Wikipédia:Nada de pesquisa inédita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Green check.svg Esta página documenta uma política da Wikipédia lusófona, uma norma amplamente aceita que todos os editores devem normalmente seguir. Quaisquer alterações devem ser consensuais. Ela foi decidida por votação.
Atalhos:
WP:NPI
WP:OR
Text-x-generic-highlight-yellow-pen.png Resumindo:
  • Wikipedistas não têm direito de publicar seus próprios trabalhos com ideias inéditas.
  • O conteúdo de um artigo deve corresponder ao das fontes citadas.
  • Não é permitido publicar análises pessoais, extrapolando o que é claramente afirmado nas fontes.
Políticas e Recomendações da Wikipédia
Princípios
Cinco pilares

O que a Wikipédia não é

A Wikipédia não possui regras fixas
Políticas de conteúdo
Ponto de vista neutro

Verificabilidade

Nada de pesquisa inédita

Biografias de pessoas vivas

Títulos de artigos
Trabalhando com os outros
Política de edição

Consenso

Civilidade

Não faça ataques pessoais

Assédio moral

Não proferir ameaças legais

Resolução de disputas
Diretórios
Livro de estilo

Lista completa de políticas

Lista completa de recomendações

Uma das diretrizes da Wikipédia baseia-se na impossibilidade de usar a enciclopédia como plataforma para a publicação de pesquisas inéditas, ou seja, os artigos não devem conter conceitos, recolha de dados, pesquisas ou teorias que não tenham sido anteriormente publicados em veículos adequados e reconhecidos para o efeito. Esta política pode ser identificada pelas siglas NPI ou NOR (do inglês No Original Research).

Ademais, os artigos não devem conter análises ou interpretações inéditas de temas, conceitos, dados, ideias já publicados. Artigos deste tipo não devem ser criados na Wikipédia, pois a finalidade da enciclopédia não é defender uma posição ou visão sobre determinado tema.

Portanto, a Wikipédia não é lugar para hospedar e lançar pesquisas inéditas. Citar fontes e evitar a publicação de pesquisas inéditas são atividades indissociáveis, pois a única forma de demonstrar que não se está criando um artigo com pesquisa inédita é citar fontes fiáveis que ofereçam informações que são diretamente relacionadas com o tema tratado no artigo e que este possa sustentar-se no que as fontes indicam.

A proibição de se publicar pesquisas inéditas é uma das três diretrizes de conteúdo da Wikipédia, assim como o princípio da imparcialidade e a verificabilidade. Conjuntamente, esses fundamentos determinam o tipo e a qualidade do material que é passível de publicação no domínio principal desta enciclopédia. Eles não devem ser interpretados isoladamente, uma vez que são mutuamente complementares e os editores devem, portanto, familiarizar-se com todos.

Os princípios em que essas diretrizes estão fundamentadas não são negociáveis e não podem ser alterados por outras recomendações, votações ou consenso da comunidade de editores.

Definição: o que é uma pesquisa inédita

Uma pesquisa inédita é todo aquele material inserido nos artigos por usuários da Wikipédia que não foi previamente publicado por uma fonte fiável. São exemplos comuns de pesquisas inéditas:

  • A proposição de teorias, métodos ou soluções desconhecidos. Exemplo: inserir num artigo uma teoria pessoal sobre a adolescência de Jesus Cristo.
  • A proposição de um argumento inédito a favor ou contra determinada teoria. Exemplo: inserir no artigo uma visão pessoal sobre as causas sociológicas da ascensão de Adolfo Hitler ao poder. (Este exemplo viola também o Princípio da imparcialidade)
  • A criação de um artigo baseando-se em fontes primárias e secundárias próprias. Exemplo: criar um artigo sobre a história da própria família com dados não previamente publicados por fonte fiável (ou seja, não verificáveis), inserindo dados genealógicos, "histórias" sobre ancestrais, etc.

Síntese das fontes para defender uma opinião

Atalhos:
WP:SINTESE
WP:SINT
Ver também Wikipedia:Pesquisa inédita por síntese

Não combine material de várias fontes para formular ou deixar subentendida uma conclusão que não foi explicitada por alguma fonte. Uma edição cuidadosa ou reformulação do que consta nas fontes sem alterar seu significado ou implicação não é uma violação dessa política: trata-se de uma edição de qualidade. Porém, se uma fonte fiável diz A, e uma outra diz B, não combine A e B para obter uma conclusão C que não foi mencionada pelas fontes. Isso seria uma síntese do material para defender um ponto de vista, o que é considerado pesquisa inédita. "A e B, logo C" é aceitável apenas se uma fonte fiável ofereceu o mesmo argumento em relação ao tópico do artigo.

