Worldbeat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Worldbeat
Origens estilísticas Pop rock - Música tradicional
Contexto cultural Meados da década de 1980, EUA e Reino Unido
Instrumentos típicos (Acompanhamento) Instrumentos Rítmicos ou sintetizados, como: percussão, bateria, drum machine.
Popularidade Década de 1980 e 2000.
Formas derivadas Afrobeat
Gêneros de fusão
Afro-Cuban jazz - Afro-juju - Alpine New Wave - Bhangragga - Biguine moderne - Burger highlife - Calypso-style baila - Campursari - Canto livre - Canto nuevo - Chicha - Chutney-bhangra - Chutney-hip hop - Fuji - Hip life - Lambada - Latin jazz - Merenrap - Mor lam sing - Nueva cancion - Punta rock - Rai pop - Rapso - Reggae highlife - Salsa - Sevillana - Slack-key - Songo - Zam-rock - Zouk
Outros tópicos
world music - folk music

Em música popular, worldbeat refere-se a qualquer estilo de música que funde pop, muitas vezes de fontes não-tradicionais (essencialmente, fora das tradições folk, nos EUA; e Celta, no Reino Unido) com o rock e ou outras influências[1].

Geralmente se diz que o Worldbeat surgiu entre o começo e meados dos anos 1980, quando artistas como David Byrne (Talking Heads), Peter Gabriel, Lizzy Mercier Descloux e Paul Simon começaram a incorporar influências musicais de todo o mundo em sua scompoisções, especialmente da África e América Latina. Dentro de poucos anos, o worldbeat tornou-se um subgênero próspera dentro da música pop, que influenciou muitos músicos mais tradicionais (por exemplo: Kirsty MacColl em seu álbum inspirado nos ritmos da América Latina, Tropical Brainstorm). Na década de 2000, as bandas indie como Gang Gang Dance, Yeasayer e Vampire Weekend foram influenciados pelo gênero. Alguns dos tipos mais comumente incorporadas de música folclórica incluem raï, samba, flamenco, tango, qawwali, highlife e raga.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências