Wikipédia:Esplanada/propostas/Reforma da subseção "Álbuns" nos critérios de notoriedade para música (14nov2020)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Olá a todos. Já há algum tempo é perceptível o problema de que, com o passar dos anos, vários e vários editores, alguns que não foram além de alguns punhados de edições antes de sumir, vieram até aqui para utilizar o projeto como repositório de álbuns e canções de sua preferência ou mesmo promover bandas e cantores marginais, que estão sendo gradualmente eliminados. Em 2015, a comunidade deu um passo importante removendo Cravo Albin do WP:CDN/MÚSICA, uma vez que, ao deixá-lo, ali, todo tipo de gente pouco ou nada relevante estava recebendo artigo só por ter sua entrada assegurada no dicionário supra. Ainda há casos assim, mas a medida surtiu o efeito desejado.

No entanto, me parece que outra alteração no CDN seria necessária para refinar a nossa seleção de artigos, agora mais particularmente na questão dos álbuns. Na subseção precedente a dos álbuns (WP:ÁLBUM), que lida com canções e singles, é explicitado que um artigo de uma música pode ser criado se, e somente, se houver conteúdo que justifique desmembrar a canção de seu álbum respectivo, ou mesmo da discografia dos músicos ou bandas. No entanto, quanto chegamos a subseção dos álbuns, temos:

Álbuns são considerados notáveis se preencherem pelo menos um dos seguintes critérios:

  1. Atenderem aos critérios do ponto 1. dos "interpretes, músicos e conjuntos"
  2. O seu criador, ou criadores, for(em) notável(is).
  3. Tenham-se tornado um marco importante de um estilo notório, reconhecido como tal através do estabelecido nos critérios do ponto 1. dos "interpretes, músicos e conjuntos".

Minha proposta vai no sentido de reescrever a linha introdutória da seção, ou seja, "Álbuns são considerados notáveis se preencherem pelo menos um dos seguintes critérios", por algo como: Álbuns podem ter artigos próprios se preencherem os três seguintes critérios. Isso não só tornaria obrigatório o respeito da seção toda, como inibiria que fiquem criando artigos com fontes avulsas, muitas vezes comerciais (Itunes, Amazon, p. ex.) que não conseguem provar nada muito além do fato do álbum existir ( EXISTE; TEMFONTE), o ano que saiu e suas faixas. Como é possível ver nessa PE que reabri por ter sido influenciada pelo Quintinense há vários anos, álbuns são criados as dezenas de uma só vez e seus autores nunca citam nada além de suas faixas e o ano que saíram. Não se fala absolutamente nada relevante sobre o álbum, e nem todo álbum, per se, é notável só porque é de certo cantor(a) ou grupo.--Rena (discussão) 18h25min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a proposta, e proponho ainda acrescentar a WP:ÁLBUNS: Artigos sobre álbuns que não se enquadrem em ao menos um desses nesses critérios deverão ser direcionados ao artigo ou à discografia do artista, até que haja conteúdo suficiente para ter artigo próprio. Yanguas diz!-fiz 18h54min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a reformulação dos critérios de notoriedade para WP:ÁLBUM em relação a quando este deve possuir um artigo desmembrado, e o WP:SINGLE, como mencionado, poderia servir de norteamento a um modelo mais ideal. É esperado que artistas notórios produzam "álbuns notórios", mas um artigo próprio para cada álbum exige um pouco mais de cuidado editorial, para que não acabe se enquadrando em WP:RDI, um mero depósito de ficha técnica e lista de faixas. MikutoH fala! 19h08min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol opinion vote.svg Opinião Concordo com a "teoria", mas discordo de obrigar seguir os três pontos pois, de acordo com o ponto 3, impediria a existência de artigos de álbuns que não tenham se tornado "um marco importante de um estilo notório" (o álbum não precisa ser o melhor de todos para existir), mas que têm conteúdo enciclopédico e cobertura por diversas fontes reputadas, fiáveis e independentes (o que já justifica artigo separado; e lembrando que este é o caso de milhares de artigos, inclusive bons). Portanto, proponho:

  • adicionar o texto utilizado em WP:CANÇÕES/parecido com o texto do Yanguas à seção de álbuns (Artigos sobre álbuns deverão ser redirecionados ao artigo ou à discografia do artista, até que haja conteúdo suficiente para ter artigo próprio).
  • remover o ponto 2; se existir artigo do artista na Wikipédia (ou seja, é notório conforme as políticas), seu álbum é notório automaticamente? Não Não.
  • O ponto 3 é desnecessário. Ele pode até ser juntado ao ponto um, pois ele mesmo diz "[...] reconhecido como tal através do estabelecido nos critérios do ponto 1. [...]", os mesmos critérios... Veja: para cumprir este terceiro critério, obrigatoriamente deve cumprir o primeiro, pois primeiramente ele deve cumprir o ponto 1 de WP:INTÉRPRETES para ver se teve um "marco" no gênero (já que o "marco" deve ser "reconhecido como tal através do estabelecido nos critérios 1."). É impossível um artigo cumprir apenas este terceiro critério e não o primeiro, se o terceiro diz que o marco é reconhecido através do critério 1 de WP:INTÉRPRETES (ou seja, obrigatoriamente cumpre este critério), e o primeiro ponto é cumprir o mesmo critério.

A política, por fim, ficaria mais ou menos assim:

Álbuns são considerados notáveis se atenderem aos critérios do ponto 1. dos "interpretes, músicos e conjuntos". Artigos sobre álbuns deverão ser redirecionados ao artigo ou à discografia do artista, até que haja conteúdo suficiente para ter artigo próprio.

Para mim, desta forma faz muito mais sentido, é mais conciso e não contém critérios desnecessários. O que realmente não podemos aceitar são artigos sobre álbuns de uma linha, com apenas uma fonte (normalmente do AllMusic ou Discogs provando apenas que o álbum EXISTE, e o próprio critério 1. de WP:INTÉRPRETES diz múltiplas fontes), mas também não podemos ficar muito restritivos. GhostP. disc. 19h44min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a ideia, mas fiquei um pouco confuso com a lógica interna que a redação da proposta passaria a ter: parece-me que o terceiro item se tornaria condição necessária. Muitos álbuns cumprem os dois primeiros itens, mas falham em se destacar entre os mais relevantes de seu estilo. Alguns estilos são tão amplos e duradouros que podem inspirar incontáveis álbuns notáveis fartamente cobertos por fontes independentes ao longo de sua história. Não dá para dizer que todos estes álbuns são marcantes. Nossos artigos destacados sobre álbuns ficam de prova, com exemplos como este fracasso comercial de Eminem execrado pelos colegas de estilo, este sucesso menor de um grupo relativamente pouco conhecido de música cristã, ou até este sucesso de Demi Lovato que não indica qualquer repercussão no restante do estilo.

{{subst:Sugiro}} que, em vez de trocarmos o cabeçalho dos itens, fundamos o primeiro e o segundo em um só: "Atenderem aos critérios do ponto 1 dos "interpretes, músicos e conjuntos", e o seu criador, ou criadores, for(em) notável(is)." Leefeniaures audiendi audiat 19h51min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

P.S.: Concordo com o comentário do GhostP., que foi postado com o meu. Leefeniaures audiendi audiat 19h52min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

(conflitos de edição com o GhostP. e o Leefeni de Karik) Symbol declined.svg Discordo. O item 3 é extremamente restritivo; exigir o cumprimento dele levaria até artigos bons e destacados à eliminação ou redirecionamento. Há alguns anos eu propus, sem sucesso, a revogação do item 2, uma aberração que vai na contramão de WP:TRANSMITE. Acredito que já seria um grande passo para coibir a criação dessas fichas técnicas disfarçadas de artigos. A seção de álbuns poderia adotar redação semelhante à dos singles, isto é, deixando claro que álbuns, mesmo que notórios, deverão ser redirecionados se seus artigos forem só uma ficha técnica e uma frase "x é y". Se houver uma proposta nesse sentido e que não exija o cumprimento do item 3, aí terá não só minha concordância mas também meu apoio na "fiscalização". Victor LopesDiga!C 19h53min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

