Wikipédia:Seja algoz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Crystal Clear mimetype txt.png Este ensaio contém conselhos ou opiniões de um ou mais contribuidores da Wikipédia. Ensaios não são políticas nem recomendações, mas podem representar práticas já bem difundidas na comunidade ou ainda pontos de vista de minorias. Sinta-se livre e até encorajado para melhorar a página ou discutir na página de discussão, mas tenha prudência ao considerar esses pontos de vista já previamente trabalhados.
Atalho:
WP:ALGOZ

Quando uma pessoa não demonstra interesse em cooperar, em respeitar outras opiniões ou não se identifica com os princípios do projeto e começa a agir de forma desestabilizadora, o bloqueio pode ser aplicado. Uma atitude menos paciente com tais comportamentos tornará o ambiente do projeto mais sério, pacífico e convidativo para pessoas bem intencionadas e de boa formação.

Analogia com uma biblioteca[editar código-fonte]

Jean-Baptiste-Camille Corot 037.jpg

Quando estamos numa biblioteca, espera-se que cada pessoa siga as diretrizes da mesma. Se alguém atende o celular, receberá um pedido para desligá-lo. Na segunda vez, poderá se deparar com uma reação menos amistosa. Na terceira, corre o risco de ser expulso da mesma, ao menos nesse dia.

Na Wikipédia, se utiliza em certos momentos como argumentação a liberdade de expressão e de conduta, mas sem levar-se em conta que estamos num espaço coletivo, onde todos devem ser respeitados, onde normas de conduta devem ser seguidas.

Assim como pessoas podem ser expulsas de uma biblioteca por perturbarem o ambiente, editores podem ser bloqueados quando perturbam o projeto, quando agem de forma irresponsável ou desrespeitosa. A Wikipédia não é uma democracia ou uma anarquia, mas um espaço comunitário onde interagem pessoas com o interesse de participar na construção de uma enciclopédia.

Por ser apenas um espaço coletivo, como uma biblioteca ou uma sala de aula, argumentos que se esbarram em ideias como repressão ou liberdade de expressão devem ser utilizados com cautela. Afinal, quando os interesses e o egocentrismo de alguém são ameaçados, torna-se fácil utilizar-se de “terrorismo verbal” para continuar agindo da forma que se pretende, mesmo quando incomoda o restante da comunidade.

Liberdade de expressão deve vir acompanhada de respeito ao próximo. Principalmente, deve-se levar em conta os direitos das pessoas, como o de privacidade. Por exemplo, ninguém pode expor publicamente informações como telefone e moradia de outro editor. Aliás, esse tipo de atitude é extremamente mal-vista e pode acarretar em bloqueio imediato.

Críticas construtivas são encorajadas, pois ajudam a amadurecer os procedimentos da Wikipédia. Porém, acusações infundadas e condutas desrespeitosas perante a comunidade devem ser advertidas. Quando os pedidos e avisos não são atendidos, o bloqueio se justifica.

Conselho do Larry Sanger[editar código-fonte]

Abaixo se encontra um conselho do co-fundador da Wikipédia, Larry Sanger, que sugere pouca paciência perante pessoas sem interesse em trabalhar construtivamente com o restante da comunidade.

Para atrair e reter a participação de experts, deveria haver pouca paciência com aqueles que não entendem ou não concordam com a missão da Wikipédia, ou ainda com aqueles medíocres pretensiosos que não são capazes de trabalhar com outros de forma construtiva e reconhecer quando há falhas em seu conhecimento (coletivamente, provavelmente o grupo mais disruptivo de todos). Uma atitude menos tolerante com a disrupção faria o projeto mais educado, acolhedor e mesmo mais aberto à vasta maioria de pessoas inteligentes e bem intencionadas na Internet.
 
Larry Sanger, Why Wikipedia Must Jettison Its Anti-Elitism[1].

Referências

  1. Larry Sanger (31 de dezembro de 2004). «Why Wikipedia Must Jettison Its Anti-Elitism». Consultado em 9 de março de 2009. To attract and retain the participation of experts, there would have to be little patience for those who do not understand or agree with Wikipedia's mission, or even for those pretentious mediocrities who are not able to work with others constructively and recognize when there are holes in their knowledge (collectively, probably the most disruptive group of all). A less tolerant attitude toward disruption would make the project more polite, welcoming, and indeed open to the vast majority of intelligent, well-meaning people on the Internet.