Wikipédia Discussão:Escolha do artigo em destaque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sobre este ícone Discussões arquivadas

Este artigo possui as seguintes páginas de discussão arquivadas:

Arquivo: 1· 2· 3· 4· 5·

Limite de tamanho[editar | editar código-fonte]

olá pessoal! gostaria de propor uma ampliação no limite de tamanho máximo para os AD. Agora temos o parâmetro de 190kb, mas para alguns artigos muito complexos esse limite acaba se revelando um problema, obrigando os editores ou a economizar nas refs ou no texto. nada disso é o ideal em termos editoriais. estou consciente das eventuais dificuldades de navegação para páginas grandes, mas observo que esse limite muito raramente será ultrapassado. a maioria dos nossos destacados nem chega perto do limite, e não acredito que essa mudança possa causar qualquer dano apreciável na navegação, ainda mais que a todo dia a tecnologia se aperfeiçoa e os sistemas se tornam mais ágeis, ao passo que vai favorecer o destacamento de alguns bons trabalhos que ainda não podem sê-lo exclusivamente pelo seu tamanho em excesso. não sei exatamente o que podíamos fazer, se simplesmente eliminar o conceito de tamanho máximo ou estabelecer um novo valor. eu preferia deixar em aberto, mas talvez passar para 250 kb provavelmente iria resolver todos os casos. Tetraktys (discussão) 16h18min de 22 de setembro de 2014 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo em partes. Acho que um limite de 210 kb já seria suficiente. Chronus (discussão) 19h38min de 22 de setembro de 2014 (UTC)
Eu acho que tem um limite técnico oficial sim, Tetraktys. 191.185.223.3 (discussão) 22h38min de 15 de junho de 2015 (UTC)

Mudança no limite de tamanho de artigos destacados

Olá. O Tetraktys propôs na discussão da WP:EAD que alterássemos o limite estabelecido de 190kb para verbetes destacados para 250kb. Eu concordei parcialmente, visto que acredito que algo em torno de 210/220kb já seria suficiente. Enfim, como ninguém se manifestou lá, trago a discussão para a Esplanada. O limite de 190kb para destacados ainda se justifica? Qual a posição da comunidade? Chronus (discussão) 19h55min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio A mudança, nunca fui a favor de restringirem o limite de tamanho de artigos e anexos(listas). Cada tipo de assunto tem a sua quantidade aquedada que varia. Cada artigo é um caso. Mas concordo que devem haver uma proporção aquedada para evitar artigos muitos extensos que podem prejudicar de alguma forma. Mas foi discutido pelo He7d3r que o tamanho deve ser contato com a quantidade de códigos wiki e não apenas os números de bytes brutos em si. Vitor MazucoMsg 20h47min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Eu concordo com o tamanho que foi decidido. Não é por uma questão técnica, mas para limitar a quantidade de texto. Poder-se-ia manter na mesma os 190 kb e introduzir a possibilidade de alguma flexibilidade até aos 200 kb se houvesse acordo na eleição para a necessidade de tal, mas mais do que isso é um exagero de texto. Antero de Quintal (discussão) 22h23min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Outra hipótese é limitar de acordo com o número de caracteres de texto simples, e não de kb. Antero de Quintal (discussão) 22h27min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Isso de tamanho limite é muito relativo. Essa página mesmo, tem 2.957kB de texto, porém se eu inclui-la em uma outra página qualquer, o tamanho dessa outra será de apenas 98 bytes, porém o texto será exatamente o mesmo dessa. E se alguém resolve fazer isso em um artigo candidato? Quebra-lo em páginas menores e incluir no artigo mãe, afim de "diminuir o tamanho"? Na minha opinião, deve-se extinguir o isso de tamanho limite, pois não é algo claro e não reflete a realidade. Ele diz respeito apenas ao texto do código-fonte da página, e não ao seu resultado final. !Silent (discussão) 22h37min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

A página Brasil mesmo, tem 192kB (acima até do permitido) de texto no código-fonte, mas vocês acham mesmo que o tamanho final dele é só esse mesmo? E se eu lhes disse que o tamanho final dele é de 873kB? Viram que não tem lógica isso? !Silent (discussão) 22h42min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Tem lógica no sentido em que se 190kb do código fonte são na realidade ~1mb, então se o limite do código fonte fosse o dobro, o total transferido também seria o dobro. Independentemente de se considerar o valor-limite no código fonte ou no total de dados transferido, tem que haver um limite. E entre esses dois parâmetros, o único limite que é possível quantificar e controlar é ao nível do código fonte. Antero de Quintal (discussão) 22h48min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Esses 190kB podem valer 873kB, assim como podem valer 300kB, 500kB, 1MB, 2MB. O tamanho final é incerto, e o que vai definir isso são as predefinições que foram incluídas nas páginas. O artigo Avril Lavigne por exemplo, tem 184kB (quase o mesmo do artigo Brasil), porém o tamanho final é de 488kB, quase metade. Continuo dizendo: essa forma de predizer o tamanho das páginas é algo arbitrário. !Silent (discussão) 23h01min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Qual seria a solução então? Deixar sem limites qualquer? Não existe nenhum meio legítimo o suficiente para medirmos o tamanho real de artigos? Chronus (discussão) 23h04min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
@!Silent: E é possível controlar a quantidade de dados transferida, em vez de no código fonte? Antero de Quintal (discussão) 23h08min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

eu acho que não deveria haver limite de tamanho. artigos importantes e complexos tendem a ser grandes, e olhando outras enciclopédias, como a Britannica, vejo artigos simplesmente quilométricos. como sempre se diz que a Wiki não é de papel, por que estabelecer limites que são em tudo arbitrários? há talvez a dificuldade de navegação para alguns usuários, mas penso que a tecnologia avança a passos largos todos os dias e os equipamento mais limitados tendem a desaparecer. nesse sentido, por qual medida vamos padronizar a acessibilidade? pelos telefones celulares, que já podem acessar a internet mas têm tamanho mínimo? isso deveria nos impor o uso de imagens microscópicas e apenas dois parágrafos de texto, por exemplo? vejam que não há um parâmetro uniforme nos aparelhos e por isso não precisamos ficar excessivamente vinculados a eles. em nosso caso, acho que a informação mais rica e completa deveria estar em primeiro plano em nossos pensamentos. Tetraktys (discussão) 23h33min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Se não for para passar a contar o número de palavras no texto para comparar com um valor limite (a ser estabelecido), prefiro nem mexer nisso, pois acho que continuará dizendo muito pouco sobre a quantidade de conteúdo (que não tem tanta relação com o código wiki nem com o conteúdo compactado enviado entre o servidor e os clientes). Helder 00h29min de 17 de novembro de 2014 (UTC)
E sobre o tamanho das imagens, a tendência parece ser que o próprio software passe a determinar o tamanho a ser utilizado (design responsivo? ver bugzilla:67695, bugzilla:36198 e tópico na wikitech), em vez de os editores definirem isso explicitamente no código-fonte dos artigos. Helder 00h34min de 17 de novembro de 2014 (UTC)

Symbol question.svg Pergunta: E qual a conclusão de tudo isso? Deixaremos sem limite de tamanho? Ou passaremos a contar o número de palavras, conforme sugeriu o He7d3r? Chronus (discussão) 08h09min de 30 de novembro de 2014 (UTC)

Para avançar nesse sentido seriam importante saber se existe alguma forma de contabilizar automaticamente o número de palavras de um artigo, excluindo referências e ligações externas. Antero de Quintal (discussão) 15h31min de 30 de novembro de 2014 (UTC)
Não sei se ainda funciona, mas existe por exemplo o script en:User:Dr pda/prosesize. E acredito que também é viável fazer algo similar em lua (e para isso, talvez seja possível reutilizar parte do Módulo:Avaliação). Helder 16h29min de 30 de novembro de 2014 (UTC)

Há mesmo a necessidade de manter um limite? Digo, pensemos, por exemplo, num artigo sobre um país. Países são extremamente complexos, têm muitos assuntos para serem estudados e aprofundados. Porém, se um artigo estiver excessivamente grande, com rodeios desnecessários, então basta não votar a favor do artigo para destaque. A própria regra de EAD já afirma que os artigos devem ser completos, porém, focados sempre no assunto. A meu ver, nem precisava existir limite, pois se um artigo estiver grande demais, isso já o elimina da EAD por ser pouco objetivo. --Chinobistar (discussão) 18h09min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

Continuação[editar | editar código-fonte]

O texto seguinte foi movido de: Wikipédia:Esplanada/propostas/Mudança no limite de tamanho de artigos destacados (30jan2015)

Ano passado eu criei esta proposta que foi arbitrariamente arquivada sem que pudéssemos chegar a qualquer conclusão. Muitos se manifestaram a favor do fim do limite de tamanho de verbetes destacados, mas ficou a dúvida sobre qual a melhor maneira de impedir a criação de artigos imensos. Podemos continuar a discussão? Chronus (discussão) 07h04min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

A questão de quantidade de kb pra mim não procede. Um artigo para ser destacado precisa ser completo sobre o assunto, apenas isso. Se para ser completo ele precisa de 250 kb ou 70, o tamanho não importa. O problema por aqui é que tudo é copiado da Wiki-en e por lá eles desenvolvem assuntos até virarem livros, são catatonicos, coisa q não existe em qualquer enciclopedia. Enciclopedias são compostas de verbetes, resumos detalhados, apenas isso, em 50 kb se faz um belo verbete de enciclopedia. MachoCarioca oi 08h16min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)
Continuo sendo a favor de remover esse limite, pelos motivos que expus na outra discussão.!Silent (discussão) 11h15min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

@Chronus: A discussão foi arquivada por um bot, mas se escrever uma resposta ela passa automaticamente para as discussões recentes. É mais prático do que estar novamente a discutir a mesma coisa. Antero de Quintal (discussão) 11h26min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

O texto acima foi movido de: Wikipédia:Esplanada/propostas/Mudança no limite de tamanho de artigos destacados (30jan2015). Helder 12h46min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

  • Symbol comment vote.svg Comentário Achei pertinente isso que o MC postou. A limitação de tamanho incentiva a criação de novas páginas sobre o tema. Não sei se concordo com a mudança. Quais são os exemplos de artigos que não poderiam ser quebrados em páginas menores? Flávio, o Maddox (msg!) 12h50min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

Está acontecendo uma discussão exatamente sobre isso em Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Queen. Fronteira diga - veja 20h18min de 10 de fevereiro de 2015 (UTC)


Eu Symbol support vote.svg Apoio a mudança, pois o importante é o texto no artigo e se pensar bem, as formatações corretas das referências, com arquivamentos e tal, ocupam muitos kB, já coloquei pequenos trechos de texto que ficaram com 2, 3, 4, 5 kB, muito por causa da referenciação. Bruno Ishiai (discussão) 13h37min de 21 de fevereiro de 2015 (UTC)

Essa discussão ainda tá valendo? Se sim, vou dar a minha opinião a respeito: eu acho uma bobagem sem precedentes essa história de existir um "limite" para o tamanho dos artigos. Existem muitos assuntos complexos que mesmo se resumidos ao máximo, podem resultar em um artigo com mais de 190k. Creio que artigos sobre qualquer assunto devem ser completos, e se pra serem completos precisam ter mais que 190k, que seja. O "tamanho limite" deve ser uma recomendação, não uma imposição. O Estranho no Ninho (discussão) 00h32min de 6 de março de 2015 (UTC)
Na realidade, é apenas uma recomenação. Havendo consenso de que determinado artigo necessita de mais um pouco, isso pode ser feito. Agora, isso também não significa que deva haver total libertinagem no tamanho. Antero de Quintal (discussão) 12h07min de 6 de março de 2015 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário De certa forma, essa recomendação de tamanho evita a criação de artigos digamos que "longos demais" pois, concordando com o que o MachoCarioca disse, uma enciclopédia deve possuir resumos detalhados e não verdadeiros livros. Por outro lado, realmente diversos temas exigem artigos de diversos tamanhos diferentes. Acho que para a escolha de artigo destacado, esse limite de tamanho não deveria existir. Acho que se deve analisar as características do verbete e se o mesmo atende as exigências, independente do tamanho. Se atender as exigências ganhará a votação e será eleito artigo destacado. Se não atender, não ganhará a votação e não será eleito. Independente do tamanho, acredito que se deve verificar apenas se o artigo cumpre com os requisitos. -- stanglavine discussão 01h58min de 11 de março de 2015 (UTC)

Bem, se a discussão ainda estiver ativa, digo que Symbol support vote.svg Apoio a mudança para 220kb. Com os que me precederam acima. LuizM 00h59min de 22 de março de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Apoio também. José Luiz disc 01h07min de 22 de março de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio Um artigo enciclopédico deve ser completo [porém sem exageros], só isso. --Zoldyick (Discussão) 01h17min de 22 de março de 2015 (UTC)

Mas gente! Essa discussão não anda! Precisamos de mais pessoas para expor a opinião. LuizM 20h29min de 28 de março de 2015 (UTC)

Acredito que o limite-padrão atual é suficiente. E, como o Antero citou acima, esse limite-padrão é apenas uma recomendação; existem artigos destacados acima desse limite, vide Império Bizantino. Dito isto, sugiro que uma nota seja adicionada aos critérios informando que artigos que tenham conteúdo indispensável possam excedê-lo. G.M (discussão) 22h28min de 28 de março de 2015 (UTC)

Eu acho que os artigos da Wikipédia não deveriam ter sequer um limite estabelecido de tamanho que dita que quando ultrapassado, o mesmo deva ser desfragmentado em outros artigos, pois o nível de complexidade de um assunto é relativo ao seu tópico. Segundo WP:AD?, "Um artigo em destaque deve ser praticamente um artigo perfeito" e "Deve ser completo sobre o assunto em questão". Há artigos que para serem completos sobre o seu tema possam necessitar de alcançar eventualmente os 200kb, ou até mesmo mais. Então, ao estabelecermos um limite de tamanho predefinido, estamos consequentemente a estabelecer barreiras para a complexidade do tema, o que vai contra o estabelecido em WP:AD?. A minha opinião é a de que ao invés de obrigatoriamente termos que seguir rigidamente a regra dos 190kb, altere-se isso de regra para uma recomendação. Devíamos recomendar aos usuários da Wikipédia para que se esforcem ao máximo para que o artigo não exceda a marca dos 190kb. E sempre que tivermos um artigo que supere a marca, ele poderá passar por uma revisão para que se avalie se realmente o conteúdo que existe nele é fundamental ou se pode ser removido sem comprometer a complexidade. Caso a informação contida seja fundamental, o artigo poderá receber a estrela dourada, mesmo tendo 210kb de tamanho. É essa a minha sugestão. O que acham? African Prince às 16:55:52 de domingo, 29 de março de 2015 (UTC+2)