@Victor Lopes: Seria um problema, mas se fosse posto também na proposta, que o Yanguas sugeriu: Citação: Artigos sobre álbuns que não se enquadrem em ao menos um desses critérios deverão ser direcionados ao artigo ou à discografia do artista, até que haja conteúdo suficiente para ter artigo próprio escreveu: «Yanguas»; evitaria de deixar "restritivo". Juan90264 (Disc.) 20h34min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo per Yanguas. Juan90264 (Disc.) 20h30min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo Pelo mesmo motivo do Victor Lopes. A exigência do item 3, faria com que o critérios ficasse extremamente restrito e diria "elitista". Mais ainda, o item 3 é subjetivo e, diria, "inútil". Se um álbum é "marco importante de um estilo notório", logicamente ele receberá "cobertura de múltiplas fontes de relevo, como obras publicadas em fontes fidedignas e independentes". O item 2 é que é o grande problema aqui e é ele que faz com que tenhamos esse monte de artigos ruins e sem fontes. Acho que a eliminação do item 2 (que concordo ser caso de WP:TRANSMITE) já ajudaria bastante. Honestamente, por mim, deixaria só o critério de ser coberto por fontes fiáveis. Se um álbum foi alvo de "reviews" e reportagens em veículos respeitáveis isso já provaria sua notoriedade.--SirEdimon Dimmi!!! 20h33min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

@SirEdimon: Eu acho, que a redação sugerida pelo Yanguas (Citação: Artigos sobre álbuns que não se enquadrem em ao menos um desses critérios deverão ser direcionados ao artigo ou à discografia do artista, até que haja conteúdo suficiente para ter artigo próprio escreveu: «Yanguas»), seria útil para evitar isso. Juan90264 (Disc.) 20h52min de 14 de novembro de 2020 (UTC)
@SirEdimon: O Yanguas mudou a sugestão, deixando-a assim Citação: Artigos sobre álbuns que não se enquadrem em ao menos um desses nesses critérios deverão ser direcionados ao artigo ou à discografia do artista, até que haja conteúdo suficiente para ter artigo próprio escreveu: «Yanguas»; porém ainda tendo objetivo de não deixar restritivo, depois de ver a concordância embaixo na mudança dos critérios dessa proposta. Juan90264 (Disc.) 02h55min de 15 de novembro de 2020 (UTC)

A ideia em si é confusa, apesar de que seja vital evitar artigos mínimos. Utilizar a mesma linha de raciocínio de WP:CANÇÃO é muito mais intuitivo: álbuns sem conteúdo devem ser redirecionados para o artigo do artista e, se há conteúdo suficiente, que seja desenvolvido como verbete próprio. Colocar "Álbuns podem ter artigos próprios se preencherem os três seguintes critérios" distorce completamente o fato de ter múltiplas fontes fiáveis que demonstrem relevância permite que um artigo exista aqui. A não ser que saibam (mas, é importante reforçar), não é qualquer álbum que é um "marco importante de um estilo notório". Gêneros e estilos musicais não surgem toda semana, portanto não deve ser adotado como critério para todos artigos de álbuns. Portanto, se esta for a única proposta, Symbol declined.svg Discordo. Fronteira diga - veja 20h41min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

Vamos lá. Já fico feliz que os que participaram até aqui estão concordando que, ao menos, aquele adendo inicial deve sumir. Outro ponto relevante vai em função de sumir com o ponto 2 e descumprir, quiçá sumir, com o três e melhorar o um, talvez fundindo com o dois. Sou a inteira concordância que um álbum não é automaticamente notável só por ser de xis pessoa, e assumia que seria controversa a remoção do três, pelo que ao menos cobrar seu cumprimento poderia resolver parte do problema. Não sou fã da forma como está escrito, e li aquilo sempre vislumbrando algo concreto, ou seja, que um álbum merece um artigo próprio se tiver conteúdo suficiente e se, na redação, haja indicação de posição em paradas de sucesso relevantes (Billboard) e certificações, o que já consta no item 1. Nisso, acho que dá para refinar a proposta original no sentido de:

  • Suprimir pontos dois e três e reescrever um.
  • Incluir ao um o texto do Yanguas.

