Windows Aero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Windows Aero
Logótipo
Desenvolvedor Microsoft
Modelo do desenvolvimento Propietário
Lançamento 20 de janeiro de 2007, com o lançamento do Windows Vista
Idioma(s) Multilingue
Sistema operacional Windows
Gênero(s) Interface
Licença Propetária
Estado do desenvolvimento Descontinuado em 2012, após o lança,ento do Windows 8 e do Windows Server 2012
Cronologia
Luna (tema)
Metro UI

Windows Aero (uma sigla para Authentic, Energetic, Reflective, and Open)[1] é uma interface introduzida no sistema operacional Windows Vista. As alterações feitas na interface Aero afetaram muitos elementos da interface Windows, incluindo a incorporação de um novo visual, com alterações nas diretrizes da interface que refletem a aparência, layout, o fraseado e o tom das instruções e outros textos em aplicativos.

O Windows Aero esteve em vigor durante o desenvolvimento do Windows Vista e do Windows 7. Em 2012, com o desenvolvimento do Windows 8 e Windows Server 2012, a Microsoft avançou para uma interface com o codinome de "Metro". É também um tema oculto no Windows 8.1, 10 e 11, embora sem o efeito de vidro.

História[editar | editar código-fonte]

O Windows Aero incorporou as seguintes características no Windows Vista:

  • Aero Glass theme: O principal componente do Aero, é o sucessor do "Luna" do Windows XP e altera o aspecto e a sensação dos elementos gráficos de controlo, incluindo mas não limitado a botões, caixas de verificação, botões de rádio, menus, barras de progresso e ícones predefinidos do Windows. Até as caixas de mensagens são alteradas.[2]
  • Melhorias no Windows Flip: Windows Flip (Alt+Tab) no Windows Vista mostra agora uma pré-visualização ao vivo de cada janela aberta em vez dos ícones do aplicativo.[3]
  • Windows Flip 3D: Windows Flip 3D (tecla Windows+Tab) apresenta imagens ao vivo de janelas abertas, permitindo alternar entre elas enquanto as apresenta numa vista tridimensional.[4]
  • Miniaturas ao vivo da barra de tarefas - Ao pairar sobre o botão da barra de tarefas de uma janela, aparece uma pré-visualização dessa janela na barra de tarefas.
  • Desktop Window Manager (DWM). Devido ao impacto significativo das novas alterações no hardware e no desempenho, o Desktop Window Manager foi introduzido para alcançar a aceleração do hardware, transferindo o dever de renderização de IU do CPU para o subsistema gráfico. O DWM no Windows Vista exigia hardware compatível.
  • Diálogos de Tarefas:. Caixas de diálogo destinadas a ajudar a comunicar com o utilizador e a receber uma simples introdução do utilizador. As caixas de diálogo de tarefas são mais complexas do que as tradicionais caixas de mensagens que apenas contêm uma mensagem e um conjunto de botões de comando. As Diálogos de Tarefas podem ter seções expansíveis, hiperligações, caixas de verificação, barras de progresso e elementos gráficos.[5]

Windows 7[editar | editar código-fonte]

O Windows Aero foi revisto no Windows 7, com muitas alterações de IU, tais como uma interface mais amigável ao toque, e muitos novos efeitos visuais e características, incluindo gestos de dispositivos apontadores:

  • Melhorias na interface de gestos: O Windows Aero foi revisto para ser mais amigável ao toque. Por exemplo, foram acrescentados gestos tácteis e suporte para DPI elevado em displays.[6]
  • As barras de título das janelas maximizadas permanecem transparentes em vez de se tornarem opacas.
  • O contorno das janelas não maximizadas é completamente branco, em vez de ter um contorno de ciano no lado direito e no fundo.
  • Os indicadores de progresso estão presentes nos botões da barra de tarefas. Por exemplo, descarregar um programa através do Internet Explorer faz com que o botão se encha de cor à medida que a operação avança.[7]

Inclusão secreta no Windows 8, 8.1, 10, 11[editar | editar código-fonte]

Windows 8 e Windows Server 2012 adoptaram a interface Metro, que não herdou todos os elementos do Aero. O tema Aero Glass foi substituído por um tema mais plano e de cor sólida. Os efeitos de transparência foram removidos da interface, para além da barra de tarefas, que mantém a transparência mas já não tem um efeito de borrão.[8][9]

As versões de pré-lançamento do Windows 8 utilizaram uma versão atualizada do Aero Glass com um aspecto mais plano e quadrado, mas o tema Glass foi finalmente removido para a versão final.[9][10]

Recursos[editar | editar código-fonte]

Pela primeira vez desde o lançamento do Windows 95, a Microsoft reviu completamente a sua de interface de usuário, abrangendo a estética, controles comuns tais como botões e botões de rádio, diálogos de tarefas, assistentes, diálogos comuns, painéis de controle, ícones, fontes, notificações, e o "tom" do texto utilizado.[1]

