página de mudanças recentes. Ruy Pugliesi 18h36min de 28 de março de 2015 (UTC)
  • No geral Symbol support vote.svg Concordo, mas tenho uma pergunta: de onde veio a parte sobre "período de licença"? Parece-me redundante e burocracia desnecessária, dada a política de absenteísmo em vigor. --Waldir msg 15h38min de 29 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo com o ótimo texto, que acompanho desde o primeiro momento quando proposto pelo Shgür Datsügen e continuado com a experiente participação do Ruy Pugliesi. O OS2Warp tá certo. Tudo já existe, embora não de tal forma estabelecido que, por exemplo, fortaleça soluções em "Conflito de interesses". Sinto, apenas, o fato de a atual "reforma política" não ter retirado de pauta (ainda verei isso acontecer) a remoção do estatuto por absenteísmo. Não estou abrindo uma discussão sobre o assunto, nem aceitarei discuti-lo aqui caso alguém interpele a respeito. Porém, não posso deixar de manifestar-me contra, como sempre farei, nesse particular.
    Uma pequena dúvida, na Seção "Conflito de interesses": mesmo percebendo o tom a favor da ética e do bom senso, não sei o que significa "interesse primário" e "interesse secundário". Luiza Teles Lu 02h03min de 30 de março de 2015 (UTC)

Luiza Teles, em "Conflito de interesses", "interesse primário" engloba o interesse verdadeiramente coletivo do projeto e o seu propósito, segundo o princípio da imparcialidade; o interesse secundário decorre da atividade do usuário na gestão das ferramentas, desta feita com certa parcialidade, pois aqui acabam por refletir num conflito entre o "interesse primário" (construir uma enciclopédia) e o interesse secundário (aplicar as devidas sanções). Mas isto não deve ser interpretado literalmente, pois refere-se a casos hipotéticos e que pretende apenas esclarecer a questão do conflito de interesses e envolvimento dos usuários. Shgür Datsügen (discussão) 02h36min de 30 de março de 2015 (UTC)

Entendi, Shgür Datsügen. Obrigada. Luiza Teles Lu 02h44min de 30 de março de 2015 (UTC)
@Waldir, Luiza Teles: concordo com relação a remoção das "licenças", que nunca foram usadas até hoje, haja vista as regras mais recentes para absenteísmo... aliás, temos opiniões semelhantes nesse ponto também. Porém, isto já constava na documentação antiga. O objetivo inicial foi reunir os conteúdos existentes, trechos de políticas consolidadas aplicáveis e materiais de outras wiki em uma política própria, específica, sem nos ater a minúcias, visando a uma solução facilmente consensual. E aí está, a política finalizada. Acredito que poderemos discutir esta e outras questões (como a remoção de administradores por votação e com 1/3 dos votos, também altamente injusta) em uma segunda etapa, se houver interesse. Obrigado pela participação de vocês. Ruy Pugliesi 02h56min de 30 de março de 2015 (UTC)
Também Symbol support vote.svg concordo com as mudanças nos nomes dos pedidos. Érico Wouters (msg) 01h58min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Sabia que...?

Olá.

Gostaria de abrir uma discussão e trazer o esboço de algumas propostas a respeito das curiosidades veiculadas na página principal da Wikipédia lusófona. Não sou muito ativo atualmente, porém, sempre observei esta parte da página principal, notando que há muito tempo a atualização com novas informações tornou-se bastante lenta. Segundo o histórico, apenas 38 curiosidades foram apresentadas desde o início de março do ano passado (divididos entre os 365 dias do ano, seria equivalente a mais de 9 dias para a atualização de uma nova curiosidade). Tenho considerado, então, um plano pouco produtivo e escasso de atualizações. Minha inatividade não me deixa certeza sobre uma possível queda geral de wikipedistas ativos, portanto, não sei se devo considerar (ou também culpabilizar) essa questão. Não me espanta que algumas outras versões da Wikipedia tenham terminado suas ações de atualização de curiosidades, excluindo a "caixa" do "Sabia que..." de suas páginas principais. Talvez, realmente seja um ponto bem questionável da página inicial, porém, não tenho conhecimento dos reais motivos da alteração.

Há alguns anos, tentei (sem sucesso) uma modificação do sistema de tais apresentações de atualizações colocando uma espécie de calendário na página do "Sabia que...", no qual, os dias do ano possuiam hiperlinks que poderiam ser livremente editados (claro). A cada dia eram exibidas entre cinco a sete novas curiosidades. Na alternância dos dias, todas as curiosidades eram trocadas. No entando, os problemas foram: a minha insistência "juvenil" em querer modificar a página, o apoio e discussão mínima que busquei entre os wikipedistas, a falta de atualizações (que também recaia sobre a falta de divulgação do novo formato que prentendi realizar), etc. Inspirei-me no antigo modelo da Wikipedia Castelhana, que posteriormente excluiu a "caixa" do "Sabia que..." de sua página inicial. Novamente, não tenho conhecimento sobre esta decisão, nem de outras wikipedias que optam em acabar com tais atualizações.

Uma das propostas que trago, é tentar reviver este antigo formato de calendário, no qual, promoveria a atualização diária de TODAS as curiosidades na página principal. No entando, estaria sujeito à reformulação de alguns aspectos para uma maior organização.

A outra proposta é uma alternativa à anterior, porém, semelhante: estabelecer o formato calendário, com a diferença da atualização diárias de apenas METADE das curiosidades. Inspira-se no modelo da germânica, que exibe duas novas curiosidades por dia. Para o modelo lusófono, seria possível a atualização de duas ou três curiosidades diárias, dependendo de uma quantidade padrão de curiosidades exibidas na página inicial.

Na página principal, na "caixa" do "Sabia que...", seria encontrado o já atual fácil acesso à página das curiosidades (porém, com um possível nome alternativo) e o incentivo à criação e edição por parte dos wikipedistas ao acessar o link. Dentro da página, encontraria-se instruções simples e detalhadas de como seria o formato padrão de uma curiosidade.

A partir daqui, peço-lhes paciência com minha possível inocência e o esquecimento de como as coisas funcionam aqui. Necessito que me aponte os erros e pontos duvidosos, assim como, a apresentação de suas propostas e/ou argumentos.

Na página do "Sabia que...", além das instruções, o usuário teria disponível uma pequena "caixa de texto" para edições segundo os termos e as prováveis ferramentas. O formato de calendário serviria para reunir e colocar na fila as curiosidades até a sua apresentação no dia pré-estabelecido. As novas curiosidades iriam automaticamente para o final da fila (o último dia ou seção em construção), e seriam agrupadas segundo o modelo a ser seguido (entre a atualização de todas, ou metade, ou parcela das curiosidades). Estes grupos estariam sujeitos à verificação de administradores e/ou (também) outros usuários. Após a averiguação da diversidade do assunto, número, qualidade, ligação com os artigos e veracidade, a seção seria assinalada como verificada, possuindo espaço para discussão.

A questão das imagens teria que ser debatida ainda, como: os usuários que "inauguram" a edição de uma seção teriam direito (ou devem) inserir uma imagem? As seções completas que possuem a falta de uma imagem (que poderia ser opcional sua inclusão) seriam assinaladas automaticamente ou por administradores e/ou usuários (suceptíveis a inserir uma foto).

Obviamente, a execução dessas propostas devem condizer com a realidade e velocidade de trabalho na Wikipedia lusófona, por isso, a necessidade de discussão. Acredito que a "Sabia que..." apresenta sua importância em revelar novas informações para o enorme número de usuários diários da enciclopédia, porém, sempre mostrou-se bastante questionável a sua atualização.

Lembrando também que minha inatividade não me tornou possível acompanhar discussões sobre o assunto. Talvez o que tenho tentado levantar aqui, já foi discutido várias vezes há tempos. No entanto, não tenho certeza.