GhostP. sugeriu uma redação que coloco em discussão: Álbuns são considerados notáveis se atenderem aos critérios do ponto 1. dos "interpretes, músicos e conjuntos". Artigos sobre álbuns deverão ser redirecionados ao artigo ou à discografia do artista, até que haja conteúdo suficiente para ter artigo próprio.

Aos que estiveram aqui até agora, concordam com essa redação?--Rena (discussão) 20h43min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

@Renato de carvalho ferreira: Symbol support vote.svg Concordo, essa redação evita de deixar restritivo. Juan90264 (Disc.) 20h46min de 14 de novembro de 2020 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo, problema resolvido. Leefeniaures audiendi audiat 20h56min de 14 de novembro de 2020 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo. Segue a mesma linha proposta em WP:SINGLE, sem complicar demais. MikutoH fala! 20h59min de 14 de novembro de 2020 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo, repito o que eu disse acima: Citação: Para mim, desta forma faz muito mais sentido, é mais conciso e não contém critérios desnecessários. GhostP. disc. 21h09min de 14 de novembro de 2020 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo, a redação garante a permanência de artigos enciclopédicos sobre álbuns que tenham ganhado atenção de fontes múltiplas, mesmo que não tenham causado impacto definitivo em seus respectivos gêneros. Victor LopesDiga!C 23h31min de 14 de novembro de 2020 (UTC)
Também Symbol support vote.svg Concordo. Fronteira diga - veja 01h15min de 15 de novembro de 2020 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo Acho que isso deve melhorar bastante as coisas.--SirEdimon Dimmi!!! 06h58min de 15 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol question.svg Pergunta: só para, digamos, "calibrar" o nosso entendimento do que é ter "conteúdo suficiente para ter artigo próprio". Pegando como exemplos dois artigos sobre dois discos de uma mesma cantora, eu redirecionaria este (mesmo que a fonte apresentada fosse confiável), mas não este. E vocês? Victor LopesDiga!C 23h31min de 14 de novembro de 2020 (UTC)

Victor Lopes O primeiro é puro WP:DISCOGS, também faria um Pictogram reply.svg #R. O segundo tem conteúdo suficiente, mesmo que a maior parte derivado de uma fonte, para Symbol keep vote.svg Manter. Defenderia um Pictogram reply.svg #R, quando coubesse, para esses aqui e esses também. MikutoH fala! 01h05min de 15 de novembro de 2020 (UTC)
Victor Lopes, pegando esses casos que citou, a interpretação do MikutoH é a correta, uma vez que o artigo redirecionável só cita dono (genericamente falando) + ano + faixas. Talvez o intuito, já que concordamos que um artigo deve ter "conteúdo suficiente", é que o artigo tenha que ter ao menos dois dos pontos abaixo (dá para citar outros) concomitantemente:
  • classificação nas paradas (Billboard e outras)
  • certificação
  • antecedentes (se já é o segundo ou outro álbum do(a) artista)
  • alguma crítica especializada, nem que seja na forma das estrelinhas laterais
  • impacto do álbum (se possível mensurar)

De pronto, um artigo só com nome e faixas é insuficiente.--Rena (discussão) 01h40min de 15 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Por coerência, modifiquei um trecho da minha sugestão de acréscimo. @GhostP., Juan90264 e Renato de carvalho ferreira: e outros que me citaram, atenção. Yanguas diz!-fiz 02h40min de 15 de novembro de 2020 (UTC)

Os critérios específicos atuais são bem contraditórios e frágeis, permitindo a inclusão de qualquer álbum musical conforme a notoriedade do autor. Ou seja, o segundo item é soberano, tornando os demais inúteis. Analisando, questiono como o primeiro item exige referências (tal como o critério para "interpretes, músicos e conjuntos"); enquanto o segundo é um verdadeiro password para inúmeros artigos sem fontes. Além disso, o caráter de WP:TRANSMITE já chegou a ser discutido também.

