Xá-Muteba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Xá-Muteba
Flag-map of Angola.svg
Província Lunda Norte
Características geográficas
População 164 000 hab.

Projecto Angola  • Portal de Angola

Xá-Muteba, também designada por Xa-Mateba ou Cha Muteba, é uma cidade e município de Angola, pertencente à província de Lunda Norte, fazendo parte da histórica região da Baixa de Cassange.

Tem cerca de 164 mil habitantes[1]. É limitado a norte pelo município de Cuango, a leste pelo município de Capenda Camulemba, a sul pelo município de Cambundi Catembo, e a oeste pelos municípios de Quela e Cunda-Dia-Baze.

História[editar | editar código-fonte]

No passado o município foi um dos entes componentes do Império Lunda, tendo o nome de Estado Confederado Lunda-Muteba.

Pertenceu, até 1978, à província de Malanje.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município de Xá-Muteba localiza-se no extremo sul da província da Lunda-Norte, aproximadamente entre os meridianos 16º a 18º e os paralelos 8º a 10º, fazendo fronteira terrestre e fluvial a oeste e sul com a vizinha província de Malanje, a leste confina-se com os municípios do Cuango e Capenda-Camulemba. Ocupa uma superfície de 13.000 km² (correspondendo a 1,5% do território da província da Lunda-Norte).

Demografia[editar | editar código-fonte]

A população de Xá-Muteba, embora tenha indivíduos de muitas etnias e nações, é majoritariamente composta pelas etnias dos bangalas e dos chócues, existindo, neste município, 330 autoridades tradicionais, das quais, 4 rainhas, 15 regedores, 137 sobas, 165 sobetas e 9 ajudantes de regedores. A língua franca é o português, predominando como língua tradicional a bangala.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

O município de Xá-Muteba está administrativamente dividido em três comunas, sendo a sede correspondendo a própria cidade de Xá-Mutemba, existindo também as comunas Iongo e Cassange-Calucala.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O sistema hidrográfico converge do sul para norte e integra a sub-bacia do rio Cuango, componente da bacia do Congo, delimitando vales com declives suaves por intermédio do rio Binda e seus afluentes, alimentados por inúmeros subafluentes que atravessam a região, todos eles com caudal periódico. A extensão dos cursos de água existentes no município, oferecem um enorme potencial de desenvolvimento, nomeadamente no sector das pescas, sobre os rios Cuango e Lui, sendo os únicos com caudal permanente.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

O município é ligado ao território nacional pela rodovia EN-230A, que a liga as vila de Xandel e Catoio, a oeste e, a cidade de Capenda Camulemba, a leste.

Cultura e lazer[editar | editar código-fonte]

No centro da sede do município existia uma estátua de Zé do Telhado — famoso bandido português, que "roubava aos ricos para dar aos pobres", ao género de Robin Hood.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia de Angola, integrado no Projecto Angola, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.