Tema Aero Glass[editar | editar código-fonte]

A utilização de DWM, e por extensão do tema Aero Glass, requer uma placa de vídeo com 128 MB de memória gráfica (ou pelo menos 64 MB de RAM de vídeo e 1 GB de RAM do sistema para gráficos a bordo) suportando o pixel shader 2.0, e com controladores compatíveis com WDDM. O Aero Glass também não está disponível no Windows 7 Starter, apenas disponível de forma limitada no Windows Vista Home Basic, e é automaticamente desativado se for detectado que um usuário está executando uma cópia pirata do Windows.[11][12]

O Windows Server 2008 e o Windows Server 2008 R2 também suportam Aero Glass como parte do componente "Desktop Experience", que está desativado por padrão.[13]

Notificações[editar | editar código-fonte]

As notificações permitem que um aplicativo ou componente do sistema operacional com um ícone na área de notificação crie uma janela pop-up com alguma informação sobre um evento ou problema. Estas janelas, introduzidas pela primeira vez no Windows 2000 e conhecidas coloquialmente como "balões", são semelhantes em aparência aos balões de fala que são normalmente vistos em gibis. Os balões foram frequentemente criticados em versões anteriores do Windows devido à sua intrusividade, especialmente no que diz respeito à forma como interagiam com aplicativos em tela inteira, tais como jogos (toda o aplicativo foi minimizado quando a janela surgiu). As notificações no Aero pretendem ser menos intrusivas, desaparecendo gradualmente, e não aparecendo de todo se uma aplicação em tela inteira ou protetor de tela estiver a ser exibido - nestes casos, as notificações são colocadas em fila de espera até um momento apropriado.[14]

Ícones[editar | editar código-fonte]

Os ícones padrões do Aero foram desenhados por The Iconfactory, que tinha previamente desenhado ícones do Windows XP.[15]

Tom[editar | editar código-fonte]

O Guia de Experiência para Usuários do Vista também aborda a questão do "tom" na redação do texto usado na  interface de usuário Aero. As interfaces anteriores da Microsoft não fizeram muito para abordar a questão de como o texto da interface de usuário é redigido e, como tal, as informações e solicitações apresentadas ao usuário não eram consistentes entre as partes do sistema operacional.

As guidelines do Vista e seus aplicativos sugerem mensagens que apresentam conselhos tecnicamente precisos de forma concisa, objetiva e positiva, e assumem um usuário inteligente motivado a resolver um problema em particular. Os conselhos específicos incluem o uso da segunda pessoa e da voz ativa (por exemplo, "Imprima as fotos em sua câmera") e evitar palavras como "por favor", "desculpe" e "obrigado".[16]

Links externos[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Windows Vista Team Blog : The Sounds of Windows Vista». web.archive.org. 10 de novembro de 2006. Consultado em 4 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 2006 
  2. «"Message boxes differ in Windows Vista and in Windows XP, although you use the same code to generate the message boxes"». Support. Microsoft. Consultado em 4 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 2009 
  3. «What is Windows Aero?». web.archive.org. 12 de outubro de 2009. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  4. «Using Windows Flip 3D». web.archive.org. Arquivado do original em 2019. 14 de janeiro de 2016. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  5. «About Task Dialogs». web.archive.org. Arquivado do original em 2012. 4 de setembro de 2012. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  6. «Touching Windows 7 - Engineering Windows 7 - Site Home - MSDN Blogs». web.archive.org. Arquivado do original em 2010. 28 de maio de 2010. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  7. «Windows 7 Taskbar APIs». web.archive.org. Arquivado do original em 2009. 27 de junho de 2009. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  8. «RIP Aero Glass; Windows 8 Sticks a Fork in Familiar UI». PCMAG (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 2020 
  9. a b «Creating the Windows 8 user experience - Building Windows 8 - Site Home - MSDN Blogs». web.archive.org. Arquivado do original em 2012. 19 de maio de 2012. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  10. Webster, Andrew (18 de maio de 2012). «Microsoft reveals Windows 8 desktop UI changes, drops Aero Glass». The Verge (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 2021 
  11. «Windows Vista Enterprise Hardware Planning Guidance». web.archive.org. Arquivado do original em 2008. 14 de setembro de 2008. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  12. «Vista won't show fancy side to pirates - CNET News». web.archive.org. Arquivado do original em 2012. 22 de outubro de 2012. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  13. «Desktop Experience Overview». web.archive.org. Arquivado do original em 2009. 15 de agosto de 2009. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  14. «Notifications (Windows)». web.archive.org. Arquivado do original em 2014. 14 de junho de 2014. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  15. «Iconfactory : Design : Windows Vista». web.archive.org. Arquivado do original em 2007. 27 de maio de 2007. Consultado em 4 de setembro de 2021 
  16. «Text». web.archive.org. Arquivado do original em 2011. 7 de outubro de 2011. Consultado em 4 de setembro de 2021