Will Smith (The Fresh Prince of Bel-Air)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Will Smith
Personagem fictícia de The Fresh Prince of Bel-Air
WillSmithMay10.jpg
Ator interpretou Will Smith na serie Um Maluco no Pedaço
Nome completo William Smith
Língua original Inglês
Morada Filadélfia, Pensilvânia
 Estados Unidos
Nascimento 3 de Julho de 1973
Idade 17 a 22 (na série)
Origem  Estados Unidos
Dublagem Brasil Manolo Rey
Série(s) The Fresh Prince of Bel-Air
Temporada(s) Todas
Interpretado por Willard Smith

William Smith (Filadélfia, 3 de Julho de 1973) ou simplesmente Will , é um personagem fictício da série The Fresh Prince of Bel-Air, inspirado em seu próprio intérprete, Willard Smith. (No seriado o personagem se chama William Smith)

História[editar | editar código-fonte]

Um dia ele é mandado por sua mãe para morar em uma mansão no rico e luxuoso bairro de Bel-Air, em Los Angeles, com a família Banks. A família tenta transformá-lo em um garoto civilizado, mas ele tem outros planos. Vivendo como um garoto de rua numa rica mansão, gera as mais divertidas confusões. Apesar de as suas constantes confusões, personalidade excêntrica e falta de respeito às boas maneiras sugerirem que Will Smith é um adolescente burro e irresponsável, em mais de um episódio demonstra-se que ele é bem inteligente e estudioso de ponto de vista acadêmico, visto que num episódio, ele ultrapassou em 2 pontos o Carlton num teste de Q.I. E em outro episódio da série, um amigo seu de infância, o "Ice-Stray", disse que Will chegava a esconder os livros da escola numa caixa de pizza, só para poder estudar em paz, e apesar de as trapalhadas de Will realmente deixarem o Philip Banks nervoso, este mesmo personagem admite, com orgulho, que o Will é muito diligente nos estudos.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Conforme é dito na canção de abertura do programa(que é um rap cantado pelo próprio Will Smith contando sua trajetória até a casa de sua família em Bel-Air.). Will nasceu e crescia em um bairro humilde da região oeste da Filadélfia, onde passava seu tempo jogando basquete na quadra da escola e curtindo seus amigos de estilo, educação e condições sociais semelhantes ás dele, uma vez que Will não era muito dedicado aos estudos e vez ou outra arrumava encrenca com valentões, em especial com um rapaz chamado Omar e sua gangue, que viviam perseguindo garotos como Will, praticando bullying e demais delitos, dos quais Will era vítima, por mais malandro que tentasse ser, além de ser alvo de piadas por alguns conhecidos por se mostrar covarde demais para encarar uma briga e viver fugindo de seus desafetos. Após uma briga feia na quadra da escola, gerada por Will deixar escapar uma bola de basquete que atingiu a cabeça de Omar, sua mãe Viola, uma mãe solteira superprotetora bastante preocupada com o futuro de seu filho, decide mandá-lo para morar com seus tios ricos em Bel-Air, na Califórnia, e apesar da resistência de Will, sua mãe não hesitou em mandá-lo para Bel-Air, esperando que lá ele pudesse receber melhor educação e proteção.

Durante sua vida na Philadelphia, Will era educado á duras penas por Viola após seu marido, o caminhoneiro Lou, abandonar esposa e filho quando este tinha apenas quatro anos de idade, inventando a desculpa de não estar pronto para ser pai. Tal ato fora bastante criticado pelo pai conservador Phillip Banks, que passou pelas mesmas dificuldades(os Banks passavam necessidades nos primeiros anos do casamento de Phil e Vivian, quando Ashley ainda nem era nascida), mas não abandonou sua família, dando a eles a melhor educação que podia.

Will ganhou um vôo de primeira classe comprado pelos tios, e chegando ao seu destino, pegou um táxi até Bel-Air, onde chegou cantarolando uma música de seu gosto e ainda confundiu o mordomo Jeffrey com seu tio Phil. E mesmo sendo bem recebido por seus tios e primos, ele ainda demonstra seus trejeitos um tanto quanto estranhos para uma família bem sucedida e fina.