Obrigado pela atenção e espaço. Arktrus II (discussão) 07h46min de 20 de março de 2015 (UTC)

Eu sou favorável a remoção dessa seção de "Sabia que...?" na página inicial pelo simples fato de que na hora de editar os artigos, a Wikipédia desencoraja a criação de seções sobre curiosidades. Isso pode causar uma tremenda confusão para os novatos, que entram aqui, veem logo na página inicial uma seção de curiosidades e ao escrever ou editar um artigo, colocam uma seção "Curiosidades", que acaba sendo marcada com alguma tag de manutenção ou então é removida simplesmente, e não entendem o porquê. Além do mais, creio que tal seção ali na página inicial seja absolutamente irrelevante. O Estranho no Ninho (discussão) 14h24min de 23 de março de 2015 (UTC)
A seção existe em quase todas as wikis e, nas maiores, o objetivo é diverso do daqui. Na enwiki, por exemplo, o objetivo é selecionar entre os artigos novos aqueles mais curiosos justamente para atrair gente para eles (e não para os artigos mais antigos e melhor desenvolvidos). Eles inclusive monitoram isso. A "In the News" lá tem função similar: direcionar tráfego para páginas "jornalísticas" (relatos de eventos). Enfim, a PP em outras wikis é muito melhor gerenciada do que a PP daqui, de uma forma mais profissional e voltada à captação e retenção de novos editores. José Luiz disc 14h30min de 23 de março de 2015 (UTC)

Remover prescrição para socks

Remover prescrição para socks[editar | editar código-fonte]

Na sequência da descoberta e confirmação do maior escândalo de meatpuppetry, partilha de contas e concertação de ações até agora do projeto, envolvendo inclusive ex-administradores, torna-se necessário começar a debater medidas mais eficazes para combater ações destrutivas de socks e meats no projeto.

Na pt.wiki, existe um adendo nas regras que considera válidas todas as edições de socks/meats anteriores a seis meses da data de descoberta. Por exemplo, se há sete meses uma votação para criar uma política foi fraudada e aprovada com votos de socks, essa política continua a ser válida mesmo que não corresponda à real vontade da comunidade. Isto não faz qualquer sentido. Uma fraude continua a ser uma fraude. Para além do problema de perpetuar fraudes, trata-se de um incentivo à criação sucessiva de socks, fazendo com que a opção por este esquema compense a longo prazo.

Que me lembre, já foram feitas algumas propostas no sentido de acabar com esta "prescrição" absurda. Invariavelmente, acabam sempre sabotadas pelos envolvidos neste denominado "esquema Quintinense", que têm lutado para que se desfaça o menos possível a obra do seu mentor. Como os tempos parecem ser de mudança, proponho a abolição imediata desta alegada "prescrição". Antero de Quintal (discussão) 02h35min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. No direito norte-americano, isso se chama evitar os frutos da árvore envenenada. Max51diga! 03h09min de 22 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo com a abolição dos 6 meses de prescrição para estes casos. A revelação deste Esquema deve extrapolar consequências mais vastas do que o simples bloqueio das contas envolvidas. Vanthorn® 03h14min de 22 de março de 2015 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo também. Como vimos no "esquema Quintinense", apenas bloquear não adianta. Nestes casos, um bloqueio chega a ser risível comparado aos danos que os meats podem ter causado. Acho que esta proposta será um grande passo para aplicarmos sanções mais rígidas aos sockeadores. Érico Wouters (msg) 04h30min de 22 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo, e sugiro a aplicação imediata, com a anulação de tudo que tenha qualquer influência desse lixo, a começar pelos critérios de notoriedade fajutos. Flávio, o Maddox (msg!) 04h45min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a proposta. Não faz sentido se alguém que é um sock confirmado fizer um voto há 1 ano e esse voto ainda ser válido só por que é superior a descoberta de 6 meses. O voto de um sock continua a ser inválido pra sempre. --Zoldyick (Discussão) 04h52min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, evidentemente. Shgür Datsügen (discussão) 05h02min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com os demais. Biólogo 32 What? 05h16min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, obviamente. E talvez seja didático relembrar esta discussão sobre critérios de carnaval: [4], muito interessante (e eu diria também reveladora) a vários níveis. --Stegop (discussão) 05h36min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, mas para não deixar passar; o peso dobrado dos votos nas PEs é outro convite aos "grupinhos". Já que para cada voto para manutenção de uma página são necessários dois para eliminar. Fabiano msg 05h39min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, com certeza. Gameiroestá lá? 11h03min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. Tornar o preço alto demais é a única forma de evitar isso. José Luiz disc 13h01min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Nunca entendi essa prescrição de seis meses para socks/meats. Qual o argumento para manter essa regra absurda? Onde isso foi decidido? Esse tipo de coisa apenas beneficia sabotadores. Lord MotaFala 14h03min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo esse prazo de expiração nunca deveria ter existido, pois só é benéfico a usuários que se tornam adeptos de usar de socks, meats e outros meios ilícitos para fraudar votações e outras decisões da comunidade--Leon saudanha (discussão) 16h58min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo --OS2Warp msg 18h40min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. Fraude é fraude. -- stanglavine discussão 23h08min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. E acrescento (última seção). Ruy Pugliesi 02h05min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com certeza. --Diego Queiroz (discussão) 13h34min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo--Mister Sanderson (discussão) 14h09min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Mvictor Fale 00h34min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Contas sock + uso de fantoches usados há mais de 6 meses atrás em votações no projeto não podem continuar valendo. Se estes agiram de má-fé mesmo sendo descoberto posteriormente, é necessário que o voto destes sejam anulados e que a proposta em si passe por uma nova votação sem que o voto de socks e fantoches voltam a influenciar nas decisões da comunidade. WikiFer msg 04h18min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo tudo que foi feito de forma ilícita lesando o sistema tem que ser removido. Hºlᕷfz > (d) 17h04min de 31 de março de 2015 (UTC)

Outra questão: utilizadores detentores de estatutos e eleitos ou aprovados com intervenção decisiva de socks/meats[editar | editar código-fonte]

  • Aproveito este tópico para consultar a comunidade e caso esta proposta seja aprovada, se utilizadores detentores de estatutos e eleitos ou aprovados com intervenção decisiva de socks/meats devem ter ou não a revogação automática dos seus privilégios. Vanthorn® 22h00min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Criei um secção para este outro tópico. --OS2Warp msg 22h31min de 22 de março de 2015 (UTC)

  • Symbol comment vote.svg Comentário. Vanthorn, creio que o processo é simples. Quando os votos/opiniões dos socks/meats forem sendo eliminados, o resultado deve ser reavaliado à luz do que sobrou. No caso do Pé Espalhado anos atrás, dezenas de PEs foram revertidas. Creio que aqui vale o mesmo. De toda maneira, Symbol support vote.svg Concordo. Como prudência, sugiro que, em qualquer caso, se crie uma lista do que será desfeito (veja Usuário Discussão:Chicocvenancio/PEs editadas pelo pé para o caso citado). José Luiz disc 23h21min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Se foi eleito com apoio decisivo de socks e meats, os votos/argumentos devem ser anulados, e a atribuição revogada--Leon saudanha (discussão) 00h15min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. A faxina deve ser geral. Biólogo 32 What? 00h20min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. O acesso as ferramentas deve ser removido. -- stanglavine discussão 01h51min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. E acrescento (última seção). Ruy Pugliesi 02h05min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo e endosso a sugestão do jbribeiro1 para que seja compilada uma lista de edições a serem desfeitas, e que essa lista seja apreciada pela comunidade antes de ser executada. --Diego Queiroz (discussão) 13h34min de 23 de março de 2015 (UTC)

Lembrando que a minha sugestão não interfere em nada em anular, já, os votos em votações. Consensos é que é muito mais difícil. José Luiz disc 18h35min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Mvictor Fale 00h34min de 24 de março de 2015 (UTC)

Não tinha visto isto... Symbol support vote.svg Concordo, claro. Shgür Datsügen (discussão) 10h38min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo sim, porque houve uma trapaça. Hºlᕷfz > (d) 17h04min de 31 de março de 2015 (UTC)

Acrescentar cláusula à política de aprovação e remoção administradores[editar | editar código-fonte]

Proponho acrescentar uma cláusula que determine a anulação, pelos burocratas, de votos, quando houver fortes indícios ou evidências de meatpuppetry e/ou participação de contas dormentes com o objetivo claro de influenciar o resultado final. Isto é realizado em algumas wikis e também é implementado na eleição/confirmação anual de stewards. Ruy Pugliesi 02h05min de 23 de março de 2015 (UTC)

Observação
E também para a aprovação de supervisores e verificadores de contas. Ou seja: onde existe a contagem de votos. Ruy Pugliesi 02h11min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo absolutamente. Antero de Quintal (discussão) 02h08min de 23 de março de 2015 (UTC)

