XXV dinastia egípcia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Império Cuxita, ca. 700 a.C.

A XXV dinastia egípcia também conhecida como Dinastia Núbia ou Império Cuxita, foi a última dinastia do Terceiro Período Intermediário do Egito que ocorreu após a invasão núbia.

A XXV dinastia era uma linha de faraós que se originaram no Reino de Cuxe, localizado no atual norte do Sudão e no Alto Egito. A maioria dos reis da dinastia viu Napata como sua pátria espiritual. Eles reinaram em parte ou em todo o Egito Antigo de 744–656 a.C.[1] A dinastia começou com a invasão de Cáchitano Alto Egito e culminou em vários anos de guerras bem-sucedidas e malsucedidas com o Império Neo-Assírio, baseado na Mesopotâmia. A reunificação da 25ª Dinastia do Baixo Egito, Alto Egito e Cuxe criou o maior Império egípcio desde o Império Novo. Eles assimilaram-se na sociedade, reafirmando as tradições religiosas, os templos e as formas artísticas do Egito Antigo, ao mesmo tempo em que introduziam alguns aspectos únicos da cultura cuxita.[2] Foi durante a 25ª dinastia que o Vale do Nilo viu a primeira construção generalizada de pirâmides (muitas no que hoje é o Sudão) desde o Império Médio.[3][4][5]

Cáchita, que foi aceito como governante do Alto Egito até Tebas. Em contra partida, alguns autores consideram o irmão e sucessor de Cáchita, Piiê. Piiê partiu de Napata, numa extensa campanha, e chegou até Mênfis para reclamar a submissão dos governantes locais, em especial de Tefnacte e Saís e se declarar o único faraó reinante nas terras de Quemete (o Antigo Egito). Este episódio foi registrado em uma enorme estela no templo de Amon em Napata.[6] Alara foi predecessor de Cáchita e não é considerado como um membro da 25ª dinastia por não ter governado nenhuma parte do Egito.


Depois que os imperadores Sargão II e Senaqueribe derrotaram as tentativas dos reis núbios de ganhar uma posição segura no Oriente Próximo, seus sucessores Assaradão e Assurbanípal invadiram e derrotaram e expulsaram os núbios. A guerra com a Assíria resultou no fim do poder cuxita no norte do Egito e na conquista do Egito pelo Império Neoassírio. Eles foram sucedidos pela XXVI dinastia egípcia, inicialmente uma dinastia de marionetes instalada pelos vassalos dos assírios, a última dinastia nativa a governar o Egito antes da invasão do Império Aquemênida. A queda da vigésima quinta dinastia também marca o início do período tardio do antigo Egito.


Lista de faraós[editar | editar código-fonte]

Ordem: Nome de batismo, (nome do cartucho, nome escolhido pelo faraó para reinar) – data aproximada do reinado (ainda há muita divergência[7])

Referências

  1. Török, László (1998). The Kingdom of Kush: Handbook of the Napatan-Meroitic Civilization. Leiden: BRILL. p. 132. ISBN 90-04-10448-8.
  2. Bonnet, Charles (2006). The Nubian Pharaohs. New York: The American University in Cairo Press. pp. 142–154. ISBN 978-977-416-010-3.
  3. Mokhtar, G. (1990). General History of Africa. California, USA: University of California Press. pp. 161–163. ISBN 0-520-06697-9.
  4. Emberling, Geoff (2011). Nubia: Ancient Kingdoms of Africa. New York: Institute for the Study of the Ancient World. pp. 9–11. ISBN 978-0-615-48102-9.
  5. Silverman, David (1997). Ancient Egypt. New York: Oxford University Press. pp. 36–37. ISBN 0-19-521270-3.
  6. a b Grandes Império e Civilizações - O Mundo Egípcio Vol. 1 pg. 37, 48 - Tradução de Maria Emília Vidigal, Edições del Prado (Brasil e Portugal), 1996
  7. Nota: Repare que mesmo os artigos em outros idiomas da Wikipédia divergem, como o inglês e o francês. As datas deste artigo são as que constam no livro Grandes Império e Civilizações listado acima.
  8. Nota:A título de comparação; artigo em inglês (en) desconhecida, artigo em francês (fr) 760-747a.C.
  9. (en) 752-721a.C., (fr) 747-716a.C.
  10. (en) 721-707a.C., (fr) 716-702a.C.
  11. (en) 707-690a.C., (fr) 702-690a.C.
  12. (en) 690-664a.C., (fr) 690-664a.C.
  13. (en) 664-656a.C., (fr) 664-656a.C.
Precedido por
XXIV dinastia
Dinastias faraónicas
Sucedido por
XXVI dinastia


Ícone de esboço Este artigo sobre Egiptologia é um esboço relacionado ao Antigo Egito. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.