Xochipilli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Xochipilli

Xochipilli [ʃot͡ʃi'pil ː i] ou Macuilxochitl era o deus asteca da música,[1] do amor, da arte, jogos, beleza, dança, juventude e flores na mitologia asteca . Seu nome contém as palavras Nahuatl Xochitl ou Xochi ("flor") e pilli (ou "príncipe" ou "criança") e, portanto, significa "príncipe das flores". Como o patrono da escrita e da pintura, ele foi chamado Chicomexochitl "Sete-flores". Sua esposa era a garota humana Mayahuel, e sua irmã gêmea era Xochiquetzal, da qual era inseparável.Como um dos deuses responsáveis ​​pela fertilidade e produtos agrícolas, ele também foi associado com Tlaloc (Deus da chuva), e Cinteotl (deus do milho). Xochipilli corresponde ao Deus Milho tonsurado entre os maias clássicos.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Geoffrey Hindley, ed. (1982). «Music in the Modern World: The music of South America». The Larousse Encyclopedia of Music (em inglês) 2ª ed. Nova York: Excalibur. ISBN 0-89673-101-4 
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.