Wikipédia Discussão:Desambiguação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

/Arquivo/1

{{Ver desambig}}[editar código-fonte]

Ver anúncio na Esplanada. --Stegop (discussão) 07h55min de 28 de março de 2010 (UTC)

Tradução livre de en:WP:D3[editar código-fonte]

Proponho que se inclua ou se linke algo semelhante ao que se segue em Wikipedia:Desambiguação. Os colegas da en.wp são especialmente cuidadosos com páginas de desambiguação e, se é certo que não somos obrigados a imitá-los porque também temos cabeça para pensar, os bons exemplos são para ser seguidos. O padrão da maior parte das nossas desambiguações, cheias de links para páginas que pouco teem a ver com os assuntos desambiguados, por vezes grandes descrições, inclusão de páginas que pouco teem a ver ou nem sequer mencionam o assunto desambiguado e profusão de links vermelhos para artigos cuja probabilidade de acertar com o título quando vierem a ser criados é muito baixa, não ajuda nada o leitor nem o editor que procura o link certo para colocar nas suas edições.


Páginas de desambiguação não são artigos,
são auxiliares de navegação



Os leitores chegam a estas páginas procurando por um artigo específico, pelo que, no que toca a editar estas páginas:
CERTO:
Green check.png Estar familiarizado com WP:DES.
Green check.png Colocar o link no início de cada entrada sempre que possível.
Green check.png Usar descrições curtas.
Green check.png Estruturar a página para simplificar a navegação.
Green check.png Usar fragmentos e não frases completas nas entradas.
Green check.png Colocar o tópico primário no início caso ele exista.
Green check.png Incluir link(s) para o Wikcionário usando

{{Wikcionário}} quando isso for apropriado, como alternativa à inclusão da definição ou origem de termos.

Green check.png Corrija as páginas afluentes para que apontem para os artigos corretos e não para a desambiguação.
Green check.png Pondere seriamente a fusão de desambiguações.
NÃO FAZER:
Red x.svg Não incluir definições de dicionário.
Red x.svg Não incluir entradas sem link para uma página desambiguada.
Red x.svg Não colocar mais do que um link azul em cada entrada.
Red x.svg Não incluir referências ou links externos.
Red x.svg Não incluir links vermelhos se o título puder ter variantes ou dificilmente dê origem a um bom artigo.
Red x.svg Não incluir todos os artigos que contêm o título.
Red x.svg Não use pipes (|) nos links.
Red x.svg Não use temas vagos para estruturar a página.
Red x.svg Não termine as entradas com tipo algum de pontuação.

--Stegop (discussão) 07h55min de 28 de março de 2010 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo em adicionar a tabela, e acho que o melhor lugar é em Conteúdo e formato.--Lépton 15h38min de 28 de março de 2010 (UTC)
Só acho que as cores podiam tar que nem as da en, mais neutras e menos chamativas. Até combinaria melhor.--Lépton 17h23min de 28 de março de 2010 (UTC)
Acerca das cores: Só usei o fundo em amarelo para a a proposta não se confundir com a discussão. O importante é mesmo o conteúdo. --Stegop (discussão) 19h58min de 28 de março de 2010 (UTC)
Concordo, mas julgo que isto deve ficar mais bem explanado. Nada contra esta lista resumida, até se fosse usada como editnotice para todas as páginas de desambiguação, não era mau pensado. Lembro que já houve disputas sérias (Ver esta discussão, por exemplo) por não haver uma definição do que deve ser uma página de desambiguação. GoEThe (discussão) 09h26min de 8 de abril de 2010 (UTC)
No geral concordo, e ainda mais concordo com a sugestão do Goethe de colocar isso ao editar uma página de desambiguação, já que a vasta maioria dos editores não sabe utilizar esse recurso. Só não percebi porque não se coloca a pontuação no final, já que há uma norma de pontuação para listas em português. Uma outra situação que me deixa dúvidas é a não inclusão de termos sem página criada. Quando acerto desambiguações acontece muitas vezes encontrar significados que não estão previstos na desambiguação, e acrescenta-los lá com os links a vermelho, mas talvez isso não seja a melhor solução...--- Darwin Alô? 15h52min de 16 de abril de 2010 (UTC)
Estamos num impasse???
Respondendo ao Darwin, sou neutro quanto a não usar qualquer pontuação; inclusivamente cheguei a pensar não traduzir esse trecho da en. Já quanto a links vermelhos, acho que não devem existir. Aqui para nós, acho que muitos poderiam existir sem qualquer problema, a questão é que ao permiti-los estamos a abrir a porta para desambig's cheias de lixo. --Stegop (discussão) 21h56min de 23 de abril de 2010 (UTC)
Percebo perfeitamente o ponto dos links vermelhos, e a inutilidade que são numa desambiguação. Talvez o melhor mesmo fosse colocar o termo lá com uma descrição básica, mas sem link. Sinceramente, não sei muito bem o que pensar disso.--- Darwin Alô? 03h26min de 25 de abril de 2010 (UTC)
Eu gosto dos links vermelhos numa desambig, instiga a azular, eu msm já azulei um link vermelho de um filme que tava numa desambig. Não fosse ele nunca o teria criado. E tb apoio colocar este quadro no mediawiki das desambigs.--Lépton msg 08h15min de 25 de abril de 2010 (UTC)
Acerca dos links vermelhos: é certo que instiga a azular, mas sendo a desambig. uma espécie de índice, que sentido tem "enganar" o leitor que não sabe o que é um link vermelho? A minha experiência de edição de desambig.s diz-me que é raro o artigo ser criado com o nome que figura na desambig, e nestes casos o caso até tem alguma gravidade, pois o leitor pode assumir que o artigo não existe. Como normalmente me dou ao trabalho de verificar se não há mais artigos para incluir nas desambig.s que edito, é frequente constatar que os links vermelhos deveriam ser azuis, só não o sendo por o título não ser o correto. Depois há o problema daquelas "desambig.s" cheias de links vermelhos absurdos... Poderíamos apelar ao "bom senso", o que, de certa forma, já se faz com «Não incluir links vermelhos se o título puder ter variantes ou dificilmente dê origem a um bom artigo», mas acho que é bom que fique (ainda mais) claro que links vermelhos, em princípio, não são bem vindos, para não haver guerras de edição com argumentos do tipo "nada nas regras diz que não se podem usar". --Stegop (discussão) 16h44min de 25 de abril de 2010 (UTC)
  • Dado que a discussão parece estar morta, posso assumir que posso fazer uma proposta de alteração de Wikipedia:Desambiguação no sentido de incluir o quadro acima? --Stegop (discussão) 23h14min de 27 de abril de 2010 (UTC)
De fato o problema dos links vermelhos é se criado com outro título. Vou me manter neutro então.
Sua pergunta: sim.--Lépton msg 05h06min de 28 de abril de 2010 (UTC)

Padronização[editar código-fonte]

A padronização das predefinições de desambiguação foi feita com consulta a um número restrito de outros editores, e por este motivo creio que tem diversos pontos que podem desagradar ao resto dele. Um deles é a tal linha que agora separa a desambiguação do texto (que cria verdadeiros monstros estéticos no cabeçalho do artigo quando é colocada depois de determinadas predefinições de falta de fontes), e outro é a figura que supostamente indica desambiguação, a meu ver muito menos discreta do que o "Nota:" anterior. Em suma, creio que a padronização precisa ser repensada se ela significar que os critérios estéticos e pessoais de um editor devam ser impostos sobre os dos outros. Por ora, até que se chegue a uma solução, "reabilitei" a {{Ver desambiguação}}, que cumpre o papel antigo. RafaAzevedo msg 15h28min de 15 de abril de 2010 (UTC)

Eu gosto do símbolo, ele mostra que dentre várias alternativas há uma correta, a que queremos. Não percebi nenhuma aberração visual. Daemorris discussão 16h06min de 15 de abril de 2010 (UTC)

Tive o cuidado de colocar o assunto em discussão a 21-mar em Projetos/Padronização Visual, a 27-mar na Esplanada/Anúncios e a 8-abril na Esplanada/propostas, além de que {{Ver desambig}} foi mencionada como exemplo a seguir na fusão de outras predefs. Não faço questão da fusão e substituição, concordo que o assunto deva ser discutido, mas, por favor, não me venham com essa de estar a querer impor alguma coisa a alguém. --Stegop (discussão) 16h31min de 15 de abril de 2010 (UTC)

Nota: O que está em discussão é substituir a maior parte das "Ver desambiguações" por {{Ver desambig}}. --Stegop (discussão) 16h33min de 15 de abril de 2010 (UTC)
A partir do momento em que se coloca uma linha que não existia em nenhuma desambiguação anterior, e não se oferece uma alternativa que não a utilize, parece-me que algo está sim sendo imposto. RafaAzevedo msg 17h11min de 15 de abril de 2010 (UTC)

Da img eu até gosto, mas o traço é msm feio, sempre que eu via alguém colocando esta linha no artigo junto com a predef de desambiguação eu tirava. Concordo em tirar ele.--Lépton msg 18h56min de 15 de abril de 2010 (UTC)

Para falar a verdade, nem gostava do Nota, bastando estar em itálico e indentado para destacar que não faz parte do texto enciclopédico propriamente dito. O mesmo pode ser dito do traço abaixo, é dispensável. A imagem tem a desvantagem adicional de aumentar ligeiramente o tamanho em bytes do artigo, e quanto mais simples melhor. Em relação à fusão das predefinições, ela foi bem vinda, sempre achei confuso a variedade enorme de predefinições e nunca sabia qual era a que eu precisava. GoEThe (discussão) 13h15min de 16 de abril de 2010 (UTC)

Acho que com a img fica mais 'bonitinho' mas não me importo se quiserem tirar. Mas o nota negritado considero importante para chamar a atenção de quem procura outra coisa.--Lépton msg 13h52min de 16 de abril de 2010 (UTC)
Pessoalmente gosto da imagem, e encontro nela utilidade ao chamar à atenção para a desambiguação. Detestava quando era a imagem colorida, pois fazia confusão com as verdadeiras páginas de desambiguação, mas depois que a mudei para essa discreta em cinza escuro acho que ficou bom. A linha é que não pode ficar, pois como foi dito, em muitos casos destrói o layout do artigo, além de contrariar o gosto pessoal de muitos editores (só aqui já vão três ou quatro, contando comigo). Pode, isso sim, ser colocado um parâmetro adicional para quem quiser colocar linha na desambig, mas jamais isso pode ser o default.--- Darwin Alô? 15h14min de 16 de abril de 2010 (UTC)

Agora que já ouvi umas quantas opiniões... Eu também não estava muito seguro quanto à utilidade do traço e só reverti o Rafa porque ninguém tinha falado nisso antes, o que assumi como aprovação do formato tal como estava. Quanto à imagem, acho que torna mais claro que é algo que não faz parte do artigo e chama a atenção de um modo que dificilmente interfere visualmente (graças à mudança para o cinzento). Não vejo necessidade da predef escrever o traço opcionalmente - quem queira pode-o fazer fora da predef, são só 4 traços.

Já agora, quanto ao texto e ao resto, não há objeções ou críticas?