Também Symbol support vote.svg Concordo. Biólogo 32 What? 02h20min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Torna-se evidente a necessidade de uma maior blindagem do projecto à ação disruptiva de contas suspeitas até agora consentida. A Maria Madalena mostrou interesse em hackear contas inativas o que demonstra que o Esquema Q. atuou servindo-se precisamente desta e outras fragilidades que ainda persistem. Vanthorn® 02h29min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Bom isso. --OS2Warp msg 02h31min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, mas gostaria de saber em que página está escrito sobre a prescrição, pois quero investigar em que circunstâncias isso foi adicionado lá.--Mister Sanderson (discussão) 03h18min de 23 de março de 2015 (UTC)

Ops... Fui comentar sobre a proposta inicial e acabei colocando o comentário dentro de uma seção. Risco aqui e colo lá.--Mister Sanderson (discussão) 14h09min de 23 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo, mas acrescento que é fundamental que esta comunidade reveja sua postura em relação a Wikipédia:Solicitação (que é um ensaio ainda) e Wikipédia:Sock puppet (que é um artigo informativo), que são os temas que embasam esta proposta aqui (que é um paliativo, a meu ver). E sequer temos uma regulamentação adequada sobre o que é um "meat puppet". Enfim, temos que ter foco não só no curto prazo, mas também no longo. José Luiz disc 11h22min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo o mal tem que sr cortado pela raiz--Leon saudanha (discussão) 13h21min de 23 de março de 2015 (UTC)

  • Symbol support vote.svg Concordo e comentando novamente o que o Jbribeiro1 disse, acho que Wikipédia:Solicitação deveria ser revisto e no intuito de entender como política toda forma de solicitação como um abuso e tentativa de subversão. Minha experiência me mostrou que são muito raros os casos de que solicitações são feitas de forma imparcial e isso sempre gera problemas (mesmo quando "parecem" adequadas, como é o caso de PEs abandonadas). Se quer chamar a participação, que use Esplanada/anúncios. Mas acho que chamadas individuais ou de um grupo devem ser evitadas completamente, sem exceções. --Diego Queiroz (discussão) 13h34min de 23 de março de 2015 (UTC)
@Lord Mota: Achei realmente interessante a discussão que apontou, mas notei que a comunidade acaba se dividindo: ao mesmo tempo que a proposta é ótima na batalha contra socks/meats; é lesiva para usuários legítimos que, por algum motivo, venham a se afastar por algum tempo. Acho que é preciso ponderar os dois... --Diego Queiroz (discussão) 04h35min de 24 de março de 2015 (UTC)
Pessoal, também sou favorável à aplicação a todas as situações possíveis. Apenas abordei um ponto específico da proposta, pois existe uma tendência natural a discordarmos por algum motivo X quando o tópico é muito abrangente. No caso das PEs (que se transformam em votação), por exemplo, acredito que os votos também poderiam/deveriam ser anulados, porém, após consenso entre eliminadores/administradores (que são os responsáveis por encerrar as discussões) não-envolvidos. Ou seja, é necessário prever as especificidades de cada situação. Ruy Pugliesi 11h54min de 24 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo Mvictor Fale 00h34min de 24 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo. na linha do Lord Mota, eu diria que qualquer votação em que os votos dessa pandilha ou outras afins foram determinantes devem ser anuladas sem necessidade de grandes discussões caso alguém as conteste. --Stegop (discussão) 00h49min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Shgür Datsügen (discussão) 10h38min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo protege mais ainda o projeto. Hºlᕷfz > (d) 17h04min de 31 de março de 2015 (UTC)

Nomes oficiais das bases da Força Aérea Portuguesa

Saudações,

estive a falar com o usuário Gameiro sobre os títulos das bases aéreas em Portugal, e surgiu uma discussão saudável sobre os títulos oficiais e não oficiais.

Eu movi o artigo Base Aérea das Lajes para Base Aérea N.º 4 porque, segundo o meu ver, o nome oficial em qualquer documento oficial, no site oficial da Força Aérea, ou em documentos da FAP, o nome oficial é Base Aérea N.º 4. É corrente dizer-se "fui de guia de marcha até às Lajes" porque de facto a base situa-se na freguesia das Lajes, em Praia da Vitória. Outro exemplo disto é a Base Aérea de Sintra que oficialmente chama-se Base Aérea N.º 1, sendo o seu local em Sintra, porém, situa-se na freguesia chamada Pero Pinheiro. Tal como a BA4 não se chama Base Aérea da Praia da Vitória, também a BA1 não se chama Base Aérea de Pero Pinheiro.

Dou-vos outros dois exemplos: o Aeródromo Militar de Ovar situa-se no concelho de Ovar, sim, mas situa-se na localidade de Maceda. Este exemplo em concreto, diz que também é conhecido por "Base Aérea de Maceda", o que é uma afirmação falsa, pois este termo não é usado por nenhum militar, em nenhum termo oficial ou não oficial e por nenhum civil da população circundante. O ultimo exemplo é a antiga Base Aérea N.º 2, que na actualidade tem oficialmente o nome de Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea, e oficialmente é abreviada de CFMTFA. Popular-se é chamada de "Base da Ota" por ser o nome da freguesia onde a base se localiza, e nem é correcto sequer ser chamada de base, visto que está bem explicito que é um centro de formação, cuja pista está desactivada e os hangares se tornaram salas de aulas.

O usuário Gameiro respondeu-me dizendo, e dizendo correctamente, que há muitos títulos oficiais que não são o título principal do artigo, como por exemplo, Portugal, que não tem o título oficial de República Portuguesa, e o animal Leão não ter o título de Panthera leo.

Compreendo absolutamente o ponto de vista do nosso amigo Gameiro, porém creio que as bases aéreas deveriam ter o título oficial, que não deixa de ser um título simples, seja Base Aérea N.º 1 (base de sintra), ou Base Aérea N.º 5 (base de monte real), ou Aeródromo de Manobra N.º 1 (aeródromo de maceda), sendo que todos os outros nomes populares deveriam continuar a existir como redireccionamentos.

Cumprimentos, Luís Angelo "Tuga1143 Coat of arms of Portugal.svg 13h02min de 23 de março de 2015 (UTC)

@Tuga1143: não seria mais adequado discutir sobre esse tópico na Esplanada/geral ? Mas desde já saiba que Symbol support vote.svg concordo com você; que o nome oficial, nesses casos, é mais adequado, principalmente quando se trata de espécies de seres vivos--Leon saudanha (discussão) 13h25min de 23 de março de 2015 (UTC)

Citação: Este exemplo em concreto, diz que também é conhecido por "Base Aérea de Maceda", o que é uma afirmação falsa, pois este termo não é usado por nenhum militar, em nenhum termo oficial ou não oficial e por nenhum civil da população circundante. Atenção a esta questão. Este termo pode não ser usado nem em documentos formais nem pela população local, mas pode muito bem ser usado pela restante população. Antero de Quintal (discussão) 14h50min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Mudando um pouco de opinião após o comentário do Antero, acho que o que deve ser discutido aqui é o que é mais adequado: O título do artigo se referir ao nome oficial que é dado para o assunto que ele aborda, ou o termo pelo qual ele ´mais conhecido. A escolha do título de um artigo, na minha opinião, depende mais do público ao qual ele é voltado do que de qualquer outro fator. No nosso caso, os artigos são voltados para o publico geral de leitores, à medida que nesse caso, usar o nome pelo qual o tema tratado no artigo é mais conhecido seria mais adequado que usar o oficial--Leon saudanha (discussão) 15h01min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo Gostaria de reiterar primeiro que este assunto (como disse, e muito bem, o Luís/Tuga1153) não é conflituoso. A discussão tem sido educada e com o objetivo de alcançar um consenso. E que bom que é ver discussões assim na comunidade. Quanto ao assunto em si, parece-me bastante complicado mesmo ter o artigo da Base Aérea das Lajes com o nome oficial Base Aérea N.º 4 (BA4). Há variados artigos de imprensa, artigos científicos, livros de história, de política internacional ou mesmo militares que se referem sempre à Base como das Lajes, e nunca pelo seu nome oficial/burocrático. Na minha opinião, uma enciclopédia deve ter no título dos seus artigos o nome pelo qual a maioria das pessoas que a consultam conhecem e com a qual lidam no dia a dia. Entendo que do ponto de vista militar seja mais comum o uso de Base Aérea N.º 4 (BA4), mas a Wikipédia não é feita exclusivamente para militares, nem tem uma função oficial de repercussão das nomenclaturas do aparelho do Estado. Outro exemplo: veja-se o discurso de políticos como o Presidente do Governo Regional dos Açores, o Primeiro-ministro ou o Presidente da República, que recentemente discursaram sobre este assunto, sempre se referindo à Base como das Lajes. O mesmo se aplica à Base Aérea de Sintra. Quanto aos outros casos, tenho de assumir aqui a minha ignorância, porque não sei até que ponto os nomes comuns suplantam os nomes oficiais, mas nestes dois estou bastante seguro. Gameiroestá lá? 15h17min de 23 de março de 2015 (UTC)
A título de exemplo, gostaria de colocar aqui alguns outros casos de artigos que estão com o seu nome comum, e não com o seu nome oficial: MI5 e MI6 (e não Security Service e Secret Intelligence Service), Jardim do Príncipe Real (e não Jardim França Borges), Primeira Liga (e não Liga NOS), Tratado de Versalhes (e não Tratado de Paz entre os aliados e Potências Associadas e a Alemanha), Aleijadinho (e não Antônio Francisco Lisboa) ou Castelo dos Mouros (e não Castelo de Sintra). Às vezes o nome comum é a escolha óbvia para o título. Gameiroestá lá? 15h32min de 23 de março de 2015 (UTC)