Relação com outros personagens[editar | editar código-fonte]

Principais[editar | editar código-fonte]

  • Carlton- Seu primo mais chegado, embora sejam completamente diferentes um do outro. Carlton admira seu pai Phillip e tenta seguir seu exemplo, porém em muitas situações, Phil parece mais próximo de Will, tendo com ele uma relação semelhante á de pai e filho, gerando certo ciúmes a Carlton, além de serem comuns as disputas entre os dois primos(inclusive envolvendo garotas e interesses amorosos), uma vez que Carlton subestima o estilo mais suburbano e simplório de Will e tenta quase sempre se mostrar mais adequado do que este, o que costuma gerar brigas entre os dois também porque Will não consegue aturar certas frescuras e o jeito exageradamente certinho do primo. Também são constantes as piadas que Will faz quanto á baixa estatura de Carlton. Apesar das desavenças entre os dois, possuem uma relação amigável e se tratam como verdadeiros irmãos, sempre buscando defender um ao outro e equilibrar suas diferenças. A relação entre os dois é aflorada em ambientes escolares(já que estudam juntos tanto na escola quanto na faculdade), principalmente quando estudam na mesma faculdade durante as três últimas temporadas da série, compartilhando mais momentos entre si do que com outros membros da família Banks.
  • Tio Phil- Por ser casado com a tia de Will, que é irmã da mãe deste, Phil é tio do rapaz por tabela, por esta razão hesita em aceitar a diferença social entre eles. Phil é um advogado(posteriormente juiz) sério e odeia piadas ligadas á sua obesidade, ainda assim é alvo de piadas quanto a isto e o fato de ser careca, tais piadas geralmente feitas por Will(também pelo fato de Phil ser um comilão inveterado), o que costuma tirá-lo do sério. Como um patriarca bastante rígido, Phil tenta manter a absoluta ordem e disciplina, a qual aplica a seus filhos e tenta aplicar a Will, o que gera contratempos entre os dois. Porém, apesar das diferenças, Phil sempre tem uma história para contar para que Will possa refletir(mostrando que Phil já foi jovem como ele e também é de origem humilde, mas cresceu na vida e quer incentivar Will a também crescer), tanto que Will vê em Phil a figura paterna que nunca teve, Muitas situações mostram Phil mais próximo de Will do que de seus próprios filhos, uma vez que Will também se mostra mais ligado a seu tio do que á sua Tia Vivian, muito embora esta seja sua tia de sangue.
  • Hillary- Filha mais velha do casal Banks, Hillary se sente superior tanto a seus irmãos quanto a Will, por ser mais velha que todos eles e tentar vender a imagem de uma maturidade que na verdade não possui. Por ser extremamente consumista e egocêntrica, Hillary recrimina o estilo de vida de Will, achando-o relaxado e imaturo demais(pelo menos a princípio), porém, seu jeito de ser e seus trejeitos são satirizados pelo primo com bastante frequência, e ela se mostra bastante impaciente para com as piadas do rapaz. Em situações mais amigáveis, porém, Hillary é quem arruma os melhores empregos para Will e os dois costumam arranjar vários encontros amorosos um para o outro. Hillary só não gosta quando Will tenta empurrar seu amigo Jazz para ela.
