Wilson Chandler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wilson Chandler
Wilson Chandler cropped.jpg
Informações pessoais
Data de nasc. 10 de maio de 1987 (32 anos)
Local de nasc. Benton Harbor, Estados Unidos
Altura 2,03 m
Peso 102 kg
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Brooklyn Nets
Número 21
Posição Ala-armador
Clubes de juventude
2005–2007 Estados Unidos DePaul
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2007–2011
2011
2011–2012
2012–2018
2018–2019
2019
2019–Presente
Estados Unidos New York Knicks
Estados Unidos Denver Nuggets
China Zhejiang Lions
Estados Unidos Denver Nuggets
Estados Unidos Philadelphia 76ers
Estados Unidos Los Angeles Clippers
Estados Unidos Brooklyn Nets
‭182‬ (2.432‬)
21 (262)
32 (852)
‭336‬ (4.421‬)
36 (241)
15 (64)

Wilson Chandler (nascido em 10 de maio de 1987) é um americano jogador de basquete profissional que joga no Brooklyn Nets da National Basketball Association (NBA).[1]

Anteriormente, ele jogou pelo Zhejiang Lions, da Associação Chinesa de Basquete, durante a greve da NBA em 2011 e pelo New York Knicks e Denver Nuggets da NBA. Ele jogou basquete universitário na Universidade DePaul antes de ser selecionado pelos Knicks na primeira rodada do Draft da NBA de 2007.

Início da vida e carreira no ensino médio[editar | editar código-fonte]

Ao crescer em Benton Harbor, Michigan, a três horas de carro de Detroit e a duas horas de Chicago, Chandler foi criado por seus avós.[2]

Ele começou a jogar basquete na Fairplain East Elementary School, uma escola em Benton Harbor, quando estava na quinta série; mais tarde, ele frequentou a Benton Harbor High School. Em seu terceiro ano, ele teve médias de 22,4 pontos e 12 rebotes quando ele ajudou a equipe a alcançar o recorde de 19–4. Em seu último ano, ele teve uma média de 24 pontos, 12 rebotes, cinco assistências e quatro bloqueios por jogo. Naquele ano, a equipe permaneceu invicto durante a temporada regular e foram classificados como o número 1 no estado. Eles foram derrotados pelo eventual campeão estadual Holt High School na final regional.

Chandler foi nomeado Sr. Basketball de Michigan em 2005.

Carreira na faculdade[editar | editar código-fonte]

Chandler foi recrutado por Michigan, Ohio, Indiana, Purdue e Dayton; no entanto, ele se comprometeu com a Universidade DePaul no final de 2004.

Durante sua temporada de calouro, ele alcançou uma média de 10,6 pontos e 7,2 rebotes (10º melhor na Big East) por jogo. Em 10 de dezembro de 2005, ele registrou 16 rebotes contra Dayton, maior marca de um calouro desde que Quentin Richardson teve 16 em 1999. Ele ganhou o prêmio de Novato da Semana da Big East duas vezes naquela temporada e também foi nomeado para a Equipe de Calouros da Big East.

Durante sua segunda temporada, ele teve uma média de 14,7 pontos, 6,9 rebotes e 1,4 bloqueios por jogo. Nesse ano, Chandler foi nomeado para a Segunda-Equipe da Big East.

Ele deixou a faculdade em décimo lugar na lista de todos os tempos em arremessos bloqueados com 86.

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

New York Knicks (2007-2011)[editar | editar código-fonte]

Chandler (#21) com os Knicks em janeiro de 2011

Em abril de 2007, Chandler decidiu inserir seu nome no Draft da NBA de 2007, após uma cuidadosa consideração. Antes de entrar no draft, ele contratou Chris Grier como seu agente. O New York Knicks conversou com seu agente e disseram que estavam interessados ​​nele. Isiah Thomas, gerente geral da equipe, tinha contatos muito bons na Universidade DePaul e havia ido vê-lo na faculdade.[3]

Em 28 de junho de 2007, Chandler foi selecionado pelos Knicks com a 23º escolha geral no Draft de 2007. Em seu primeiro jogo em 13 de novembro de 2007, ele registrou 8 pontos, 2 rebotes e um roubo de bola. Ele teve seu melhor jogo em 6 de abril de 2008, marcando 23 pontos contra o Orlando Magic. Ele terminou a temporada com média de 7,3 pontos por jogo.

Na temporada de 2008-09, sob o comando do treinador Mike D'Antoni, Chandler viu seu papel no Knicks se expandir. Ele terminou a temporada com média de 14,4 pontos e 5,4 rebotes por jogo, enquanto jogou em todos os 82 jogos.

Em 65 jogos na temporada de 2009-10, Chandler teve uma média de 15,3 pontos, 5,4 rebotes e 2,1 assistências.