E, aproveitando, que "estamos aqui", não querem tb. opinar sobre a discussão anterior sobre formato? --Stegop (discussão) 15h43min de 16 de abril de 2010 (UTC)

Eu já senti falta de alguns formatos, mas neste momento não me recordo quais são (alguns foram entretanto acrescentados). Quando me surgir um desses casos colocarei aqui.--- Darwin Alô? 15h46min de 16 de abril de 2010 (UTC)

Adicionei mais um argumento, "redir", o qual permite que {{Redirect}} também seja fundida. Quanto à que fica de fora, {{Desambiguação-redirect}}, acho que é completamente redundante, roçando o absurdo, já que a ideia de todas estas predefs é ajudar quem foi parar à página que não queria, pelo que é desnecessária a introdução. --Stegop (discussão) 20h55min de 16 de abril de 2010 (UTC)

Passou uma semana e ninguém diz mais nada? Devo assumir que {{Ver desambig}} está aprovada para substituir as outras? --Stegop (discussão) 21h51min de 23 de abril de 2010 (UTC)
Por mim sim, há uns tempos que já só tenho usado essa mesmo.--- Darwin Alô? 03h23min de 25 de abril de 2010 (UTC)
Mas antes de apagar é bom substituir as antigas na documentação pra referencia.--Lépton msg 10h08min de 25 de abril de 2010 (UTC)
Lepton: Não percebi o que quer dizer. Dado que está fora do meu alcance corrigir todos os afluentes (já o fiz para duas ou três há alguns dias, cujas antigas predefs já foram apagadas), estava a pensar começar por alterar as antigas no sentido de chamarem a {{Ver desambig}}. Aliás, tab. já o tinha feito, mas as alterações foram revertidas, o que até foi (ou poderia ter sido...) bom para haver mais discussão. --Stegop (discussão) 16h35min de 25 de abril de 2010 (UTC)
  • Se ninguém se opuser, amanhã modifico as diversas predefs para na prática passarem a ser redir's para {{Ver desambig}}. Ok? --Stegop (discussão) 23h14min de 27 de abril de 2010 (UTC)
Não me referi a imediatamente, na verdade estava msm a pensar no longo prazo. Eu nunca vi qtos afluentes estas predefs tem. Achava melhor depreciar elas e modificar o código do Rj pra ir fazendo a substituição, aí aos poucos os afluentes vão acabando. não gosto da ideia destas mtas transclusões, supondo que somados todos os afluentes sejam milhares.--Lépton msg 05h06min de 28 de abril de 2010 (UTC)
Qual é o problema das transclusões? É só um "nível" e, bem simples, nada que se compare, por exemplo, com {{Link}} ou {{Link2}}. Quanto a mim a substituição imediata, por via da transclusão, tem a vantagem importante das pessoas se habituarem a ver só o novo formato, e não se correr o risco de alguns ir repor as predefs antigas depois dos bots e AWB's as terem substituido pela nova. Por outro lado, caso se dê o caso, novamente, da predef nova desagradar a alguém, esta é a melhor forma de o descobrir. --Stegop (discussão) 16h02min de 28 de abril de 2010 (UTC)

Quadro no mediawiki das desambiguações[editar código-fonte]

O Goethe deu a ideia de colocar o quadro que o Stegop trouxe para cá no media wiki das desambigs, alguém se opõem? Me parece uma ótima ideia, e se ninguém discordar peço para adicionarem.--Lépton msg 02h58min de 30 de maio de 2010 (UTC)

Ao que parece não existe mediawiki de desambiguação, é o mesmo do domínio principal. Será que tem jeito de fazer aparecer por meio de categorias e ou a predef desambiguação?--Lépton msg 17h17min de 3 de junho de 2010 (UTC)

minidesambiguação[editar código-fonte]

Falta inlcuir no quadro referências à predefinição {{minidesambiguação}}! Dreispt (discussão) 08h19min de 1 de setembro de 2010 (UTC)

todas foram fundidas na {{Ver desambig}}, falta é colocar a sintaxe dela no quadro pra cada caso. melhor esperar o Stegop que parece conhecer melhor ela.--Lépton 15h46min de 1 de setembro de 2010 (UTC)
Nem sabia que {{Minidesambiguação}} existia... Não passa de um redir para {{Minidesambig}}. Já a inclui na documentação. --Stegop (discussão) 19h23min de 1 de setembro de 2010 (UTC)

Proposta de alteração de "Conteúdo e formato"[editar código-fonte]

No seguimento da discussão tida em Esplanada/propostas, proponho que a secção "Conteúdo e formato" fique com o seguinte aspeto:

Conteúdo e formato[editar código-fonte]

No início de uma página de desambiguação deve ser acrescentado o código (predefinição): {{Desambiguação}} que gera o texto:





Após esta mensagem, devem ser listados os artigos de mesmo nome. A categoria desambiguação contém muitos exemplos; tente escolher para modelo um que respeite as seguintes recomendações:


Páginas de desambiguação não são artigos,
são auxiliares de navegação
Os leitores chegam a estas páginas procurando por um artigo específico, pelo que, no que toca a editar estas páginas:
CERTO:
Green check.png Estar familiarizado com as recomendações desta página.
Green check.png Colocar o link no início de cada entrada sempre que possível.
Green check.png Usar descrições curtas.
Green check.png Estruturar a página de modo a simplificar a navegação.
Green check.png Usar fragmentos e não frases completas nas entradas.
Green check.png Colocar o tópico primário no início caso ele exista.
Green check.png Incluir link(s) para o Wikcionário quando isso for apropriado, como alternativa à inclusão da definição ou da origem de termos.[a]
Green check.png Corrija as páginas afluentes para que apontem para os artigos corretos e não para a desambiguação.
Green check.png Pondere seriamente a fusão de desambiguações.
NÃO FAZER:
Red x.svg Não criar páginas de desambiguação quando existirem menos de três verbetes (links azuis).[b]
Red x.svg Não incluir definições de dicionário.[a]
Red x.svg Não incluir entradas sem link para uma página desambiguada.
Red x.svg Não colocar mais do que um link azul em cada entrada.
Red x.svg Não incluir referências ou links externos.
Red x.svg Não incluir links vermelhos se o título puder ter variantes ou dificilmente dê origem a um bom artigo.
Red x.svg Não incluir todos os artigos que contêm o título.
Red x.svg Não use pipes (|) nos links.
Red x.svg Não use temas vagos para estruturar a página.
Red x.svg Não termine as entradas com tipo algum de pontuação.
[a] ^ Os links para o Wikcionário devem ser incluídos usando os argumentos wkt, wkt1 e wkt2 de {{Desambiguação}}.
[b] ^ Quando existirem apenas dois verbetes a desambiguar, inclua {{Ver desambig}} nas páginas a desambiguar. Não crie páginas desambiguação com menos de três links azuis, exceto quando não tiver muito sentido que o termo desambiguado seja redirecionado para um dos títulos a desambiguar; exemplo: Vizsla — o nome é usado para ambas as raças.

Bons exemplos:

Maus exemplos:

  • Abderramão — Descrições muito extensas; caricatamente, as descrições extensas são mais informativas sobre os respetivos biografados do que a totalidade do verbete sobre Abderramão IV.
  • Aberto (desambiguação) — Exemplo ilustrativo de "não incluir todas as páginas que contêm o título", principalmente porque o mais provável é que isso seja impossível de garantir, pois estão sempre a surgir novas páginas, ou se acontecer o número de entradas na lista é tal que ela se torna pouco útil para consulta.
  • Macho (desambiguação) — Exemplo ilustrativo de "desambig.s não são artigos"; a intenção parece ser explicar quais são os signficados de "macho", em vez de direccionar claramente para as páginas cujo conteúdo seja tal que um consulente possa pensar que o vai encontrar numa página cujo título é simplesmente "macho".



--Stegop (discussão) 23h59min de 27 de setembro de 2010 (UTC)

Revisão e ampliação do texto: Stegop (discussão) 02h25min de 2 de outubro de 2010 (UTC)

Comentários à proposta de alteração[editar código-fonte]

28-30-set-2010[editar código-fonte]
Sugiro apenas colocar exemplos. - Dehsim? 00h11min de 28 de setembro de 2010 (UTC)
Exemplos para páginas de desambig? Isso fica uma confusão! Se se refere a exemplos das predefs, é só clicar nelas. --Stegop (discussão) 00h35min de 28 de setembro de 2010 (UTC)
Confusão? Links para exemplos bem sucedidos causam confusão? Exemplos geralmente evitam erros, mas se diz... - Dehsim? 14h51min de 28 de setembro de 2010 (UTC)
Tem razão! Estupidez minha, nem me lembrei que os exemplos podiam ser apenas links e não texto que constasse diretamente na página. Tem alguma sugestão para exemplos? --Stegop (discussão) 18h01min de 28 de setembro de 2010 (UTC)
Na ginástica temos este. Tem aquele caso do Vizsla. Tem ainda o americano. Acho páginas de desambiguações bem sucedidas.
Puxa, Deh, tirando o Vizsla, que é excelente para exemplificar uma exceção à regra que é admissível, todos os os outros desrespeitam o que consta do quadro. --Stegop (discussão) 20h35min de 28 de setembro de 2010 (UTC)
Desrespeitam em que sentido? - Dehsim? 20h51min de 28 de setembro de 2010 (UTC)
  • Americano: «Não incluir todos os artigos que contêm o título.» Não tem sentido incluir, por exemplo, nenhum dos links de futebol nem "Urrador americano", já que quase certamente haverá muitos mais casos de "XPTO americano" ou "XPTO americana". Americana (gênero musical) está "escondido".
Sobre o americano, se é página de desambiguação, deve conter todos que tenham a palavra americano no início. Se está proibindo isso, não entendo a razão. O resto, pode ajustar para servir de exemplo. Sobre a ginástica, trata-se do mesmo assunto, logo, inserir ligações externas não causa prejuízo nenhum, ao contrário, o link leva o usuário para a entidade máxima destas modalidades (na qual pode conferir uma por uma), menos prejuízo ainda a navbox - estritamente ligad ao assunto, torna a busca mais simples, já que posso ir direto à edição que desejo - e o portal causam. Abraços! - Dehsim? 22h00min de 28 de setembro de 2010 (UTC)
  • Americano:
    • Não me parece que a desambig deva incluir todos os títulos que comecem pelo termo desambiguado; "Especial:Índice_por_prefixo" é muito mais eficiente e existe {{Desambig-busca}} para simplificar a criação do link respetivo. No caso específico, talvez o que fizesse sentido era existir uma desambig de "Americano Futebol Clube" e ela fosse mencionada na desambig de "Americano".
    • Mas enfim, admito que não é grave que os "Americano(s) Futebol Clube" lá figurem. Em "Carro americano" conviria deixar claro que ele é muitas vezes conhecido apenas como "americano". Se isso não acontecesse, não faria sentido lá estar.
    • Esconder os verdadeiros títulos dos verbetes não ajuda nada a desambiguar, antes pelo contrário, e dificulta a vida a quem procura qual o wikilink a usar nas suas edições. Exemplos: Americano e Americano.
    • Algumas entradas teem mais do que um link, o que, mais uma vez, vai contra a simplificação da desambig - a leitura é mais fácil se cada entrada corresponder apenas a um título desambiguado.
  • Campeonato Mundial de Ginástica: Tem alguma razão naquilo que diz, só que ao apontar uma desambig com navbox e links externos como "bom exemplo" está a abrir um precedente para a balbúrdia. Além disso, há uma razão técnica muito forte para evitar links que não apontem para títulos desambiguados: a desambiguação assistida, por exemplo do Wikicleaner e do AWB, criam uma lista todos os links da desambig, e se houver links que não correspondem a títulos desambiguados, fica mais complicado de usar a ferramenta, além de ser mais provável cometer erros.

