Wikipédia:Organizações

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O que se segue é um artigo informativo sobre a Wikipédia, que foi entendido como consensual em Wikipédia:Esplanada/geral/Pessoas jurídicas e a Wikipédia (7nov2014).
Prefira utilizar a página de discussão ou até mesmo a esplanada antes de fazer uma modificação que altere o contexto.

Acerca de artigos que tratam de organizações, pessoas jurídicas e entidades em geral com personalidade jurídica, a Wikipédia lusófona explica os seguintes detalhes:[nota 1]

1. Se for uma entidade de facto, sem personalidade jurídica, durante toda a sua existência ou em parte dela, vale a sua continuidade existencial real, reconhecida por fontes confiáveis, e que os próprios associados assim a reconheçam. Por exemplo: organizações paramilitares e criminosas; partidos políticos clandestinos; entidades que foram judicialmente dissolvidas, mas os associados continuaram a se reunir informalmente, tais como Mancha Verde, Comando Vermelho, Partido Trabalhista Brasileiro e Partido Comunista - Seção Brasileira da Internacional Comunista.

2. Se após o período de clandestinidade e/ou inatividade, quando do novo registro cartorário, os associados não perceberem a organização como uma continuidade da anterior, nesse caso, assim elas não deverão ser contabilizadas. Por exemplo, Cordão da Barra Funda versus Camisa Verde e Branco.

3. Se a organização possuir registro cartorário, vale a ata cartorária. Uma agremiação ou empresa que por força de sua diretoria foi anexada, fundida, ou simplesmente extinta, para todos os efeitos deixa de existir, ainda que uma parte dos seus membros crie outra organização com o mesmo nome da anterior. Por exemplo, São Paulo da Floresta versus São Paulo Futebol Clube (exceção é se todas as fontes confiáveis considerarem o contrário).

4. Se a entidade existir de facto, mas utilizar um registro cartorário ou CNPJ de outra, como fachada, para simular ser a continuidade jurídica daquela, e isso for comprovado por fontes confiáveis, bem como o fato de seus quadros sociais/associativos, diretorias e patrimônios não tiverem qualquer relação entre si, deverão ser contabilizadas como duas entidades à parte. Por exemplo, GRES Império Rubro-Negro versus GRES Império da Praça Seca; GRCES Malungos versus GRCES Independente Tricolor.

5. Departamentos e órgãos internos de uma organização deverão ser contabilizados como parte dela, sem direito, a princípio, a artigos próprios. Empresas filiais, de um mesmo grupo, por outro lado, poderão ter artigos em separado. Por exemplo, Positivo Informática e Universidade Positivo em relação ao Grupo Positivo.

5.1. Em caso de crescimento do conteúdo, artigos sobre clubes poliesportivos podem ser desmembrados, de modo a que determinados departamentos possuam artigos próprios. Quando isto ocorrer, o título do artigo seguirá o modelo NOME DO ESPORTE do NOME COMPLETO DO CLUBE, por exemplo "Basquetebol do Clube de Regatas do Flamengo".[nota 2]
5.2. O desmembramento é cabível no momento em que o artigo originário possua pelo o menos algo entre 150 a 190 Kb, e a seção sobre aquela modalidade alcance o tamanho correspondente a pelo o menos 20 Kb
5.3. Ainda para os efeitos do desmembramento previsto acima, os conteúdos, tanto do artigo originário, quanto do artigo a ser desmembrado, devem estar verificáveis, e não podem estar repetidos entre si, dado que conteúdos iguais em páginas diferentes estão sujeitos à fusão, redirecionamento ou eliminação, conforme a política de eliminação (§ Razões para deleções, #4).
5.4. A partir da data de aprovação desta regra, para que haja o desmembramento, este deverá ser proposto na discussão do artigo originário.

6. Para esportes onde haja um sistema de "franquias", valem as mesmas regras acima (especificamente o item 4), desde que haja a comprovação por fontes confiáveis. Se não houver, prevalecem as estatísticas oficiais da entidade reguladora.

Ver também[editar código-fonte]

Critérios de notoriedade para:

Notas