Wilhelm Bleek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wilhelm Bleek
Nascimento 8 de março de 1827
Berlim
Morte 17 de agosto de 1875 (48 anos)
Cidade do Cabo
Cidadania Alemanha
Alma mater Universidade de Bonn
Ocupação antropólogo, linguista, fotógrafo

Wilhelm Heinrich Immanuel Bleek (Berlim, 8 de março de 1827Cidade do Cabo, 17 de agosto de 1875) foi um linguista alemão. Seu grande trabalho foi Gramática Comparativa de Línguas Sul-africanas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Wilhelm Bleek nasceu em Berlim (Reino da Prússia).

De 1845 a 1848 ele estudou teologia em Bonn e foi para Berlim para estudar hebraico, onde foi estudante de Carl R. Lepsius. Sua tese de doutorado (1851) tratou da classe dos substantivos. Em 1853 ele foi para a África para estudar Khoisan e línguas bantu e começou por escrever uma gramática de isiZulu. Em sua grande obra, Gramática Comparativa, ele estudou os prefixos de substantivos das línguas bantu e introduziu um sistema numeral de classes que não é mais usado hoje.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Livro de mão da Filologia (estudo de línguas) Africanan, Australiana e Polinésia. (3vols.) Cape Town - Londres, (1858-63)
  • Gramática Comparativa de Línguas Sul-africanas. Londres, Trübner & Co. (1862: Part I; 1869: Part II)
  • Reynard, a Raposa na África do Sul; ou Fábulas e Contos de Hottentot. (Tradução especial dos manuscritos originais na biblioteca de Sua Excelência Sir George Grey) Londres, Trübner & Co. (1864)
  • Über den Ursprung der Sprache. (Herausgegeben mit einem Vorwort von Dr. Ernst Haeckel.) Weimar, H. Böhlau (1868)
  • Espécimes do Folclóre Bosquímano. (por Wilhelm Bleek e Lucy Lloyd) Londres, G. Allen (1911)

Referências Literárias[editar | editar código-fonte]

  • Otto H. Spohr: Wilhelm Heinrich Immanuel Bleek, uma Bio-bibliografia Esboçada. Cape Town, Biblioteca da Universidade de Cape Town (1962)
  • Walter Köppe: Filologia im südlichen Afrika: Wilhelm Heinrich Immanuel Bleek (1827-1875). Zeitschrift für Germanistik, Neue Folge 3 (1998)
  • Konrad Körner: Os Lingüístas e a Teoria da Evolução. (Três essays por August Schleicher, Ernst Haeckel e Wilhelm Bleek) Amsterdã-Filadélfia, John Benjamins Publishing Company (1983)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]