William Desmond Taylor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
William Desmond Taylor
Nome completo William Cunningham Deane-Tanner
Outros nomes William D. Taylor[1]
William Taylor[2]
Nascimento 26 de abril de 1872
Condado de Carlow, Irlanda
Nacionalidade irlandês
norte-americano
Morte 1 de fevereiro de 1922 (49 anos)
Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação Ator e diretor
Atividade 1913-1922
Cônjuge Ethel May Hamilton (1901-1912)
IMDb: (inglês)

William Desmond Taylor (26 de abril de 1872 – 1 de fevereiro de 1922) foi um ator e diretor norte-americano nascido na Irlanda. Ele dirigiu 59 filmes mudos entre 1914 e 1922 e atuou em 27 entre 1913 e 1915. Sua carreira no cinema mudo tornou uma figura popular na indústria emergente de Hollywood na década de 1910 e início de 1920.[3]

O assassinato de Taylor em 1º de fevereiro de 1922, junto a outros escândalos de Hollywood da época, como o julgamento de Roscoe Arbuckle, levaram a uma onda de notícias sensacionalistas e frequentemente falsas.[4] Seu assassinato continua um caso não resolvido oficialmente.[5]

Filmografia selecionada[editar | editar código-fonte]

Taylor dirigiu mais de 60 filmes. O notável entre estes incluem:

Referências

  1. William Desmond Taylor no TCM.com
  2. «William Desmond Taylor». People Silent Era. Consultado em 3 de outubro de 2014 
  3. «The Unsolved Murder of William Desmond Taylor». University of Southern California. Consultado em 10 de julho de 2015 
  4. «Taylorology Press Archive». www.taylorology.com. Consultado em 10 de julho de 2015 
  5. «Murder in Hollywood: A tale of vice and vixens - Feb 02, 1922 - HISTORY.com». Consultado em 10 de julho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre William Desmond Taylor
Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.