Wired

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o filme de 1989 estrelado por Michael Chiklis e J.T. Walsh, veja Wired (filme).
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo mundo de Lain Iwakura, veja Serial Experiments Lain.


Wired
Editor Chris Anderson
Frequência mensal
Empresa Condé Nast Publications
Circulação internacional
Categoria revista de tecnologia
País  Estados Unidos
Idioma Inglês
Fundação Janeiro de 1993
Wired

Wired é uma revista norte-americana, de publicação mensal, com sede em San Francisco, Califórnia, que aborda questões envolvendo tecnologia, ciência, entretenimento, design e negócios, os seus diferentes sub tópicos e a respetiva influência na sociedade, cultura, economia e política.

A postura editorial original da Wired foi inspirada pelas ideias do teórico da mídia canadense Marshall McLuhan, creditado como o "santo-padroeiro" da revista nos primeiros colofões. Ao longo dos anos, a Wired tem despertado tanto admiração quanto antipatia por conta de seus princípios fortemente libertários, sua defesa entusiástica de tecno-utopias e seu layout por vezes experimental, com o uso de tintas fluorescentes e metálicas.

Entre 1998 e 2006, a Wired e a Wired News (publicada no Wired.com) tiveram donos diferentes. Todavia, em todo esse período, a Wired News continuou responsável pela republicação online do conteúdo da revista Wired devido a um acordo comercial feito quando a Condé Nast comprou a revista (mas não o site). Em julho de 2006, a Condé Nast anunciou a compra do Wired News por US$ 25 milhões, reunificando as duas mídias.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wired UK[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.