@Gameiro:, foi o que eu quis dizer no meu último comentário--Leon saudanha (discussão) 21h39min de 23 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Bom, visto que parece ser da vontade da maioria... vou deixa estar as coisas como estão. Votos de um bom dia, Luís Angelo "Tuga1143 11h07min de 25 de março de 2015 (UTC)

Bom fair play, Luís! Um abraço. Gameiroestá lá? 12h04min de 25 de março de 2015 (UTC)

Redução do limiar de dois terços

Antecedentes:

Prezados,

Proponho a redução do limiar de dois terços para a eliminação de artigos. A razão é que muita coisa mudou na Wikipédia desde que as regras de eliminação foram primeiramente aprovadas. Atualmente, toda discussão passa por uma primeira fase de análise e são levadas a votação apenas os casos dúbios e, por isso, não faz mais sentido exigir um limiar de dois terços para garantir que artigos válidos não sejam excluídos. Para completar, temos assistido à ação de grupos de organização offwiki que se especializam para manter material de relevância questionável na base de troca de favores. O peso duplo para o voto de manter é incentivo a mais para tais contas. Acredito que devamos usar voto majoritário com preferência à manutenção em caso de empate. Obrigado, Lechatjaune msg 19h23min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. Caso alguém se sinta injustiçado, sempre cabe revisão de ação administrativa ou discussão no Café dos Eliminadores. José Luiz disc 19h30min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg ConcordoDiana m 21h01min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, é menos uma firula nas PEs. Mvictor Fale 19h35min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Anteriormente, quando ninguém tinha que usar argumentos e apenas votava, a justificação para manter este sistema era a necessidade de ter a certeza de que não se eliminavam artigos pertinentes. No entanto, hoje em dia com a eliminação por consenso só são transformadas em votação discussões onde existiram argumentos válidos para ambos os lados. Portanto, a justificação anterior já não existe e não há razão absolutamente nenhuma que justifique que os argumentos de um dos lados tenham o dobro do peso. Antero de Quintal (discussão) 19h42min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo --Stegop (discussão) 19h43min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. Instruction creep. Ruy Pugliesi 20h07min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Eu diria até que seria caso para inverter a ordem. Shgür Datsügen (discussão) 20h50min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo --OS2Warp msg 20h56min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, regra ultrapassada que não mais se encaixa em nossa realidade. Victão Lopes Diga! 21h17min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Fabiano msg 21h37min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo --Zoldyick (Discussão) 23h52min de 24 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. Hoje devemos dar o mesmo peso para a qualidade e para o cuidado em manter conteúdo enciclopédico.—Teles«fale comigo» 00h01min de 25 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo estava já pensando em propor isso, só que de certo o Lechatjaune a elaborou de uma forma mais consistente que eu, embora o embasamento seja o mesmo--Leon saudanha (discussão) 00h31min de 25 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. Gameiroestá lá? 12h08min de 25 de março de 2015 (UTC)

Para mim é obvio que essa discussão já possui um consenso visto que ninguém refutou a proposta. Alguém pode encerrar isso e aplicar o que foi decidido na política? Desculpem não estou com tempo para isso. Obrigado. --Zoldyick (Discussão) 12h52min de 25 de março de 2015 (UTC)

  • Favor aguardar pelo menos uma semana. Não vamos atropelar a lisura do processo por pressa. Sobrevivemos anos com isso e não é uma semaninha que vai nos matar. José Luiz disc 13h34min de 25 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. O peso dos votos deve ser o mesmo. No entanto, para não restarem dúvidas e evitarmos discussões posteriores: As PE's que já tiverem sido transformadas em votações na data de atualização da política (caso essa seja atualizada) e ainda não estiverem concluídas (estão tramitando) serão regidas pela antiga política ou pela nova? -- stanglavine discussão 19h34min de 25 de março de 2015 (UTC)

Sugiro que não. Para evitar ambiguidades, deveria valer para as PEs abertas depois da aprovação da nova regra, como na vida real. Sobrevivemos até hoje com isso e em nada custa sermos cautelosos para evitar mumunhas depois. José Luiz disc 22h15min de 25 de março de 2015 (UTC)
É claro que somente será aplicada a regra para PEs abertas após sua adição a documentação; após a finalização deste consenso. A regra atual sempre foi péssima, mas ela estava em vigor. Fabiano msg 19h31min de 28 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a proposta apresentada pelo Lechatjaune e com sugestão desta só valer para as PE abertas depois da data da implementação desta proposta. DARIO SEVERI (discussão) 19h50min de 28 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo É como o Antero de Quintal disse, se o artigo proposto por consenso recebeu diversos argumentos tanto para manter quanto para eliminar, não há necessidade destes dois terços, sendo que tudo que foi debatido se torne apenas uma definição de desempate durante a eliminação por votação. WikiFer msg 04h03min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com Lechatjaune e com aplicação somente para PEs abertas após a proposta entrar em vigor. Hºlᕷfz > (d) 16h47min de 31 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Falo isso aqui há anos, os votos para eliminar artigos sempre foram considerados de segunda classe, pois valem apenas a metade dos votos para manter, um verdadeiro absurdo sectário. Além, obviamente, de fazer o jogo dos "Esquemas Quintinense' da vida. Está mais que na hora disso entrar em vigor imediatamente. Poucas coisas hj por aqui são mais unanimes que isso, agora que nos livramos daquela turma e seus asseclas ignaros sobre o que é uma enciclopedia. MachoCarioca oi 16h53min de 31 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário o voto com peso diferente só faria sentido se diferenciasse o contribuidor anônimo do contribuidor identificado. O voto do primeiro tendo menos ou nenhum peso... ― Diana m 20h03min de 31 de março de 2015 (UTC)

Propostas de eliminação múltiplas

Como se sabe, discussões sobre propostas de eliminação para uma determinada tipologia de artigos acaba inevitavelmente por se desdobrar para outros artigos idênticos e com as mesmas características; ou seja, quando numa proposta se conclui pela eliminação de um artigo, é provável que os seus correlatos careçam da avaliação da comunidade, conforme se pode constatar em vários casos que surgiram nas PEs. Em casos controversos, procura-se consenso da comunidade sobre a eliminação e, se aprovada, dela podem decorrer outras propostas de eliminção sobre artigos relacionados. Talvez seja conveniente adoptarmos um processo semelhante para "múltiplas eliminações", àquele que foi aprovado no Commons — commons:Commons:Deletion requests/Mass deletion request. Considerando o facto de se tratar de diferentes páginas propostas em simultâneo, estes procedimentos são muitos delicados e, abrem espaço para propostas abusivas e que devemos ter em consideração. Contudo, isso pode se prevenido com a obrigatoriedade de que tais propostas sejam permitidas apenas quando decorrentes de uma discussão prévia e cuja orientação da comunidade tenha sido claramente favorável a esse processo de eliminção. Shgür Datsügen (discussão) 18h00min de 25 de março de 2015 (UTC)