Vou ver se encontro o que quanto a mim são bons e maus exemplos. Um abraço. --Stegop (discussão) 12h35min de 30 de setembro de 2010 (UTC)

02-out-2010[editar código-fonte]

Ampliei o texto para incluir a menção da exceção da regra de "pelo menos três termos desambiguados" e alguns bons e maus exemplos. --Stegop (discussão) 02h25min de 2 de outubro de 2010 (UTC)

Eu discordo em absoluto de que vire bagunça o fato de haver ligações externas quando é tratado o mesmo assunto, do mesmo meio e que só leve àquela entidade, pois é o único caminho a seguir fora da Wiki. A navbox, é a mesma coisa. O assunto é um só, não tem cabeça que bagunce com aquilo ou precedente para zona. Vou ler as mudanças que efetuou, mas de já sou contra o comentário de abrir precedente. - Dehsim? 19h57min de 4 de outubro de 2010 (UTC)
Páginas de desambiguação não são artigos enciclopédicos, são assistentes de navegação. O leitor que vá parar ali, quer sair o mais rápido possível. Tudo o que for supérfluo, apenas distrai do essencial: "Eu quero ler sobre X, mas há 20 X's. Qual deles é o que eu quero?" GoEThe (discussão) 08h56min de 5 de outubro de 2010 (UTC)
Concordo com o Goethe. Além do mais, com a tendência que por aqui impera de bagunçar, basta haver a menção a um caso especial para que as regras sejam (ainda menos) respeitadas. Se a Deh fosse uma editora típica (no pior sentido) não precisaríamos de ter tanto cuidado. :D Se levarmos à letra a definição de "desambiguação", tal como ela aparece no cabeçalho de todas elas, Citação: «(é uma) lista artigos associados a um mesmo título» há por aí muitas desambig.s em que grande parte das entradas não devia lá estar. Apesar de aparentemente estar em minoria, fazem-me muita confusão, casos como Vicente e Igreja de São Vicente, por exemplo. Desculpem fugir do foco... --Stegop (discussão) 09h25min de 5 de outubro de 2010 (UTC)

Como sempre sou voto vencido. Façam da maneira que quiserem. Abraços! - Dehsim? 10h40min de 5 de outubro de 2010 (UTC)

A página Igreja de São Vicente parece-me perfeitamente normal para desambiguação, tirava apenas os links internos supérfluos. É uma lista de igrejas que pode ser conhecida localmente por Igreja de São Vicente. Não percebi muito bem. Em relação a Vicente, acho que não devia conter todas as pessoas que têm o nome vicente no seu nome completo, mas conter pessoas cujo "nome conhecido" seja "Fulano Vicente" (é muito comum as pessoas serem mencionadas apenas pelo último nome) e pessoas cujo primeiro nome seja Vicente, desde que sejam conhecidas por esse nome (se fosse Vincent, o Van Gogh deveria estar listado, assinava sempre com esse nome). Os Freis da página não seriam apanhados pelo índice de prefixo. Agora a capitania de são vicente e outros que tais são dispensáveis. GoEThe (discussão) 12h49min de 5 de outubro de 2010 (UTC)
Possivelmente não assim tão boa ideia discutir isto aqui, mas por outro lado, muitas vezes ajuda discutir casos concretos numa discussão genérica. No essencial concordo com isso aí em cima. A minha implicação com a Igreja de São Vicente são os excessivos links vermelhos, algo que já foi debatido há uns meses aqui, os links para títulos não desambiguados e os links com pipes apontando para o mesmo verbete. Já quanto ao Vicente, expliquei as razões na PE — é certo que nunca se pode garantir que uma desambig esteja completa e atualizada, mas deve-se evitar isso ao máximo, pois engana-se o consulente (eu próprio dou por mim muitas vezes a esquecer-me de usar a busca quando existe uma desambig) e em todos os casos como esses do "Vicente" que eu conheço nunca ninguém se dá ao trabalho de completar, mas apenas de colocar um ou outro nome, muitas vezes bem menos relevantes para a desambig do que os que lá faltam. --Stegop (discussão) 18h20min de 5 de outubro de 2010 (UTC)

Referências em desambiguações[editar código-fonte]

Acho que essa regra deve ser flexibilizada. Não precisa por referências quando os artigos principais já tem, mas quando o artigo principal não tiver sido escrito, é obrigatório colocar uma referência, que será transposta para o artigo principal quando ele for criado.

Por exemplo, quando eu criei Anfótero (desambiguação), citei 2 personagens mitológicos e 1 histórico que não tem artigo - deveria ter colocado refs.

Outra: Tersandro (desambiguação). Inclui dois personagens menores, ainda sem artigo, mas eu incluí as refs, para facilitar quando os artigos forem criados. Albmont (discussão) 10h50min de 18 de dezembro de 2010 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo A ideia parece boa à primeira vista, mas tal como já foi discutido acima, desambiguação não é artigo, é auxiliar de navegação, ou seja uma espécie de índice do que existe, sob pena de ser pouco útil e induzir em erros. Os links vermelhos devem ser evitados em desambiguações, principalmente porque diminuem muito a utilidade das ferramentas de desambiguação (por exemplo do AWB e http://toolserver.org/~dispenser/cgi-bin/dablinks.py) e porque em muitos dos casos (creio mesmo que na maioria) os artigos acabam por ser criados com títulos diferentes dos que constam na desambig, acabando esta por "ambiguar" em vez de desambiguar. --Stegop (discussão) 21h54min de 19 de dezembro de 2010 (UTC)

Negrito no link[editar código-fonte]

Não vi referência ao negrito na página, e mts desambigs usam o negrito nos links, enquanto outras não usam. Qual dos modos seguimos? Rjclaudio msg 22h31min de 11 de fevereiro de 2011 (UTC)

A desambiguação de artigos referentes a história e geografia[editar código-fonte]

Tenho observado a Wikipédia em muitos idiomas e pude verificar alguns padrões em desambiguação. Compartilho da ideia em que artigos que tratem de história e geografia sejam desambiguados com vírgula, como nas demais enciclopédias e na própia Wikipédia, em um grande número de idiomas. Como há um padrão em artigos que tratam de arte, o leitor observa o título em itálico e sabe do que se trata, assim também seria no caso da história e geografia e o parêntese não seria um instrumento tão genérico.

Como na história, em títulos de nobreza já existe algo parecido com este padrão, na geografia seria assim:

  • A desambiguação dos artigos, que necessitam utilizar como referência o local onde se incerem, seria grafada desta maneira:
Ananás, município brasileiro do estado do Tocantins >>> Ananás, Tocantins
Trindade, município brasileiro do estado do Pernambuco >>> Trindade, Parmanbuco
  • Artigos que se utilizam da qualidade do local na desambiguação, não mudariam.
Itaim, distrito brasileiro da cidade de guarulhos === Itaim (distrito de guarulhos)

Peço a atenção de todos a este debate. Vote, deixe sua opinião. Afinal somos nós que fazemos este site, com ideias novas e democracia.--Ismael Silva Oliveira (discussão) 04h48min de 16 de junho de 2011 (UTC)

Pessoalmente acho mais natural e fácil de perceber a forma com parêntesis: Itaim (distrito de Guarulhos). --DReispt msg 07h12min de 16 de junho de 2011 (UTC)
Tendo a concordar com o DReispt, ou seja Symbol declined.svg Discordo da proposta. Mas se estivessem em causa apenas 3 dúzias de artigos, até me abstinha. Na situação atual, mudar o padrão vai significar que durante ANOS vai haver dois padrões, o que é mil vezes pior do que o padrão não ser o melhor. --Stegop (discussão) 09h56min de 16 de junho de 2011 (UTC)
  • Também Symbol declined.svg Discordo da proposta, não vejo motivo válido para deixar de usar o padrão atual. RafaAzevedo disc 11h25min de 16 de junho de 2011 (UTC)

Uma desambiguação dentro da outra[editar código-fonte]

Conforme discussão em Wikipédia:Esplanada/geral/Desambiguação de nomes romanos (20out2011), fiz, de forma experimental, a limpeza da desambiguação Pisão, retirando dela todos os Lúcio Calpúrnio Pisão e reincluindo via Wikipédia:Transclusão. Por favor dêem uma olhada, se ficou legal, talvez seja o caso de definir como padrão. Albmont (discussão) 11h10min de 10 de novembro de 2011 (UTC)

É só uma opinião, mas acho que é complicar. Parece-me mais natural Pisão fazer uma ligação interna para a desambiguação Lúcio Calpúrnio Pisão, possivelmente sob um título "Ver também". --DReispt msg 14h13min de 10 de novembro de 2011 (UTC)

Não está claro[editar código-fonte]

A função das páginas de desambiguação é orientar o usuário que está buscando por um tema ao artigo específico sobre aquilo. Atualmente grande parte das desambiguações da PT são listas de pessoas com um determinado nome que não é em nada ambíguo (ver John, Allen e Bill, por exemplo). Quem procurando por Bill Gates ou Clinton iria buscar "Bill"? As desambiguações devem vir quando dois artigos são homônimos a ponto de causar confusão, como em Lom, por exemplo (por isso chamam-se "páginas de desambiguação"). Acredito que faltam predefinições de aviso e de marcação de páginas para os editores que patrulham e que esclarecer este problema de listagem nesta página aqui é fundamental. --Feen (discussão) 11h41min de 16 de dezembro de 2011 (UTC)

Bem observado! Todos os dias sou tentado a enviar para WP:ESR páginas dessas ou encurtá-las severamente retirando as entradas que não deviam lá estar, mas falta-me o alento para combater mais essa guerra. O absuurdo é tal, que em muitos casos há imensos (exemplo fictício) "X João Y" na desambiguação de "João" e depois são omissos o "Rio João", "João (cidade)", "João (montanha)", "O João (filme)", etc. Creio que é mais uma consequência de uma certa mentalidade muito disseminada de encarar a Wikipédia como um almanaque de celebridades. --Stegop (discussão) 18h11min de 16 de dezembro de 2011 (UTC)
Sugiro a adição do seguinte bloco:
==Função e inclusão==
Tenha em mente, ao editar e criar páginas de desambiguação, que a função destas não é agregar artigos que compartilham um mesmo nome, mas sim resolver a confusão que pode ser causada quando um termo de busca ou uma ligação é feita para o termo. Por exemplo: uma pessoa que está procurando pela localidade de Adams, nos Estados Unidos, pode estar se referindo a quase uma dezena de locais de nome idêntico. Contudo, se estivesse procurando pelo autor Douglas Adams, conhecido sempre desta forma e nunca como "Adams", seria extremamente difícil que uma busca ou ligação relacionada a ele fosse ser feita para "Adams" e não "Douglas Adams".
Por este motivo, é inútil acrescentar itens e itens que relacionam-se a um mesmo termo desambiguado pois perde-se o que realmente se quer dizer com ambíguo e torna a página confusa e repleta de ligações que irão desorientar muito mais do que orientar os usuários.
A EN sofre de um problema semelhante e igualmente ruim, eles possuem páginas de desambiguação tão caóticas quanto as nossas, mas o equivalente deles a esta página nem chega a ser incisivo, passa por cima como se os editores não entendessem muito bem o problema. Creio que o item 2.1 da página atual, Desambiguar pessoas, está vago e seria digno de certa discussão. O item "Não incluir todos os artigos que contêm o título" poderia ser mais esclarecido pois, recentemente, um editor com que discuti este problema demonstrou interpretar como um porto seguro para adicionar um monte de nomes não-ambíguos, contando que não sejam todos. E já que estamos aqui, outra mudança que poderia ser benéfica nesta limpeza é uma nova visão sobre a colocação de ligações vermelhas (!) em desambiguações, embora eu não tenha algo a acrescentar por estar indeciso sobre o tópico. --Feen (discussão) 20h16min de 16 de dezembro de 2011 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a inclusão da secção proposta. Quanto a links vermelhos, já existe «Não incluir links vermelhos se o título puder ter variantes ou dificilmente dê origem a um bom artigo.» na secção "Conteúdo e formato", mas acho boa ideia que se explique que os links vermelhos são sempre de evitar. Cada vez que faço uma empreitada de revisão de desambigs encontro várias delas com falsos links vermelhos, isto é, links vermelhos para temas que têm artigos com outros títulos e isto é desastroso para o consulente, pois fica a pensar que o artigo ainda não existe. No caso dessas desambigs de igrejas como a apontada, já corrigi umas quantas e pelo menos uma tinha mais falsos links vermelhos do que links azuis.