  • Tia Vivian- Irmã da mãe de Will, portanto sua tia de sangue, Vivian é totalmente de acordo com a ideia de acolher o sobrinho da Philadelphia, muito embora seja discordada por Phil, que a princípio reprova o jeito de ser de Will e tem de aturá-lo por estar acolhendo-o em sua casa. Como Vivian é o ponto de equilíbrio da família e quem mais tenta evitar conflitos, geralmente é quem consegue apaziguar uma situação complicada entre Will e Phil, movendo seu marido a entender melhor o sobrinho. Vivian é notavelmente mais paciente com Will do que Phil, muito embora Will se mostre mais próximo dele do que dela.
  • Ashley-Filha mais nova do casal Banks, Ashley ainda é criança quando Will se muda para a casa de seus pais em Bel-Air, e segundo Phil, a princípio corre risco de ser "vítima" da "má influência" de Will(q segundo Phil, é um jovem mal instruído e mal intencionado, pelo menos a princípio). Por ser mais nova, ela vê em Will um exemplo em potencial para desespero principalmente de seu pai(já que ela imita os raps, danças e trejeitos do primo), que esperava que ela seguisse o exemplo do Carlton, mas Ashley se vê completamente oposta ao irmão, além de ser certamente mais simples que sua irmã Hillary e não querer seguir seu exemplo de vida fútil e materialista, o qual Hillary tenta impor á irmã, mas é contrariado por Will, a quem Ashley prefere imitar. Will é com certeza o maior apoiador dos sonhos da prima, mesmo aqueles que contrariam a vontade imposta por Phil(o que gera contratempos entre os dois e só é apaziguado por Vivian ou pela própria Ashley). Por Ashley ser muito nova, ela é desencorajada por seu pai superprotetor em quase tudo que decide fazer, mas Will é quem a incentiva a lutar por seus interesses, mesmo que estes contradigam a vontade de Phil.
  • Jeffrey-Desde o começo, Will não interpreta bem o jeito formal, mecânico e blazê do mordomo Jeffrey, achando-o mecânico demais em seu jeito de falar e agir(tanto que no primeiro episódio, ele indaga o mordomo: "Você é um robô, meu irmão?"). Will costuma dar ordens ao mordomo, aproveitando-se do fato de ser um hóspede da família(e se sentido um membro da mesma), porém, certos "abusos de poder" da parte do rapaz enfurecem Jeffrey, que dá o troco nele sendo sarcástico e o deixando bastante constrangido, ou mesmo quando cumpre pela metade(ou não cumpre) um pedido de Will. Apesar desses momentos, os dois ainda assim conseguem se entrosar e Jeffrey ajuda Will amigavelmente em alguma tarefa e o aconselhando, assim como faz com os filhos de seus patrões. Jeffrey costuma se dirigir a Will como Senhor William, muito embora Will se constranja em ser chamado de senhor, preferindo que o mordomo o chame de Will, ao que ele nunca atendeu.
  • Jazz-Grande amigo de Will, que o conhecia desde a Filadélfia e igualmente se mudara para Bel-Air praticamente com o mesmo objetivo de Will.Os dois são bem amigos, apesar de Jazz ser bastante sem noção, fazer perguntas sem nexo e irritar Will com piadas de mau gosto e desaforos á família. Costuma visitar os Banks com certa frequência e quase sempre é expulso por Phil, que o joga janela afora após perder a paciência com suas gafes(muito embora o próprio Will já tenha feito isso a Jazz algumas vezes). Phil é alvo constante das piadas de Jazz, o que diverte Will, mas o deixa numa fria em muitas situações. Jazz costuma arranjar garotas para Will, da mesma forma que conta com a ajuda do mesmo para conquistar Hillary(que é o interesse amoroso de Jazz em quase toda a série), porém, ás vezes bola planos que costuma prejudicar tanto a Will quanto á ele mesmo(fazendo Will perder a paciência com Jazz e expulsá-lo da casa). A amizade dos dois costuma gerar ciúmes em Carlton, muito embora Jazz e Carlton vez ou outra se mostrem entrosados.