Concordo com o Antero e o George: o limite atual é suficiente, e havendo necessidade de ultrapassá-lo deve-se tentar chegar a um acordo na própria votação. Deixar livre esse limite poderá resultar em exagero em alguns casos, por usuários incluírem textos completamente desnecessários ao artigo. Digo isto pois estou participando de uma votação proposta pelo próprio editor acima, cujo artigo ultrapassava os limites e ele dizia ser toda a informação necessária; no entanto, em uma análise rápida, encontrei diversos trechos desnecessários e apontei-os na votação, e o próprio concordou em retirar. Se essa regra não existisse, tais informações continuariam na página e não poderiam ser removidas. Claro que seria aí que poderia entrar a tal revisão, mas se for para esta existir, é melhor que o limite seja regra mesmo, até porque é do conhecimento de todos aqui que muitos editores votam a favor da promoção sem sequer lê-los. Ou seja, caso essa regra não existisse e o tal que ultrapassava o limite necessitasse de uma revisão, quantos editores realmente lê-lo-iam? E em outros casos, quem garante que todos os participantes iriam mesmo ler os artigos e procurar por informações desnecessárias? Raul Caarvalho (discussão) 19h47min de 29 de março de 2015 (UTC)
Eu concordo em passar 190 kb para apenas uma recomendação. No entanto, eu ainda acho que seria pouco. Eu estava pensando e tive a ideia a seguir: colocar algo entre 200/210kb como uma recomendação para todos os artigos. Passando disso, o artigo deveria ficar em estado de observação/atenção (podendo ser eleito), e então ser feita uma análise para remover passagens desnecessárias. Se a página passar de algo como 250/260kb, manteríamos ela em estado de observação/atenção máxima (não podendo ser eleito), sendo necessária uma revisão extensa para decidir o que poderá ficar e ser removido da página. Para tal, poderíamos criar três cores: verde (para a situação normal), amarelo (para a situação de atenção) e vermelho (para a situação máxima). Não sei se consegui me expressar bem, mas acho que daria certo. LuizM 22h47min de 29 de março de 2015 (UTC)
Particularmente, penso que teria pouco efeito. O problema não é apenas o artigo ultrapassar o limite, mas sim os usuários que não o leem. Vários editores fazem isso, então, dificilmente haveria algum que apresentasse trechos que poderiam ser removidos. A maioria apenas votará a favor, todos sabemos disso! E os artigos, muitas vezes, serão eleitos com conteúdo totalmente exagerado e desnecessário. Pessoalmente, penso que o mais correto é o então proponente adaptar ao máximo as informações para que se encaixem nos critérios. Não havendo essa possibilidade, e antes de se abrir uma candidatura, para se evitar uma possível interrupção, ou na própria, se o usuário preferir, ser analisado quais trechos são desnecessários e tentar um acordo para a promoção caso o artigo ainda esteja muito extenso. Se for para haver a necessidade de uma análise, é melhor deixar como está e tentar um consenso sobre o tamanho (e se ainda assim os votantes não lerem, pelo menos as chances de informações frívolas estarem a lotar a página é bem menor com o limite atual). Raul Caarvalho (discussão) 02h05min de 30 de março de 2015 (UTC)

30 de março de 2015[editar | editar código-fonte]

Se em WP:AD? é dito que esse limite existe para evitar problemas de navegação, é pertinente perguntar: existiria algum grande impacto na navegação com um acréscimo de 30-50kb ao limite? De qualquer forma, é notório que tamanho permitido atual é insuficiente para muitos temas e, como já disseram acima, vai de encontro à exigência de que um artigo tem de ser completo e “perfeito”. Nakinn (discuss) 15h18min de 30 de março de 2015 (UTC)

Creio que não. Tendo em mente que grande parte da população já não usa mais navegadores antigos (aonde os problemas ocorrem), não vejo problema algum. LuizM 15h21min de 30 de março de 2015 (UTC)
Muito calma nesta hora, pois não estou certo das consequências disto em navegadores móveis ou nas regiões mais pobres da lusofonia, onde banda larga é luxo. Talvez o He7d3r ou o !Silent possam nos ajudar do ponto de vista técnico: será que existe um tamanho máximo para um artigo? José Luiz disc 15h26min de 30 de março de 2015 (UTC)
Não tinha pensado nesta questão, bom ponto. LuizM 16h23min de 30 de março de 2015 (UTC)

Continuo a não perceber onde está o problema na situação atual. Limites de texto existem em quase tudo: desde os trabalhos escolares e unversitários até à recepção de textos para publicação, passando pelos currículos e relatórios dentro de empresas. É preciso lembrar outra vez que a questão do tamanho é uma recomendação. Ou seja, deve ser geralmente seguida, mas pode-se abrir exceções se houver consenso que é necessário. Por exemplo, isso aconteceu na candidatura do Império Romano. Agora, é evidente que se tratava de um caso excecional que abrangia seis séculos de história europeia, sendo impossível diminuir o conteúdo sem perder as questões essenciais. O que não me acredito é que a maioria dos artigos não caibam em 190kb. Antero de Quintal (discussão) 16h33min de 30 de março de 2015 (UTC)