Recentemente, observo um aumento na criação de álbuns e canções utilizando exclusivamente fontes de cunho comercial (como o iTunes e Deezer) e conteúdo relativamente parco. Sendo assim, sou completamente Symbol support vote.svg favorável a revogação do segundo item e sugiro:

Álbuns são considerados notáveis se atenderem aos critérios do ponto 1. dos "interpretes, músicos e conjuntos". Artigos sobre álbuns deverão ser redirecionados ao artigo ou à discografia do artista (se esta página existir), até que haja conteúdo suficiente para ter artigo próprio.

  • Compreende-se por "conteúdo suficiente" tópicos relacionados às seguintes pautas: classificação nas paradas oficiais, certificações, antecedentes e produção, repercussão em geral, tais como críticas especializadas e legado.

Observem que eu copiei a sugestão do GhostP., a qual considero a mais lógica e acrescentei uma definição para conteúdo suficiente. Também acrescentei entre parênteses o trecho "se esta página existir" para que os fantoches do Quintinense não justifique a manutenção de discografias sem fontes por relação com o critério. Por fim, menciono que o primeiro item dos interpretes recusa fontes com cobertura de "lançamentos de discos e espetáculos". Por consequência, acredito que lançamentos dos álbuns não devem ser considerados como "conteúdo suficiente". Edmond Dantès d'un message? 22h33min de 15 de novembro de 2020 (UTC)

Notificando: @Renato de carvalho ferreira, Yanguas, MikutoH, GhostP., Leefeni de Karik, Victor Lopes, Juan90264, SirEdimon e Fronteira:. Edmond Dantès d'un message? 22h36min de 15 de novembro de 2020 (UTC)
Conde Edmond Dantès, se não houver objeção dos participantes, acho que o adendo (que pelo que li é, grosso modo, os pontos que elenquei acima) resolve o problema que inúmeras recomendações e regras tem hoje que é de serem muito vagas. Se fica vago, deixa extremamente subjetivo e aberto a interpretação daqueles que vem depois. Pra já cito WP:ESR-NÃO que é tão vaga, mas tão vaga, que é quase inútil.--Rena (discussão) 00h08min de 16 de novembro de 2020 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo. GhostP. disc. 00h20min de 16 de novembro de 2020 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo, menos restritivo ainda mais. Juan90264 (Disc.) 00h23min de 16 de novembro de 2020 (UTC)
Symbol comment vote.svg Comentário Desculpem, mas, se "são considerados notáveis os álbuns que atendem ao item 1 de músicos", por que direcionar? É contraditório! Eu faria a seguinte alteração no texto, para "não dar pano pra manga": Artigos sobre álbuns deverão ser redirecionados ao artigo à biografia ou à discografia do artista (se esta existir), até que sejam elegíveis para artigo próprio. Poderão ter artigo próprio os álbuns que, cumulativamente, atenderem aos critérios do ponto 1. dos "interpretes, músicos e conjuntos" e contenham informação referenciada sobre ao menos um dos seguintes tópicos: (a) classificação nas paradas oficiais; (b) certificações; (c) antecedentes e produção; (d) repercussão em geral (críticas especializadas e legado).. Coloquei "ao menos um" porque, se formos exigir tudo isso de cada artigo sobre álbum, teremos que direcionar 95% deles, e me incomoda a perspectiva de uma caça às bruxas desenfreada. Yanguas diz!-fiz 03h00min de 17 de novembro de 2020 (UTC)
Yanguas, me soa bem sua alteração. E aviso que o intuito não é esse. As simples alterações já cumulativamente acordadas até aqui inevitavelmente tenderão a provocar o redirecionamento de algumas tantas páginas porque elas não vão além da coleção Maxximus com autor + faixas. Aos demais casos, é questão de ver um a um.--Rena (discussão) 07h20min de 17 de novembro de 2020 (UTC)
@Yanguas: compreendo o seu incômodo com uma possível caça as bruxas; contudo, observo que precisamos alterar os critérios e, consequentemente, o padrão editorial recente. Ou seja, a comunidade precisa zelar um pouco mais pela qualidade do conteúdo para que a caça as bruxas num futuro mais distante não seja ainda pior. Este tópico me causa um desconforto enorme por causa do fluxo de criação de artigos relativamente ruins e sem conteúdo. No atual contexto, qualquer lançamento dum single do Now United no YouTube "certifica" notoriedade automática para uma página exclusiva.
Lendo seu comentário, noto que você conseguiu analisar minha opinião e resumi-la numa redação mais agradável e objetiva; contudo, existe um ponto crucial que ainda continuaria me incomodando. Pois bem, primeiramente vou destacar o trecho e darei as explicações; Citação: Coloquei "ao menos um" porque, se formos exigir tudo isso de cada artigo sobre álbum, teremos que direcionar 95% deles.
  1. O meu objetivo inicial não foi exigir todos os tópicos que citei na proposta, uma falha na minha redação.
  2. Penso que "antecedentes e produção" beira o limite vagaroso e pode muito bem ser confundido ou distorcido com relatos de lançamentos. O problema nasce quando exigimos o cumprimento do item 1 de intérpretes que não aceita fontes de lançamentos como atestado de notoriedade. Sim, podemos fazer algumas observações, mas não acho prudente deixar uma contradição entre critérios.
  3. Um álbum recente não é sinônimo de ausência de fontes sobre produção, lançamento e tampouco sobre paradas musicais. Além disso, existe sítios específicos com AllMusic que hospedem críticas e os gêneros também possuem revistas específicas. Portanto, vejo como acessível exigir no mínimo "dois itens" ao invés de somente um.
Caso concorde, acredito que seja válido criar uma "segunda proposta" aqui, deixando um espaço para comentários (este) e uma sub-seção separada com uma proposta formulada, o que ajudaria no leiaute. Edmond Dantès d'un message? 09h27min de 17 de novembro de 2020 (UTC)