Outra coisa que seria bom deixar explícito é que desambig não só não é artigo, mas também não é lista. Pode-se inclusivamente explicar que quando se querem indicar links vermelhos, o que se deve fazer é uma lista. --Stegop (discussão) 01h17min de 17 de dezembro de 2011 (UTC)

Sendo assim, acredito que é mais maléfica a adição de ligações vermelhas ainda que na boa fé de que será criado um dia com aquele exato título do que remover para manter uma desambiguação mais eficiente e deixar que sejam adicionados os termos quando os artigos forem criados, de maneira mais prática. Incorporando o desenvolvimento que fizeste sobre minha proposta e de acordo com suas observações, gostaria de expandir para a seguinte revisão:
==Função e inclusão==
Tenha em mente, ao editar e criar páginas de desambiguação, que a função destas não é listar artigos que compartilham um mesmo nome ou elaborar sobre as variedades, mas sim resolver a confusão que pode ser causada quando um termo de busca ou uma ligação é feita para o termo.
Por exemplo, um usuário que está procurando pela localidade de Adams, nos Estados Unidos, pode estar se referindo a quase uma dezena de locais de nome idêntico. Contudo, se estivesse procurando pelo escritor inglês Douglas Adams, conhecido sempre desta forma e nunca somente como "Adams", seria extremamente difícil que uma busca ou ligação relacionada a ele fosse ser feita para "Adams" e não "Douglas Adams".
As desambiguações são páginas para auxiliar o usuário e levá-lo ao artigo que procura, não agregam conteúdo. Sendo assim, não convém criar longas listas de termos ou falar sobre o nome desambiguado. Para o primeiro, faça um anexo e para o segundo, considere criar um verbete no Wikcionário.
Juntamente com a mudança de "Não incluir links vermelhos se o título puder ter variantes ou dificilmente dê origem a um bom artigo" para algo mais afirmativo (julgo o estado atual vago, principalmente quando diz "puder ter variantes" ou "bom artigo") como vetar as ligações vermelhas em desambiguações. Acredito ser este o melhor caminho pois, mesmo entendendo os benefícios de ligações vermelhas pela Wiki e já tendo as abraçado em minhas edições, vejo apenas o lado negativo no caso das desambiguações, que como auxiliares somente depreciam-se com as ligações vermelhas. Esta nova revisão deve lidar com os problemas salientados agora e ainda lida com um problema também muito presente nas desambiguações: seu uso para agregar conteúdo lexical sobre um nome próprio. Creio que o melhor curso de ação neste respeito é este, embora não veja grande problema em fazer artigos para nomes. O que me aparenta problemático é utilizar páginas de desambiguação como artigos, como muitas fazem atualmente, quando o conteúdo poderia estar em sua própria página ou no Wikcionário, que pretende de fato agregar palavras e não artigos enciclopédicos. --Feen (discussão) 02h55min de 17 de dezembro de 2011 (UTC)

Desambig's[editar código-fonte]

transferido das páginas de discussão respectivas

Caro Lije. Discordo completamente das suas reversões, que vão contra WP:DES, cujo texto foi aprovado por consenso apesar de não ser sequer recomendação. Desambig não é lista e a probabilidade de muitos dos artigos serem criados com outros títulos, ficando vermelhos na suposta desambiguação é elevadíssima. Só quem não verifica desambigs de vez em quando é que não sabe disso. É de longe preferível que uma desambig esteja incompleta do que ter falsos links vermelhos. Já para não falar que aquelas aberrações invalidam o uso de ferramentas de desambiguação. --Stegop (discussão) 14h57min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)

Compreende-se que haja discordância. Percebe-se que tem um gosto especial pelo assunto das desambiguações e por aquela página informativa em especial, cf se pode comprovar pela leitura das páginas:

  1. Wikipédia:Esplanada/propostas/Unificação de predef.s "ver desambiguação" (8abr2010)
  2. Wikipédia:Esplanada/propostas/Uma desambiguação dentro da outra (10nov2011)
  3. Wikipédia:Esplanada/propostas/Adoção do formato de desambiguações da en.wp (8abr2010)
  4. Wikipédia:Esplanada/propostas/Inclusão de recomendação em Wikipedia-Desambiguação (12set2010)
  5. Wikipédia:Esplanada/geral/Conteúdo e formato de desambiguações (25abr2010)
  6. Wikipédia:Esplanada/geral/Desambiguação de nomes romanos (20out2011)
  7. Wikipédia:Esplanada/geral/Formato, livro de estilo para desambiguações (13mar2010)
  8. Wikipédia:Esplanada/geral/Páginas de desambiguação (27nov2010)
  9. Wikipédia:Esplanada/geral/Normalização do formato de desambiguações (23jan2010)
  10. Wikipédia:Esplanada/geral/Apelo: Criação de desambigs e afluentes (2set2011)

Não posso deixar de notar que várias vezes foi referida a pouca participação e que uma série de páginas (na esplanada) acima foram apenas participadas por uma única pessoa, é um facto. Concordo que realmente o assunto tem tido pouca participação. Quanto ao artigo informativo, nomeadamente aos TODO e ao NOT TODO, compreendo que Os colegas da en.wp são especialmente cuidadosos com páginas de desambiguação, sim, estão uns anitos à nossa frente e com discussões bem mais participadas, ou que não se entende é que se tenha complicado algo que na wiki:en é simples como a água, basta comparar [1]. E aqui há um ponto fundamental, na adaptação que foi feita, que é a questão de se poderem colocar links vermelhos quando estes têm artigos afluentes, merece ser melhor debatido. Outra questão, em relação às desambigs particulares sobre património, é que estes têm sido feitos há longa data em função das listas e anexos existentes com base na info oficial do IGESPAR, o que dá um jeito particular para eventos como o Wiki Loves Monuments (e onde se tem tido cuidado de colocar links para designações o mais correctas possível). 'É de longe preferível que uma desambig esteja incompleta do que ter falsos links vermelhos é uma opinião, como eu tenho a minha e discordo dela, tanto mais que não entendo a questão de falsos links vermelhos. Poderia indicar esse tipo de links das desambiguações que editei?

Ao ler a página, sinceramente não compreendi as 2 frases (imagino um novato) [mais uma vez como se pode complicar algo que na wiki:en parece claro]:

  1. Não incluir entradas sem link para uma página desambiguada.
  2. Não incluir links vermelhos se o título puder ter variantes ou dificilmente dê origem a um bom artigo.

No primeiro, de todo; na segunda a referência a dificilmente dê origem a um bom artigo, que parece ser fruto de um medo qualquer, aliás como o medo dos links vermelhos e outros. No geral, a adaptação está boa, mas complicou-se naqueles pontos já focados. Vou passar a conversa para a página de discussão do artigo informativo, é melhor centralizar lá o debate. Lijealso (discussão) 16h04min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)


Aqui, basicamente, para além dos pontos atrás referidos, cabe-me reforçar a ideia que se complicou na adaptação da wiki:en quanto aos NOT TODO, mais precisamente na questão dos links vermelhos. Parece-me que o primeiro item é algo limitativo, Não criar páginas de desambiguação quando existirem menos de três verbetes (links azuis. Aqui, a minha posição é convergente com a posição da wiki:en, em que se podem colocar links vermelhos desde que possuam afluentes, e que julgo que é uma posição de bom senso e intermediária, que serve perfeitamente para conter alguns abusos. Lijealso (discussão) 16h04min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)

Detesto quando evocam o argumento de que "houve pouca participação"... Como é evidente pelos links acima (agradeço ao Lije por os apresentar), tentei fomentar a discussão durante NOVE meses. Quer dizer que nos assuntos em que há pouca participação nas discussões tem que se manter o status quo e que por isso se podem reverter uma série de edições baseado evocando que "houve pouca discussão" passados 15 meses sobre essa discussão? Estamos num projeto em que é frequente tomarem-se decisões em duas ou três semanas, por isso não aceito o argumento de "ter sido pouco debatido" - não foi mais debatido porque mais ninguém se mostrou interessado em debater, mas isso não torna mais válida a arbitrariedade de alguém vir reverter as edições de alguém que antes de fazer as coisas como acha melhor tentou por todos os meios conferir se haveria discórdia.
A minha posição em relação a links vermelhos em desambigs advém mais duma constatação prática (que só os poucos que se dão ao trabalho de verificar e melhorar desambigs é que se podem aperceber) que é muuuuiiiiito comum ter desambigs cheias de links vermelhos que afinal correspondem a artigos que existem com outros nomes, ao mesmo tempo que há uma série de títulos que não estavam na desambig que não constam lá. Essas tais listas desambigs sobre igrejas e património em geral estão cheias disso!
Uma desambig não é um artigo nem uma lista, uma espécie de índice, sob pena de ser muito pouco útil, senão mesmo contraproducente. Demasiada gente esquece-se disso, nomeadamente quando diz que essas desambigs sobre património "são úteis"; o seu conteúdo é útil, mas não como desambig. Eu não sou propriamente um novato, mas ainda me acontece com alguma frequência criar links vermelhos "falsos" por eles existirem como tal em desambigs. É claro que, se fizesse como muitos, para quem wikificar é escrever [[]] em volta de palavras, não me aperceberia disso. O busílis é que encontrar um link vermelho numa desambig leva qualquer um a assumir que o artigo ainda não existe, quando muitíssimas vezes isso não é verdade.
Nota: quem conheça as minhas edições facilmente verificará que não ou daqueles que escondem ou têm alguma coisa contra links vermelhos *em artigos*. Uso e abuso deles e acho preferível um link vermelho a um mínimo "X é Y".
Quanto às minhas edições de ontem à noite, revertidas pelo Lije: não me limitei a remover os links vermelhos, pu-las no padrão que consta desta recomendação de facto e verifiquei qual era o título real das páginas (que, por uma questão de clareza, é o que deve figurar na desambig). Não sei precisar, mas possivelmente mais de 20% dos títulos não correspondiam ao real, pelo que bastava quem tivesse criado o artigo se tivesse esquecido de criar o redir do título correto para estarmos a enganar o consulente. Em algumas das muitas "desambigs" maiores de igrejas já me dei (não ontem) ao trabalho fastidioso de tentar atualizá-las como deve ser e, surprise, surprise... A soma de links vermelhos falsos e títulos existentes que deviam constar mas não constavam era para aí 10 vezes superior ao número de links azuis. Acham que uma desambig dessas (antes da atualização) tem alguma utilidade que não seja enganar o consulente incauto?
Quanto ao "Não incluir entradas sem link para uma página desambiguada." serve para evitar que as desambigs se tornem numa entrada de dicionário ou um esboço de artigo e para enfatizar que uma desambig é basicamente uma lista de artigos cujo título pode ser ambíguo. Como o Goethe disse uma vez: uma desambig deve ser algo que serve para descobrir *rapidamente* qual(is) o(s) artigo(s) que andamos à procura e nada mais que isso.
Dito isto, é evidente que não me oponho a que se volte a discutir o assunto.
PS: Exceto por um ou outro pormenor cuja interpretação ou tradução pode ser dsicutível, não vejo qualquer diferença entre o guia da EN e este nosso. --Stegop (discussão) 19h12min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)


