Wilson Gottardo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wilson Gottardo
Informações pessoais
Nome completo Wilson Roberto Gottardo
Data de nasc. 23 de maio de 1963 (54 anos)
Local de nasc. Santa Bárbara d'Oeste (SP),  Brasil
Nacionalidade brasileiro
Informações profissionais
Período em atividade futebolista 1980-1999
treinador
diretor de futebol
Posição zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19801982
19831986
19861987
19871990
19911993
19931994
19941995
1995
19951996
1997
19971998
1999
Brasil União Barbarense
Brasil Guarani
Brasil Náutico
Brasil Botafogo
Brasil Flamengo
Portugal Marítimo
Brasil Botafogo
Brasil São Paulo
Brasil Botafogo
Brasil Fluminense
Brasil Cruzeiro
Brasil Sport




135 (7)
Seleção nacional
1991 Brasil Brasil 5 (0)
Times/Equipas que treinou
2011
20112012
2014
2014
2014
2016
Brasil Villa Nova-MG
Brasil Bonsucesso
Brasil Tupi
Brasil São José Esporte Clube
Brasil Botafogo (diretor de futebol)
Brasil Villa Nova-MG
00000

Wilson Roberto Gottardo (Santa Barbara d'Oeste, 23 de maio de 1963) é um treinador, diretor de futebol e ex-futebolista brasileiro que atuava como zagueiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Wilson Gottardo começou a carreira no União Barbarense, time de sua cidade natal, Santa Barbara d'Oeste, no interior de São Paulo. Aos 19 anos de idade, foi jogar no Guarani Futebol Clube, aonde permaneceu os quatro anos seguintes de sua carreira. Teve uma rápida passagem pelo Clube Náutico Capibaribe, antes de ser contratado pelo Botafogo, em 1987.

A identificação com o Botafogo, clube pelo qual Gottardo mais vezes vestiu a camisa, acabaria rendendo-lhe, em três passagens, alguns títulos inesquecíveis. Fazendo dupla com Mauro Galvão, Gottardo fez parte da lendária equipe alvi-negra que pôs fim a um jejum de 21 anos sem títulos do Botafogo, na conquista do Campeonato Carioca de 1989. No ano seguinte, mantendo o embalo, o Botafogo repetiu a dose e sagrou-se bicampeão carioca, para delírio dos torcedores botafoguenses.

Em 1991, trocou o Botafogo pelo Flamengo e, pela terceira vez consecutiva, levantou a taça de campeão carioca. Um ano mais tarde, ironicamente, em uma final contra o Botafogo, conquistou o título do Campeonato Brasileiro de 1992, ainda pelo Flamengo.

Em seguida, no ano de 1993, deixou o Brasil e foi para a Europa, aonde atuou no Marítimo, de Portugal. Todavia, passado um ano, voltou a vestir a camisa do Botafogo.

Capitão da equipe alvi-negra, comandada por Paulo Autuori e encabeçada pelo atacante Túlio Maravilha, conquistou o Campeonato Brasileiro de 1995. Curiosamente, na mesma época em que Túlio jogou junto com seu irmão gêmeo Télvio, Wilson Gottardo também jogou com seu irmão, Gérson Gottardo. Ainda em 1995 teve uma passagem rápida pelo São Paulo onde disputou a Copa dos Campeões Mundiais de 1995 onde foi campeão.

Depois de deixar o Botafogo, Gottardo jogou ainda no Fluminense, antes de ir para o Cruzeiro, em 1997. No Cruzeiro, atuou como capitão e conquistou a Libertadores da América de 1997.

Dois anos mais tarde, encerrou sua carreira jogando no Sport Recife, após conquistar o título do Pernambucano de 1999.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Em 21 de dezembro de 2010, foi anunciada a contratação de Gottardo como técnico do Villa Nova Atlético Clube, a partir de 2011.[1][2] Logo no jogo de estréia como treinador, sua equipe venceu o Formiga Esporte Clube por 1 a 0, em amistoso realizado em Nova Lima.[3] Em novembro de 2011, assumiu como treinador no Bonsucesso.[4]

Em dezembro de 2013 Gottardo foi contratado para treinar o Tupi Football Club de Juiz de Fora para a temporada de 2014.[5] Seu comando sobre o time mineiro, no entanto, foi curto. Após cinco jogos disputados, somando duas vitórias, duas derrotas e um empate, ele foi demitido pela diretoria do clube.[6]

Em 4 de junho de 2014, foi anunciado como técnico do São José E.C. para a disputa da Copa Paulista de Futebol.[7] No dia 07 de julho de 2014, Wilson deixava o comando do São José E.C. para ser o diretor de futebol do Botafogo.[8]

No dia 05 de janeiro de 2016, Wilson Gottardo acerta a sua segunda passagem como treinador do Villa Nova Atlético Clube, Gottardo volta a comandar o Leão do Bonfim depois de 5 anos, o clube foi o primeiro de sua carreira de treinador profissional.[9]

Diretor técnico[editar | editar código-fonte]

Em 9 de julho de 2014, Gottardo foi anunciado como o novo diretor de futebol do Botafogo.[10] Em dezembro de 2014, a diretoria do Botafogo comunica que Wilson Gottardo não será o diretor de futebol do clube, para o ano de 2015.[11]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Botafogo
São Paulo
Flamengo
Cruzeiro
Sport

Referências