Will Turner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Will Turner
Personagem fictícia de Piratas do Caribe
Sexo Masculino
Características Atirador , Combate corpo a corpo , Luta de espadas
Ocupação Pirata ex-comandante do Holandês Voador
Afiliações Elizabeth Swann, Jack Sparrow, Hector Barbossa
Família Elizabeth Swann (esposa)
Henry Turner (filho)
Bootstrap Bill Turner (pai)
Weatherby Swann (sogro; falecido)
Amigo(s) Jack Sparrow, Joshamee Gibbs, Hector Barbossa, Carina Smyth, Pintel, Ragetti, Tia Dalma
Inimigo(s) Hector Barbossa (antigamente), Davy Jones, Lorde Cutler Beckett, Sao Feng
Primeira aparição Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl (2003)
Última aparição Pirates of the Caribbean: Dead Men Tell No Tales
Interpretado por Orlando Bloom
Site oficial Página oficial
Afiliações Elizabeth Swann, Jack Sparrow, Hector Barbossa

Pirates of the Caribbean: Dead Men Tell No Tales

William Turner II, mais conhecido como Will Turner é um personagem da série de filmes Piratas do Caribe. É interpretado pelo ator britânico Orlando Bloom.

É um jovem ferreiro que, ao conhecer o Capitão Jack Sparrow, une-se a ele. O jovem Will é apaixonado por Elizabeth Swann, a filha do governador da cidade de Port Royal.

No filme Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl, Will descobre que é filho de Bootstrap Bill Pedroso, ou William Turner, um pirata, antigo tripulante do navio Pérola Negra, que foi jogado nas profundezas do oceano por causa de sua lealdade a Jack no motim armado contra ele.

Em Pirates of the Caribbean: Dead Man's Chest, Will reencontra o pai e descobre que ele está condenado a trabalhar para Davy Jones.

Em Pirates of the Caribbean: At World's End, Davy Jones é morto e Will toma o seu lugar. Junto com o comando do navio Holandês Voador, ele recebe também a missão de conduzir as almas para o além e a maldição de poder pisar em terra firme apenas um dia a cada dez anos. No meio da batalha contra Davy Jones Will e Elizabeth finalmente se casam. Após consumar o casamento ele parte para a sua missão, deixando seu coração aos cuidados de Elizabeth em uma ilha, onde só poderão se reencontrar de 10 em 10 anos. O reencontro entre eles acontece. E é mostrado na famosa e emocionante cena extra após os créditos. Elizabeth é vista com um menino, seu filho com Will. Em seguida, o belo capitão Will Turner aparece a bordo do Holandês e avista seu filho ao lado de sua esposa. Elizabeth passou os últimos dez anos com o seu filho em Port Royal. No dia do reencontro com o marido, ela pegou o filho e junto com ele na Enseada dos Naúfragos, e aguardou Will.

Apesar de não confirmadas fontes afirmam que Will Turner irá voltar no filme Pirates of the Carribean 5 : Dead Man tells no Tales.

Em Pirates of the Caribbean: Dead Men Tell No Tales Seu filho Henry Turner e sua amiga Karina Smiff tentam descobrir o mistério do tritende de Poseidon Will Turner e todos o resto são libertos de suas maldições e o encontro emocionante entre Will e Elizabeth Swann acontece finalmente e Harry Turner e Karina Smiff dão aquele beijo enquanto Capitão Jack Sparrow morre de raiva em seu navio o Pérola Negra.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O nome William Turner faz referência a um famoso pintor britânico chamado Joseph Mallord William Turner, talvez por ter em muitas de suas pinturas paisagens marinhas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]