Willis Eugene Lamb

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Willis Eugene Lamb Medalha Nobel
Desvio de Lamb
Nascimento 12 de julho de 1913
Los Angeles
Morte 15 de maio de 2008 (94 anos)
Tucson
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade da Califórnia em Berkeley
Ocupação físico, professor universitário
Prêmios Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1955), Guthrie Lecture (1958), Prêmio Einstein de Ciência do Laser (1992), Medalha Nacional de Ciências (2000)
Empregador Universidade Harvard, Universidade do Arizona, Universidade Columbia, Universidade Yale
Orientador(es) Robert Oppenheimer
Orientado(s) Theodore Harold Maiman, Marlan Scully, Balázs Győrffy
Instituições Universidade do Arizona, Universidade de Oxford, Universidade Yale, Universidade Columbia, Universidade Stanford
Campo(s) Física
Tese 1938

Willis Eugene Lamb (Los Angeles, 12 de julho de 1913Tucson, 15 de maio de 2008) foi um físico estadunidense.

Foi laureado com o Nobel de Física de 1955, por descobertas relativas à estrutura fina do espectro de hidrogênio.

Física quântica[editar | editar código-fonte]

Além de sua contribuição crucial e famosa para a eletrodinâmica quântica por meio do deslocamento de Lamb, na última parte de sua carreira ele prestou cada vez mais atenção ao campo das medições quânticas.[1][2][3] Em um de seus escritos, Lamb afirmou que "a maioria das pessoas que usam a mecânica quântica tem pouca necessidade de saber muito sobre a interpretação do assunto".[3] Lamb também foi abertamente crítico de muitas das tendências interpretacionais da mecânica quântica.[4]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Lamb, Jr, W. E.; Retherford, R. C. (1947). «Fine Structure of the Hydrogen Atom by a Microwave Method». Physical Review. 72 (3): 241–243. Bibcode:1947PhRv...72..241R. doi:10.1103/PhysRev.72.241 
  2. W. E. Lamb, Quantum theory of measurement, Annals of the New York Academy of Sciences 480, 407-416 (1986).
  3. a b W. E. Lamb, Quantum theory of measurement, in Noise and Chaos in Nonlinear Dynamical Systems (Cambridge University, Cambridge, 1990) pp. 1-14.
  4. W. E. Lamb, Super classical quantum mechanics: the best interpretation of nonrelativistic quantum mechanics, Am. J. Phys. 69, 413-421 (2001).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Max Born e Walther Bothe
Nobel de Física
1955
com Polykarp Kusch
Sucedido por
William Bradford Shockley, John Bardeen e Walter Houser Brattain


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.