Fontes primárias e secundárias

  • Fontes primárias são aquelas que apresentam informações ou dados em seu estado original (para o qual foram concebidos), como filmes, vídeos, fotografias, diários, censos de população, documentos do registro civil, transcrições de sessões plenárias, julgamentos ou entrevistas, resultados estatísticos de inquéritos e questionários, anotações de laboratório, cadernos de campo, obras literárias (prosa ou verso), etc.
  • Fontes secundárias são aquelas que apresentam análises, sínteses, interpretações ou avaliações de informação e dados de outras fontes.

Pesquisas inéditas criadas a partir de fontes primárias, transcrevendo-as ou interpretando-as não são permitidas. Pesquisas baseadas predominantemente em fontes primárias são desencorajadas, enquanto que análises baseadas em fontes secundárias são aceitas.

A única exceção à diretriz que proíbe pesquisas inéditas configura-se quando um artigo apenas traz comentários assertivos cuja exatidão pode ser facilmente verificada por qualquer pessoa sã e adulta, sem qualquer necessidade de conhecimento específico e quando esse artigo não faz nenhuma afirmação de valor (análise, interpretação, etc.). Portanto, um artigo da Wikipédia pode estar baseado totalmente ou predominantemente em fontes primárias, desde que sigam as duas condições acima descritas. Exemplos recorrentes são artigos descritivos sobre um prato típico (acarajé ou pastel de Belém) ou os eventos atuais. Essas são raras exceções e os editores que trabalharem apenas com fontes primárias devem redobrar os cuidados para cumprir ambas condições (fácil e imediata verificação e ausência de juízos de valor).

O que não é permitido?

Uma edição será definida como "pesquisa inédita" se sua função for propor e apresentar ideias ou argumentos, isto é, se esta edição possuir uma das seguintes características, dentre outras que possam ser possíveis:

  • Introduzir nova teoria ou método;
  • Introduzir ideias originais;
  • Definir novos termos ou criar neologismos;
  • Introduzir ou subentender novas definições de termos previamente existentes;
  • Introduzir um tema, sem citar fontes fiáveis para tal argumento;
  • Introduzir uma análise ou exame de fatos, ideias, opiniões ou temas de forma a favorecer ou defender a posição pessoal do editor, sem atribuir tal análise a uma fonte fiável.

Por que razão não são permitidas pesquisas inéditas?

Teorias mirabolantes...

Além dos motivos já expostos, a principal motivação para não se aceitarem pesquisas inéditas encontra-se na importância de evitar o uso da Wikipédia como veículo de promoção de ideias e teorias pessoais, tanto por editores imbuídos de boa-fé como os movidos pela má-fé. Normalmente, ações movidas pela má-fé partem de pessoas particularmente excêntricas, charlatães e "semeadores de trolls", cujo objetivo é chamar a atenção para suas ideias ou para si mesmos.

Contudo, pesquisas originais vão além das teorias excêntricas, pois incluem também as visões e análises pessoais ou opiniões políticas dos editores, bem como sua interpretação pessoal e análise inédita de material publicado, partindo de posições que o editor possa ter ou apoiar.

Esta diretriz aplica-se a todos os editores e visa a assegurar a reputação da Wikipédia de várias maneiras:

  • A Wikipédia tem o dever de fornecer a seus leitores informações que sejam fiáveis e verificáveis;
  • As fontes fiáveis possibilitam que os leitores possam continuar sua pesquisa consultando diretamente as obras que deram origem a determinado artigo. Afinal, a primeira ação de muitas pessoas ao iniciar uma pesquisa é justamente consultar uma enciclopédia;
  • Apoiar-se em fontes citadas esclarece os diversos pontos de vista de um artigo e, portanto, possibilita cumprir outra diretriz fundamental da Wikipédia, que é o princípio da imparcialidade.


Atenção: Cabe salientar que o fato de não aceitar determinados conteúdos não indica que tais aportes sejam negativos ou não mereçam destaque, a questão encontra-se na própria natureza constitutiva de uma enciclopédia, que não pode ser veículo para pesquisas inéditas.