  • Symbol comment vote.svg Comentário: Esse novo método de eliminação será bem útil em casos óbvios. No entanto, com toda esta questão de manipulação de consensos e votações através de uma "organização" off-wiki que vimos nesses últimos tempos, fico receoso com a possibilidade de eliminar muitos artigos em uma única proposta. Acredito que devemos estabelecer um limite de artigos por proposta, caso esse método de fato se torne realidade. -- stanglavine discussão 19h50min de 25 de março de 2015 (UTC)
Stanglavine, não vejo necessidade disso. No entanto, é preciso tornar claro que:
  1. É necessário testar a orientação da comunidade e discutir o assunto antes de abrir um novo tópico para múltiplas eliminações - e isto pode ser feito na página de discussão de projetos relacionados com o tema, ou mesmo na proposta de eliminação de um dos artigos, ou ainda na esplanada, por exemplo.
  2. As razões tomadas para a eliminação dos artigos devem ser as mesmas para todos os artigos compreendidos na PE, caso contrário, aí sim, haverá discrepância na avaliação de cada um deles. Shgür Datsügen (discussão) 19h26min de 27 de março de 2015 (UTC)

Concordo com esta proposta, pois no passado foram aqui incluídas muitas bandas insignificantes e cada um de seus integrantes teve um verbete a parte. Tem alguma coisa com novos autores de quadrinhos, autores de revistas que não foram publicadas devido a brigas internas, certos grupos musicais nascentes que não eram bandas, muitos projetos futuros de igrejas evangélicas foram aqui anunciados todos em fase de planejamento. Como nunca mais foram atualizados, dão a impressão que não existem na wiki.--OS2Warp msg 22h01min de 25 de março de 2015 (UTC)

Este mecanismo funciona bem no Commons. Devemos ser receptivos a propostas que acenem no sentido da desburocratização. Ruy Pugliesi 02h15min de 29 de março de 2015 (UTC)

  • Symbol support vote.svg Concordo. Per Kenchikka e Ruy. José Luiz disc 02h39min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo --Stegop (discussão) 13h20min de 29 de março de 2015 (UTC)

Citação: Shgür Datsügen escreveu: «tais propostas sejam permitidas apenas quando decorrentes de uma discussão prévia e cuja orientação da comunidade tenha sido claramente favorável a esse processo de eliminção». Nesse caso estou completamente de acordo e há muito lixo que deve e pode ser eliminado dessa forma. O que eu não aceito é que se coloque uma lista de artigos numa EC para serem eliminados em simultâneo, porque muitas vezes, dentro do mesmo tema é necessário ver caso acaso e se a lista é grande, não há tempo para isso. --João Carvalho deixar mensagem 22h17min de 29 de março de 2015 (UTC)

João, é isso mesmo. No Commons é muito comum que algum usuário mais afobado proponha muitas imagens num único pedido e acabe sendo orientados pelos sysops a desmembrar o pedido justamente pelo que comentou. É igualmente comum que muitas imagens que realmente estão fora do escopo sejam apagadas em bloco quando o pedido tem mérito, o que desburocratiza o processo. Creio que é o caso sempre de usarmos o bom senso. José Luiz disc 22h30min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo. O Commons possui um método de eliminação totalmente diferente de qualquer wiki grande. Boa parte das discussões nem possui comentário e mesmo assim a eliminação é realizada. Isso funciona no Commons por esse motivo; lá se ninguém se opuser à eliminação o arquivo é eliminado sem conversa. Aqui isso não existe. Provavelmente por isso, esse método não exista em nenhuma grande wiki. A proposta não aponta exemplos práticos, nem demonstra qual o problema que pretende que seja solucionado. Isso seria inédito em uma enciclopédia e não deve ser apresentado como um caso de sucesso prévio, pois o contexto é diferente.—Teles«fale comigo» 03h23min de 30 de março de 2015 (UTC)

Procedure di cancellazioni multiple. Shgür Datsügen (discussão) 08h30min de 30 de março de 2015 (UTC)
Deve ter um motivo pra existir em apenas uma Wikipédia. E como tem sido a experiência por lá? Qual o problema que se pretende resolver? Quais casos podem ser tomados como exemplos nos quais poderíamos obter alguma vantagem caso o modo de eliminação existisse? Isso não deve ser difícil de demonstrar, já que, desde a primeira linha, essa proposta é descrita como se isso fosse rotineiro. É mesmo?—Teles«fale comigo» 16h03min de 30 de março de 2015 (UTC)

Leia a proposta. Não se trata de um método de eliminação diferente do processo de eliminação de páginas atual. Existem vários casos em que listas de vários artigos foram levados para uma única PE e eliminados. Outros nem sequer justificaram a criação de PEs que acabaram por ser dadas como indevidas e que pelo facto de os artigos nela listados possuirem v.g. graus de notoriedade distintos, não foi possível avaliá-los em conjunto numa só página, pelo que tais PEs acabaram por ser canceladas. O processo pretende simplificar a eliminação em massa de artigos idênticos com as mesmas propriedades e cujo conteúdo não varia em proporção e qualidade. A equidade na eliminação múltipla de artigos advém do simples facto de evitar longas discussões em numerosas PEs, sobre tópicos idênticos relacionados, quando o resultado pela eliminação ou manutenção de um será o mesmo consentido a todos os outros.

Provavelmente haverá a necessidade de se discutir sobre casos em que se comprova que um ou outro artigo da mesma lista difere por algum motivo dos outros, pelo que se torna conveniente separar estes e individualizá-los, enquadrando-os numa PE comum — isto se houver motivos que justifiquem a abertura de uma discussão para a eliminação, uma vez que neste caso a avaliação irá diferir.

Outro ponto também importante é o facto de sempre haver a possibilidade de vários criadores dos artigos ao serem notificados para a mesma PE, intreferirem na avaliação, mesmo se tratando de eliminação por consenso, a opinião de cada um poderá afetar consideravelmente o resultado final. E por isso mesmo é que se torna necessário testar a orientação da comunidade antes mesmo de abrir uma discussão para eliminação múltipla. No entanto, refira-se que este tipo de procedimento deve ser empregue apenas quando existe um impasse sobre a eliminação de uma dada tipologia de artigos ou quando não há dúvidas sobre a eliminação dos artigos. As vantagens são óbvias e simplificará em muito o atual processo de eliminação, que nem sequer prevê a discussão sobre a eliminação de vários artigos numa só PE. Shgür Datsügen (discussão) 17h52min de 30 de março de 2015 (UTC)

Uso do termo "rapariga" em artigos lusófonos

O termo "rapariga" é usado normalmente no português europeu como sinônimo de "moça", mas é tratado no português brasileiro como uma ofensa, sendo sinônimo de "prostituta".

Alguns artigos da wikipédia lusófona usam o termo "rapariga", como no primeiro parágrafo da seção 3.1 do artigo Sobrenome. Proponho a substituição desse termo, por outro equivalente universalmente aceito como não ofensivo. comentário não assinado de 177.235.170.204 (discussão • contrib) 19h28min de 27 de março de 2015 (UTC)

Considere acrescentar à página Wikipédia:Convenção de nomenclatura/Como resolver problemas linguísticos#R. Helder 19h29min de 27 de março de 2015 (UTC)

No Brasil, dependendo da região, pode significar amante, namorada ou até mesmo mulher virgem [6]. E. Feld fala 04h10min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a inclusão na página. É preciso levar em conta que ambos os públicos são importantes, e o uso de expressões características à certas regiões pode causar confusão. LuizM 17h41min de 30 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, com muitos significados acaba confundindo alguns leitores. Hºlᕷfz > (d) 17h57min de 31 de março de 2015 (UTC)

Mudança do subtitulo Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Olá, gostaria de mudar o texto embaixo o título que diz: Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Eu acho que uma oração completa seria melhor, talvez Um artigo da Wikipédia, a enciclopédia livre. Eu sómente não gosto dos dois-pontos. Ainda melhor, gostaria de implementar algo assim, onde o subtítulo descreve a qualificação do artigo, mas o código disso será mais difícil. Obrigado, The Obento Musubi (discussão) 01h02min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo O subtítulo em si já diz o porquê da Wikipédia ser o que ela é durante o acesso dos IPs e usuários com conta registrada. Esta mudança que você citou contradiz no momento que algum editor for fazer uma simples pesquisa fora do domínio principal, ou seja, no domínio "Discussão de um artigo, página de discussão do usuário, Wikipédia, etc". Quem for ler um texto em princípios de imparcialidade, obviamente não seria um "artigo", e sim uma página relacionada a um domínio diferente. WikiFer msg 04h37min de 29 de março de 2015 (UTC)
The Obento Musubi, obrigado por trazer a discussão. Parece-me uma boa proposta, mas o comentário do WikiFer é pertinente, a Wikipédia não é composta apenas por textos do domínio principal e essa mesma discussão que estamos aqui travando faz parte do acervo da Wikipédia Lusófona. Uma saída seria usar esse texto apenas no domínio principal, seria possível? Seria possível usar a palavra 'verbete' no lugar de 'artigo'? Lechatjaune msg 11h44min de 29 de março de 2015 (UTC)
Symbol neutral vote.svg Neutro, mas tenho algumas observações:
  • Por padrão, o texto da tagline não é mostrado para os usuários, exceto quando as páginas são impressas. Aqui na Wikipédia lusófona, a configuração padrão foi alterada em 2010, para que o texto apareça também ao acessar os artigos online.
  • Se a comunidade decidir alterar, será preciso atualizar o filtro 46 e outras ferramentas que eventualmente utilizem o texto atual, bem como páginas que citem o texto atual explicitamente (como fiz aqui: MediaWiki:Gadget-lastEditUser).
  • Para comparação, o texto fornecido por padrão no MediaWiki é "De Wikipédia", "De Wikilivros", "De Wikiversidade", etc.
  • Pode tentar instalar o código do Pyrospirit em seus scripts pessoais, com:
    mw.loader.load('//en.wikipedia.org/w/index.php?title=User%3APyrospirit%2Fmetadata.js&action=raw&ctype=text/javascript'); // [[User:Pyrospirit/metadata.js]]
    
