Wolf 1061c

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Órbitas do sistema Wolf 1061 comparado a zona habitável do sistema (em verde)

Wolf 1061c ou WL 1061c é um exoplaneta orbitando dentro da zona habitável de Wolf 1061, uma estrela anã vermelha localizada a cerca de 13,8 anos-luz (4,29 pc) de distância a partir da Terra,[1][2] na constelação de Ophiuchus. É o segundo planeta em ordem de afastamento de sua estrela hospedeira em um sistema planetário triplo,[3][4] e tem um período orbital de 17,9 dias. Wolf 1061c é um exoplaneta classificado como uma superterra devido o seu raio estimado ser maior do que 1,5 raio terrestre.

Características[editar | editar código-fonte]

Wolf 1061c é considerado para ser um planeta rochoso, provavelmente é uma superterra devido a sua massa ser cerca de 4,3 vezes a massa da Terra. Ele tem um período orbital de 17,9 dias,[5] com uma gravidade de superfície estimada em torno de 1,6 vezes maior do que a da Terra.[5]

Em termos astronômicos, o sistema Wolf 1061 está relativamente perto da Terra, a apenas 13,8 anos-luz de distância. Isso o torna em dos exoplanetas confirmados potencialmente habitáveis mais próximos da Terra, atraindo o interesse dos astrônomos.[6][7][8] Enquanto que o exoplaneta não confirmado mais próximo é Tau Ceti e, que encontra-se a 11,90 anos-luz.

A sua descoberta foi anunciada em 17 de dezembro de 2015, na sequência de um estudo que utilizou 10 anos de arquivos de espectros da estrela Wolf 1061 usando o espectrógrafo HARPS ligado ao telescópio de 3,6 metros do ESO no Observatório Europeu do Sul em La Silla, Chile.[7][5]

Habitabilidade[editar | editar código-fonte]

A distância orbital do planeta de sua estrela hospedeira é de 0,084 UA (assumindo uma pequena excentricidade) encontra-se na borda interna da zona habitável de sua estrela, que se estende aproximadamente de 0,073 à 0,190 UA (para comparação, a zona habitável do Sol é aproximada de 0,5 a 3,0 UA por sua diferente emissão de energia).[9] Devido está tão perto da estrela, é provável que seu movimento de rotação seja bloqueado, o que significa que um lado, enfrenta permanentemente a estrela e o outro lado enfrenta permanentemente a escuridão. Embora que este cenário poderá resultar em diferenças extremas de temperatura do planeta, o terminador de linha que separa o lado iluminado e o lado escuro poderia ser potencialmente habitáveis, medida que a temperatura nesta região seria adequado para a existência de água líquida.[10] Além disso, uma muito maior parte do planeta também poderia ser habitável se ele tiver uma atmosfera suficientemente espessa para facilitar a transferência de calor para fora a partir do lado voltado para a estrela.[8] De acordo com o Índice de Similaridade com a Terra (ESI) do PHL Wolf 1061c só é 0,76 comparável ao de Gliese 581 g, KOI-2474.01, KOI-2469.01 e KOI-2992.01. Em janeiro de 2016, Wolf 1061c estava classificado como o quarto planeta na zona habitável conservadora e global, incluindo planetas localizados na zona habitável otimista, Wolf 1061c não iria mesmo estar no top dez em semelhança com a Terra.[11]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Wolf 1061» (em inglês). Open Exoplanet Catalogue. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  2. «Planet Wolf 1061 c» (em inglês). The Extrasolar Planet Encyclopaedia. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  3. «Cientistas descobrem planeta potencialmente habitável». Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  4. «Cientistas descobrem planeta potencialmente habitável 'perto' da Terra». BBC. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  5. a b c «Three planets orbiting Wolf 1061» (PDF) (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  6. «Wolf 1061c: descoberto o exoplaneta potencialmente habitável mais próximo da Terra». Observador. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  7. a b «Astronomers discover closest potentially habitable planet: Wolf 1061c» (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  8. a b «Wolf 1061c: closest planet found orbiting in a star's habitable zone 14 light years from Earth» (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  9. «Stellar habitable zone calculator» (em inglês). University of Washington. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  10. «Super-Earth Wolf 1061c is the closest 'habitable' planet outside our solar system» (em inglês). Daily Mail. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  11. «Habitable Exoplanets Catalog» (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2016