Wrapped in Red

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wrapped in Red
É possível ver uma mulher loira com o pescoço enrolado em um cachecol vermelho e olhando para o lado; atrás dela há um fundo preto. Debaixo, apresentam-se os dizeres "Kelly Clarkson" e "Wrapped in" em fontes "Feel Script" e "Bree" estilizadas ao lado de "Red", que mostrado como se fosse uma fita natalina.
Álbum de estúdio de Kelly Clarkson
Lançamento 25 de outubro de 2013 (2013-10-25)
Gravação 2013
Gênero(s) Natalino, pop, jazz, country, soul
Duração 51:49
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, download digital, vinil
Gravadora(s) RCA
Produção Greg Kurstin
Cronologia de Kelly Clarkson
The Smoakstack Sessions Vol. 2
(2012)
Piece by Piece
(2015)
Singles de Wrapped in Red
  1. "Underneath the Tree"
    Lançamento: 5 de novembro de 2013 (2013-11-05)
  2. "Wrapped in Red"
    Lançamento: 25 de novembro de 2014 (2014-11-25)

Wrapped in Red é o sexto álbum de estúdio e primeiro de Natal da cantora norte-americana Kelly Clarkson. O seu lançamento ocorreu em 25 de outubro de 2013, através da RCA Records. O disco possui uma sonoridade inspirada por gêneros como pop, jazz, country e soul e consiste em dezesseis faixas natalinas, das quais cinco são originais e onze são versões de canções tradicionais; há ainda duetos com Ronnie Dunn, Reba McEntire e Trisha Yearwood. Liricamente, as faixas usam a cor vermelha para representar as diversas emoções sentidas durante o período de Natal. As gravações do projeto ocorreram durante o ano de 2013 em estúdios localizados em Los Angeles e Nashville, sob a produção de Greg Kurstin. Clarkson já desejava há tempo gravar um disco natalino, em virtude de que poderia explotar suas limitações de gênero. Desta forma, ela convidou Kurstin para produzir a totalidade do trabalho. Como inspiração, a dupla usou as trilhas sonoras de A Charlie Brown Christmas e Natal Branco e registros de Natal de Mariah Carey, McEntire e Phil Spector, usando em particular a conhecida técnica Wall of Sound, desenvolvida por Spector.

Tornou-se o disco mais aclamado de Clarkson; os analistas elogiaram as faixas originais e citaram-nas como prováveis canções tradicionais. No campo comercial, seu desempenho também foi positivo, em especial nos Estados Unidos e no Canadá: debutou na terceira posição da Billboard 200 e chegou ao cume da Top Holiday Albums com 70 mil cópias vendidas na primeira semana de lançamento; em terras canadenses, chegou a quinta colocação da tabela de álbuns nacional. No território norte-americano, manteve-se por nove semanas nas dez melhores colocações das paradas supracitadas. Foi certificado como disco de platina pela Recording Industry Association of America (RIAA) e Music Canada. Internacionalmente, obteve um desempenho mediano, chegando às setenta melhores colocações em países como Reino Unido, Coreia do Sul, Irlanda e Grécia. Ao final de 2013, tornou-se o trabalho natalino mais adquirido do ano nos Estados Unidos e o segundo no Canadá.

A fim de promover Wrapped in Red, foram lançados dois singles de seu alinhamento. O primeiro, "Underneath the Tree", chegou às quarenta melhores posições das tabelas musicais de diversos países, nomeadamente Canadá, Países Baixos, Coreia do Sul e Reino Unido, e tornou-se a nova canção natalina mais reproduzida nas rádios em 2013. "Wrapped in Red", a faixa-título, foi escolhida como segundo foco de promoção e lançado em 25 de novembro de 2014, mais de um ano após a distribuição do disco em si, conseguindo registrar entrada nas paradas de quatro regiões e alcançando a vice-liderança da Adult Contemporary. Outros métodos de promoção incluíram apresentações ao vivo em programas de televisão — nas quais Clarkson vestiu-se em vermelho, em referência ao título — e o especial Kelly Clarkson's Cautionary Christmas Music Tale, transmitido pela National Broadcasting Company (NBC) em 11 de dezembro de 2013.

