Wikipédia:Pedidos de opinião/Apresentação de diferenciais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Apresentação de diferenciais[editar código-fonte]

Proposta[editar código-fonte]

Algumas regras:

  1. Esta tentativa não é uma votação, mas pode ajudar a apontar algum consenso, caso haja alguma unanimidade, ou, caso, mesmo em não havendo, fique claro o espaço da cedência. O objetivo máximo deste esforço é tentar capturar qual é o sentimento da comunidade sobre o tema.
  2. Opine e chame outros para opinar. Como não estamos votando e nem propondo nada, solicite opiniões.
  3. Se as propostas que estão presentes não refletem sua opinião, crie uma nova alternativa que reflita o que pensa.

Objetivo: este pedido de opinião tem como objeto a obrigatoriedade de apresentação de diferenciais nas Notificação de incidentes, Notificações de vandalismo e Discussão de bloqueio.

Cara comunidade pt.wiki, como hábito adquirido, eu gostaria de saber a opinião da comunidade sobre o tema abaixo antes de formulá-lo como proposta, assim eu consigo avaliar melhor a recepção do tema pela comunidade, decidindo melhor se devo ou não formular proposta e, se devo, os termos mais adequado a fazê-lo. Esta proposta, mais uma vez, trata da WP:PB, política com a qual tenho me dedicado e proposto diversas modificações com uma taxa de sucesso razoável.

Tenho sistematicamente solicitado a todos os proponentes de bloqueio que apresentem diferenciais junto de suas propostas. Os últimos dois casos foram: Wikipédia:Pedidos a administradores/Discussão de bloqueio/LucasOliveira90 e Wikipédia:Pedidos a administradores/Discussão de bloqueio/Braz Leme/10. Foram proponentes desta duas DBs, respectivamente, os quais chamo aqui para comentar se desejarem: Chronus e Conde_Edmond_Dantès. Nas notificações de incidentes fiz o memso pedido à Hedestad, o qual portanto , também o chamo. Estes três proponentes, imagino, devam ter argumentos crontrários a apresentar, uma vez que meus pedidos foram em relação a eles.

  • Razões

Embora o sistema da wiki.pt tenha forte característica inquisitiva, i.e. os julgadores não estão adstritos à aquilo materializado na solicitação de bloqueio, podendo cada qual efetuar suas próprias pesquisas, acusações e julgamentos, ficando apenas o próprio proponente de fora do julgamento, não é este o alvo do presente pedido de opinião: nem poderia ser, pois neste caso haveria uma sobrecarga no proponente, a qual inviabilizaria os procedimentos de bloqueio.

O que aqui se propõe, e para o qual pede-se opinião, cai sobre a necessidade, à parte do direito de cada administrador se auto-instruir, do proponente juntar à propositura os meios suficientes para instruir os administradores que irão julgar se cabe ou não cabimento de bloqueio ou qualquer outro procedimento. Esta obrigatoriedade tem os seguintes benefícios: 1) facilita a investigaçãon dos administradores; 2) demonstra com exatidão o fundamento do pedido de bloqueio; 3) torna claro para toda a comunidade os motivos do pedido; e 4) e mais importante, possibilita a defesa direcionada aos atos especificamente apresentados.

Há uma excessões, a saber: quando o usuário possui muito poucas edições, com o que a apresentação de diferenciais cobririam todas as edições do mesmo, digamos, 20 edições.

  • Proposta normativa

Peço então opinião a seguinte proposta normativa para incluir norma na WP:PB, porém tendo em vista que o ponto 3.4. está ultrapassado, apresento a proposta como substituição deste ponto, afim de manter intacta a numeração atual, já indicada pelo comunidade (em proposta minha anterior), como desejada.