    Mas ele provavelmente precisará de adaptações para funcionar em outras wikis que não sejam a Wikipédia em inglês...
Helder 12h49min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo concordo com o wikifer. Se for pra mudar alguma coisa, o mais prático seria retornar ao padrão, onde o texto da tagline não aparece. Todas as demais wikipédias em outras línguas, ou seguem o padrão, ou possuem o mesmo texto da tagline que a pt-wiki tem--Leon saudanha (discussão) 14h28min de 29 de março de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo, ao meu ver o primeiro é mais genérico e serve pra todas as páginas. Hºlᕷfz > (d) 16h37min de 31 de março de 2015 (UTC)

Abolir a remoção de estatutos redundantes

A princípio, acho conveniente descrever o problema (quem já sabe do que estou falando, pode pular a parte destacada):

Os estatutos são gerenciados pelo software MediaWiki através da definição do que chamamos de "grupos de usuários". Cada grupo tem direito a uma série de permissões internas descritas no arquivo InitialiseSettings.php, que podem envolvem a supressão de páginas, possibilidade de bloquear usuários, patrulhar e reverter edições, etc, etc, etc.

Por causa dessa sistemática, alguns estatutos se tornam redundantes em comparação a outros. Exemplos:

Esses são apenas alguns exemplos, ainda existem vários outros casos de redundâncias, mas esses são os mais comuns.

Com base nisso, alguém no passado julgou que seria conveniente que os estatutos redundantes fossem removidos, ficando apenas os mais abrangentes. Isso deu origem a listagens como essas:

Como essas listagens são quase que esquecidas, vez ou outra vemos pedidos de usuários que deixaram um estatuto e precisam pedir para que alguém devolva o seu antigo estatuto que foi esquecido. Isso sem falar em discussões como essa, para corrigir a ação dos que esquecem de omitir as redundâncias. Dando origem a um verdadeiro "tira-e-põe" de estatutos.

Os únicos argumentos que já percebi a favor de remover as redundâncias são:

  • É uma prática antiga, tradição;
  • Cosmética, para impedir que usuários se achem superior/inferior aos outros, devido ao acúmulo de estatutos.

No entanto, há vários a favor de manter as redundâncias:

  • Torna mais simples o gerenciamento dos estatutos;
  • Torna desnecessário o controle de usuários "temporariamente sem o estatuto";
  • Evitaria a necessidade de fazer pedidos para obter estatutos antigos cuja atribuição foi esquecida.

Assim, tendo como base o acima exposto, proponho que a remoção de estatutos redundantes seja vista como prática obsoleta e seja abolida. Considerando também que a manutenção/remoção de estatutos redundantes não gera qualquer ônus ou problema a nível de software.

Alguns usuários como o He7d3r e o Lechatjaune já se manifestaram a favor dessa mudança há algum tempo em minha WP:PDU, mas gostaria que a comunidade se posicionasse sobre o assunto para decidirmos definitivamente sobre o assunto. --Diego Queiroz (discussão) 16h36min de 30 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário@Diego Queiroz:, isso só seria realmente necessário no caso de eliminadores que se tornam administradores ou que desistem as ferramentas de eliminador por algum motivo. No caso de administradores e burocratas, basta permitir que os membros desses grupos de usuários possam reatribuir seus estatutos de autorrevisor (no caso de administradores e burocratas) e reversor (no caso de administradores) antes de devolverem as ferramentas--Leon saudanha (discussão) 18h10min de 30 de março de 2015 (UTC)

Eu acho desnecessário, pois não existe mais esse transtorno citado na proposta. Eu nem edito mais as páginas citadas sinceramente há anos e tudo vai bem nesse sentido. É uma regra que se tornou obsoleta por funcionar bem sem ela. Atualmente, basta pedir a um administrador ou burocrata pra que o grupo de usuário seja reposto caso ele tenha sido retirado por mera redundância. Não há necessidade de abrir discussão ou votação. Na verdade, boa parte já é reatribuída na mesma ação de remoção. Portanto, pelo menos esse argumento não é suficiente e não restam muitos.
Eu sou a favor de remover por uma questão de clareza e simplicidade e pela falta de necessidade em manter alguém, por exemplo, como "Administrador, autorrevisor, reversor, isento de bloqueio de IP e eliminador" quando basta ser "Administrador". Não é esse o mais simples?—Teles«fale comigo» 18h33min de 30 de março de 2015 (UTC)
Por questões de simplicidade, também sou a favor de deixar como está. !Silent (discussão) 19h33min de 30 de março de 2015 (UTC)
Sério? Pois pra mim, parece muito mais simples não mexer nos estatutos já definidos para depois não ter que "devolver". Quanto ao exemplo que o Teles deu, eu diria que a resposta é que ambos são claros, só que um deles mostra uma coisa e o outro mostra outra, pois eles não são completamente equivalentes como ele fez parecer: a permissão resultante é igual, mas a atribuição é diferente. Um ex-administrador não pode ser Eliminador se nunca houve um pedido bem-sucedido para o estatuto de eliminador, então "Administrador, Eliminador" é diferente de apenas "Administrador". Na minha opinião, se o problema é a apresentação dos vários grupos na tela que incomoda, existem outros meios de resolver que não exigem a maestria do "tira-e-põe de estatutos". Ajustar a apresentação dos grupos nos FastButtons para evitar as ditas redundâncias, por exemplo, é algo simples de ser feito. --Diego Queiroz (discussão) 22h38min de 30 de março de 2015 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo com a eliminação das páginas supracitadas. Basta solicitar a um administrador ou burocrata, atualmente, a reposição de estatutos anteriores, sem a necessidade de registrar isso.
Symbol declined.svg Discordo da proposta apresentada de manter estatutos redundantes. Em todas as wikis, inclusive, no metawiki, o padrão é a remoção da redundância. Apenas um pequeno exemplo. Ruy Pugliesi 01h13min de 31 de março de 2015 (UTC)

Diante dos argumentos do Teles, e dos diffs apresentados pelo Ruy, Symbol declined.svg Discordo da proposta, assim como Symbol support vote.svg Concordo com a eliminação das páginas citadas pelo José Luiz.--Leon saudanha (discussão) 15h15min de 31 de março de 2015 (UTC)

Não precisa apagar. Basta manter como {{Arquivo histórico}}.—Teles«fale comigo» 23h32min de 31 de março de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo também de não retirar as redundâncias, o procedimento usual é a remoção; fica mais enxuto sem os excessivos nomes de status desnecessários. Hºlᕷfz > (d) 15h40min de 31 de março de 2015 (UTC)

Página de pedidos de bloqueio

Pessoal, como todos sabem, a nossa página de pedidos de bloqueio tem estado cada dia mais caótica e desordenada. Por isso, gostaria de sugerir duas alterações na Wikipédia:Política de bloqueio:

Proposta 1
exigir evidências de que já se tentou resolver o conflito antes de pedir o bloqueio (e não apenas uma troca ofensiva de sumários de edição)
  1. Na seção 3.3, onde se lê Para alertar os administradores de plantão sobre ocorrências passíveis de bloqueio, podem ser enviadas solicitações à página de pedidos de bloqueio, criando-se, para tanto, uma seção específica, conforme as instruções presentes em seu cabeçalho. Os comentários e justificativas devem-se pautar sempre pela civilidade e observância às normas de conduta. Discussões sobre bloqueios já aplicados, propostas de bloqueio e pedidos de revisão terão lugar somente em Discussão de bloqueio, onde a participação de todos é irrestrita. Tais pedidos só podem ser encerrados por administradores., incluir o trecho Em pedidos de bloqueio que envolvam dois editores autorrevisores é requerida a apresentação de evidência (diff) de que já se tentou resolver o conflito em páginas de discussão ou página de discussão de usuário antes do envolvimento dos administradores. Sem isto, os administradores poderão ignorar ou fechar o pedido citando a falta de disposição dos envolvidos em resolver amigavelmente o conflito.
Proposta 2
acabar com a lambança em WP:PA/PB direcionando discussões para a página de...discussões.
  1. Na seção 3.4, onde se lê As seções de pedidos ou discussão de bloqueios não são um fórum. Portanto, deve-se evitar substancialmente tecer comentários inapropriados ou fora de pauta nesses locais, ainda mais se o bloqueio requisitado envolver um usuário com o qual você tenha histórico de conflitos. A inserção de comentários fora de pauta, ofensivos, pejorativos e assediantes sobre determinado ponto de vista ou usuário nas páginas de pedidos a administradores ou em outros locais críticos do projeto, como, por exemplo, as seções de pedidos a verificadores ou burocratas, aproveitando-se da visibilidade do espaço (e levando, consequentemente, à deterioração da qualidade da discussão), é motivo para bloqueio imediato (parcial ou total), sobretudo, em se tratando de usuários experientes e conhecedores das políticas e recomendações. Os comentários ofensivos devem ser removidos e, posteriormente, deve-se adicionar uma nota indicando o diferencial de edição da retirada. Quando não for possível a remoção, a compactação pode ser feita., alterar para As seções de pedidos ou discussão de bloqueios não são um fórum. Portanto, não é permitido tecer comentários em páginas de pedidos a administradores ou em outros locais críticos do projeto, como, por exemplo, as seções de pedidos a verificadores ou burocratas, aproveitando-se da visibilidade do espaço (e levando, consequentemente, à deterioração da qualidade da discussão). Esta ação resultará em bloqueio imediato (parcial ou total), sobretudo, em se tratando de usuários experientes e conhecedores das políticas e recomendações. Se houver necessidade de comentar, o editor deverá utilizar a página de discussão. Comentários ofensivos devem ser removidos. Quando não for possível a remoção, a compactação pode ser feita.

É isso. José Luiz disc 00h07min de 31 de março de 2015 (UTC)

Pedidos sem diferencial de edição para a tentativa de resolução do conflito, serão cancelados? Shgür Datsügen (discussão) 00h14min de 31 de março de 2015 (UTC)

Idealmente serão ignorados. Se os envolvidos não tentaram se entender antes, why bother? Podemos deixar mais claro que não estamos falando de casos de denúncias de socks, por ex., mas acho burocrático. José Luiz disc 00h19min de 31 de março de 2015 (UTC)
Mas se devem ser ignorados, acho que se poderia acrescentar isso à frase. Uma coisa é realizar um pedido de bloqueio indevidamente (por não apresentar diff) e no entanto, ser possível aplicar o bloqueio, outra é que os pedidos sejam efetivamente ignorados ou cancelados independentemente do teor em questão, quando estes não demonstram que houve alguma tentativa de resolver o conflito. Acho que é preciso esclarecer isso. O bom senso deve, acima de tudo, partir do administrador. Shgür Datsügen (discussão) 00h37min de 31 de março de 2015 (UTC)
Feito. Se tiver alguma sugestão, não hesite em me mostrar. José Luiz disc 00h43min de 31 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Tem se tornado comum a prática de alguns usuários envolvidos em GEs a extensão de tais GEs para a página de pedidos de bloqueio, ao invés da tentativa de solucionar a GE na página de discussão do artigo em que ela ocorre. Falta de bom senso tem limite--Leon saudanha (discussão) 00h27min de 31 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, Shgür Datsügen (discussão) 00h47min de 31 de março de 2015 (UTC)


Symbol comment vote.svg Comentário Não me oponho à alteração, mas a raiz da página ser o principal foco de conflitos é mais profunda e exige algumas reflexões:

  1. Em primeiro lugar, o próprio nome incita ao conflito: "pedidos de bloqueio". Ou seja, assume-se que já há um pré-julgamento e exige-se aquele desfecho. Incita também à agressividade entre editores ("editor x pediu o meu bloqueio), mesmo que quem faça o pedido seja uma parte não envolvida na questão. Na en.wiki isto não funciona assim. O que existe é um painel para reportar incidentes. As pessoas simplesmente relatam que se está a passar isto e aquilo, sem pré-julgamentos inflamatórios. Depois cabe ao(s) administrador(es) decidir qual é a melhor resolução para o caso. Pode ser um bloqueio. Pode ser um aviso às partes. Pode ser a proteção da página. Pode ser o encerramento da discussão. Pode ser o que for mais adequado, mas em nenhum lado há usuários a "exigir" o bloqueio.
  2. Em segundo, na en.wiki existem três níveis claramente distintos de pedidos em relação a incidentes. Os incidentes normais são relatados no link acima indicado. Mas há uma página seperada para pedir intervenção contra vandalismo. Em que é que isto é importante? Porque é a mistura das duas situações que cria a confusão que abre esta proposta. A abordagem de uma e de outra é completamente diferente. Vandalismo é suposto ser um relatório extremamente breve, indicando apenas o IP ou páginas e arquivado em minutos por um bot. No entanto, para reportar outro tipo de incidentes geralmente são necessários mais dados e as regras contra o "diálogo" não são tão inflexíveis.
  3. Depois há ainda uma terceira página de pedidos, reservada aos casos de abuso prolongado. O sistema é diferente: no fundo, é mais ou menos equivalente a abrir uma subpágina para discussão de bloqueio onde as regras de comentários são mais flexíveis. Ou seja, na en.wiki os casos que provocam as maiores discussões nunca vão para as listas de pedidos simples. O sistema força à abertura de uma subpágina onde se possa calmamente colocar as evidências que forem necessárias.

Em resumo, na en.wiki distinguem claramente que tipo de pedidos é que precisam ou não de discussão e diálogo. Aqui estamos a misturar tudo. Fazemos regras da página a pensar nos pedidos simples que realmente não precisam de diálogo, mas é evidente que casos complexos e subjetivos precisam de diálogo. Impedir o diálogo e a defesa do acusado ainda inflama mais os ânimos. Com regras para cada tipo de pedidos misturadas é evidente que a página é e será sempre caótica. Antero de Quintal (discussão) 00h47min de 31 de março de 2015 (UTC)

