Woman in Gold

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde junho de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Woman in Gold
País Reino Unido, Estados Unidos
Lançamento 9 de fevereiro de 2015, 1º de abril de 2015, 10 de abril de 2015, 15 de julho de 2015, 4 de junho de 2015, 21 de maio de 2015
Gênero Filme biográfico
filme dramático
Duração 109 minutos

Woman in Gold (bra: Dama Dourada ou A Dama Dourada; prt: A Mulher de Ouro ou Mulher de Ouro) é um filme britano-estadunidense de 2015, do gênero drama biográfico, dirigido por Simon Curtis.

O filme foi exibido na seção Berlinale Special Galas do 65.º Festival Internacional de Cinema de Berlim em 9 de fevereiro de 2015 e foi lançado no Reino Unido em 1 de abril de 2015 e nos Estados Unidos em 10 de abril.[1]

O filme é baseado na história real de Maria Altmann, uma judia que se refugiou em Los Angeles e lutou por quase uma década com o governo da Áustria para que devolvessem a pintura Retrato de Adele Bloch-Bauer I, de Gustav Klimt, que fora roubada de sua família pelos nazistas pouco antes da Segunda Guerra Mundial.

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme britânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.