Texto atual:

3.4 As seções de pedidos ou discussão de bloqueios não são um fórum. Portanto, não é permitido tecer comentários em páginas de pedidos a administradores ou em outros locais críticos do projeto, como, por exemplo, as seções de pedidos a verificadores ou burocratas, aproveitando-se da visibilidade do espaço (e levando, consequentemente, à deterioração da qualidade da discussão). Esta ação resultará em bloqueio imediato (parcial ou total), sobretudo, em se tratando de usuários experientes e conhecedores das políticas e recomendações. Se houver necessidade de comentar, o editor deverá utilizar a página de discussão. Comentários ofensivos devem ser removidos. Quando não for possível a remoção, a compactação pode ser feita.[1]

Texto proposto:

3.4 todas as proposições em Notificação de incidentes, Notificações de vandalismo e Discussão de bloqueio devem vir acompanhadas de diferenciais que justifiquem a proposição sob pena de nulidade do pedido, excetuada os casos em que o editor não possui mais do que 20 edições totais.

Felipe da Fonseca (discussão) 11h52min de 11 de julho de 2021 (UTC)[Responder]

Discussão[editar código-fonte]

Symbol declined.svg Discordo frontalmente desse pedido desnecessário e absurdo. Em todas as DBs citadas acima, foram apresentadas evidências mais do que suficientes para a ampliação do bloqueio das contas apresentadas. Chronus (discussão) 17h28min de 11 de julho de 2021 (UTC)[Responder]

Symbol declined.svg Discordo. Reconheço a pertinência de apresentação dos diferenciais para que fique mais fácil observar a ocorrência e tomar a decisão necessária. Por isso, eu concordaria em formalizar uma recomendação de que os diferenciais fossem adicionados. No entanto, discordo da obrigatoriedade de se apresentar diferenciais sob pena de nulidade. Acredito que os administradores do projeto devam ter competência para avaliar os pedidos e encontrar as evidências necessárias, a partir das quais saberão tomar a melhor decisão de acordo com a política de bloqueio. As notificações e as DBs permitem que as evidências, ou a falta delas, sejam confrontadas e que se peça mais elementos ao proponente para que uma decisão seja tomada. Isso já parece ser suficiente. Além disso, é melhor investigar a situação como for preciso e bloquear do que ir atrás do prejuízo causado pela continuação das ações destrutivas de um usuário que não teve seu bloqueio efetuado por causa da não apresentação dos diferenciais pelo proponente. --Hedestad Diga! 18h11min de 11 de julho de 2021 (UTC)[Responder]

Symbol declined.svg Discordo. É responsabilidade de qualquer participante de DBs fazer as análises com as ferramentas que possuem. Quando DBs ou notificações são abertas, a interface já apresenta a opção de contribuições do usuário alvo da proposta da sanção, o que torna responsabilidade de quem avalia analisar cada matéria apontada. Se existe interesse do indíviduo de fazer valer seja sua opinião, seja seu estatuto na medida da competência que lhe abrange, dado que as ferramentas foram disponibilizadas pela comunidade, a apresentação de diffs é unica e exclusivamente um favor (atrevo a dizer, uma regalia) que um editor propositor faz para agilizar o processo. Todavia, é responsabilidade do administrador realizar a checagem, não do propositor, de todas as formas possíveis, pois é dele que vira a atribuição da sanção, não o propositor! Tornar uma coisa que na melhor das hipóteses poderia ser uma recomendação, em obrigação... é criar uma burocracia desnecessária, que apenas torna os processos de abertura de pedidos mais lentos.--Wolf pois não? 19h54min de 11 de julho de 2021 (UTC)[Responder]

