Xis (cantor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Xis
Informação geral
Nome completo Marcelo Santos
Nascimento 24 de novembro de 1972 (42 anos)
Origem São Paulo, SP
País  Brasil
Gênero(s) Rap, hip hop
Instrumento(s) Vocal, Toca Disco
Gravadora(s) Manos da Música, 4P Discos
Afiliação(ões) Racionais MC's

Marcelo Santos, mais conhecido pelo codinome Xis (São Paulo, 24 de novembro de 1972), é um rapper brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido na Vila Formosa criado Itaquera, bairros da zona leste da capital paulista, Xis deu início à sua carreira musical no final dos anos 80. Em 1989 criou o grupo de rap DMN. Na época, atendia pela apelido de X-Ato. Xis permaneceu tocando com o DMN até 1997. Com o grupo participou da lendária coletânea Consciência Black volume 2, disco lançado pela gravadora e equipe de baile Zimbabwe em 1992. Produziu o disco Cada Vez Mais Preto em 1994 pelo DMN, este disco foi gravado no estúdio do DJ Cuca em São Paulo. Seu ultimo show com a banda foi no lançamento do disco Sobrevivendo no Inferno do grupo de Racionais MCs no Ginásio do Sport Club Corinthians em dezembro de 1997. Xis seguiu em carreira solo no mesmo ano de 1997, ao gravar o single De Esquina, em parceria com o rapper Dentinho com produção musical do DJ Hum.

Em 1999, lançou Seja Como For, seu primeiro disco solo pela gravadora 4P em parceria com o DJ KL Jay, do grupo Racionais MC's. O sucesso do disco foi impulsionado pela música Us Mano e As Mina, que rendeu a Xis o prêmio de "Melhor Videoclipe de Rap" no Video Music Brasil da MTV Brasil em 2000.

Em 2001, lançou seu segundo álbum solo, Fortificando a Desobediência, pela Warner Music. O disco rendeu a Xis mais um prêmio como "Melhor Videoclipe de Rap" no Video Music Brasil da MTV, desta vez com a música Chapa o Coco. Fortificando a Desobediência foi produzido por Tom Capone nos Estúdios Toca do Bandido no Rio de Janeiro, e inclui as canções Sonho Meu, Tudo Por Você Também e Pá Doido Pirar. A faixa que dá titulo ao disco foi gravada na cidade de Havana em Cuba e tem a participação dos rappers Telmary, Papo Record e Primeira Base.

Xis tocou em Cuba no Festival Havana Hip Hop. Nos EUA e Espanha na cidade de Barcelona no Festival Brasil no Ar. Idealizou e produz o campeonato HIP HOP DJ desde 1997. Idealizou e produziu o Festival Agosto Negro e a Liga dos MC’s SP x RJ no Sesc Pompéia.

Participou da segunda edição da Casa dos Artistas, em 2002. Apresentou o programa jovem “Blog 21” no Canal 21 ao lado do humorista Felipe Xavier e Paola de Orleans e Bragança. Entrevistou Elza Soares, Paulo Cesar Pereio, Trio Virgulino, Sandro Dias, Mojica o Zé do Caixão e mais de uma centena de personalidades para o programa de entrevistas Combo Fala + Joga pela PlayTV em 2008. Apresentou o programa Hip Hop Mix na Rede Mix FM de Radio e Mix TV. Produziu e apresentou o GET UP Joven Pan na Jovem Pan FM.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Gravadora
1992 Consciência Black Volume 2 Zimbabwe
1994 Cada Vez Mais Preto Zimbabwe
2000 Seja Como For 4P Discos
2001 Fortificando a Desobediência WEA Music
2001 Xis apresenta Hip Hop SP Xapaê / 4P Discos
2008 Xistape Volume 1 Manos Da Música
2015 Xistape Volume 2 Manos Da Música

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Video Music Brasil
  • 2000 - "Melhor Videoclipe de Rap" VMB MTV Brasil (Us Mano e As Mina).
  • 2000 - "Melhor Grupo de Rap" Prêmio Porte Ilegal.
  • 2002 - "Melhor Videoclipe de Rap" VMB MTV Brasil (Chapa o Coco).
  • 2003 - "Mellhor Rap Nacional" DJ Sound 2003.
  • 2008 - "Melhor Disco Independente" Prêmio Dinamite (Xistape Volume 1).
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.