@Renato de carvalho ferreira: Se fosse só as coletâneas, seria bom. Mas é só olhar nas categorias "álbuns de fulano" que encontrará inúmeros itens com a estrutura "[X é um álbum de Y + lista de faixas + fonte de download (quando tem fonte)]". Yanguas diz!-fiz 14h27min de 17 de novembro de 2020 (UTC)

Yanguas, o que me levou a fazer essa proposta foi justamente por achar tantos e tantos artigos nesse modelo. Os que simplesmente não tem fontes, por se tratar de ato incontroverso, eu já fui redirecionando, mas são centenas que ficaram ali no limbo porque alguém jogou um ITunes da vida perdido pra justificar a verificabilidade. E puxando o gancho do Conde Edmond Dantès, eu acho que é de mérito analisar essas fontes comerciais, vendo se de fato são fiáveis ou não. Quer dizer, é óbvio que a informação está certa se você vai usar só para falar ano e faixas de um álbum, só que ambas as informações (sobretudo as faixas) não são algo tão notável que sustente um artigo próprio (já tratamos disso), nem são informação tão obscura que devamos recorrer a um possível WP:SPAM usando fontes comerciais, quaisquer sejam. Mesmo que não seja regra incontroversa, bem se sabe que os próprios artistas fazem uma espécie de "escala de notoriedade" interna de um álbum separando singles de músicas. Em geral, as segundas nem sempre se tornam notáveis, de modo que sua menção em artigo próprio não é algo crucial. Dá pra acomodar isso, se cabível, num artigo discográfico com outras fontes não comerciais.--Rena (discussão) 21h16min de 17 de novembro de 2020 (UTC)

@Conde Edmond Dantès: Concordo em alterar o "ao menos um" para "ao menos dois". Como faríamos com a segunda proposta? Eu coloco aqui? Yanguas diz!-fiz 14h27min de 17 de novembro de 2020 (UTC)

@Yanguas: basta criar uma sub-seção com a redação proposta e depois notificar os demais que participaram. Sobre seu comentário direcionado ao Renato, talvez seria interessante classificar fontes como iTunes, Deezer e demais plataformas comerciais e/ou streming como fontes não fiáveis. É nítido que elas são domínios mais acessíveis e fáceis de serem encontrados. Edmond Dantès d'un message? 21h05min de 17 de novembro de 2020 (UTC)