Sim, em alguns navegadores pode haver problemas, como foi levantado pelo José Luiz. E novamente concordo com o Antero e endosso o que ele abordou: o limite está bom e também penso ser difícil que a maioria precise de ultrapassar os 190KB. Isto parece-me um exagero em certos casos. Se algum artigo necessitar de mais conteúdo, obviamente uma exceção poderá ser aberta caso haja consenso entre os editores na votação. O artigo Império Bizantino é um ótimo exemplo disto, pois ultrapassa o limite mas teve uma exceção aberta por ser o seu conteúdo verdadeiramente indispensável. Luiz, vi que estás desenvolvendo o artigo 1989 (álbum de Taylor Swift) e que o está traduzindo da Wiki-ES, onde o tamanho é 222KB. É por isso que queres aumentar o número? Para poder eleger o artigo? Sinceramente, não entendo por que os artigos daqui têm de ser cópias exatas (em todos os sentidos) dos artigos das outras Wiki's. É necessário fazer uma adaptação e remover trechos, e não mudar as regras aqui apenas para encaixar o artigo. Como eu disse: se for para haver uma análise à procura de trechos desnecessários, por que não deixa como está e sugere-se a análise da mesma forma? Evitaria muito conteúdo desnecessário nos artigos. Raul Caarvalho (discussão) 16h59min de 30 de março de 2015 (UTC)
Sim, estou o desenvolvendo, e traduzindo algumas coisas e pesquisando outras. No entanto, como já localizei este problema, combinei com o Music01 D​ C​ E​ F​ B (que está desenvolvendo comigo) para removermos partes de julgamos desnecessárias e enquadrar a página na norma ([1]). Não, não é esse o meu objetivo aqui. LuizM 17h07min de 30 de março de 2015 (UTC)
Vocês estão esquecendo o núcleo disso tudo. O porquê de existir esse limite. Acredito que a questão que fiz é crucial pro andamento desta discussão. Alguém com conhecimento técnico pode dizer se o acréscimo de 30 a 50kb ao limite traria grande e concreto impacto na navegação? Dizer que os votantes supostamente não leem os artigos e que o aumento do limite poderia agravar isso não é argumento. E não, Antero de Quintal, não há recomendação. WP:AD? diz que "artigos cujo código wiki tenha tamanho superior a 190KB deverão ser desmembrados". O que o Tetraktys disse é importante. É meio incoerente, sendo isto aqui uma enciclopédia virtual, que se imponha esse tão restritivo limite enquanto que enciclopédias profissionais e renomadas são mais liberais quanto à extensão e quantidade de informação. A tendência é que, mesmo nos lugares mais subdesenvolvidos da lusofonia, a tecnologia avance. Mesmo no achismo, acredito que 50kb não seriam problema nem nesses lugares. Exageros e conteúdo impróprio ou irrelevante existem sempre, e deveria caber às votações e discussões a resolução desses problemas. Nakinn (discuss) 17h32min de 30 de março de 2015 (UTC)
Tendo toda a discussão posta, creio que a resolução mais correta seria analisar os artigos caso a caso, e manter 190kb como um padrão de sugestão/recomendação para todos os artigos (algo não muito diferente do que já é feito). No entanto, fico no aguardo da resposta de se o acréscimo de 30 a 50kb traria impacto grande na navegação. LuizM 17h38min de 30 de março de 2015 (UTC)
Citação: É meio incoerente, sendo isto aqui uma enciclopédia virtual, que se imponha esse tão restritivo limite enquanto que enciclopédias profissionais e renomadas são mais liberais quanto à extensão e quantidade de informação. No caso que estamos a discutir, é irrelevante a enciclopédia ser virtual. O facto de ser "virtual" permite apenas que sejam feitas hiperligações interativas no texto. Mas no essencial, cada artigo não deixa de ser um texto que as pessoas lêem, tal como qualquer texto impresso. Este texto deve ter uma dimensão aceitável e adequada, que transmita informação detalhada sem massacrar o leitor. 190 kb é tãoaceitável como 180 ou 200. Mas tem que se acertar um valor para as regras serem iguais para todos. Mudamos para 200 e daqui a um mês alguém se queixa que é muito e mudamos novamente para 190 e por aí fora... Antero de Quintal (discussão) 17h52min de 30 de março de 2015 (UTC)

Já comentei outras coisas sobre esse assunto dos tamanhos em discussões anteriores:

Mesmo assim, seguem algumas notas:

  • O código-fonte em sintaxe wiki para cada página pode ser de até 2048 kilobytes ($wgMaxArticleSize), e isso não inclui o tamanho do código-fonte das predefinições que ela utiliza.
  • O tamanho do código-wiki importa cada vez menos, e não é diretamente proporcional ao tamanho do HTML enviado (compactado) para os visitantes do site... E nenhum destes dois tamanhos mede o que precisamos: o tamanho da prosa dos artigos.
  • Assim que o HTML do Parsoid começar a ser usado para a visualização os artigos, a relação entre os dois tamanhos poderá mudar completamente.
  • Se o tamanho do código-wiki tem alguma importância, é para quem edita em código-wiki (não para quem lê, nem para quem usa o Editor Visual), e há planos de iniciar o suporte a wikis em que o conteúdo passe a ser armazenado no servidor em HTML (em vez de código-wiki). Estes últimos desenvolvimentos tipicamente são testados com o artigo en:Barack Obama, de 254953 bytes de código-wiki (então ele, e outros artigos de mesmo porte continuarão funcionando normalmente).
  • Para quem não lembra, antigamente aparecia um aviso no topo das páginas cujo código wiki excedia um certo limite. Tal aviso foi removido em 2010, pois também tornou-se obsoleto...
  • Os desenvolvedores do MediaWiki já abandonaram o suporte a JavaScript para versões mais antigas de alguns navegadores (como o Internet Explorer 6 e 7). Para eles só é garantida a funcionalidade mais básica (sem JS).

Enfim, como disse lá em cima: se não for para passar a contar o número de palavras no texto, prefiro nem mexer nisso... Helder 18h17min de 30 de março de 2015 (UTC)

Concordo com tudo que o Helder disse e reitero o que disse no ínicio: não tem porquê ditar esse limites arbitrários de 190kB, 210kB, 220kB e etc, porque eles não refletem exatamente no tamanho da página. Se for pra impor algum limite, o ideal seria o número de palavras. Então, discordo de qualquer tipo de limite baseado no tamanho do código-fonte da página. !Silent (discussão) 19h30min de 30 de março de 2015 (UTC)
Eu também concordo em limitar pelo número de palavras em vez de kb. Mas voltamos ao início da discussão: há alguma forma de fazer isso? Antero de Quintal (discussão) 19h46min de 30 de março de 2015 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo da eliminação do limite como recomendação.

Sendo eu alguém com sérias dificuldades em ser sintético, já diversas vezes tive dificuldades em "encolher" certos artigos para que respeitassem o limite de 190 kb. No entanto, tentando ser racional e colocando o consulente / "ergonomia" em primeiro lugar (os artgos são para ser lidos por muita gente e não [apenas] para gaúdio de quem os escreve e de editores entusiastas da wiki), acho que o limite até devia ser inferior, pois para a esmagadora maioria dos temas 190 kb é um completo exagero — dos AD em que participei mais ativamente, só casos excecionais como Egito Antigo, Civilização Minoica, Turquia ou Império Bizantino é que podem ser exceções. Isto porque, como o Império Romano ou como talvez a generalidade dos países, são temas indiscutivelmente muito vastos e mesmo que cada secção "obrigatória" tenha apenas um mini-resumo mais um artigo principal, facilmente se ultrapassam os 190 kb. No entanto, acho que já vi, por exemplo, artigos de álbuns musicais relativamente recentes com mais de 200 kb e aqui já estamos nos antípodas dos impérios ou países: se o nível de detalhe nestes últimos temas fosse 10% do usado nesses artigos enormes sobre música, então teríamos que ter aumentar o limite para uns... 2 Mb(?). Suspeito fortemente que uma das razões mais frequentes para os artigos ficarem tão grandes é não haver um esforço em olhar para o artigo e identificar subtemas a serem tratados em artigos especializados, deixando apenas um resumo (e não uma cópia, como tantas vezes acontece) no artigo genérico. Exemplificando apenas com um dos meus primeiros AD's, entre a tradução da ES e mais alguns melhoramentos, se mantivesse a estrutura usada na ES de Plasencia, o artigo teria mais de 284 kb e atualmente tem cerca de 146 kb (e possivelmente poderia ser mais resumido).