Pois pegando precisamente no post scriptum:

  • Don’t add entries without a blue link. X
  • Don’t put more than one blue link in an entry. OK
  • Don’t add references or external links. OK
  • Don’t add red links that aren't used in any articles.1 X
  • Don’t add every article that contains the title. OK
  • Don’t add dictionary definitions. OK
  • Don’t end entries in punctuation of any kind. OK
  • Don’t pipe links, unless formatting requires it. OK, mas alguma razão para não se ter incluído unless formatting requires it?
  • Don’t use vague subject areas for organization. OK

Resumindo, existem supostamente 2 pontos onde existe diferença:

  1. Don’t add entries without a blue link. X
  2. Don’t add red links that aren't used in any articles.1 X

O Não incluir entradas sem link para uma página desambiguada. era suposto corresponder ao Don’t add red links that aren't used in any articles? Se sim, está pouco claro, se não, acho que deve ser incluída/traduzida, ver a seguir.

Aqui o Don’t add entries without a blue link, que não foi traduzido, faz muita diferença (também em conjugação com o #2): isto permite precisamente facilitar a navegação, e na documentação wiki:en é explícito, mesmo que haja um link vermelho, adicionar um termo que possa guiar o leitor para um tema próximo; retirando as entradas com links vermelhos, tira essa possibilidade. No limite, nem é necessário a entrada ter link inicial (porque nem tudo pode ter artigo) mas pelo menos ter algo que informe, cf. argumento atrás: ter pelo menos um link azul, para orientar e guiar o utilizador na navegação. Acho que deu para perceber que o Don’t add entries without a blue link. é importante. Mas por cá, resolveu-se limitar a criação de desambiguações num artigo informativo, só aos casos em que existam 3 links iniciais a azul. Percebe-se a diferença, e percebe-se a limitação que isto impõe. Basicamente, o que pretende seria deitar o lixo para debaixo do tapete, mas pelo contrário, é informação relevante, que por cá parece não importar, mas na wiki:en parece importar. Estas ligeiras diferenças na transposição fazem toda a diferença, e no meu entender, desvirtuam o papel básico da enciclopédia, informar. Se está mal, corrija-se, trabalhe-se nos artigos, mas aqui parece-me que se tem sempre a tendência para se ir pelo caminho mais curto.

O Don’t add red links that aren't used in any articles.1 basicamente, é uma proposta intermediária, entre correr a tirar tudo o que é link vermelho e colocar tudo o que é link vermelho.

Deu para perceber que Exceto por um ou outro pormenor cuja interpretação ou tradução pode ser dsicutível, não vejo qualquer diferença entre o guia da EN e este nosso. não está conforme a realidade?

A minha proposta é basicamente propor que se inclua os itens #1 e #2 nos "a não fazer". E sim, é importante passar este tipo de coisas para o livro de estilo. Lijealso (discussão) 20h39min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)

EN:«Don’t add red links that aren't used in any articles» => (não literal, adaptado) «Não incluir links vermelhos se o título puder ter variantes ou dificilmente dê origem a um bom artigo.» Literal seria: não use links vermelhos (!...)
EN: «#Don’t add entries without a blue link» => PT:«Não incluir entradas sem link para uma página desambiguada.».
PS: Ao contrário da sua interpretação, juntando os dois itens que supostamente estão em falta, Curiosamente, se levarmos este item da EN à letra, ele proíbe a existência de links vermelhos tout court. --Stegop (discussão) 20h49min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)


EN:«Don’t add red links that aren't used in any articles» => (não literal, adaptado) «Não incluir links vermelhos se o título puder ter variantes ou dificilmente dê origem a um bom artigo.» Literal seria: não use links vermelhos (!...)

Errado: a tradução mais correcta e simples seria: Não adicione links que não sejam usados em nenhum artigo; ou, para mais entendidos: Não adicione links que não tenham afluentes, muito diferente de "não use links vermelhos (!...)", no limite. Pelo contrário, permite adicionar links vermelhos que tenham afluentes. E também não se percebe a inclusão de dificilmente dê origem a um bom artigo, isto é o quê? Em 2 pontos: subjectivo e limitativo - impõe uma barreira psicológica à criação de artigos. No entanto, até podemos perceber contradições, se no limite não use links vermelhos, o que acontece se eu tiver um link vermelho que facilmente dará um bom artigo? Já sei, retiro.

EN: «#Don’t add entries without a blue link» => PT:«Não incluir entradas sem link para uma página desambiguada.».

Errado, a tradução literal seria: Não adicione entradas sem ligações azuis. Neste último ponto, é importante salientar o que já disse atrás, mesmo que uma entrada não tenha link inicial ou link inicial a vermelho, deve-se colocar uma ligação a azul na descrição para orientar a pessoa a pelo menos navegar para assunto relacionado.

Ou seja, Curiosamente, se levarmos este item da EN à letra, ele proíbe a existência de links vermelhos tout court. - errado novamente e precisamente ao contrário.

Pelos vistos teremos que ter mais pessoas entendidas em traduções nesta discussão. Cumprs. Lijealso (discussão) 22h21min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)

Não é esse o meu entendimento. Uma das recomendações da EN é de só haja links para títulos ambíguos, pelo que isso que juntando que "todas as linhas devem ter um link" e "todas as linhas devem ter um link azul", o que se conclui? Em lado nenhum se fala em afluentes, eu interpreto o used in any articles com used *as title* by any article.
A existência de links para títulos não ambíguos tem implícita uma confusão comum, que é a de que as desambigs são artigos e/ou listas, isto é que elas próprias são informativas, o que está errado: elas devem apenas orientar o leitor para os artigos que podem ter essa informação. E há outro problema: em desambiguações maiores, complicam o uso das ferramentas de desambiguação assistida.
A ideia do trecho "dificilmente dê origem a um bom artigo" é evitar (ainda mais) os links vermelhos quando é difícil garantir que o artigo venha a ser criado com o título usado no link. Há imeeeeeensos casos em que a probabilidade de acertar com o título é muito mais baixa do que pode parecer. Tenho visto muitos exemplos disso nas desambigs de igrejas e não foi uma nem duas vezes que me aconteceu dar com links vermelhos criados por mim relativos a artigos que eu próprio criei: quando criei o link, ele parecia-me o mais adequado, mas quando criei o artigo, não só achei melhor outro título, como nem me ocorreu criar o do link vermelho anterior como redir. Isto apesar de normalmente abusar da criação de redirs para evitar falso links vermelhos.
Os falsos links vermelhos são muito mais comuns em temas estrangeiros (quando são línguas transliteradas), mas também ocorrem muito mais frequentemente do que possa parecer em temas mais lusófonos.
Quando escrevi o "dificilmente dê origem a um bom artigo" que, reconheço, pode gerar confusão, quis evitar ser demasiado radical, como são na EN, onde é raro ter qualquer link vermelho, suponho que por ser isso a recomendação.
A "solução" para os links vermelhos é muito simples (ou talvez não, devido a um certo preconceito absurdo que há por aqui contra as listas): criar listas e mencioná-las na desambig. --Stegop (discussão) 23h17min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)

1-março-2012[editar código-fonte]

  • Na minha opinião, quanto mais links vermelhos houver nas desambiguações, melhor. São artigos potenciais, em que uma parte do trabalho (que é descobrir qual é o título do artigo em português - sério, para história e mitologia, eu já deixei de criar artigos por não ter a mínima ideia do nome do personagem) já foi feita. E, se o link vermelho tiver referências, então 90% do trabalho já está feito. Albmont (discussão) 11h11min de 1 de março de 2012 (UTC)
Repito: essa função a que se refere o Albmont é para *listas*, as quais podem constar das desambigs. A bem da legibilidade e usabilidade, as desambigs devem ser basicamente índices de artigos existentes. --Stegop (discussão) 11h22min de 1 de março de 2012 (UTC)
Você acha, então, que coisas do tipo Laódice deveriam virar uma lista? Ou é melhor deixar como desambiguação, e ir escrevendo, aos poucos, os artigos de cada personagem? Albmont (discussão) 11h58min de 1 de março de 2012 (UTC)
Ainda não tenho uma opinião formada sobre o assunto, porém o problema prático a que o Stegop se refere faz bastante sentido nesse caso; é bem provável que alguém crie uma dessas páginas que estão em vermelho em Laódice sem usar a nomenclatura usada por quem criou a desambiguação ("Laódice (filha de Seleuco I Nicator)", por exemplo). Aí pouco tempo depois alguém passa por lá e cria o artigo com esse nome, e ficamos com dois artigos sobre o mesmo assunto. RafaAzevedo disc 12h09min de 1 de março de 2012 (UTC)
Supõe-se que a pessoa que criará tais artigos terá o trabalho mínimo de incluir algum interwiki ou de incluir a desambiguação; com isto, o segundo criador do artigo poderá verificar que o artigo anterior já existe. E, mesmo no caso de dois artigos sendo criados, o problema é mínimo, basta fazer uma "fusão nas coxas" na primeira oportunidade, e depois limpar. Se bem que ultimamente eu ando tão xiita de fontes que quando eu vejo dois artigos criados sobre o mesmo personagem e um (ou ambos) sem fontes eu apago tudo e transformo em redirect. Albmont (discussão) 12h24min de 1 de março de 2012 (UTC)
Citação: Supõe-se que a pessoa que criará tais artigos terá o trabalho mínimo de incluir algum interwiki ou de incluir a desambiguação; Pela minha experiência própria, jamais suponho isso; em todos os anos que editei aqui consigo contar nos dedos de uma mão o número de vezes que este tipo de coisa é feito. RafaAzevedo disc 12h29min de 1 de março de 2012 (UTC)

───────────────────────── Sim, era muito mais útil que existisse uma lista "Laódice" do que aquela mistura bem intencionada de artigo sumário com desambiguação, cheia de links que não correspondem a títulos ambíguos e que na prática dificilmente é utilizável por uma ferramenta de desambiguação. Como está, o que tem de eficácia em termos de informação (artigo) tem de ineficácia em termos de desambiguação (auxiliar de navegação/índice). --Stegop (discussão) 13h11min de 1 de março de 2012 (UTC)

Nós temos Anexo:Biografias: L, poderia fazer algo similar. Não sei se esses anexos de biografias seria similar a uma desambig (está no domínio anexo e não está com marca de desambig, então as regras de desambig não valem para lá?), ou a uma lista mesmo (com mais alguma informação, q é o q eu espero de um anexo para ter mais usabilidade). Nesse caso, poderia criar uma seção "#Laódice", ou mesmo uma subpágina.
Se bem q isso só passaria o problema de um lado para o outro, mas creio ser mais fácil alguém consultar (e colocar links) nessas listas de biografias q usar uma desambig.
Rjclaudio msg 15h23min de 1 de março de 2012 (UTC)

Nomes em desambiguações

Creio já ter sido falado sobre isso. Há quem seja contra listar nome de pessoas em desambiguações, porém atualmente há mts desambigs com nomes. Como teve uma PE recente, trago para a comunidade para termos uma discussão e uma regra mais ampla (ou aplicar / mudar uma regra existente).