Sobre refs de plataformas digitais, precisamos ter bastante prudência. Elas não são como sites de fãs, e também não necessariamente puramente comerciais. Os dados presentes ali são submetidos pelas gravadoras ou pelos próprios artistas, então neste caso creio que faça muito mais sentido considerá-las como fontes primárias. Ou seja, não devem ser consideradas para demonstrar a notoriedade de um tema, mas estão longe de se enquadrarem em WP:SPAM. Até porque algumas plataformas, como o Spotify, oferecem os créditos de compositores, perfeitamente úteis para referenciar a lista de faixas num artigo de álbum. Outro caso é a Apple Music, que também tem um corpo de editores e oferece notas e entrevistas de artistas sobre os álbuns e as respectivas faixas, o que vai além de um simples repositório de vendas. Fronteira diga - veja 22h13min de 17 de novembro de 2020 (UTC)

@Renato de carvalho ferreira: É um erro achar que fontes de plataformas digitais como Spotify e Deezer não são fontes fiáveis. Como bem disse o Fronteira, são fontes primárias. Não devem ser usadas para comprovar notoriedade, mas são importantes para informar conteúdos que dificilmente serão encontrados em outras fontes, como as músicas presentes no álbum, o tempo de duração dessas músicas. Quem trabalha com artigos de música sabe que essas fontes podem ser úteis para dar verificabilidade a essas informações. E descartar tais fontes sem oferecer alternativas criará dificuldades desnecessárias para os editores. E vale ressaltar que nenhuma outra Wiki prevê tais restrições a essas fontes. --A.WagnerC (discussão) 16h55min de 18 de novembro de 2020 (UTC)

@A.WagnerC e Renato de carvalho ferreira: São fontes úteis para um tipo bem específico de informação, mas insuficientes para manter um artigo. Yanguas diz!-fiz 16h59min de 18 de novembro de 2020 (UTC)
@Yanguas: Exatamente. Não podem ser usadas como justificativa para manutenção de artigo, mas apenas para referenciar determinada informação. Sendo ainda necessária a inclusão de demais fontes secundárias e confiáveis. --A.WagnerC (discussão) 17h02min de 18 de novembro de 2020 (UTC)
A.WagnerC, não dá para caracterizar de outra forma quando só jogam um Amazon, ou um Spotify perdido no meio do artigo e pronto, tal como se vê em artigos, sei lá, de mangá onde só colocam ligações para as páginas da editora publicante com a capa da edição. Se houver um entendimento de todos que a redação do item 1 dos intérpretes já dá a entender que é necessário sempre citar fontes secundárias junto das primárias para compor os artigos, então ótimos. Se o texto ainda der margem para criação de artigos de álbuns apenas com essas fontes, então é suposto que se coloque outro adendo junto em álbuns explicitando que é vetada a criação de artigos só com primárias, sendo passível de redirecionamento como previsto no tópico que reformulamos, uma vez que, como acordado até aqui, um álbum não tem notoriedade instantânea só por conta de seus intérpretes.--Rena (discussão) 22h12min de 18 de novembro de 2020 (UTC)

Segunda proposta[editar código-fonte]

De acordo com o teor da discussão anterior, peço a permissão do Yanguas para propor a redação de autoria dele; o critério de notoriedade para álbuns seria modificado para:

Artigos sobre álbuns deverão ser redirecionados à biografia ou à discografia do artista (se esta existir), até que sejam elegíveis para artigo próprio. Poderão ter artigo próprio os álbuns que, cumulativamente, atenderem aos critérios do ponto 1. dos "interpretes, músicos e conjuntos" e contenham informação referenciada sobre ao menos um dos seguintes tópicos: (a) classificação nas paradas oficiais; (b) certificações; (c) antecedentes e produção; (d) repercussão em geral (críticas especializadas e legado)

Edmond Dantès d'un message? 02h45min de 23 de novembro de 2020 (UTC)

Notificando aqueles que já participaram desta página, espero não esquecer de ninguém: @MikutoH, GhostP., Leefeni de Karik, Victor Lopes, Juan90264, SirEdimon e Fronteira: Edmond Dantès d'un message? 02h45min de 23 de novembro de 2020 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo. Juan90264 (Disc.) 03h12min de 23 de novembro de 2020 (UTC)