Xuxa Dance

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Xuxa Dance
Álbum de estúdio de Xuxa
Lançamento dezembro de 1996 (dezembro de 1996)
Gravação 1996 (1996)
Gênero(s)
Duração 47:04
Idioma(s) espanhol
Formato(s)
Gravadora(s) Polygram
Produção
  • Max Di Carlo
  • Christian de Walden
Cronologia de Xuxa
Luz no Meu Caminho
(1995)
Tô de Bem Com a Vida
(1996)
Singles de Xuxa Dance
  1. "Los Amigos de Mis Amigas Son Mis Amigos"
    Lançamento: 1996 (1996)
  2. "Yo Te Doy Mi Corazon"
    Lançamento: 1997 (1997)
  3. "Esto de Quererte"
    Lançamento: 1997 (1997)
  4. "Querido Professor"
    Lançamento: 1997 (1997)
  5. "Magia Total"
    Lançamento: 1997 (1997)

Xuxa Dance é o décimo oitavo álbum de estúdio da cantora e apresentadora brasileira Xuxa, e o quinto em espanhol, lançado em dezembro de 1996.[1] Em fevereiro de 1997, o álbum já tinha ganhado disco de ouro na Argentina, segundo a Revista Billboard.[2]

Foi o primeiro álbum adolescente de Xuxa direcionado ao público hispânico.

Produção[editar | editar código-fonte]

O álbum foi gravado fora do Brasil, nos estúdios da Flamingo Café Recording Studio, Studio City, Califórnia, e tem como produtores Christian de Walden e Max di Carlo e co-produção de Walter Clissen. Teve distribuição internacional da Mercury Records (Estados Unidos) e PolyGram (América Latina). Curiosamente, "Los Amigos de Mis Amigas Son Mis Amigos" é a única música não escrita do álbum "Xuxa Dance" pelos autores Max di Carlo, Christian de Walden e Graciela Carballo (desconsiderando a regravação de Ilarié). No total foram gravadas 14 músicas para o álbum "Xuxa Dance", por motivos desconhecidos, duas músicas não entraram na seleção final. Nesse mesmo período de produção do disco internacional, Xuxa gravou a música "Amém" com os produtores do "Dance", a música foi utilizada em muitos especiais e shows de Xuxa e foi regravada em 2009 para o álbum "Natal Mágico". Xuxa também gravou os clipes das músicas "Los Amigos de Mis Amigas Son Mis Amigos" e "Esto de Quererte" em Miami. [3][4]

Lançamento e Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3 de 5 estrelas.[5]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

O álbum foi lançado em dezembro do ano de 1996 na Argentina, e alcançou o nono lugar entre os mais vendidos daquele país, no mês seguinte ocupava a terceira posição, atrás apenas dos álbuns Tango de Julio Iglesias e Tropimatch de Sergio El Lobizón Del Oeste segundo a Billboard.[6][7]

O trabalho é composto basicamente por composições dance/eletrônicas, algumas poucas baladas e uma versão cover de Ilariê que nada mais é do que um remix com os vocais regravados. Xuxa fez algumas viagens para a divulgação do CD, na Argentina fez dois Pocket Shows em programas da rede de televisão Telefé: El Show en el Park e La Movida del Verano!, Xuxa também cantou no Parque Disneyland nos EUA. Porém devido ao processo de gravação do seu mais novo disco no Brasil, Tô de Bem com a Vida, o pouco tempo na agenda profissional fez com que a divulgação do seu novo trabalho fosse um pouco defasada.[8]

Além da Argentina, o álbum foi lançado no México pouco tempo depois, e nos Estados Unidos onde teve uma repercussão um pouco melhor do que o antecessor "El Pequeño Mundo".[9]