Secundário[editar | editar código-fonte]

  • Vy Smith-Por seu marido tê-la abandonado quando Will ainda era bem novo, Violet teve que cuidar de seu filho sozinha e isso de certa forma a amadureceu bastante. Os dois possuem uma boa relação entre mãe e filho, sendo companheiros um do outro, inclusive brincando entre si. Mesmo em condições financeiras pouco favoráveis, Vy orientou seu filho, ensinando-o no caminho certo, muito embora Will estivesse em contato com a violência e as armadilhas da Filadélfia enquanto morando com sua mãe, e mesmo malandro, Will ainda se mostrava indefeso ao enfrentar garotos mais fortes e mal encarados. Com medo de que Will se tornasse vítima da sociedade ou se marginalizasse, Vy o mandou para a casa dos tios, meio contra a vontade do mesmo, mas ela não quis muito ouvir sua opinião e o enviou a Bel-Air assim mesmo. Longe um do outro, resta a saudade que sentem(principalmente por parte dela por ele, já que naturalmente sofre com o "ninho vazio" um tanto quanto cedo), mas sempre há a alegria quando se revêm, ao ela visitar Bel-Air ou ele visitar a Filadélfia(obviamente as visitas dela á ele são mais comuns). Will apenas detesta ser cobrado por ela(principalmente morando longe) e sente bastante ciúmes ao vê-la paquerando ou namorando alguém.
  • Tyriq-Amigo de Will e Jazz, apesar de ser desconhecida a origem da amizade entre eles, uma vez que Tyriq reside em Bel-Air(provavelmente é de Crompton, bairro suburbano afastado de Bel-Air onde também reside Jazz). Um rapaz de origem também humilde, bastante tímido e amante de pizza fria que geralmente aparece trazendo comida(geralmente lanches) para dividir com Will. Apesar de aparentemente ser amigo de Jazz também, Ty sente ciúmes da amizade entre este e Will e costuma disputar com Jazz para ver quem é o melhor amigo de Will. Assim como a maioria dos amigos de Will, Ty também não se dá muito bem com Carlton, já que o vê como alguém bem diferente dele. É julgado por Will e Carlton por talvez não ser tão inteligente.
  • Jackie Ames-Os dois eram amigos durante a infância e pré-adolescência de Will na Filadélfia e o rapaz era amorosamente interessado nela, mas a esqueceu e os dois perderam contato até que se reencontraram na faculdade, onde Jackie é gerente da lanchonete onde Will trabalha. Apesar do relacionamento entre eles parecer amigável, Jackie parece não confiar muito na amizade de Will, e muito embora ele viva paquerando-a, ela quase sempre rejeita suas investidas(mesmo que no fundo nutra sentimentos por ele e queira ter algo mais sério), julgando-se superior e mais madura, alegando que Will ainda é muito infantil. É comum ela trocá-lo por Carlton ou por outro aparentemente mais inteligente e maduro, e ás vezes faz uso de tal situação para provocar Will ou dar uma lição de moral nele.
  • Lisa Wilkes-Namorada de Will durante a quinta temporada da série, Lisa é bastante dócil e amável para com Will, também aturando as piadas e trejeitos dele por talvez parecer gostar de seu jeito brincalhão de ser e nutrir um verdadeiro amor por ele. Por ser certamente mais séria e madura, geralmente é sua voz da razão, apesar de demonstrar ser bastante ciumenta com ele. Além disso, costuma defendê-lo em várias situações(como quando um valentão a paquerou e Will se posicionou como seu namorado apenas para tomar um soco do mesmo. Quando o grandão tenta agarrar Lisa, ela o nocauteia com um golpe marcial e logo vai socorrer Will.), o que vez ou outra fere o orgulho masculino de Will, que quer sempre se mostrar mais forte que ela e se fazer heróico pra ela. Tal ego masculino é o alvo para discussões entre o casal.
  • Lou Smith-Pai de Will, que é revelado na 4a Temporada. Lou é um caminhoneiro de vida humilde que abandonou a família quando Will ainda era muito pequeno, resultando no garoto crescer sem uma figura paterna, sendo criado com dificuldade apenas pela mãe. Durante este período, Lou permaneceu desaparecido, sem nem sequer enviar um cartão de aniversário a seu filho ou ao menos dar sinal de vida. Reaparece 14 anos depois, visitando a faculdade de Will em Bel-Air e demonstrando vontade de fazer parte da vida do filho novamente, sendo bem recebido por Will e por toda a família, exceto por Phillip, que o reprova por sua atitude anterior e desacredita em seu caráter. Para reestabelecer o elo entre pai e filho, Lou faz a Will a proposta de acompanhá-lo em viagem pelo país durante as férias de verão, o que deixa Will bastante ansioso em viajar com o pai, apesar dos desapontamentos vindo por parte de Phillip. O que Will não esperava era que Lou tivesse um imprevisto em seu trabalho que o impediria de fazer a viagem, ao que Lou utiliza a desculpa para supostamente adiar a viagem para dali algumas semanas, decepcionando Will, que o nega como pai, chamando-o de "Lou" ao invés de "pai", ao despedir-se dele. Tal situação faz Will reconhecer Phillip como a figura paterna que nunca teve.

Relacionamentos Amorosos[editar | editar código-fonte]

Durante a série, Will teve algumas namoradas e casos amorosos que foram mostrados em alguns episódios, muito embora a maioria de suas namoradas fosse mostrada em apenas um episódio, não retornando em episódios posteriores, o que dá a entender que os relacionamentos amorosos de Will não costumam ser muito duradouros, já que Will é um mulherengo nato.