Antecedentes e gravação[editar | editar código-fonte]

Wrapped in Red foi produzido em sua totalidade por Greg Kurstin, com o qual Clarkson colaborou pela primeira vez em Stronger.

Clarkson demonstrou interesse em criar um álbum natalino durante vários anos,[1] já tendo gravado "Oh Holy Night" e "My Grown Up Christmas List" para a coletânea American Idol: The Great Holiday Classics (2003) e "I'll Be Home for Christmas" em iTunes Session (2011), além de ter feito uma participação em Cheers, It's Christmas, disco de 2012 do compatriota Blake Shelton.[2][3][4][5] Cansada da exigência de se encaixar em um gênero musical principal, a artista sentiu que um projeto de Natal poderia abrir o caminho para a exploração de novos estilos.[1] "Sempre me perguntam qual é o meu gênero: 'Você é country, pop ou rock?' E [foi] divertido de se fazer um trabalho natalino, [era tipo:] 'Ah, não há limitações! Podemos fazer o que quisermos!'", afirmou a norte-americana. Ela completou que "a coisa do Natal é que não importa em qual humor você está ou como foi seu ano — é sempre um recomeço. Vou limpar o ar e fazer um balanço de tudo de bom que aconteceu".[1]

As discussões de tornar seu sexto álbum de estúdio em um natalino iniciaram-se em dezembro de 2012, um mês após o lançamento de Greatest Hits: Chapter One. Com a oportunidade para tal, Clarkson convidou Greg Kurstin, com quem havia trabalhado em Stronger e Chapter One, para produzir a totalidade do disco.[1] Embora tenha crescido em uma família de judeus que não era familiarizada com músicas de Natal, o artista aceitou.[6] Assim, Wrapped in Red marca a segunda vez em que um trabalho da cantora tem apenas um produtor, após My December (2007), que foi inteiramente produzido por David Kahne.[7] Também registra a quarta ocasião que Kurstin foi o responsável por um álbum completo (excluindo os trabalhos em grupo com The Bird and the Bee e Geggy Tah); as outras três são It's Not Me, It's You por Lily Allen, We Are Born por Sia e Port of Morrow por The Shins.[8]

As sessões de gravação das faixas instrumentais básicas de Wrapped in Red foram realizadas no estúdio Kurstin's Echo Studio, localizado em Los Angeles, enquanto as orquestrais foram feitas no EastWest Studios (Hollywood) e as vocais no The Barn (Nashville).[9] Durante o processo, Clarkson e Kurstin desejavam adicionar o número máximo de gêneros musicais possível, experimentando diversos sons e estilos para criar um jeito contemporâneo e fresco às canções, que são clássicas e tradicionais.[1] O produtor afirmou: "Foi divertido pois tivemos que voltar às nossas raízes. Quando Kelly começou a cantar, era óbvio que ela conseguia fazer de tudo. Nós realmente experimentamos. Foi tão liberador e divertido. E valeu a pena".[1] Kurstin, que teve aulas de jazz com Jaki Byard na The New School for Jazz and Contemporary Music, recrutou diversos profissionais do gênero e de soul, como James Gadson, Kevin Dukes, Roy McCurdy e Bill Withers, para trabalharem no disco e dá-lo um som do soul de Memphis.[1][10] Ele também colaborou com Joseph Trapanese, com o objetivo de arranjar e comandar uma orquestra de câmara.[1][11]

Durante o processo de instrumentação do projeto, Kurstin usou todos os seus pertences, como Mellotron e Chamberlin, gravando-os de uma distância exata para estimular a Wall of Sound, uma técnica criada por Phil Spector e popular durante a década de 1960.[1][6][12] A própria Clarkson foi responsável pelos vocais de apoio. A artista, que cresceu cantando em um coral, mostrou-se contente: "Misturar [as vozes] é algo que sei fazer desde a infância. Às vezes eu tenho que fazer um contralto ao invés de um soprano pois é necessário um som maior. Mas eu nunca tive que realizar nada assim antes — fazer meu próprio vocal de apoio, ser meu próprio coral".[1] Juntos, eles começaram a gravar em maio de 2013 e continuaram durante o verão boreal daquele ano, iniciando por "White Christmas" com a norte-americana na parte vocal e o produtor no piano.[1][13] Ela comentou: "A produção se resume a ele. Eu falava tipo 'Ei, podemos fazer isso mais jazz? Podemos deixar essa mais melancólica?' E ele, assim como Harry Potter, fez acontecer. É tão estranho".[14]

Alinhamento de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas produzidas por Greg Kurstin; produção vocal de "Every Christmas" realizada por Jason Halbert.

