Wright R-1300 Cyclone 7

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Wright R-1300)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
R-1300
Motor de avião
R-1300 na configuração para helicóptero
Informações básicas
Tipo Motor radial
Fabricante Wright Aeronautical
Origem  Estados Unidos
Primeiro teste 1942
Maiores aplicações Dirigível Classe N
North American T-28 Trojan
Rockwell Thrush Commander
Sikorsky UH-19
Westland Whirlwind
Especificações (R-1300-1A)
Comprimento 1 225 mm (48,2 in)
Diâmetro (cilindro(s)) 155,6 mm (6,13 in)
Curso 160,2 mm (6,31 in)
Peso 478 kg (1 050 lb)
Deslocamento 21.3 L
Trem de válvulas Duas válvulas (OHV) por cilindro com válvula de escape refrigerada por sódio
Turbocompressor 1 estágio
Potência 800 hp (597 kW)
Sistema de combustível Carburador Bendix-Stromberg PD9F1 com controle automático de mistura
Sistema de refrigeração Refrigeração a ar
Relação potência / peso 0.76hp/lb (1.25 kW/kg)

O Wright R-1300 Cyclone 7 é um motor radial aeronáutico de sete cilindros refrigerado a ar produzido pela Curtiss-Wright.[1]

Projeto e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O R-1300 é basicamente um Wright R-2600 de linha única. O motor foi produzido em massa, mas não foi amplamente utilizado. Os projetos foram iniciados em 1942, mas o primeiro voo do R-1300 não aconteceu até 1949. O motor foi produzido sob licença por Kaiser-Frazer e mais tarde pela AVCO Lycoming.[2]

O motor foi usado em combate — os motores R-1300-1A e -1B instalados no North American T-28 Trojan modelo A e os R-1300-3, -3A, -3C e -3D no Sikorsky UH-19. O motor R-1300-1B foi utilizado no Ayres Thrush. Os modelos R1300-4 e -4A foram utilizados no dirigível classe N; 50 destas variantes foram produzidas pela AVCO.[2]

Os primeiros motores produzidos tinham problemas de vibração, sendo necessária a instalação de um amortecedor aperfeiçoado na manivela para solucionar este problema.[2]

Variantes[editar | editar código-fonte]

R-1300-2
Uma versão de condução direta do R-1300-1. Tinha uma caixa de redução de 0.5625:1. Ambos utilizavam o carburador PD9F1.[2]
R-1300-3
Versão menor com 690.3 hp (515 kW). Utilizava um ventilador para refirgeração e um carburador PD9G1.[2]
R-1300-4
Similar ao R-1300-1, com alguns componentes acessórios diferentes.[2]
R-1300-CB7A1
Com caixa de redução para uso em aeronaves de asa fixa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «WRIGHT AERONATICAL DIVISION CURTISS-WRIGHT CORPORATION - MODELS: Wright Military Cyclone R-1300 Series T.C. NUMBER: 5E-14» (em inglês) 
  2. a b c d e f USAF Technical Manuals, Parts Breakdown, Overhaul Instructions 1951-1971 T.O. 2R-1300-14

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Wright R-1300 Cyclone 7