Exatamente, é função do julgador julgar, julgar o pedido, mas não é a função dele instruir o pedido, este deve ser feito pelo solicitante. Basta pensar que devemos esperar a defesa para opinar como administrador.. ora... a defesa deve ter em suas mãos exatamente sobre o que é julgada. Como disse acima, de qualquer modo, não se questiona aqui o modo inquisitivo de proceder dos administradores, o que sobrecarregaria os proponentes, mas isso não exime os mesmos de apresentarem ao menos os fatos (os instrumentos de investigação estão abertos a todos, salvo exceções raras). --Felipe da Fonseca (discussão) 20h11min de 11 de julho de 2021 (UTC)[Responder]
A questão é que se não for uma feita uma checagem além de diffs apresentadas (pois um propositor pode agir de WP:MÁFÉ), o administrador pode acabar executando uma sanção injusta que poderá desencadear revisão caso outro administrador faça a checagem completa. É por isso que diffs em si são regalias, não devem ser o epicentro. Nas notificações, as coisas são mais simples pois geralmente são poucas edições, mas mesmo em casos de editores, em geral, o histórico de contribuições já permite entendimentos, bastando apenas fazer checagens a partir de convergências editoriais. Exemplo: Se no histórico de um editor existe apenas artigos de um mesmo assunto (por exemplo, uma figura política controversa), ainda que em artigos diferentes se chegará que o editor só os edita porque a figura política controversa é mencionada nos demais, e portanto pode sim considerar ser uma WP:CPU. Por isso, checar todas as contribuições recentes deveria ser considerado mais importante do que avaliar os pedidos de uma DB ou de uma notificação com base apenas nas diffs apresentadas. Por isso, é uma proposta bem intencionada, mas, potencialmente contraproducente. Pode ser uma recomendação, mas uma obrigação não!--Wolf pois não? 20h23min de 11 de julho de 2021 (UTC)[Responder]
No próprio pedido está claro que não há nenhum óbici à ivestigação além da inicial, muito pelo contrário, ela é incentivada. --Felipe da Fonseca (discussão) 12h22min de 12 de julho de 2021 (UTC)[Responder]

Symbol comment vote.svg Comentário Eu partilho das preocupações do OP. Nos últimos anos tem-se verificado uma tendência para que sejam abertos pedidos com alegações vagas sem apresentar evidências concretas. Simplesmente chuta-se um motivo, como "ataques", "recusa", "spam" ou "remoção de conteúdo", e os administradores é que têm que adivinhar onde ocorreu o problema. Às vezes chuta-se apenas um dif e alega-se que é "recorrente". Em CPUs até pode ser fácil descobrir onde está o problema, mas em contas com dezenas de edições diárias não é.

Quando um pedido não identifica claramente um problema eu encerro-o e digo ao requerente para, se quiser, abrir outro com evidências concretas. Se isso acontece numa DB simplesmente voto contra. Não é preciso uma lista enorme de diffs (e é aqui que esta proposta falha), mas tem que haver pelo menos uma indicação das páginas onde ocorreu o problema. Os administradores são voluntários iguais aos outros. Não têm que andar a perder tempo a fazer de detetives. JMagalhães (discussão) 14h48min de 12 de julho de 2021 (UTC)[Responder]

JMagalhães obrigado pelos comentários. Uma questão, entretanto: a proposta falha porque não indica claramente a "não necessidade" de muitos diferenciais, é isso? Eu não disse que é necessária a apresentação de muitos diferenciais, então só posso supor que você recomenda a expressa afirmação da "não necessidade". Alguma mudança concreta para que eu posso efetuá-la?--Felipe da Fonseca (discussão) 15h06min de 12 de julho de 2021 (UTC)[Responder]
Na minha opinião a proposta falha porque fala sobre a apresentação de difs quando deveria falar sobre a apresentação de evidências. Para mim é irrelevante se a pessoa aponta difs específicos ou se simplesmente aponta a página onde está a ocorrer o problema (desde que não seja uma daquelas discussões quilométricas). O importante é que aponte qualquer coisa que permita rapidamente chegar ao problema para o resolver. Isto é o que em muitos casos não está a acontecer. JMagalhães (discussão) 15h13min de 12 de julho de 2021 (UTC)[Responder]
JMagalhães seria satisfatório para você colocar "[...] devem vir acompanhadas de evidência, preferencialmente diferenciais, que [...]". --Felipe da Fonseca (discussão) 15h44min de 12 de julho de 2021 (UTC)[Responder]

Symbol declined.svg Discordo da obrigação, mas não vejo problemas te ter algo na forma de recomendações. Tetizeraz. -> Mande uma mensagem 13h26min de 31 de agosto de 2021 (UTC)[Responder]