Xeque (título)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imagem clássica de um xeque: Sattam de Haddadin de Palmira, pelo pintor russo Alexandre Jacovleff.

Xeique[1] [2] [3] [4] , xeque ou sheikh (em árabe: شيخ; transl.: xāyẖ , "ancião; chefe, soberano") é um fórmula honorífica em língua árabe, com o significado de "líder" ou "governador". Para o feminino, em português, cunhou-se a forma xeica.[5] [6]

É comumente utilizado para designar o chefe de uma tribo que herda esse título de seu pai, ou um estudioso islâmico, que alcança esse título depois de se formar na escola básica islâmica.

Normalmente, uma pessoa é conhecida por xeique quando se especializou nos ensinamentos do Islão, podendo ter à sua responsabilidade os cuidados de uma mesquita, conduzir orações, realizar casamentos e outras funções.[7] "Xeque", com este significado, é sinônimo de Alim, pl. Ulama (uma pessoa versada no Islã, um erudito).[8]

Seu papel nas antigas tribos de beduínos era a de um líder espiritual-político e, em certos casos, militar (equivalente a um capelão).

No outro significado, refere-se a um membro da nobreza contemporânea do país (como que equivalente a um príncipe nas monarquias europeias). É o caso do Catar, cujos membros da família real são comumente referidos como xeiques e xeicas.[5] [6]

Referências

  1. Forma registrada nos dicionários Aurélio, Houaiss, Aulete, Priberam e Porto Editora.
  2. RTP / Lusa - Agência de Notícia de Portugal.
  3. O Jogo (Portugal).
  4. Correio Braziliense.
  5. a b Xeica do Catar é recebida no Rio de Janeiro.
  6. a b UNICEF.
  7. The Islamic Dictionary online, 'Sheikh' Islamic-dictionary.com.
  8. The Islamic Dictionary online, 'Alim' Islamic-dictionary.com.
Ícone de esboço Este artigo sobre o Islamismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.