Em 11 de novembro de 2010, em uma derrota para o Golden State Warriors, Chandler teve seu dente da frente inadvertidamente nocauteado por David Lee. Chandler ficou de fora por alguns minutos antes de retornar ao jogo para terminar com 27 pontos e 3 bloqueios. Em 9 de fevereiro de 2010, Chandler fez 35 pontos contra o Sacramento Kings mas os Knicks perderam por 118-114. Os Knicks mais uma vez terminou a temporada com um péssimo recorde de 29-53 e não foram para os playoffs.[4]

Em 6 de janeiro de 2011, o GM dos Knicks, Donnie Walsh, indicou sua intenção de assinar um acordo de longo prazo com Chandler.[5] Ele estava aproveitando sua melhor temporada com os Knicks e teve seu melhor jogo da temporada em um esforço de 31 pontos contra o San Antonio Spurs em 4 de janeiro de 2011.[6]

Denver Nuggets (2011)[editar | editar código-fonte]

Em 22 de fevereiro de 2011, Chandler foi negociado com o Denver Nuggets em um acordo de três partes que também envolveu o Minnesota Timberwolves e enviou Carmelo Anthony para Nova York.[7]

Chandler teve um impacto imediato em sua estréia pelos Nuggets, marcando 16 pontos em uma vitória sobre o Boston Celtics.

Em Denver, Chandler teve que se adaptar a um ataque mais aberto. Os Nuggets, com a adição dele e de Danilo Gallinari e Raymond Felton, teve uma das equipes mais profundas e explosivas da NBA. Eles terminaram em 5° na conferência com um recorde de 50-32.

Em seu primeiro playoffs, Chandler teve médias de apenas 4,8 pontos e 5,0 rebotes em 23 minutos de jogo na primeira derrota contra o Oklahoma City Thunder.

China (2011–2012)[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2011, no meio de uma greve da NBA, Chandler assinou com o Zhejiang Lions da Associação Chinesa de Basquete. Sobre essa decisão, Chandler disse: "Talvez eu perca, mas acho que pode ser uma ótima experiência. Não participei de nenhuma reunião [de negociação trabalhista]. Não posso ligar. Estou apenas aceitando um risco".[8] Seu acordo não tinha uma cláusula de saída, o que significava que Chandler não retornaria até depois da pausa para o All-Star.[9] Se Chandler não tivesse assinado com um time chinês, ele teria sido um agente livre restrito.

Em sua estréia, Chandler teve 43 pontos, 22 rebotes e 4 assistências em 50 minutos de uma vitória por 118-115 sobre o Tianjin Ronggang. Ele seguiu sua performance de estréia registrando 28 pontos, 12 rebotes e 2 assistências contra o Qingdao DoubleStar em uma vitória por 111-94. Chandler registrou 42 pontos, 10 rebotes e 3 roubadas de bola na primeira derrota do Zhejiang contra o Shandong Lions.

Com a ajuda de Chandler, os Lions acabou chegando aos playoffs para jogar contra o Beijing Ducks na primeiro rodada. Infelizmente, ele não participou dos playoffs e, como resultado, Zhejiang foi varrido pelos Ducks.

Retorno para Denver (2012–2018)[editar | editar código-fonte]

Chandler com o Nuggets em março de 2018

Depois que Zhejiang foi varrido dos playoffs, Chandler conseguiu assinar novamente com os Nuggets, retornando assim à NBA. Em 18 de março de 2012, Chandler assinou um contrato com o Denver Nuggets no valor de US $ 37 milhões por 5 anos.[10] No entanto, ele sofreu uma lesão no quadril esquerdo e teve que se submeter a uma cirurgia que o retirou da temporada depois de jogar apenas 8 jogos.

Em 11 de julho de 2015, Chandler assinou uma extensão de contrato de vários anos com os Nuggets.[11] Em 11 de novembro de 2015, ele foi descartado por toda a temporada de 2015-16, depois de precisar de uma cirurgia para reparar uma lesão no quadril direito.[12]

Em 7 de março de 2017, Chandler marcou 36 pontos em uma vitória por 108-96 sobre o Sacramento Kings.[13]

Philadelphia 76ers (2018-2019)[editar | editar código-fonte]

Em 6 de julho de 2018, Chandler e uma futura escolha de segunda rodada de draft foram negociados para o Philadelphia 76ers em troca de considerações em dinheiro.[14]

Ele perdeu os nove primeiros jogos da temporada de 2018-19 com uma lesão no tendão, estreando em 3 de novembro contra o Detroit Pistons, pegando quatro rebotes em 10 minutos.[15]

Los Angeles Clippers (2019)[editar | editar código-fonte]

Em 6 de fevereiro de 2019, Chandler foi negociado, junto com Mike Muscala, Landry Shamet e várias seleções de draft futuros, para o Los Angeles Clippers em troca de Tobias Harris, Boban Marjanović e Mike Scott.[16]

