World Olympic Gymnastics Academy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O World Olympic Gymnastics Academy, conhecido por WOGA, é um conjunto de ginásios de treinamento de ginástica artística, localizado em três cidades: Plano, Frisco e Dallas, todas no estado norte-americano do Texas.

Os dois fundadores do WOGA, são Valeri Liukin, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Seul, representante da extinta União Soviética, e seu amigo da época de competições, Yevgeny Marchenko.

História[editar | editar código-fonte]

Desde de sua abertura em 1994, o WOGA obteve grandes êxitos na ginástica de elite norte-americana, treinando, ao menos, trinta ginastas representantes da equipe nacional.

No ano de 2003, as atletas conquistaram quatro medalhas de ouro no Campeonato Mundial de Anaheim, e três ouros em campeonatos nacionais. No ano seguinte, Carly Patterson, tornou-se a segunda ginasta norte-americana a conquistar a medalha de ouro no concurso geral em Olimpíadas e a primeira a conquistar o título em uma Olimpíada sem boicote, relembrando o outro de Mary Lou Retton em 1984, que não teve a participação soviética.

Em 2005, a filha de Valeri, Nastia Liukin, conquistou a medalha de ouro no campeonato nacional e a prata no Campeonato Mundial de Melbourne. No ano de 2006, a ginasta manteve seu título nacional na disputa geral. Nos Jogos de Pequim, Nastia terminou com a medalha de ouro no individual geral, tornando-se a terceira norte-americana a conquistar o título - segundo seguido da nação - e mais quatro medalhas: três de prata - equipes, barras e trave - e bronze no solo.

Ginastas destacadas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]