Como o Antero já referiu mais do que uma vez, sendo os 190 kb uma recomendação, nem sequer é preciso mexer nas regras. Mas se acham que sim, então tenho as sugestões seguintes, que tanto podem ser adotadas em conjunto como adotada apenas uma delas:

  1. Deixar explícito que quando o limite é ultrapassado, os participantes na EAD decidem se o tema ou a abordagem que dele é feita justificam a exceção.
  2. Nos casos em que os 190 kb forem ultrapassados, haver a alternativa de contabilizar o nº de bytes do código wiki sem incluir as referências e bibliografia, mas nesse caso diminuir o que é contabilizado para 160 ou 170 kb. Isto só será "eficaz" ou mensurável em artigos que não coloquem o "extenso" das refs no corpo do texto. Por exemplo, Turquia tem atualmente 178 579 bytes, mas se retirarmos as refs passa a ter apenas 101 642.
  3. Criar um segundo limite (220 kb?) acima do qual o tamanho pode ser evocado para votar contra destaque mas não contra AB. Isto apenas para evitar que artigos muito grandes nem sequer cheguem a AB por causa do tamanho.

Nota quanto à pouca eficácia do nº de bytes do código wiki como medida da extensão real do artigo: como em inúmeros outros casos que se relacionam com métricas em informática, "todos" estamos cientes disso, mas temos que nos agarrar a qualquer coisa, por imprecisa que ela seja, e a dimensão do código wiki é uma aproximação razoável e fácil de conferir dentro da Wikipédia. O nº de palavras talvez fosse melhor, mas continuaria a contabilizar o texto das refs e bibliografia. O nº de bytes HTML para mim ainda faz menos sentido usar, principalmente porque o busílis aqui não é de índole técnico (se fosse, teríamos que pensar em limites de uns 50 kb...), mas prático, de facilidade de leitura. Em todo o caso, qualquer um que tenha programado um bocadinho sabe que o código HTML para fazer a mesmíssima coisa tanto pode ser 10 como 20, 30, ou 40. E para além do HTML em sentido estrito, ainda há os javascripts e css que são caregados conforme as preferências dos utilizadores, o browser, etc., etc. --Stegop (discussão) 19h52min de 30 de março de 2015 (UTC)

Tamanho da prosa não inclui referências. Helder 20h00min de 30 de março de 2015 (UTC)
Concordo enormemente com o Stegop. Além disso, o fato de ser uma enciclopédia virtual não quer dizer que não deva haver um limite; ela apenas permite que sejam feitas hiperligações interativas no texto, conforme apontado pelo Antero, e a possibilidade de criação de artigos que nos permite complementar aspectos específicos de um assunto é mais que aceitável caso haja conteúdo suficiente. "Dizer que os votantes supostamente não leem os artigos e que o aumento do limite poderia agravar isso não é argumento (...) Exageros e conteúdo impróprio ou irrelevante existem sempre, e deveria caber às votações e discussões a resolução desses problemas". Aqueles que participam de votações têm pleno conhecimento de que nem todos os usuários leem os artigos, isto é fato, não sou eu quem estou especulando. Ou é isso, ou eu sou um dos poucos seres humanos que não evoluiu o suficiente a ponto de analisar dez artigos por completo e dar o meu voto a favor de todos em apenas um minuto! Portanto, penso ser praticamente impossível detectar exageros e conteúdo impróprio ou irrelevante e tentar solucioná-los nas propostas sem ler o texto (ou lendo-o em apenas alguns segundos, como muitos fazem). Eu, particularmente, ainda não possuo um radar que me permita esta habilidade. E volto a dizer: se há a necessidade de se realizar uma revisão na própria votação sobre ultrapassar o limite em certos assuntos que não têm mais como ser resumidos, para que alterar a regra? É melhor deixar como está; a necessidade será a mesma e o consenso também; independente do artigo, se o conteúdo é realmente indispensável e não se adéqua em uma sub-página ou em um artigo secundário, o caso será avaliado e poderá ser eleito mesmo ultrapassando o limite. A grande maioria consegue muito bem se encaixar nos 190KB, como vê-se em diversos artigos destacados sobre países, personagens religiosos e figuras históricas, não vejo por que mudar a regra por causa de um ou outro que destoa. Para esses, o consenso na própria votação é o mais adequado, principalmente se for o caso de o artigo ser uma tradução de outra Wiki. Não é preciso fazer uma réplica dos artigos, mas sim adaptá-los ao máximo à nossa Wiki. O próprio artigo do álbum musical que mencionei mais em cima está quase idêntico ao que lhe deu origem, sendo que eu próprio identifiquei informações nele que nada o acrescenta a ponto de ser indispensável. E o que eu disse não foi que o aumento do limite faria com que mais votantes deixassem de ler os artigos (acredite, se o diminuirmos muitos também não o leram), mas sim que haverá uma maior probabilidade de informações desnecessárias ficarem nos artigos, uma vez que muitos não os leem. Fora a questão apontada pelo José Luiz (uma realidade que tem de ser levada em consideração). Raul Caarvalho (discussão) 00h53min de 31 de março de 2015 (UTC)
Mais uma vez, é ignorado o porquê desse limite obrigatório existir (sim, não é recomendação, pelo menos não segundo WP:AD?). Os 190kb não estão lá pra estimar o volume de informação de um artigo, ou instituir uma barreira pra que artigos não se transformem em exageros de texto, ou definir o "tamanho ideal", mas sim pra evitar problemas de navegação e carregamento da página. Como já foi pacientemente relembrado, não existe relação precisa entre kb de código wiki e navegação ou carregamento. Existe, portanto, alguma forma de mudar esse parâmetro para o "número de palavras", como mesmo disse o He7d3r? Nakinn (discuss) 15h55min de 31 de março de 2015 (UTC)
Citação: Nakinn escreveu: «Os 190kb não estão lá pra estimar o volume de informação de um artigo...» Para mim pouco importa qual foi a justificação para criar o limite. Um artigo com mais de 40 ou 50 Kb já é grande demais para ser lido confortavelmente e para ser carregado em certos dispositivos mais lentos (experimentem tentar fazê-lo com um smartphone fraquinho e com 3G igualmente fraca!). E dado que por aqui há pessoas que só "entendem"/respeitam limites muito concretos, então esse de 190kb de código wiki é tão bom como contar palavras. Repetindo-me: se há temas em que nem que o limite fosse duplicado continuaria a ter que haver um grande esforço para não ultrapassar o tal limite, por outro há artigos que só só ganhariam se fossem mais pequenos,nomeadamente criando sub-artigos em vez de concentrar tudo num só artigo, ou removendo detalhes supérfluos. --Stegop (discussão) 16h12min de 31 de março de 2015 (UTC)
no geral concordo com a proposta do Raul, mas acho que ela poderia ser simplificada. poderíamos simplesmente deixar o tamanho em aberto, e na análise que costumeiramente fazemos do texto já levamos em conta se há material redundante ou desnecessário, ou se tudo o que foi apresentado é pertinente. parece-me que isso contemplaria todas as possibilidades e daria mais flexibilidade a todo o processo. além disso, penso que seriam raros os artigos que ultrapassariam mesmo os 190 kb atuais, pois o que temos visto é que a maciça maioria nem chega perto disso. em todas as nossas centenas de milhares de artigos, são apenas cerca de 80 que atualmente ultrapassam o limite, e nada leva a crer que a liberação vá causar uma explosão de conteúdo - oxalá causasse! rsrs - nem acho que vá nos trazer problemas a ponto de tumultuar as votações. seria, na prática, uma liberdade para casos muitíssimo especiais que apareceriam para análise uma vez na vida e outra na morte. por que, afinal, fazer caso de tão pouco? Tetraktys (discussão) 12h54min de 1 de abril de 2015 (UTC)
Em vez de deixarmos o limite em aberto, por que não o mantemos como está e nos critérios no qual este é estabelecido (ponto oito) fazemos o mesmo que os pontos dois ou seis, nos quais há uma nota com: "Exceções serão abertas quando", dizendo que se os editores chegarem a um acordo na própria eleição de que todo o conteúdo é necessário ou que não há como remover mais, o artigo poderá ser promovido? Raul Caarvalho (discussão) 21h38min de 1 de abril de 2015 (UTC)
Symbol support vote.svg Apoio. Ainda concordo que se aumente o limite (ou se deixe em aberto como dito por Tetraktys), mas já que é necessário um limite me parece a opção mais viável por ora. LuizM 22h48min de 1 de abril de 2015 (UTC)
Symbol support vote.svg Apoio. Tetraktys (discussão) 04h12min de 2 de abril de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo com a remoção do limite deixando em aberto na avaliação da EAD pois conforme já foi extensamente explicado os 190kb não refletem a quantidade de informação baixada para o navegador nem o tamanho de texto (que influencia na completude) do artigo. Só para ilustrar, o artigo do Império Romano tem 738kB e 16811 palavras e o do Brasil 883kB e 11673 palavras. Usei o gadget do Dr_pda aqui indicado para obter estas informações e se quiserem pensar num limite baseado em palavras terão o meu apoio. Mas é preciso refletir para quem estamos escrevendo e qual a linguagem apropriada para tal. Existem testes de legibilidade e leiturabilidade pela internet e até alguns estudos envolvendo a wikipédia que concluiram que a wikipédia está ficando difícil de ler.[2].OTAVIO1981 (discussão) 00h11min de 3 de abril de 2015 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo, per Otávio. Mudei a opinião anterior. José Luiz disc 00h20min de 3 de abril de 2015 (UTC)
A questão não está em limitar a informação transferida nos 190kb. Já se sabe que há muito mais kb transferidos do que esses 190kb. Mas limitando a base também se limita o valor total. Se 190kb transferem 900kb, então se o limite fosse 380 seriam transferidos 1800kb (obviamente, na realidade não é assim tão linear, mas dá para perceber a ideia). Antero de Quintal (discussão) 00h22min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Na verdade não, pois aí começam a mover tudo para outras páginas e trascluir (o código que faz a trasclusão é pequeno, mesmo que o que está sendo transcluído seja grande).
E mais uma vez: o HTML é transferido compactado. O que pesa mais são imagens e scripts. Helder 00h44min de 3 de abril de 2015 (UTC)
só para esclarecer, estamos discutindo meramente um limite técnico quantitativo. Se for isso, e existe a preocupação com o "pacote de dados" transferido ao leitor, eu recomendo consultar os a equipe mobile da WMF para saber se eles podem nos ajudar com o problema. Não temos dados que nos permitam concluir que a quantidade atual está satisfatória.OTAVIO1981 (discussão) 01h06min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Se está ficando difícil de ler a Wikipédia mesmo com o limite, imagina uma Wikipédia com artigos sem limites estabelecidos, informações desnecessárias (consequência de alguns editores que não leem os artigos e apenas votam a favor), textos exagerados (também consequência de não se ler o artigos), cansativos, desviados do foco, ou repletos de detalhes extremamente irrelevantes para estarem em um artigo principal e que mais se adequariam em um artigo secundário que explorasse o tema de determinada seção mais profundamente com essas informações... enfim, pode parecer chato esse negócio de eu estar a ressaltar que alguns usuários não leem os artigos, mas é uma realidade que teremos de aceitar. Por isso, deixar o limite em aberto para que os próprios votantes identifiquem quais informações devem permanecer parece-me pouco eficaz, uma vez que penso ser difícil detectar as tais sem ler o texto. Acreditam mesmo que todos leriam os artigos? E novamente concordo com o Antero. Raul Caarvalho (discussão) 01h42min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Este problema que apontou da falta de leitura é legítimo porém é qualitativo. Segundo percebi, a preocupação em manter um limite seria técnica. Pedi por ajuda lá no mediawiki para a equipe do mobile e vamos aguardar. Do ponto de vista qualitativo, a discussão deve envolver outros parâmetros, não o KB de prosa.OTAVIO1981 (discussão) 02h53min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Mas está ligado à questão técnica da mesma forma. Texto exagerado, desviado do foco e informações desnecessárias estão completamente ligados ao número de KB, ou não? Se as mesmas forem identificadas por editores e removidas, o número de KB naturalmente diminuiria, permitindo um texto mais resumido, melhor explicado, menos cansativo e desinteressante, e ausente de trechos irrelevantes para um artigo principal, mas que, por sua vez, poderiam ser importantes para detalhar um artigo secundário (encaixando-se perfeitamente neste). O problema não é apenas o editor não ler; é não ser identificado alguma informação que não deveria estar no artigo, fruto de um editor que não teve cuidado em selecionar o que é importante e de outro que teve menos ainda em votar em algo que não leu, sem sequer saber se tudo é realmente adequado para estar ali. Tudo está firmemente ligado aos pontos técnico e qualitativo, pois um reflete-se no outro direta ou indiretamente. Raul Caarvalho (discussão) 03h34min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Não me agrada esse viés que está sendo dado ao problema. Pode ser uma realidade prática o tamanho maior gerar dificuldades de visualização em termos técnicos para alguns usuários, mas discordo totalmente que isso deva nos preocupar em termos de que alguns editores e leitores não vão ler o texto inteiro... por simples preguiça. isso é um problema dessas pessoas e não deveria ser levado em conta em um projeto que pretende sempre se qualificar mais, e não menos. agradar aos que não estão nem aí para o artigo a ponto de não lê-lo na íntegra, seja na hora de estudar ou de votar, é nivelar por baixo. a wikipédia não deveria se pautar por esse parâmetro. o ponto inicial desta discussão foi abrir a possibilidade de trazer mais texto relevante para o artigo, e acho que deveríamos manter este foco. se o texto adicional for irrelevante, ele deve ser criticado e eliminado da mesma forma como fazemos com artigos ruins que permanecem no limite de kb ora estabelecido. Tetraktys (discussão) 07h07min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Só que o número de kb de código wiki ser maior do que X não causa nenhuma "dificuldade técnica". Os desenvolvedores removeram os avisos obsoletos sobre isso há anos! Sendo assim a antiga justificativa "a fim de evitar falhas e demoras de carregamento em determinados servidores" deveria ser removida. Helder 12h31min de 3 de abril de 2015 (UTC)

Aspecto técnico[editar | editar código-fonte]