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Wrapped in Red"   Clarkson, Ashley Arrison, Aden Eubanks, Shane McAnally[15] 3:36
2. "Underneath the Tree"   Clarkson, Greg Kurstin[16] 3:49
3. "Have Yourself a Merry Little Christmas"   Hugh Martin, Ralph Blane 3:39
4. "Run Run Rudolph"   Johnny Marks, Marvin Brodie 2:27
5. "Please Come Home for Christmas (Bells Will Be Ringing)"   Charles Brown, Gene Redd 3:19
6. "Every Christmas"   Clarkson, Eubanks 3:46
7. "Blue Christmas"   Billy Hayes, Jay Johnson 2:52
8. "Baby, It's Cold Outside" (com Ronnie Dunn) Frank Loesser 3:01
9. "Winter Dreams (Brandon's Song)"   Clarkson, Arrison, Eubanks 3:22
10. "White Christmas"   Irving Berlin 3:02
11. "My Favorite Things"   Oscar Hammerstein, Richard Rodgers 2:49
12. "4 Carats"   Clarkson, Krustin, Cathy Dennis, Livvi Franc 3:28
13. "Just for Now"   Imogen Heap 3:30
14. "Silent Night" (com Reba McEntire e Trisha Yearwood) Joseph Mohr, Franz Xaver Gruber[17][18][19] 4:09
Duração total:
46:54
Notas
  • "Just for Now" contém porções da composição "Carol of the Bells", escrita por Peter J. Wilhousky.

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2013) Melhor
posição
 Austrália - ARIA Albums Chart[20] 82
 Bélgica - Ultratop 50 (Flandres)[21] 183
 Canadá - Canadian Albums Chart[22] 6
 Coreia do Sul - Korean International Albums[23] 16
 Estados Unidos - Billboard 200[24] 3
 Estados Unidos - Billboard Top Holiday Albums[25] 1
 França - SNEP[26] 165
Suíça - Schweizer Hitparade[27] 97

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Editora discográfica
 Alemanha[28] 25 de outubro de 2013 CD, descarga digital RCA
 Austrália[29]
 Países Baixos[30] 28 de outubro de 2013
 Estados Unidos[15] 29 de outubro de 2013
 Japão[31] 20 de novembro de 2013