Jacqueline "Jackie" Ames[editar | editar código-fonte]

Não chegou a ser namorada de Will, apesar de ser constantemente paquerada por ele durante a 4a temporada, ao que ela o considera infantil e muito irresponsável, levando em conta que a deixou de lado após se mudar pra Bel-Air. Apesar de ser interessado nela e tentar engatar algo mais sério, Will acaba se dividindo entre ela e outras garotas, ao que Jackie geralmente se decepciona com Will quando espera algo a mais dele e ele não consegue cumprir, tanto que é comum vê-la trocando Will por Carlton por achá-lo mais maduro e responsável, além de Jackie se mostrar um tanto quanto interesseira em algumas situações(já que sabe que Carlton tem boas condições financeiras, melhores que as de Will, e aparentemente pode garantir um futuro melhor). Seu lado interesseiro e um tanto arrogante é mostrado á tona quando começa um namoro com o jogador de rugby Hank Farley, e faz uso deste fato para fazer ciúmes a Will, que decide invadir o aniversário de Hank mesmo sem ser convidado e arranja uma briga infantil com ele, na qual os dois disputam quem bebe mais sem se embriagar. Tal disputa infantil faz com que Jackie rompa com Hank e deixe os dois de lado, indo embora da festa com Carlton. Estranhamente, Jackie não volta a aparecer em mais nenhum episódio da série á partir de então.

Beulah "Lisa" Wilkes[editar | editar código-fonte]

O relacionamento mais duradouro de Will em toda a série, Lisa é uma aluna da universidade ULA(onde estudam Will, Carlton e Jackie) durante a 5a temporada, se mostrando inicialmente uma séria feminista que decide pregar uma peça em Will com a ajuda de Carlton, na intenção deste deixar de agir como um cafajeste, assim vingando outras garotas que Will supostamente iludiu amorosamente. Tal ato faz com que ao fim da história, Will se apaixone por Lisa e realmente leve o namoro bastante á sério, inclusive fazendo Lisa se apegar á família de Will da mesma forma que ele se torna bastante amigo do pai dela, Fred Wilkes, terminando pelos dois criarem um laço afetivo semelhante ao de pai de filho(o que deixa Lisa um tanto enciumada). Os dois chegam a ter sua cerimônia de casamento, mas ambos se sentem ainda imaturos para assumir um lar, e na mesma cerimônia, Fred se casa com Viola, a mãe de Will tornando-se de futuro sogro a padrasto de Will e fazendo dele e de Lisa meio-irmãos. Estranhamente, Lisa e Fred não são nem sequer mencionados na 6a temporada.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

  • Durante a 4a temporada, Will tem um breve namoro com outra garota chamada Lisa, que durou apenas um episódio, que foi "Quanto maior a queda, maior o tombo", sendo esta Lisa completamente diferente de Lisa Wilkes, tendo um comportamento mais maluco e emotivo, porém o namoro não dura muito, devido ao pai desta ser contra o relacionamento e testar Will constantemente. Os dois decidem se entender melhor durante um vôo de jatinho, mas as brigas continuam constantes até que o avião cai e os dois acabam sobrevivendo, e ainda assim as disputas continuam até que Will perde a paciência com o sogro e o deixa sozinho na floresta.
  • Nia Long, a atriz que interpretou Lisa durante a 5a temporada, viveu outra personagem durante a segunda, que também teve uma paquera com Will. Nia interpretou Claudia, uma garota fútil, materialista, prolixa e pouco inteligente com quem Will queria sair no episódio "Ela é da pesada!". Durante o episódio, Will está em dúvida entre sair com a simpática e divertida, porém gordinha Dee Dee(Queen Latifah) ou com a esbelta, porém arrogante e fútil Claudia. Após os amigos de Will zombarem do fato dele sair com Dee Dee devido a seu peso, ela descobre tudo e o deixa de lado, restando a ele ir á uma festa com Claudia apenas para descobrir o quão vazia ela é, na mesma festa, Dee Dee está igualmente entediada quanto á seu par romântico, então, ela abandona seu par á medida que Will rejeita Claudia e assim Will e Dee Dee voltam a sair juntos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.