Até o momento, não existem dados que nos permitam concluir que a quantidade de KB total está causando dificuldades técnicas ao editor/leitor. Don't worry about performance e o aviso de limitação de navegadores de 32kB que foi removido há tempos sugerem que não devemos nos preocupar. De qualquer modo, a WMF foi consultada para nos ajudar. Pergunto, então: devemos nos preocupar com o tamanho total em KB dos artigos? Sim ou não e porquê.OTAVIO1981 (discussão) 14h23min de 3 de abril de 2015 (UTC)

não, exceto se houver algum estudo ou recomendação da WMF sobre um limite técnico com o qual devamos nos preocupar. OTAVIO1981 (discussão) 14h28min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Y sim, embora este problema se tenha tornado obsoleto em desktops e com a grande largura de banda fixa, hoje em dia grande parte das consultas vem de redes móveis e smartphones/tablets. Muitas pessoas têm um limite de 200 mb por mês. É inconcebível que apenas para algumas consultas básicas tenham que consumir uma grande quantidade de dados. Antero de Quintal (discussão) 20h25min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Apesar que quando a Wikipédia é visualizada em um dispositivo móvel ela é adaptada para o mesmo, não sei dizer se em questão de kb, mas se for menor, logo não há problema. Bruno Ishiai (discussão) 23h11min de 3 de abril de 2015 (UTC)
@Bruno: A versão móvel é otimizada para dispositivos móveis. Por exemplo, nem todo módulo em JavaScript é enviado na versão móvel (isso também é configurável para os gadgets). São abordados vários outros aspectos na mw:MobileFrontend/Dynamic Sections. Helder 23h28min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Conforme mencionado, perguntei na talk da equipe mobile da WMF e segue a resposta. Segundo entendi, não precisamos nos preocupar com o tamanho técnico dos artigos e existem melhorias em vista para esta parte no mobile.OTAVIO1981 (discussão) 21h04min de 6 de abril de 2015 (UTC)
Isso é uma boa notícia. Bruno Ishiai (discussão) 23h58min de 7 de abril de 2015 (UTC)

@OTAVIO1981: ?? De certeza que é este o diff com a resposta a essa questão? Antero de Quintal (discussão) 00h01min de 8 de abril de 2015 (UTC)

aspecto qualitativo[editar | editar código-fonte]

Os artigos da EAD devem ser completos mas não desnecessariamente grandes. Devem ser resumidos e detalhes particulares são informados em sub artigos do tema. Foi sugerido que este aspecto seja criticado na candidatura de EAD. Existem outras ferramentas para avaliar a legibilidade. Pergunto, então: devemos nos preocupar com a quantidade de texto de um artigo? O limite deve ser universal, ou analisado caso a caso? Sim, não e porque.OTAVIO1981(discussão) 14h23min de 3 de abril de 2015 (UTC)

Ysim, mas na falta de parâmetros objetivos de análise isto deve ser feito na candidatura da EAD. No futuro, quem sabe, testes de legibilidade podem ser orientadores.OTAVIO1981 (discussão) 14h31min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Não estou dizendo que o tamanho maior faz com que alguns editores não leiam os artigos. Poderíamos diminuí-lo também e muitos não o leriam da mesma forma. O problema maior é que um texto com um grande número de KB pode, em alguns casos, claro, conter trechos desnecessários e irrelevantes, algo que agravar-se-á se aumentássemos ainda mais este número. Deixar o limite em aberto para os próprios editores identificarem tais trechos não terá pouquíssimo efeito, pois não dá para detectar algo naquilo que não se lê. Infelizmente, textos exagerados e com informações irrelevantes estão completamente ligados à não-leitura do artigo por parte de alguns. Isso que eu estou dizendo. Pouco importa se o editor vai ler ou não, isso é com ele, o que importa é que o artigo não pode ter informações irrelevantes porque o limite permite isso. E o pior é esperar que certos votantes fiquem responsáveis por identificar tais trechos para removê-los. Creio que o limite é importante justamente para que o próprio editor que o desenvolve procure selecionar informações realmente importantes para o texto do artigo principal, para que assim o mesmo se encaixe no limite, e consequentemente o texto torne-se mais interessante e menos cansativo. Não havendo essa possibilidade, pode-se pedir que uma exceção seja aberta devido ao conteúdo ter sido resumido ao máximo e ser essencial à compreensão do texto. Assim, as chances de trazermos texto relevante para o artigo (e consequentemente mais qualidade ao projeto e uma maior satisfação ao ler-se o mesmo) e de evitarmos informações desnecessárias parece-me mais eficaz. Se os votantes não lerem mesmo assim, pelo menos a probabilidade de informações irrelevantes permanecerem no artigo é bem menor, uma vez que o limite não permite isto (e a exceção aberta apenas permitiria informações realmente importantes) e o editor terá de reconhecer o que é ou não importante. Raul Caarvalho (discussão) 17h13min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Pois que conte o número de palavras na prosa, e não o de kb no código-wiki... Se tiver mais palavras do que o normal, aí sim deve se preocupar (independentemente do tamanho do código-wiki). Helder 17h25min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Y Sim, o limite deve ser universal, com a possibilidade de haver exceções caso a caso. Um limite universal ajuda os editores a terem um valor de referência quando estão a estruturar o artigo e orienta a discussão de candidatura, uma vez que sem esse valor o mais provável é que ninguém se vá entender quanto ao tamanho e um artigo perfeitamente válido acabe por não ser destacado por causa disso. É imensamente preferível ajustar imediatamente o artigo para o valor do que recomeçar tudo do zero só porque na candidatura ninguém se entende. Antero de Quintal (discussão) 20h21min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Y Sim, o limite deve ser medido em kb até se encontrar uma forma automática de medir o número de palavras. Aí pode-se trocar. Antero de Quintal (discussão) 20h21min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Vide acima. Helder 20h26min de 3 de abril de 2015 (UTC)
é possível contar as palavras usando o script indicado.OTAVIO1981 (discussão) 22h12min de 3 de abril de 2015 (UTC)

Citação: OTAVIO escreveu: «devemos nos preocupar com a quantidade de texto de um artigo? »

Nunca, a menos que a intenção não seja algo minimamente serio. Devemos nos preocupar sempre é com a qualidade. Esta qualidade pode ser conseguida com 80 kb ou apenas com 200 kb, a questão é complexa pq depende demais do assunto desenvolvido. Pode-se muito bem termos um verbete destacado sobre uma pintura de Caravaggio com 80 kb mas seria impossivel destaca-lo com 80 kb se o assunto for a Guerra do Vietnam ou a biografia de Martin Luther King. É por ai. MachoCarioca oi 22h22min de 3 de abril de 2015 (UTC)

PS Não deixem a decisão disso na mão de programadores, esses caras trabalham e raciocinam com Ciencias Exatas aqui trata-se de Ciencias Humanas, outro papo, contar letras ou palavras é risivel. Não deixem eles decidirem isso não! rs

Ah sim, contar o número de kb de código-fonte para determinar se um artigo tem conteúdo desnecessário é bem melhor... Melhor deixar como está e só mudar o número de kb permitidos... Helder 23h35min de 3 de abril de 2015 (UTC)
Tbém não, nada disso procede num projeto como esse, a meu ver. Creio que conteudo desnecessario se afere pelo conteudo dele e não pelo numero de kbs.MachoCarioca oi 00h13min de 4 de abril de 2015 (UTC)
MachoCarioca, se a questão é complexa pois depende do assunto, faz sentido um limite arbitrário para todos os artigos? Quando eu me referi a limitar a quantidade de texto, é de modo a evitar textos prolixos, isto é, qualitativamente. Isto deve ser observado em candidaturas. OTAVIO1981 (discussão) 00h09min de 4 de abril de 2015 (UTC)

Citação: OTAVIO escreveu: «se a questão é complexa pois depende do assunto, faz sentido um limite arbitrário para todos os artigos? »