As desambiguações devem conter uma lista de pessoas que tem o título da desambig em algum de seus nomes? Rjclaudio msg 12h20min de 17 de dezembro de 2012 (UTC)

A regra já existe em Citação: WP:DES#Conteúdo e formato escreveu: «Não incluir vários artigos não-ambíguos só porque compartilham o título» (a propósito, já era mais que tempo de classificar essa página como recomendação).
Desambiguação não é lista de títulos que contêm a palavra desambiguada. Na PE referida, à exceção de um dos Ralfs listados, não havia ambiguidade - se alguém notório (artista, desportista, etc.) é conhecido apenas por Ralf, aí há ambiguidade e esse Ralf deve lá figurar. Mas os restantes títulos que tenham Ralf, quer no princípio, quer no fim do nome, não devem estar na desambig. Outros argumentos, de índole prática, é que essas listas de nomes estão inevitavelmente desatualizadas e dificultam de sobremaneira quem anda à procura dos termos realmente ambíguos. --Stegop (discussão) 12h39min de 17 de dezembro de 2012 (UTC)
Ratifico o argumento do Stegop. A idéia de elevar o artigo informativo a recomendação me parece boa. E se for o caso, remover as listas de nomes de pessoas de outros artigos de nomes também. OTAVIO1981 (discussão) 13h18min de 17 de dezembro de 2012 (UTC)

(conflito de edições) Symbol question.svg Pergunta Será que se poderia arranjar uma forma de contentar ambos os pontos de vista?

Sugestão — Se as páginas de desambiguação fossem divididas em duas secções ? A primeira secção só com aqueles nomes que de facto têm mesmo necessidade absoluta da desambiguação por terem o nome totalmente igual. Na segunda secção os nomes que têm alguma coisa em comum mas que só por si não justificavam a criação de uma página de desambiguação.

Exemplo:

Pessoas

  • XXXXX (jornalista)
  • XXXXX (escritor)
  • XXXXX (artista)

Outros

  • AAA XXXXX BBBB
  • CCCC BBBB XXXXX
--João Carvalho deixar mensagem 13h26min de 17 de dezembro de 2012 (UTC)

Questão: estamos a falar de nomes ou de apelidos? De nomes até concordo: não faz sentido nenhum ter uma página de desambiguação com milhares de entradas para "João-qualquer-coisa" e outras coisas absurdas de considerar como ambíguas. No entanto, para apelidos o caso é radicalmente diferente e aí Symbol declined.svg Discordo veemente de os retirar da lista. Na maioria das publicações as pessoas são referidas pelo apelido e o que se retém é precisamente o apelido. Ainda há pouco precisei de procurar por Freud, um dos nomes maiores da pintura da actualidade, e não me lembrava de forma nenhuma do primeiro nome. Cheguei lá através de Freud (desambiguação). Polyethylen (discussão) 13h40min de 17 de dezembro de 2012 (UTC)

O caso dos apelidos (sobrenomes) não é assim tão diferente dos nomes próprios. Vou dar um exemplo: dificilmente alguém procurará simplesmente por "Salazar" se anda à procura do Abel Salazar; este é um caso semelhante a um Freud, ou Einstein; ou seja só tem sentido figurarem na desambigs as pessoas que são conhecidas apenas pelo seu sobrenome.
@João: repito, desambig não é lista, sob pena de se tornar muito pouco útil. Afinal, desambig é para facilitar a busca de termos ambíguos e "João Carvalho" não é ambíguo em relação a "Carvalho". Já para não falar que muita gente (eu nem por isso) questiona a validade de muitas listas de pessoas. Se acharem importante ter tais listas de pessoas de cujo nome faz parte a palavra X (afinal é disso que se trata, não de ambiguidades), então criem-se essas listas e refiram-se na desambig. Estou curioso de ver como é que isso se compatibiliza em termos de coerência com a sanha anti-listas de pessoas que há por aqui... ;-) --Stegop (discussão) 14h29min de 17 de dezembro de 2012 (UTC)
PS: Convém lembrar que para procurar o título com uma determinada palavra não é preciso existir desambig. A ferramenta de busca é muito mais eficiente e segura para isso! A principal utilidade da desambig é para *link internos*. Ora, "ninguém" vai linkar Amalia Freud ou Lucian Freud apenas como Freud. Em contrapartida, ter todos aqueles Freuds na desambig dificulta a vida a quem seguiu um link para Freud e se depara com uma lista de gente e/ou coisas que nunca são referidas apenas como "Freud". --Stegop (discussão) 14h38min de 17 de dezembro de 2012 (UTC)

Regras para incluir ligações para desambiguações em outros idiomas[editar código-fonte]

Está em discussão a forma como são interligadas as páginas de desambiguação entre os diversos idiomas: d:Wikidata:Project chat#Disambiguation page items. Helder 21h08min de 7 de março de 2013 (UTC)


Regras para utilização do sufixo (desambiguação) em títulos de nomes[editar código-fonte]

Qual é a regra definida pela Wikipédia para utilização do sufixo (desambiguação) em artigos com nome? O usuário @Stegop: e eu estamos em dúvida pois ele afirma que não se deve usar esse tipo de sufixo em artigos como Tiago e José, os quais eu tinha movido para Tiago (desambiguação) e José (desambiguação) e ele voltou as minhas alterações. A minha dúvida é como faremos com outros artigos como Patrícia (desambiguação), Jerónimo (desambiguação), Muhammad Ali (desambiguação), Osvaldo Cruz (desambiguação), Nazareth (desambiguação), entre outros tantos? Raphael Figueira (discussão) 19h14min de 12 de novembro de 2016 (UTC)

Proposta de alteração da redação[editar código-fonte]

Comentários[editar código-fonte]

Honestamente, esta página não é muito clara (o que não é muito surpreendente). Quando esta página fala de "mesma grafia" ou "títulos homônimos", ela refere-se a uma palavra que é usada para diferentes conceitos (em outras palavras, uma palavra polissémica). Os títulos dos artigos usados na Wikipédia não são relevantes para definir se o artigo deve estar incluído na página de desambiguação ou não -- o que importa é se o termo ambíguo pode ser usado para um certo conceito. (Por exemplo, veja o artigo Manga: está lá linkado o artigo Agenor Gomes, que por mais que "Manga" não esteja no nome ou no título do artigo, o termo pode referir-se à pessoa do artigo, e é isto que vale.) Acho que podíamos usar esta proposta para esclarecer pontos obscuros, contraditórios, ou simplesmente não mencionados atualmente na página. Mas esta página em si é simplesmente uma página informativa, não uma política ou recomendação, então acho que podia ser ousado e editar a página. (Bem, talvez não devesse porque esta proposta vem de uma discussão, mas a própria discussão não devia ter mencionado esta página porque, de novo, não é uma política ou recomendação.) De acordo com o título que tinha, na realidade, ela faz/fazia parte do Guia de Edição, mas porque o texto é extenso e discute pontos não estritamente relacionados a edição, achei melhor que o título fosse alterado. Enfim, não acho que esta página esteja desacordo com o que se pratica na Wikipédia, mas apenas acho que este ponto possa ser melhor esclarecido.

De qualquer modo, quanto à discussão sobre o artigo Lagartixa, sou a favor de ser mantida porque o ponto da página de desambiguação é que o termo "lagartixa" é ambíguo, e pode referir-se a animais de três famílias diferentes. O facto de os artigos citados na página de desambiguação não terem "Lagartixa" como parte do título é irrelevante; o que importa é a palavra lagartixa poder ser usada para referir-se aos conceitos dos artigos (no caso os animais) -- é esta a função de uma página de desambiguação. Para esclarecer o ponto que estou a fazer, digamos uma pessoa está a buscar lagartixa na Wikipédia. A palavra lagartixa ser usada por pessoas para referir-se a três famílias distintas. Digamos que esta pessoa está em busca do artigo que fala sobre animais da família Gekkonidae, porque é como ela chama animais dessa família. Ela não devia ser obrigada a saber o título do artigo na Wikipédia, então a página de desambiguação ajudaria o(a) leitor(a) a encontrar o artigo correto. Por isso é importante que esta página e outras semelhantes sejam mantidas. --CaiusSPQR(discussão) 06h37min de 20 de julho de 2020 (UTC)

Como uma solução, acho que o texto na introdução e na secção Deciding to disambiguate (exceto a subsecção Broad-concept articles, que não está relacionada a esta discussão) em en:Wikipedia:Disambiguation é bastante claro. Acho que podíamos usá-lo nesta Wikipédia -- claro, adaptando o que for necessário -- em vez da introdução e a secção Onde fica a desambiguação (exceto as subsecções Conteúdo e formato, e Função e inclusão). Termos atualmente usados como "homônimos" e "mais importante o outro ou a soma dos outros" são demasiado confusos. Por exemplo, nem sequer penso que o termo mais apropriado devesse ser homónimo, mas sim polissémico. No entanto, mesmo este último não é um termo claro também, e por isso não acho que devíamos usar termos para explicar o tópico; devíamos usar exemplos, tal como a enwiki usa. O que acham? --CaiusSPQR(discussão) 07h02min de 20 de julho de 2020 (UTC)

@CaiusSPQR: concordo que a frase "mais importante que a soma dos outros" é confusa. Parece querer demonstrar que há uma lógica matemática para esse tema. Quanto ao texto na en-wiki, vou ler e depois dou uma opinião.--PauloMSimoes (discussão) 07h17min de 20 de julho de 2020 (UTC)

A nota b já indica a solução para o caso da Lagartixa. Concordo que o texto pode ser melhorado e proponho que pelo menos essa nota seja movida para o texto principal, para que não cause estas dúvidas. GoEThe (discussão) 11h28min de 20 de julho de 2020 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Desculpem, mas acho que estão procurando pelo em ovo. A solução que eu dei à página, talvez com um ou outro ajuste, já resolve o problema. E qual é? Simples, o termo lagartixa é usado para diferentes espécies, conforme a região. E o que fazer? Privilegiar uma dessas espécies (direcionando o termo para lá), e os leitores das outras regiões que se lixem? Não. Para isso existe a desambiguação, cuja nota b, conforme bem apontou o GoEThe (com mais objetividade que eu), já desfaz todas as dúvidas acima. Yanguas diz!-fiz 20h42min de 20 de julho de 2020 (UTC)