Em todos os casos, a impossibilidade de criar ou editar artigos baseados em pesquisas inéditas não é desmerecimento do valor do trabalho em si. Até mesmo uma pesquisa digna de grande louvor — do porte de um Prêmio Nobel ou de um Pulitzer — não tem lugar na Wikipédia, visto que tal trabalho ainda não foi publicado por uma fonte que disponha de um comitê editorial reconhecido.

Imagens

As imagens são um ótimo meio de ilustrar uma informação. Por mais insólita que ela seja.

As imagens encontram-se de uma forma geral excluídas da política que não autoriza pesquisa inédita, uma vez que os editores da Wikipédia são incentivados a tirar fotografias ou a realizar desenhos (que devem ser lançados pelos seus autores na licença GNU Free Documentation License ou outra licença livre) para ilustrar os artigos.

As razões por detrás desta posição são as seguintes:

  • Uma imagem é geralmente utilizada para ilustrar um artigo, não representando a apresentação de uma teoria ou ponto de vista inédito;
  • A existência de leis de direitos de autor nos vários países limita a possibilidade de usar na Wikipédia imagens que não estejam sujeitas a estas leis. Assim, as imagens produzidas pelos membros da Wikipédia preenchem a lacuna gerada pela ausência de imagens livres.

Um aspecto negativo associado à liberdade concedida aos editores em carregar arquivos de imagens inéditas é a possibilidade de manipulação da imagem, de modo a distorcer factos. As imagens que são o produto de manipulação devem ser remetidas para a página Wikipedia:Imagens para eliminar. Imagens que representem pesquisa inédita, como um desenho sobre uma teoria pessoal relativa à técnica de construção das pirâmides egípcias, não estão autorizadas. Todas as imagens carregadas estão sujeitas às políticas e recomendações expressas em Wikipedia:Política de imagens.

Políticas relacionadas

Princípio da verificabilidade

Ao insistir-se que apenas dados factuais, teorias, análises e perspectivas previamente publicados em fontes de referência podem ser inseridos na Wikipédia, a política que não autoriza a pesquisa inédita e a política relativa à verificabilidade reforçam-se mutuamente.

Princípio da imparcialidade

A não autorização de pesquisa inédita limita a possibilidade de um editor apresentar o seu ponto de vista num artigo. Para além disso, ao reforçar-se a importância de incluir nos artigos pesquisa fiável produzida por terceiros promove-se a inclusão de vários pontos de vista. Consequentemente, a política que proíbe a pesquisa inédita reforça o princípio da imparcialidade.

Em muitos casos coexistem vários pontos de vista estabelecidos sobre um assunto. Em tais situações não é possível apresentar uma única posição como a mais aceitável. Nestes casos, os editores devem indicar a predominância de determinada posição, isto é, se esta é apoiada por uma maioria ou minoria.

A inclusão num artigo de uma perspectiva minoritária pode representar pesquisa inédita na medida em que pode não estar apoiada por referências fiáveis produzidas por terceiros. De acordo com Jimmy Wales, fundador da Wikipédia, quando um ponto de vista é partilhado por um grupo extremamente pequeno de pessoas ele não deve ser incluído na Wikipédia, independentemente de ser verdadeiro ou falso ou de poder ser comprovado ou não[1] .

Origem da política: opinião de fundador da Wikipédia

Jimmy Wales

Jimmy Wales, fundador da Wikipédia, descreveu a origem da política nos termos que se seguem:

"A expressão "pesquisa inédita" teve a sua origem na necessidade prática em lidar com excêntricos do mundo da física que são evidentemente numerosos na Internet. O conceito básico é o seguinte: pode ser bastante difícil para nós julgar se determinada coisa é válida ou não. Não é nosso papel determinar se uma nova teoria de alguém sobre física é válida ou não, não estamos aptos para tal. Mas o que podemos fazer é verificar se esta teoria foi publicada em jornais académicos reputados ou em editoras reputadas. Portanto, é conveniente evitar julgar a credibilidade de determinadas coisas, centrando-se em vez disso nas coisas julgadas credíveis por pessoas mais habilitadas para decidir.[2]

Páginas de discussão e páginas de projetos

À semelhança da maioria das políticas da Wikipédia, a política que não permite a pesquisa inédita aplica-se aos artigos, não às páginas de discussão dos artigos ou às páginas de discussão dos projetos, embora seja considerado inconveniente utilizar estes espaços para apresentar e divulgar teorias pessoais.

Ver também

Referências


Info  Nota ortográfica: Esta página foi revista para obedecer às normas do Acordo Ortográfico de 1990.