Wilfrid Michael Voynich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wilfrid Michael Voynich
Nascimento 31 de outubro de 1865
Telšiai
Morte 19 de março de 1930 (64 anos)
Nova Iorque
Cidadania Estados Unidos, Polônia
Cônjuge Ethel Lilian Voynich
Ocupação antiquário, historiador, químico

Wilfrid Michael Voynich, nascido Michał Habdank-Wojnicz (Telšiai, 31 de outubro de 1865Nova Iorque, 19 de março de 1930) foi um revolucionário polaco, antiquário e bibliófilo britânico e estadunidense, e o epônimo do manuscrito Voynich.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Michał Wojnicz nasceu na cidade de Hrodna – a qual era parte do Império Russo, atual Bielorrússia– numa família nobre polaco-lituana.

Em 1885, em Varsóvia, Wojnicz uniu-se à organização revolucionária Proletarjat, de Ludwik Waryński. Em 1886, depois de uma tentativa falhada de libertar da Cidadela de Varsóvia camaradas conspiradores sentenciados à pena de morte, foi preso pela polícia czarista e, em 1887, foi mandado cumprir sentença de trabalhos forçados em Tunka.

Em 1890 ele escapou da Sibéria e chegou à Londres, adoptando como prenome seu nom de guerre, Wilfryd. Em 1893, casou-se com uma camarada revolucionária, Ethel Lilian Boole, filha do famoso matemático britânico, George Boole.

Após a morte em 1895 de seu camarada Stepniak, os Voyniches (visto que tinham anglicizado o apelido), encerraram as suas atividades revolucionárias. Em 1898, Voynich abriu uma livraria em Londres, seguida por outra em 1914 na cidade de Nova Iorque.

Voynich morreu em Nova Iorque em 1930.

Manuscrito Voynich[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Manuscrito Voynich

A mais famosa aquisição de Voynich foi um misterioso manuscrito medieval, o qual adquiriu em 1912 na Villa Mondragone, Itália. O manuscrito foi escrito em grafia desconhecida, a qual vários linguistas e criptólogos famosos foram incapazes de decifrar, desde a primeira apresentação pública do manuscrito, em 1915.

Referências[editar | editar código-fonte]