Will Rogers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Will Rogers
Nascimento 4 de novembro de 1879
Oologah
Morte 15 de agosto de 1935 (55 anos)
Point Barrow
Sepultamento Forest Lawn Memorial Park (Glendale)
Cidadania Estados Unidos
Progenitores
  • Clement V. Rogers
Filho(s) Will Rogers Jr., Mary Howard de Liagre, Jimmy Rogers
Ocupação político, jornalista, ator de teatro, ator de cinema, roteirista, produtor cinematográfico,
Prêmios
Causa da morte acidente aéreo

William Penn Adair "Will" Rogers (Oklahoma, 4 de novembro de 1879Point Barrow, Território do Alasca, 15 de agosto de 1935) foi um ator e comediante norte-americano.

Também se destacou como cronista e roteirista.

É dele a autoria de, ao menos, cinco frases memoráveis:

  • "Todo mundo é ignorante, apenas em assuntos diferentes."
  • "Mesmo estando no caminho certo, você vai ser atropelado se ficar parado nele."
  • "Muita gente gasta um dinheiro que não tem, para comprar coisas que não quer, para impressionar pessoas de que não gosta.[1]"
  • "Tudo é engraçado, desde que aconteça com outra pessoa[2]."
  • "Não é difícil ser humorista, quando temos o governo inteiro trabalhando para nós.[3]"
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Will Rogers
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Will Rogers

Participou do Ziegfeld Follies, teatro de revista que foi sucesso na Broadway, e fez 71 filmes (50 “mudos” e 21 “falados”), entre eles Feira de Amostras (1933), Handy Andy (1934) e Doubting Thomas (1935). Escreveu milhares de colunas em jornais distribuídos nos Estados Unidos. No início da década de 1930, ele era o cronista mais lido do país.

Foi lançado pré-candidato pelo Partido Democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos de 1932.

Faleceu num desastre de aviação, quando a aeronave em que seguia com o aviador Wiley Post caiu no norte do Alasca. O acidente comoveu os Estados Unidos.

Em 2021, foi publicado no Brasil o livro "Políticos, Pernósticos & Lunáticos - Textos de um dos Maiores Humoristas Americanos de Todos os Tempos[1]" (Gryphus Editora; org. e trad. Lucas Colombo), uma coletânea de crônicas, artigos e frases de Rogers, a primeira em língua portuguesa.

  1. a b Rogers, Will (2021). Políticos, Pernósticos & Lunáticos - Textos de um dos Maiores Humoristas Americanos de Todos os Tempos. Rio de Janeiro: Gryphus. 130 páginas. ISBN 978-65-86061-31-4 
  2. Rogers, Will (citado por Antônio Prata) (1 de maio de 2017). «Estão rindo do quê?». Revista Quatro Cinco Um. Consultado em 29 de dezembro de 2021. Cópia arquivada em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda) 🔗 
  3. Castro, Ruy (1998). O Melhor do Mau Humor. São Paulo: Companhia das Letras