Brooklyn Nets (2019 – Presente)[editar | editar código-fonte]

Em 8 de julho de 2019, Chandler assinou com o Brooklyn Nets com um contrato mínimo de veterano de um ano.[17][18] Em 29 de agosto, Chandler foi suspenso pela NBA por 25 jogos pelo uso de drogas para melhorar o desempenho (PED).[19][20]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2007–08 New York 35 19.6 .438 .300 .630 3.6 .9 .4 .5 7.3
2008–09 New York 82 33.4 .432 .328 .795 5.4 2.1 .9 .9 14.4
2009–10 New York 65 35.7 .479 .267 .806 5.4 2.1 .7 .8 15.3
2010–11 New York 51 34.5 .461 .351 .807 5.9 1.7 .7 1.4 16.4
2010–11 Denver 21 30.6 .419 .347 .810 5.0 1.6 .7 1.1 12.5
2011–12 Denver 8 26.9 .392 .250 .833 5.1 2.1 .8 .8 9.4
2012–13 Denver 43 25.1 .462 .413 .793 5.1 1.3 1.0 .3 13.0
2013–14 Denver 62 31.1 .416 .348 .724 4.7 1.8 .7 .5 13.6
2014–15 Denver 78 31.7 .429 .342 .775 6.1 1.7 .7 .4 13.9
2016–17 Denver 71 30.9 .461 .337 .727 6.5 2.0 .7 .4 15.7
2017–18 Denver 74 31.7 .445 .358 .772 5.4 2.1 .6 .5 10.0
2018–19 Philadelphia 36 26.4 .440 .390 .722 4.7 2.0 .6 .5 6.7
2018–19 Clippers 15 15.1 .348 .325 .714 3.1 .7 .2 .2 4.3
Carreira 641 30.5 .444 .343 .768 5.3 1.8 .7 .6 12.9

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2011 Denver 5 23.0 .276 .143 .778 4.4 .4 .6 .8 4.8
2013 Denver 6 34.2 .355 .310 .750 5.5 1.3 1.3 .5 12.0
2019 L.A. Clippers 4 13.0 .313 .100 1.000 1.5 .5 .5 .0 3.8
Carreira 15 24.8 .331 .239 .800 4.1 .8 .9 .5 7.4

CBA[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2011–12 Zhejiang 32 34.6 .514 .291 .763 11.6 2.3 1.4 .8 26.6

Universitário[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2005–06 DePaul 25 30.2 .436 .211 .667 7.2 1.0 .8 1.6 10.6
2006–07 DePaul 34 31.7 .450 .333 .654 6.9 1.4 .6 1.4 14.6
Carreira 59 31.1 .445 .303 .659 7.1 1.2 .7 1.5 12.9

Fonte:[21]

Referências

  1. «Official NBA bio of Wilson Chandler». NBA.com (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2019 
  2. Report, Post Staff (1 de julho de 2007). «SERBY'S SUNDAY Q&A WITH…WILSON CHANDLER». New York Post (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2019 
  3. «New York Knicks News Headlines». New York Knicks (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2019 
  4. «Wilson Chandler 2010-11 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2019 
  5. Berman, Marc (6 de janeiro de 2011). «Walsh says Knicks plan to keep Chandler long-term». New York Post (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2019 
  6. «San Antonio Spurs at New York Knicks Box Score, January 4, 2011». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2019 
  7. «Nuggets acquire five players, three picks in three-team trade». Denver Nuggets (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2019 
  8. «Ex-Nugget Chandler signs with Chinese team». ESPN.com (em inglês). 29 de agosto de 2011. Consultado em 4 de setembro de 2019 
  9. «Wilson Chandler Signs With Zhejiang Guangsha». basketball.realgm.com. Consultado em 4 de setembro de 2019 
  10. «Nuggets re-sign restricted free agent F Wilson Chandler». Denver Nuggets (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  11. «Nuggets Extend Wilson Chandler». Denver Nuggets (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  12. «Wilson Chandler to Undergo Season-Ending Surgery». Denver Nuggets (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  13. «Kings vs. Nuggets - Game Recap - March 6, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  14. «Denver Nuggets Trade Wilson Chandler to Philadelphia 76ers». Denver Nuggets (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  15. «Pistons vs. 76ers - Game Recap - November 3, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  16. «L.A. Clippers Acquire Chandler, Muscala, Shamet And Two First Round Draft Picks». Los Angeles Clippers (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  17. «Brooklyn Nets Sign Wilson Chandler». Brooklyn Nets (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  18. Spotrac.com. «Wilson Chandler». Spotrac.com (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  19. release, Official. «Nets' Chandler suspended 25 games for PED use». NBA.com (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  20. Lewis, Brian (29 de agosto de 2019). «Nets' Wilson Chandler suspended 25 games for PED use». New York Post (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019 
  21. «Wilson Chandler Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2019 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]