Referências

  1. a b c d e f g h i j k Marisa Fox (18 de outubro de 2013). «Kelly Clarkson in the Red Zone With "Wrapped in Red": The Billboard Cover Story». Billboard (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2015  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "Billboard_1" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  2. Michele Ambaile Angermiller (19 de agosto de 2013). «Kelly Clarkson Is 'Wrapped in Red' for Holiday Album». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2015. Cópia arquivada em 26 de janeiro de 2014 
  3. Todd Martens (19 de agosto de 2013). «Kelly Clarkson reveals Christmas album details». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2015. Cópia arquivada em 11 de junho de 2014 
  4. «American Idol: The Great Holiday Classics : Songs, Reviews, Credits, Awards» (em inglês). Allmusic. Consultado em 28 de abril de 2015. Cópia arquivada em 20 de abril de 2014 
  5. Megan Pacella. «'Blake Shelton's Not So Family Christmas Special' Leaves Viewers in Stitches» (em inglês). Taste of Country. Consultado em 28 de abril de 2015. Cópia arquivada em 14 de março de 2014 
  6. a b Nate Bloom (20 de dezembro de 2013). «Jewish writers of Christmas songs». Jewish Standard (em inglês). Consultado em 29 de abril de 2015. Cópia arquivada em 20 de abril de 2014  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "Jewish_Standard_1" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  7. Josh Freedom du Lac (26 de junho de 2007). «'My December': Kelly Clarkson, Striking Out On Her Own». The Washington Post (em inglês). Consultado em 29 de abril de 2015. Cópia arquivada em 10 de junho de 2014 
  8. Paul Tingen (4 de maio de 2009). «Secrets Of The Mix Engineers: Greg Kurstin». Sound on Sound. Consultado em 17 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 29 de outubro de 2013 
  9. (2013) Créditos do álbum Wrapped in Red por Kelly Clarkson. RCA Records (88883776232).
  10. Mikael Wood (4 de dezembro de 2012). «Greg Kurstin is an in-demand songwriter-producer—and not crazy». Los Angeles Times. Consultado em 17 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2013 
  11. «Sundance 2014: Composers: Joe Trapanese». American Society of Composers, Authors and Publishers. Consultado em 17 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 7 de junho de 2014 
  12. Melinda Newman (28 de outubro de 2013). «Kelly Clarkson sparkles on 'Wrapped In Red' holiday album». HitFix. Consultado em 17 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2014 
  13. Sam Lansky (9 de outubro de 2013). «Kelly Clarkson Talks Christmas Album & Baby Rumors, Performs "Tie It Up" On 'The View'». Idolator. Consultado em 17 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 7 de junho de 2014 
  14. «Kelly Clarkson Discusses Christmas Album 'Wrapped In Red'» (Video). Access Hollywood (NBCUniversal). 30 de outubro de 2013. Consultado em 17 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 7 de junho de 2014 
  15. a b Todd Martens (19 de Agosto de 2013). «Kelly Clarkson reveals Christmas album details» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 20 de Agosto de 2013 
  16. Elysa Gardner (19 de Agosto de 2013). «Kelly Clarkson to release first Christmas album» (em inglês). USA Today. Consultado em 20 de Agosto de 2013 
  17. Michele Amabile Angermiller (19 de Agosto de 2013). «Kelly Clarkson Is 'Wrapped in Red' for Holiday Album» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 20 de Agosto de 2013 
  18. «Kelly Clarkson Recording Christmas Album with Reba, Trisha Yearwood and Ronnie Dunn» (em inglês). The Country Vibe News. 18 de Julho de 2013. Consultado em 20 de Agosto de 2013 
  19. Ask Anything: Kelly Clarkson (Webcast) (em inglês). Clear Channel Communications. 28 de Maio de 2013. Consultado em 20 de Agosto de 2013 
  20. «Chartifacts - ARIA Music News» (em inglês). ARIA. Consultado em 6 de Novembro de 2013. Cópia arquivada em 6 de Novembro de 2013 
  21. «Kelly Clarkson - Wrapped in Red» (em alemão). Hung Medien. Consultado em 6 de Novembro de 2013 
  22. «Kelly Clarkson - Chart History » Canadian Albums» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de Novembro de 2013 
  23. «Kelly Clarkson Album & Song Chart History » Top Holiday Albums» (em canúri). GAON. Consultado em 9 de Novembro de 2013 
  24. Keith Caulfield (6 de Novembro de 2013). «Arcade Fire's 'Reflektor' Debuts At No. 1 On Billboard 200» (em inglês). Billboard. Consultado em 6 de Novembro de 2013 
  25. «Kelly Clarkson - Chart History » Top Holiday Albums» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de Novembro de 2013 
  26. «Classement albums Semaine du 03/11/2013» (em inglês). SNEP. Consultado em 9 de Novembro de 2013. Cópia arquivada em 9 de Novembro de 2013 
  27. «Kelly Clarkson - Wrapped in Red» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 6 de Novembro de 2013 
  28. «Wrapped In Red: Amazon.de» (em inglês). Amazon. Consultado em 30 de Setembro de 2013 
  29. «Wrapped In Red» (em inglês). Sanity. Consultado em 23 de Agosto de 2013 
  30. «CLARKSON, KELLY - WRAPPED IN RED» (em inglês). CDGO. Consultado em 23 de Agosto de 2013 
  31. «ラップト・イン・レッド バイ ケリー・クラークソン» (em inglês). Amazon. Consultado em 30 de Setembro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Kelly Clarkson é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.