Caros @Yanguas, GoEThe e CaiusSPQR: questionei a página "Lagartixa" por duas razões: eram duas ligações, o que ia contra a recomendação - que foi resolvido pelo Yanguas, e o fato de que os títulos dos artigos listados não terem a mesma grafia. Se houve razões para criar a desambiguação desta forma, que foram explicadas acima, tudo bem - pode-se até mesmo encerrar aquela página de EC. Mas confesso que não me dava conta que uma desambiguação de títulos podem ocorrer mesmo quando não forem com a mesma grafia, como no exemplo acima dado pelo CaiusSPQR, e outros como em Lagarto (desambiguação). Quando vi que a desambiguação "Lagartixa" era para dois artigos com títulos completamente diferentes, achei estranho. Como mencionou o CaiusSPQR, são casos de polissemia. Com todas as explicações dadas e a inclusão feita pelo Yanguas, não mais estou questionando a página "Lagartixa", mas sim a página WP:Desambiguação, que não faz referência clara a esses casos. A mencionada "nota b" pelo GoEThe - Citação: Quando existirem apenas dois verbetes a desambiguar, inclua {{Ver desambig}} nas páginas a desambiguar. Não crie páginas desambiguação com menos de três ligações azuis, exceto quando não tiver muito sentido que o termo desambiguado seja redirecionado para um dos títulos a desambiguar; exemplo: Vizsla — o nome é usado para ambas as raças. - ao meu ver não explica claramente, pois ao final dá um exemplo de uma página eliminada. Se a página Lagartixa é um bom exemplo, pelo menos se poderia colocá-la no lugar de Vizsla no final da "nota b". E também incluir o nome técnico desses casos, alterando a frase final para "Não crie páginas desambiguação com menos de três ligações azuis, exceto quando não tiver muito sentido que o termo desambiguado seja redirecionado para um dos títulos a desambiguar, como nos casos de polissemia. (o destaque é o texto a adicionar). O que acham?--PauloMSimoes (discussão) 21h44min de 20 de julho de 2020 (UTC)
@PauloMSimoes: Esse texto proposto ainda é confuso. O trecho em si trata de não criar desambiguações quando há menos de três artigos existentes na Wikipédia (porque uma hatnote seria mais apropriada). Adicionar polissemia à exceção seria contraditório porque todos os casos de desambiguação são por causa de polissemia. Todos os termos em páginas de desambiguação precisam de ser desambiguados porque são ambíguos, e são ambíguos porque os termos são polissémicos -- em outras palavras, todas as palavras que estão em páginas de desambiguação são polissémicas (por isso o texto "tal palavra pode referir-se a").
Além disso, eu acho que faz mais sentido refazer o texto introdutório para que seja mais contextualizado, similarmente a como está na enwiki. (Nota: não precisamos de copiar o que está na enwiki; apenas estou a citá-la como referência por ter um texto claro). O texto deveria ser refeito porque a própria página em si começou como parte do Guia de Edição, que apenas diz como fazer algo, mas não discorre sobre o que esse algo é, ou porque (i.e. o argumento racional ou o propósito) existe. Eu acho, por exemplo, que a confusão que teve foi porque a página não é clara. Ter o propósito de páginas de desambiguação em mente pode ajudar a evitar problemas semelhantes, mas a página não explica seu propósito de uma forma clara (antes, fala sobre "mais importante ... que a soma dos outros"). Outro ponto a levar em consideração é que a página lida somente com páginas de desambiguação, mas há outros tipos de desambiguação na Wikipédia também, como a maioria de hatnotes. Eu argumento que tudo isto é devido ao facto de que a página não servia para este propósito -- era somente algo prático a explicar como criar uma página de desambiguação. Ao fim do dia, esta página não é material de uma recomendação ou política da Wikipédia. Por isso, não acho que apenas aplicar um penso rápido ao problema seja suficiente. No entanto, entendo se a maioria das pessoas discordar e quiser reescrever uma frase ou outra e marcar o problema como solucionado. --CaiusSPQR(discussão) 16h21min de 21 de julho de 2020 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário: eu concordo com GoEThe e Yanguas. Se é necessário um exemplo de uma página que exista (já que Vizsla foi eliminada), Guerra de Matabele, Maremoto, Seleção Brasileira de Voleibol, Política da Coreia podem substitui-la. --Luan (discussão) 17h14min de 21 de julho de 2020 (UTC)

Propostas[editar código-fonte]

Propostas atuais[editar código-fonte]

Última atualização: 23h37min de 31 de julho de 2020 (UTC)

A - Nova introdução para a página:

"Desambiguação é o processo usado na Wikipédia para solucionar conflitos que podem surgir da ambiguidade dos termos. Um exemplo é Rádio, que pode se referir, entre outros usos, a um recurso das telecomunicações, a um elemento químico ou a um osso do corpo humano.
Há três características importantes na desambiguação:
• Todos os artigos devem receber um título único. Por exemplo, três dos artigos que tratam do tema "Rádio" são chamados Rádio (telecomunicações), Rádio (elemento químico) e Rádio (osso).
• As ligações de termos ambíguos devem direcionar para o artigo correto. Por exemplo, um editor de química pode ter criado uma ligação para Rádio, e esta deve ser corrigida para direcionar a Rádio (elemento químico).
• Possibilitar que um leitor navegue rapidamente para qualquer um dos possíveis artigos desejados ao pesquisar por um termo ambíguo. Por exemplo, a página Rádio é uma página de desambiguação, uma página que lista os vários significados de "Rádio" e quais artigos o possuem como tema.
Essa página informativa discute quando e como utilizar a desambiguação.
"

B - Parágrafo a ser adicionado na introdução da seção "Onde fica a desambiguação":

"Note que o termo ambíguo não necessariamente deve estar no título para estar na página de desambiguação, porém sempre deve ser uma das opções pelo qual o tema do artigo é conhecido. Um exemplo é lagartixa, palavra usada para se referir a três famílias distintas (Gekkonidae, Lacertidae e Tropidurus), embora não seja o título do artigo de nenhuma delas."

Comentários sobre as propostas[editar código-fonte]

Concordo, o texto da página precisa ser mudado tanto para contemplar os casos em que o termo ambíguo não está no título quanto para esclarecer os casos em que é possível a desambiguação ter apenas duas ligações. Faço minhas propostas abaixo:

1 - Redação para a introdução:

"Frequentemente encontramos ligações que, pela ambiguidade do palavra ou expressão, direcionam para um artigo que não estamos procurando. Um exemplo é português, que pode se referir à Língua portuguesa, ao país Portugal, ao povo de Portugal ou ainda a uma antiga moeda desse país.
Por causa disso, existem as páginas de desambiguação, que possibilitam, quando o leitor pesquisa por um termo ambíguo, que ele navegue rapidamente para qualquer um dos possíveis artigos desejados."

2 - Texto da predefinição {{Desambiguação}}, de modo a eliminar essa ideia de que o termo ambíguo só pode estar no título:

"Esta é uma página de desambiguação que lista os artigos cujos temas podem ser denominados por uma mesma palavra ou expressão."

3 - Acrescentar esse paŕagrafo na introdução da seção "Onde fica a desambiguação", usando o exemplo de @CaiusSPQR:

"Note que o termo ambíguo não necessariamente deve estar no título para estar na página de desambiguação, porém sempre deve ser uma das opções pelo qual o tema do artigo é conhecido. Um exemplo é Manga, que entre suas ligações possui Agenor Gomes, pois é uma palavra que pode ser usada para se referir ao futebolista."

4 - Texto para a nota b (a princípio, não vejo uma forma de incorporá-la no texto do "Não Fazer" sem deixar o item gigante), usando um dos exemplos do @Luan:

"Quando existirem apenas dois verbetes a desambiguar, inclua {{Ver desambig}} nas páginas a desambiguar (ver a seção de predefinições abaixo). Não crie páginas desambiguação com menos de três ligações azuis, exceto quando um dos artigos não puder ser considerado como muito mais relevante, de modo que o redirecionamento para um dos dois não tenha muito sentido. Exemplo: Em Política da Coreia, a política da Coreia do Sul não é muito mais importante que a política da Coreia do Norte e vice-versa; não haveria sentido em criar um redirecionamento para o verbete da política de um dos dois países."

O que acham? --Psem25832 (discussão) 01h56min de 23 de julho de 2020 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário: Quanto à questão de "ser mais importante que o outro ou soma dos outros", acho interessante substituir a expressão por "ser principal" ou algo semelhante e criar uma seção própria para explicar isso melhor, como a "Is there a primary topic?" da página em inglês. --Psem25832 (discussão) 01h59min de 23 de julho de 2020 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio a sugestão basicamente como está, inclusive a sugestão da nova redação para "ser mais importante que o outro ou soma dos outros". Acho que se poderia utilizar entre os exemplos, também a própria página que gerou esta discussão (Lagartixa). É um exemplo típico, pois apresenta três artigos cujos títulos são completamente diferentes do título que está sendo desambiguado.--PauloMSimoes (discussão) 03h00min de 23 de julho de 2020 (UTC)

Acho que podíamos refrasear o ponto 1 melhor. Primeiramente, não acho que "Português" seja o melhor exemplo, especialmente porque não acho que seja o melhor exemplo de um termo ambíguo (normalmente a palavra refere-se à língua portuguesa ou ao povo português). Segundamente, penso que o texto devia começar como qualquer outro artigo na Wikipédia: algo como Desambiguação é a forma usada na Wikipédia de resolver o problema de o nome de um artigo ser ambíguo por normalmente poder referir-se a mais de um tópico. Um exemplo é Português, que pode se referir à língua portuguesa, ao país Portugal, ao povo de Portugal ou ainda a uma antiga moeda desse país. Páginas de desambiguação possibilitam que um leitor navegue rapidamente para qualquer um dos possíveis artigos desejados ao pesquisar por um termo ambíguo. (Trecho adaptado da enwiki) Um texto como este diz o que desambiguação é, como funciona, e porque existe. No entanto, não acho que na introdução devíamos enfatizar tanto páginas de desambiguação e talvez a última frase deva ser movida? (Ela é boa, mas não acho que devia estar na introdução.) Acho que a introdução -- e a página como um todo -- devia explicar desambiguação como conceito, não como equivalente a páginas de desambiguação, entendem? Hatnotes, por exemplo, também são formas de desambiguação e não devem ser ignoradas. Também, acho que podíamos copiar a lista que está na introdução da enwiki, uma vez que ela fala dos aspetos importantes de desambiguação. (Não precisamos de usar este texto -- só foi um exemplo.)

Quanto ao ponto 2, não percebo onde esta frase estaria na página, mas não sou contra usá-la. Sobre o tópico 3, não me oponho mas -- de novo -- acho que devia ser usado um exemplo de página melhor? Quanto ao tópico 4, gosto da ideia, mas não tanto da execução. Honestamente eu não gosto muito do primeiro ponto da coluna "Não Fazer"; eu entendo o raciocínio por trás, mas o ponto em si é desnecessário, e por isso eu acho que a página devia tratar do raciocínio por trás. Por isso, penso que o ponto 4 seria simplesmente um penso rápido a um ponto desnecessário. Acho que se simplesmente escrevêssemos uma secção a discutir quando uma página de desambiguação deve ser criada (algo como as secções Is there a primary topic? e No primary topic na página da enwiki), o ponto poderia ser removido. Minha justificativa e raciocínio lógico por trás desta proposta é que deixaríamos de usar um número mágico para decidir quando haver uma página de desambiguação, e uma lógica passaria a ser aplicada. Desta forma, não seria necessário aplicar uma exceção (a proposta 4) à "'regra' dos três artigos". MAs com ou sem esse ponto, seria importante a página tratar mais sobre tópicos primários porque já é algo que acontece na ptwiki e já é levemente discutido pela página. Por exemplo, é realmente a tópicos primários ao que o trecho confuso sobre "soma" no início da secção Onde fica a desambiguação é referido, e um dos pontos na coluna "Certo" explicitamente menciona "tópicos primários", mas esse tópico não é discutido no resto da página, então uma pessoa a ler a página não saberia o que é um tópico primário. Tendo uma secção como Is there a primary topic?, o primeiro ponto da lista "Não Fazer" torna-se desnecessário e por isso poderia ser removido. Não acho que haveria uma real diferença; a regra ainda seria exatamente a mesma que está na proposta, exceto pelo facto de que o texto na página estaria mais organizado e discutiria tópicos primários mais exaustivamente por haver uma secção própria. No fim, estaríamos a matar dois coelhos de uma cajadada. --CaiusSPQR(discussão) 04h24min de 23 de julho de 2020 (UTC)

@CaiusSPQR: Quanto ao ponto 1, acho que realmente fica melhor começando com uma definição do que usando a adaptação que eu fiz do texto atual da página. Trocando por um exemplo que julgo ser melhor (Rádio) e fazendo outras adaptações (com base na enwiki), ficaria assim:
"Desambiguação é o processo usado na Wikipédia para solucionar conflitos que podem surgir da ambiguidade dos termos. Um exemplo é Rádio, que pode se referir, entre outros usos, a um recurso das telecomunicações, a um elemento químico ou a um osso do corpo humano.
Há três características importantes na desambiguação:
1. Todos os artigos devem receber um título único. Por exemplo, três dos artigos que tratam do tema "Rádio" são chamados Rádio (telecomunicações), Rádio (elemento químico) e Rádio (osso).
2. As ligações de termos ambíguos devem direcionar para o artigo correto. Por exemplo, um editor de química pode ter criado uma ligação para Rádio, e esta deve ser corrigida para direcionar a Rádio (elemento químico).
3. Possibilitar que um leitor navegue rapidamente para qualquer um dos possíveis artigos desejados ao pesquisar por um termo ambíguo. Por exemplo, a página Rádio é uma página de desambiguação, uma página que lista os vários significados de "Rádio" e quais artigos o possuem como tema.
Essa página informativa discute quando e como utilizar a desambiguação."
A frase do ponto 2 é proposto para essa predefinição. Atualmente, ela diz que "lista os artigos que podem ser associados a um ou vários títulos" e, como discutíamos, não necessariamente o termo ambíguo precisa estar no título.
Para o ponto 3, podemos usar o exemplo da Lagartixa, como o PauloMSimoes falou, o que deixaria o texto assim:
"Note que o termo ambíguo não necessariamente deve estar no título para estar na página de desambiguação, porém sempre deve ser uma das opções pelo qual o tema do artigo é conhecido. Um exemplo é lagartixa, palavra usada para se referir a três famílias distintas (Gekkonidae, Lacertidae e Tropidurus), embora não seja o título do artigo de nenhuma delas."
Quanto ao ponto 4, sou a favor de criar alguma seção para discutir o que é um tópico primário (nem havia reparado que o tema já estava dentro da coluna "Certo"), e em relação às hatnotes, não sei se é melhor também, como na página em inglês, fazer uma expansão da seção já existente de Predefinições (e em vez de usar uma tabela, usar um texto normal) ou ainda se a possível seção do tópico primário já seria suficiente para explicar o uso das hatnotes.
De qualquer forma, acho que a "Regra dos três artigos" precisa continuar válida, já que uma página com duas desambiguações só é realmente útil quando nenhum dos dois artigos é um tópico primário, mas a partir de três torna-se mais complicado controlar apenas por hatnotes. Assim, também creio que o item deva continuar, talvez mais simplificado, sem a nota b, colocando algo como "Não criar páginas de desambiguação quando existirem menos de três verbetes (ligações azuis). Ler seção relativa às hatnotes" --Psem25832 (discussão) 16h19min de 24 de julho de 2020 (UTC)
Symbol support vote.svg Apoio as sugestões do Psem25832. Textos objetivos e claros.--PauloMSimoes (discussão) 16h57min de 24 de julho de 2020 (UTC)
@Psem25832: Gosto muito desse novo texto. Eu só trocaria números da lista por bullets já que números poderiam dar uma ideia errada de que um ponto da lista tem uma maior importância ou precedência que outro. Sobre o texto da predefinição Desambiguação, não acho que isto deva ser discutido aqui, mas minha opinião é que o texto que está na predef já é suficientemente bom -- na minha opinião, única parte confusa é associados a um ou vários títulos, porque um artigo tem um único título. Acho que podíamos alterar esta parte para apontar para o título da página de desambiguação, como na enwiki. Sobre o ponto 3, usar largatixa é melhor, mas ainda não sei se é o melhor exemplo porque uma pessoa normalmente associa a palavra lagartixa a um animal de uma única família, então não acho que uma pessoa do Brasil, por exemplo, associaria lagartixa à família Lacertidae, o que pode deixá-la confusa, porque pensaria que lagartixa tem sim um tópico primário (que seria Gekkonidae), entende?
Eu concordo consigo sobre página de desambiguação não ser necessária quando há um tópico primário e somente um outro tópico. A questão é que a secção sobre tópicos primários vai explicar melhor que um bullet point e uma nota de rodapé numa lista. Veja o que diz a secção No primary topic na enwiki (que não tem uma regra de x artigos com números mágicos), por exemplo: If there are multiple topics (even just two) to which a given title might refer, but per the criteria at Is there a primary topic? there is no primary topic, then the base name should lead the reader to the disambiguation page for the term. É basicamente o que sua proposta diz, mas acho que é melhor porque o texto não dita um número mágico, e por isso uma exceção ao número mágico, que estaria numa nota de rodapé, é desnecessária. Se achar melhor, podíamos também trazer a secção Primary topic with only one other topic, que explicitamente diz que uma hatnote é melhor em vez de uma página de desambiguação quando há um tópico primário e somente um outro tópico. De qualquer forma, não acho que um bullet point que tenta cobrir todo o assunto com um número mágico deva existir. --CaiusSPQR(discussão) 17h12min de 24 de julho de 2020 (UTC)


Gostei muito do texto do Psem25832, acho que é uma boa base. Contudo acho que se devem abrir exceções para algumas "desambigs de dois elementos". Na maioria dos casos, há critérios para definir qual título homônimo ficará com a primazia do título "sem o parêntese": um livro (O Tempo e o Vento) que tenha dado origem a um filme (O Tempo e o Vento (filme)), por exemplo, ou um país (caso de Geórgia) sobre uma subdivisão (Geórgia (Estados Unidos)). Mas como distinguir, por exemplo, duas cidades homônimas e de mesmo porte (claro que Nova Iorque terá primazia sobre Nova Iorque (Maranhão))? Ou dois filmes que tenham o mesmo título em português, nenhum deles com mais destaque que o outro?
Outro ponto a considerar, e que eu acho que deve constar dos nãos, é que Desambiguação não é busca. Tem sido muito comum abrir desambiguações por sobrenome (apelido) ou mesmo nome (prenome) e o editor listar todas as pessoas com aquele sobrenome, como se o leitor fosse procurar a Anitta na página Machado (desambiguação) ou Larissa. É preciso deixar claro que a desambiguação é para pessoas que são conhecidas por aquele nome ou sobrenome (prenome ou apelido). Yanguas diz!-fiz 18h48min de 24 de julho de 2020 (UTC)
@Yanguas: Para o primeiro caso, acho que uma secção que explique tópicos primários (já proposta) resolve a sua dúvida. No segundo, acho que podíamos trazer as subsecções Partial title matches e List of names da enwiki. O que acha? —CaiusSPQR(discussão) 20h49min de 24 de julho de 2020 (UTC)
@CaiusSPQR: Concordo com Partial title matches, mas não gosto da ideia de importar listas — já as temos demais por aqui, a maioria desnecessária, e a de nomes seria uma delas (listas em geral eram úteis anos atrás, quando a rudimentar tecnologia de busca não era tão eficiente em localizar artigos). Yanguas diz!-fiz 21h01min de 24 de julho de 2020 (UTC)
@Yanguas: Acho que entendeu mal. A meu ver a subsecção List of names trata de nomes listados em páginas de desambiguação, como no caso de en:John. Como pode ver, todos os artigos de pessoas que têm o nome John não estão na página de desambiguação. A subsecção trata de que nomes devem estar em páginas de desambiguação e que nomes não devem. A subsecção explicitamente diz To prevent disambiguation pages from getting too long, articles on people should be listed at the disambiguation page for their first or last name only if they are reasonably well known by it. Isto normalmente limita páginas de desambiguação a artigos de pessoas que têm um monómio ou pessoas bem conhecidas por um apelido de família, por exemplo (como Abraham Lincoln, que é um dos exemplos no próprio texto da subsecção). Ela não tem relação com páginas da Wikipédia que são listas cujo título é "Lista de ...", se foi o que pensou. --CaiusSPQR(discussão) 21h14min de 24 de julho de 2020 (UTC)

Suponho que não haja mais oposição às minhas propostas 1 e 3, a não ser em questões mais pontuais (como uso de bullets em vez dos números e de uma possível troca de lagartixa por outro exemplo, mas não consegui encontrar). Com elas, já estabelecemos uma definição mais clara da desambiguação e explicamos que o termo ambíguo não necessariamente deve estar no título.

Coloquei no início da seção a versão atual da proposta para facilitar a localização e a atualização dela.

Ainda há os seguintes problemas:

  • Explicar o que constitui um tópico primário.
  • Explicar melhor quando usar hatnotes e quando usar páginas de desambiguação.
  • Explicar melhor o que fazer diante de desambiguações de apenas dois artigos.
  • Explicar que desambiguação não é busca.

Eles podem ser resolvidos com a criação de uma ou mais seções ou outros tipos de acréscimo no texto. Alguém se dispõe? Caso contrário, também posso escrever propostas para solucionar esses problemas. -- Psem25832 (discussão) 23h37min de 31 de julho de 2020 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário off-topic @Psem25832: não tenho certeza, mas colocar a proposta mais recente no início da seção não torna mais difícil compreender o contexto da discussão? Penso que à medida que a discussão evolui, seria melhor deixar as novas propostas na ordem cronológica. Por hora, deixo apenas este comentário, antes de analisar o conteúdo da proposta.--PauloMSimoes (discussão) 00h28min de 1 de agosto de 2020 (UTC)

@PauloMSimoes:, a ideia era facilitar a visualização do estado atual da proposta. Ao meu ver, ao dar continuar a discussão e apresentar novas ideias, ou a proposta ficaria muito fragmentada, dificultando o entendimento do que exatamente seria acrescentado ou alterado, ou a página acabaria muito poluída (caso optássemos para cada mudança copiar toda a proposta anterior com as novas modificações). Não vejo o contexto sendo prejudicado, pois, quem quisesse entender como chegamos naquela proposta, precisaria ler toda a discussão. Porém, se mais pessoas concordarem que a proposta atual no início, na verdade, está mais dificultando do que ajudando, vou removê-la. --Psem25832 (discussão) 17h32min de 1 de agosto de 2020 (UTC)

@Psem25832: Traduzi as secções da enwiki que tratam dos assuntos na lista que fez. Muito pouco texto foi removido (a maioria predefs não relacionadas a conteúdo como {{Âncora}}, que devem ser adicionados posteriormente, e exemplos que não pude adaptar para a ptwiki, então se alguém quiser sinta-se livre para discutir adição de mais exemplos ou trocar os exemplos na página). O texto traduzido encontra-se em minha página de usuário Usuário:CaiusSPQR/Wikipédia:Desambiguação. O que acha? (Outrxs editorxs podem também discutir, por favor.) --CaiusSPQR(discussão) 06h48min de 5 de agosto de 2020 (UTC)