William Seward Burroughs I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
William Seward Burroughs
Conhecido(a) por Máquina de somar
Nascimento 28 de janeiro de 1857
Rochester
Morte 14 de setembro de 1898 (41 anos)
Citronelle
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Prêmios National Inventors Hall of Fame
Campo(s) Inventor

William Seward Burroughs I (Rochester, 28 de janeiro de 1857Citronelle, 14 de setembro de 1898) foi um inventor estadunidense.[1][2]

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Burroughs era filho de um mecânico e trabalhou com máquinas durante a infância. Quando ele ainda era um menino, seus pais se mudaram para Auburn, Nova York, onde ele e seus irmãos foram educados no sistema de escolas públicas.

Casou-se com sua esposa, Ida (nascida Selover) em 1879. Eles tiveram dois filhos e duas filhas: Jennie, Horace, Mortimer (pai de William S. Burroughs II) e Helen.[1]

Inventor[editar | editar código-fonte]

Em 1882, ele começou a trabalhar como caixa em um banco. Grande parte de seu trabalho consistia em longas horas revisando livros-razão em busca de erros. Nessa época, Burroughs ficou interessado em resolver o problema de criar uma máquina de somar. No banco, havia uma série de protótipos anteriores, mas nas mãos de usuários inexperientes, os que existiam às vezes davam respostas incorretas e, às vezes, ultrajantes. O trabalho de escriturário não estava de acordo com os desejos de Burroughs, pois ele tinha um amor e talento naturais para a mecânica, e o tédio e a monotonia da vida clerical pesavam sobre ele. Sete anos no banco prejudicaram sua saúde e ele foi forçado a renunciar.

Patente no. 388 116 sobre uma Máquina de somar.

No início da década de 1880 (1880-1882), Burroughs foi aconselhado por um médico a se mudar para uma área de clima mais quente e mudou-se para St. Louis, Missouri, onde conseguiu um emprego na Oficina de Máquinas Boyer. Este novo ambiente, que mais o atraiu, acelerou o desenvolvimento da ideia que ele já tinha em mente, e as ferramentas de seu novo ofício deram-lhe a oportunidade de concretizar a primeira concepção da máquina de somar. A precisão foi a base de seu trabalho. Nenhum material comum era bom o suficiente para sua criação. Seus desenhos foram feitos em placas de metal que não podiam expandir ou encolher nem uma fração de polegada. Ele trabalhou com ferramentas endurecidas, afiadas em pontas finas, e quando ele atingiu um centro ou desenhou uma linha, isso foi feito sob um microscópio.

Então, ele inventou uma " máquina de calcular " (primeira patente registrada em 1885) projetada para aliviar a monotonia do trabalho burocrático. Em 1890, as máquinas eram bem conhecidas no setor bancário e a adoção estava se espalhando.

Ele foi um dos fundadores da American Arithmometer Company (1886). Após sua morte, o sócio John Boyer impulsionou a empresa após rebatizá-la de Burroughs Added Machine Company (1904).[3][4]

Ele foi premiado com a medalha John Scott Legacy do Franklin Institute pouco antes de sua morte.[1] Ele foi postumamente incluído no National Inventors Hall of Fame.[2] Ele era avô do escritor da Geração Beat William S. Burroughs e bisavô de William S. Burroughs Jr., que também era escritor.

Burroughs também recebeu uma patente para um despertador elétrico em 1892.[5]

Ele morreu em Citronelle, Mobile County, Alabama[6] e foi enterrado no Cemitério Bellefontaine em St. Louis, Missouri.

Patentes[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «Case Files: William S. Burroughs». The Franklin Institute (em inglês). 27 de abril de 2016. Consultado em 16 de agosto de 2021 
  2. a b «NIHF Inductee William Burroughs Invented the Calculator». www.invent.org (em inglês). Consultado em 16 de agosto de 2021 
  3. «Items of Interest» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 – via Newspapers.com 
  4. «MISSING LINKS». Newspapers.com (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 
  5. «Patents and Trade-marks: Issued to Southwestern Inventors During the Past Week». Newspapers.com (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 
  6. «With the Courts» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 – via Newspapers.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]