muito bom ! Até que enfim, alguém toca no assunto. Shgür Datsügen (discussão) 00h53min de 31 de março de 2015 (UTC)
Fantástico o apontamento do Antero. Concordo com a proposta, mas também acredito que separar "vandalismos" e "incidentes" seria muito benéfico. Flávio, o Maddox (msg!) 01h01min de 31 de março de 2015 (UTC)
Sim, tendo em conta que o bloqueio pode ser interpretado como ainda mais subversivo do que os próprios incidentes que o motivaram (ver), concordo absolutamente. Shgür Datsügen (discussão) 01h06min de 31 de março de 2015 (UTC)
Eu removeria: "e, posteriormente, deve-se adicionar uma nota indicando o diferencial de edição da retirada". A melhor maneira de dirimir um abuso é não dando visibilidade a este. Alguns tipos de ataque, inclusive, podem ser passíveis de supressão. Ruy Pugliesi 01h35min de 31 de março de 2015 (UTC)
Lembrando que não devemos fazer com que o ótimo impeça o bom de andar pra frente. Temos duas alternativas: propor uma alteração radical no sistema todo, à lá enwiki, como propôs o Antero (e não discordo), ou continuar aqui a discutir uma mudança que, a princípio, dá um passo adiante (e é mais fácil). É importante mantermos o foco. Cansei de ver aqui propostas morrerem por serem ambiciosas demais. José Luiz disc 02h15min de 31 de março de 2015 (UTC)
Feito, Ruy Pugliesi. José Luiz disc 02h16min de 31 de março de 2015 (UTC)
Já por causa disso é que não fiz "subpropostas" ou "propostas alternativas" e não me oponho à mudança, embora ache que é apenas um método paliativo. Referi apenas como funciona na en.wiki, mas isso é para outra proposta. Antero de Quintal (discussão) 09h40min de 31 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo ! Pergunto se não se devia acrescentar na frase "Comentários ofensivos devem ser removidos" que esses comentários só serão removidos por um administrador não envolvido no pedido (excepto, como é evidente no caso de uso de calão) ? --João Carvalho deixar mensagem 15h00min de 31 de março de 2015 (UTC)
  • Se desejarem alterar de forma mais radical, conforme o que o Antero referiu, também têm o meu "Concordo". --João Carvalho deixar mensagem 15h00min de 31 de março de 2015 (UTC)
Não é assim tão radical. É apenas dividir os pedidos em duas páginas, separando o que é vandalismo e requer atenção imediata e pouca discussão, daquilo que necessita de uma atenção mais cuidada e espaço para algumas questões, inclusive dando a possibilidade aos administradores de questionarem o acusado e assim se poder evitar bloqueios precipitados por simples mal entendidos. No entanto, isto não significa libertinagem total de comentários: comentários fora de pauta continuam a ser removidos. De qualquer forma, já estou a trabalhar nisso. Antero de Quintal (discussão) 15h09min de 31 de março de 2015 (UTC)
Não continuam não. Se for preciso trago aqui dezenas deles que, apesar de várias reversões, todas saíram frustradas na tentativa de remoção de comentários abusivos, principalmente aqueles vindos da "boca" de "administradores". E dessas dezenas posso também trazer todos esses tipos de comentários que apesar de indevidos, foram defendidos com unhas e dentes por certos admins que por aqui andam, com edições "combinadas"; e ai daquele que tentasse contrariar, porque se o fizesse acabaria bloqueado. São dezenas as ocorrência desse tipo que acabaram em bloqueio. O melhor de tudo é que quem revela este tipo de situações é que acaba por ficar mal visto. Como já nada disso vale a pena, enfim, adiante com a proposta. Shgür Datsügen (discussão) 16h12min de 31 de março de 2015 (UTC)

Mudanças no processos de renomeações de administradores

Nome[editar | editar código-fonte]

O atual nome (Wikipédia:Pedidos de administração/Renomeações) não me parece ser o mais adequado. Acho melhor alterar para "Wikipédia:Pedidos de administração/Avaliação de administradores", conforme sugerido pelo Teles D​ C​ E​ F.

Método[editar | editar código-fonte]

Sugiro alterar o atual método de votação para consenso. Sugiro alterar o atual método de votação para uma discussão onde a comunidade possa dar a sua opinião. (per Antero) As renomeações devem ser tratadas como uma "caixa de sugestão", onde os usuários comentam onde o administrador pode melhorar, onde errou, os pontos positivos e negativos, etc. Porém, atualmente a participação da comunidade restringe-se ao voto. Vejamos as duas últimas renomeações como exemplo: João Carvalho, 27 votos e 4 comentários; Eu, 19 votos e 6 comentários. Por experiência própria, os administradores iniciam estes pedidos para saber a opinião da comunidade sobre seu trabalho. Nos casos em que poucos comentam, a sensação que fica é de que o pedido foi "meio útil". Érico Wouters (msg) 00h31min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Antero de Quintal (discussão) 00h36min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo do consenso, seja para nomeação seja para renomeação, administrador é o unico estatuto da Wikipedia fora do controle de "avaliadores de consensos" e que exprime simplesmente a vontade total da comunidade e dos individuos que a compoem como todo. Todos os outros estatutos vc acaba sendo refém da opinião de dois ou tres, Vide "burocratas" e "eliminadores" ou mesmo de um, como "autorrevisor".MachoCarioca oi 00h38min de 1 de abril de 2015 (UTC)

O Érico enganou-se o termo, porque obviamente não existe necessidade de "consenso" porque não existe "aprovação" ou "desaprovação". Aquilo a que se chama "renomeação" não passa na realidade de um pedido de opinião. O administrador interpreta como quiser o resultado e só entrega as ferramentas se assim o entender. Antero de Quintal (discussão) 00h49min de 1 de abril de 2015 (UTC)
Exato. A decisão de renunciar ou não ao estatuto depende do próprio administrador. Citação: O resultado da votação não tem poder decisório, cabendo unicamente ao solicitante a tomada final da decisão. Não existe um tempo definido para o encerramento desta votação. escreveu: «Wikipédia:Pedidos de administração/Renomeações». Érico Wouters (msg) 00h51min de 1 de abril de 2015 (UTC)
Talvez trocar na proposta "Sugiro alterar o atual método de votação para consenso." para "Sugiro alterar o atual método de votação para uma discussão onde a comunidade possa dar a sua opinião" Antero de Quintal (discussão) 00h55min de 1 de abril de 2015 (UTC)
Mudei. Obrigado! Érico Wouters (msg) 00h57min de 1 de abril de 2015 (UTC)
  • Symbol neutral vote.svg Neutro Exatamente por ter esse viés de "pedido de opinião" que jamais fiz um pedido destes. Compreendo que existem os que precisam deste tipo de feedback formal, mas eu prefiro acreditar que se estiver fazendo muita bobagem, as pessoas tem liberdade de ir na minha PDU para me contar (e assim farão) . Como na vida real, feedback não pode ter hora marcada para acontecer, pois fica "fake" e ritualizado. José Luiz disc 00h58min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Aí me parece mais razoavel e logico, se o que o adm em questão quer é só isso, uma opinião. Abre espaço também para que se possa desenvolver mais a opinião sobre o fulano. Mas duvido q alguém largue o osso por isso se ler muito comentario critico, sei lá, acho meio inocuo, como coloca o Zé. rs. MachoCarioca oi 01h00min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo e acrescento que a tal "avaliação de administradores" é algo absolutamente inútil. Administradores só a abrem em momentos propícios para ganhar confetes. E mesmo que a opinião da comunidade seja negativa, não fica obrigado a renunciar. Se for pra "aparecer", basta colocar uma melancia na cabeça. Dornicke (discussão) 07h17min de 1 de abril de 2015 (UTC)

É isso que eu coloquei que a coisa toda, com opinião ou voto, é simplesmente inócua, eu nem entendo porque esses caras fazem isso, talvez vaidade pessoal, já que todos, todos eles, são totalmente reaprovados pelos votantes, especilamente aqueles que são uma inutilidade completa na função. MachoCarioca oi 07h55min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Mais um absurdo. Até vou desculpar. Deve ser os efeitos do sono. Se você pesquisar as renomeações já encerradas, verá que sua opinião é totalmente errada. "Todos eles são totalmente reprovados" é simplesmente de lascar. Eu acho importante você começar a se atualizar, especialmente porque pretende candidatar-se novamente ao estatuto de burocrata. Quem sabe suas respostas melhoram na próxima vez. Érico Wouters (msg) 08h09min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Reaprovados é uma coisa, reprovados é outra. Não me desculpe não, eu desculpo vc. E teu sono. MachoCarioca oi 08h11min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Obrigado!! Mas você mesmo assim precisa se atualizar. Já houve administrador que não foi reaprovado. Érico Wouters (msg) 08h14min de 1 de abril de 2015 (UTC)
É, a exceção q confirma a regra.... MachoCarioca oi 08h42min de 1 de abril de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Quanto à movimentação do nome das páginas isso está em discussão noutro local conforme apontou o Ruy. Sobre os pedidos de opinião, são muito fantasiosos e pouco realistas, pelo que não discordo da proposta. Aproveitando a discussão, sou, contudo, a favor que seja estritamente proibido qualquer tipo de comentário em votações para pedidos de aprovação. Os comentários recaem sempre em favor de uma perspetiva obtusa centrada na opinião ridicularizada dos contrários à candidatura ou recandidatura. Se o processo é definido por votação, pressupõe-se que comentários sejam inúteis para a avaliação. Contudo, há gente que pensa que esse espaço serve para por à prova comentários disparatados e competir uns com os outros sobre quem é capaz de dizer a maior barbaridade do momento. É óbvio que os contrários terão uma opinião negativa sobre o candidato, mas também é evidente que não deve ser permitido tecer comentários barulhentos para atrair a atenção de outros que são facilmente influenciados pela opinião alheia, só pela simples pretensão de dissuadir votos favoráveis. Se as mentiras não fossem permitidas tudo muito bem, mas são, e ali não é nem pouco mais ou menos um espaço destinado à censura ou discussão de bloqueio como alguns tentam fazer crer. É evidente que a secção "Comentários" existe, pelo que na "Votação" apenas vota-se. Shgür Datsügen (discussão) 08h44min de 1 de abril de 2015 (UTC)