Xenosaga Episode I: Der Wille zur Macht

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Xenosaga Episode I:
Der Wille zur Macht
Desenvolvedora(s) Monolith Soft
Publicadora(s) Namco
Diretor(es) Tetsuya Takahashi
Produtor(es) Hirohide Sugiura
Escritor(es) Tetsuya Takahashi
Kaori Tanaka
Artista(s) Kunihiko Tanaka
Kouichi Mugitani
Junya Ishigaki
Yasuyuki Honne
Compositor(es) Yasunori Mitsuda
Plataforma(s) PlayStation 2
Série Xenosaga
Data(s) de lançamento
  • JP 28 de fevereiro de 2002
  • AN 25 de fevereiro de 2003
Gênero(s) RPG eletrônico
Modos de jogo Um jogador
Xenosaga Episode II:
Jenseits von Gut und Böse

Xenosaga Episode I: Der Wille zur Macht (ゼノサーガ エピソードI 力への意志, Zenosāga Episōdo Wan: Chikara e no Ishi?) é um jogo eletrônico de RPG desenvolvido pela Monolith Soft e publicado pela Namco. É o primeiro título da série Xenosaga, parte da metassérie Xeno, e foi lançado exclusivamente para PlayStation 2 em 2002 no Japão e no ano seguinte na América do Norte. A jogabilidade contém exploração de ambientes através de uma narrativa linear, enquanto os combates utilizam um sistema de turnos com os personagens lutando tanto a pé quanto pilotando um mecha chamado de A.G.W.S..

A história se passa em um futuro em que a humanidade deixou a Terra, seguindo Shion Uzuki, uma funcionária Indústrias Vector; e também KOS-MOS, uma androide de batalha projetada para enfrentar os alienígenas hostis gnosis. Shion e KOS-MOS são puxadas para dentro da luta entre a Federação da Galáxia e a Organização U-TIC após terem fugido de um ataque gnosis. Com a ajuda de outros personagens, as duas enfrentam o mistério sobre as motivações da U-TIC e dos planos do imortal Albedo Piazzolla.

O desenvolvimento de Episode I começou em 2000 sob o codinome "Projeto X" logo depois da fundação da Monolith Soft. O título tinha a intenção de ser um sucessor espiritual de Xenogears, tendo a participação de vários membros da equipe original como o diretor e roteirista Tetsuya Takahashi, a roteirista Kaori Tanaka, desenhista de personagens Kunihiko Tanaka e o compositor Yasunori Mitsuda. O jogo foi bem recebido pela crítica, vendendo mais de um milhão de cópias. Uma sequência foi lançada em 2004 e um terceiro título em 2006. Episode I recebeu uma adaptação em anime na televisão em 2005.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]