World Press Photo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As exposições da World Press Photo atraem sempre multidões

World Press Photo é uma organização independente sem fins lucrativos fundada em 1955 em Amsterdã. É conhecida por realizar anualmente a maior e mais prestigiada distinção de fotojornalismo do mundo.[1]

Depois da cerimônia, os retratos vencedores são reunidos em uma exposição itinerante visitada por milhões de pessoas ao redor de 40 países. A cada ano um livro com todos os registros premiados é publicado em seis idiomas diferentes.

O retrato de um manifestante em chamas na Venezuela foi o ganhador do prêmio fotografia do ano de 2017. A imagem capturada pelo fotógrafo Ronaldo Schemidt, da agência France-Presse. O retrato feito no auge da manifestações contra o presidente Nicolás Maduro . A imagem também faturou outro prêmio na categoria de Notícia.

A foto mostra um manifestante em chamas, após explosão do depósito de combustível de uma motorizada da Guarda Nacional

Venezuelana, durante confrontos com a policia em Caracas. O homem retratado na imagem, José Víctor Salazar Balza, de 28 anos, sobreviveu ao ocorrido com queimaduras de primeiro e segundo grau. E também protagonizou uma outra imagem de um outro fotógrafo ganhador do terceiro lugar do prêmio na categoria de Notícia, nas premiações entregues quinta- feira dia 12 de abril em Amsterdã.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

World Press Photo of the Year

Ligações externas[editar | editar código-fonte]