Não. Apenas lembrando q a tal prolixidade vem da copia q é feita dos gringos, q são catatonicos com isso. Copiam o q está lá e fica enorme, adaptar é pra poucos. MachoCarioca oi 00h13min de 4 de abril de 2015 (UTC)

eu realmente não consigo ver a relação entre o limite estabelecido e a prolixidade. parece que se abrirmos o limite todos os editores automaticamente passarão a escrever bíblias apenas por prazer de encher linguiça. isso em minha opinião é uma distorção da realidade e um argumento sem base. os artigos que temos hoje nas PDAs muito raramente chegam sequer perto do limite. se a tendência fosse massiva na direção do aumento, a maioria estaria estourando os 190kb e fazendo força para ultrapassá-los, mas não é isso o que eu tenho visto, bem ao contrário. e em toda a wiki-pt, apenas cerca de 80 ultrapassam os 190kb!!! eu não vejo em nenhum lugar uma correria para se ampliar o texto de tudo. volto a repetir que estamos misturando coisas diferentes e desnecessariamente, em prejuízo de talvez uma meia dúzia de artigos que poderiam ser beneficiados com a abertura do limite. porém, entre esta meia dúzia, estão artigos importantes como aquecimento global e povos indígenas, que só não foram ainda propostos ao destaque porque são maiores do que o limite. mas não vejo como remover conteúdo deles sem prejudicar sua completude, e é para estes casos, uma ínfima minoria, que eu pretendia a liberalização. outros poderiam ser beneficiados também, como as grandes civilizações e períodos culturais, etc, pois são assuntos vastíssimos. depois dos argumentos apresentados neste debate, que colocam em dúvida a realidade do problema técnico da acessibilidade, e da inconsistência do argumento de que se ampliarmos o limite tudo explodirá em bilhões de palavras, eu não vejo mais motivos para pelo menos prevermos na regra a existência de possíveis casos de exceção, a serem analisados individualmente conforme a pertinência do conteúdo trazido. agora temos uma regra inflexível. só proponho que seja flexibilizada. duvido profundamente que isso vá gerar a enormidade de problemas que se tem sugerido. Tetraktys (discussão) 04h07min de 4 de abril de 2015 (UTC)
  • Tenho duas propostas que espero talvez atendam a expectativa dos que já se manifestaram. No aguardo de mais opiniões para lançá-las.OTAVIO1981 (discussão) 14h13min de 4 de abril de 2015 (UTC)
Faça-as, todas as propostas são bem vindas. MachoCarioca oi 17h58min de 4 de abril de 2015 (UTC)
Particularmente, penso ser melhor o que mencionei mais em cima: manter-se o limite atual e fazer como nos pontos dois e seis, por exemplo, dizendo que exceções serão abertas para casos em que não há mais como resumir o artigo. A maioria dos artigos, como mencionado, encaixa-se perfeitamente no limite. Há pouquíssimas exceções que não o fazem devido à complexidade de seu tema. Sinceramente, penso que o mais correto não é aumentar o limite, mas sim abrir exceções às exceções que ultrapassam. Embora eu também não pense que com a expansão deste limite explodiriam artigos ultrapassando os 190KB, por outro lado, penso que o mesma ajuda bastante o editor na hora construir o artigo (como disse o Antero), principalmente se este for fruto de uma tradução, e também auxilia o usuário a selecionar o que é verdadeiramente importante. Que existem temas que realmente necessitam de ultrapassar os 190KB todos sabemos, e para estes abrir exceções parece-me o mais adequado e creio que seria pouco contestado; caso fosse, o próprio editor deverá levar à discussão os trechos ele julga ser desnecessário e irrelevante e discutir sobre. Mas um artigo sobre um álbum musical ou sobre uma canção superar isto é um exagero enorme e completamente desnecessário. Se for inclusa nas regras que exceções poderão ser abertas quando não há como retirar mais informações, os artigos que ultrapassam os limites seriam beneficiados da mesma forma, penso eu. Raul Caarvalho (discussão) 00h10min de 6 de abril de 2015 (UTC)
pois é isso, apenas para prever os poucos casos de exceção. não vejo motivo para sermos tão irredutíveis e obstinados neste caso. afinal, como se diz nos pilares, não há regras fixas salvo os pilares. Tetraktys (discussão) 02h14min de 6 de abril de 2015 (UTC)
Então, a minha primeira proposta consiste em:

a) Remover o item 8.6 (Artigos cujo código wiki tenha tamanho superior a 190KB deverão ser desmembrados, a fim de evitar falhas e demoras de carregamento em determinados servidores.) pois, conforme foi extensamente explicado, não existe mais esta limitação técnica de 190kB. Podemos até "não mexer" nos 190kB mas a sua manutenção é meramente pela falta de consenso nesta discussão para substituição por outro parâmetro.

b) Reformular o item 4.1 com o texto:

"O completo é abordar tudo o que for possível de modo objetivo e não resumido.Como regra geral, artigos com o código "wiki texto" superiores a 190kB devem ser desmembrados. Exceções devem ser analisadas durante a candidatura a destaque. Pode-se usar de informações completivas ao texto, como fazem as ligações internas, desde que necessárias serem mencionadas no corpo do mesmo."

Ainda neste ponto, é importante inserir uma nota de rodapé explicando a falta de consenso para substituir este parâmetro histórico de 190kB e todos os seus defeitos, além de uma ligação para esta discussão.

  • Esta não é a minha proposta ideal, mas é algo razoável com o qual posso conviver e acredito reflete algum avanço no processo. Para mim, as principais desvantagens dela são a) já citar que existem exceções o que fragiliza o seu rigor e b) não abordar a questão qualitativa e complexa de avaliar o texto conforme o assunto, em outras palavras, não é porque o limite é X que devemos escrever o máximo até X. Temos que ir até onde o assunto nos permite escrever com uma qualidade destaque. Ainda preferia a remoção dos 190kB e tratar a questão do tamanho sempre nas candidaturas. OTAVIO1981 (discussão) 21h31min de 6 de abril de 2015 (UTC)
Symbol support vote.svg Apoio Tetraktys (discussão) 02h45min de 7 de abril de 2015 (UTC)

Eu também Symbol support vote.svg Apoio. Bruno Ishiai (discussão) 00h05min de 8 de abril de 2015 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio. LuizM 00h26min de 8 de abril de 2015 (UTC)
  • Passadas quase duas semanas, e sem mais manifestações, aplico esta proposta.OTAVIO1981 (discussão) 23h28min de 19 de abril de 2015 (UTC)

Proposta na esplanada para alterar o funcionamento das EAB/D[editar | editar código-fonte]

Foi aberta na esplanada a discussão Wikipédia:Esplanada/propostas/Realizar EADs por consenso (4dez2014). O título do tópico é enganador, uma vez que a proposta faz depender a transformação em consenso da criação de um grupo usuários com poderes especiais para avaliar os artigos. Além disso, também está a ser proposta a criação de dezenas de novas regras para EAB/D.

Como a proposta não parece ter tido a autoria de quem participa regularmente na avaliação ou proposta de artigos destacados, deixo aqui este request for comment. Antero de Quintal (discussão) 19h45min de 4 de dezembro de 2014 (UTC)

Obrigado por nos avisar. Luiz Fernando Fritz (discussão) 20h21min de 4 de dezembro de 2014 (UTC)