Mas, mesmo quando apresentava seus dois programa no Brasil (Xuxa Park e Planeta Xuxa), ela cantava as músicas do álbum "Xuxa Dance", mesmo o álbum não tendo sido lançado no Brasil.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Edição padrão [10]
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Magia Total"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
3:58
2. "Querido Professor"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
4:00
3. "Esto de Quererte"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
4:26
4. "Los Amigos de Mis Amigas Son Mis Amigos"  
  • J. M. Bravo
  • C. D. France
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
3:40
5. "Un Beso"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
3:53
6. "Pesadilla"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
3:56
7. "Alas Doradas"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
3:20
8. "Como Hacen los Campeones"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
3:57
9. "Ilarié" (Remix)
  • Cid Guerreiro
  • Dito
  • Ceinha
  • Versão: Cristina Larraura
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
4:02
10. "Maníaca"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
3:47
11. "Alguien Igual que Tú"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
4:11
12. "Yo te Doy mi Corazón"  
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
  • Graciela Carballo
  • Max di Carlo
  • Christian de Walden
3:48
Duração total:
47:04

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

# Músicas História Duração:
1. "Los Amigos de Mis Amigas Son Mis Amigos" (1ª Versão) Xuxa canta e dança com as Paquitas em um salão branco, e são mostradas cenas de Xuxa abrindo a porta para algum admirador, porém ele recusa todos, devido as situaçoes engraçadas que ocorrem. 3:40
2. "Esto de Quererte" Xuxa canta enquanto anda por uma festa. 4:06
3. "Los Amigos de Mis Amigas Son Mis Amigos" (2ª Versão) Xuxa e as Paquitas no jardim de uma casa, enquanto são mostradas cenas de pessoas curtindo uma festa. 3:35

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificador Certificação Vendas
 Argentina CAPIF 2× Platina[11][12] 120,000
 Chile IFPI Chile Ouro[13] 10,000

Histórico de lançamentos[editar | editar código-fonte]

País Data Formato(s) Gravadora
 Argentina 1996
  • CD
  • K7
  • Polygram
  • Mercury
Estados Unidos EUA CD
  • Polygram
  • Mercury
Flag of Spain.svg Espanha CD
  • Polygram
  • Mercury
 Venezuela CD
  • Polygram
  • Mercury
 Chile CD
  • Polygram
  • Mercury

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

  • Fotos: André Schiliró
  • Figurinista: Xuxa, Fabiana Kherlakian
  • Gravado nos estúdios: Flamingo Café Recording Studios
  • Studio City, Hollywood Studios S.R.L.
  • Enterprise Studios
  • Cabelo e Maquiagem: Mauro Freire
  • Masterização: Brian Gardner
  • Produção: Christian de Walden, Max di Carlo
  • Projeto gráfico: Patrícia Chueke, Ge Alves Pinto
  • Co-produção: Walter Clissen

Referências

  1. «Xuxa Dance» (em inglês). Allmusic. Consultado em 13 de setembro de 2014. 
  2. Marcelo Fernándes Bitar (1 de fevereiro de 1997). «1996: Argentine's biz stages a comeback,rouses itself for slump with 10% growth rate» (em inglês). Revista Billboard. Consultado em 26 de julho de 2014. 
  3. «Artist & Music: Latin Notas». Billboard. Consultado em 23 de fevereiro de 2015. 
  4. «Xuxa.com - Discos». xuxa.globo.com/discos/. Consultado em 23 de fevereiro de 2015. 
  5. «Dance - Xuxa». Allmusic. Consultado em 23 de fevereiro de 2015. 
  6. «Don't Cry For Julio». Billboard. 18 de janeiro de 1997. Consultado em 23 de fevereiro de 2015. 
  7. «Tango, Part II». Billboard. 1 de fevereiro de 1997. Consultado em 23 de fevereiro de 2015. 
  8. «Sucesso e devoção de fãs argentinos fazem Xuxa se sentir a 'nova Evita'». Folha de S.Paulo. 23 de março de 1997. Consultado em 23 de fevereiro de 2015. 
  9. «Xuxa Dance - Galeria da Xuxa». galeriadaxuxa.weebly.com/. Consultado em 23 de fevereiro de 2015. 
  10. «Xuxa Dance». Discogs. Consultado em 2 de Dezembro de 2015. 
  11. «Xuxa recebe disco de platina pelo álbum Xuxa Dance». Amy Amy. Consultado em 13 de setembro de 2014. 
  12. «Xuxa recebe disco de platina duplo na Argentina e no Chile pelo álbum Xuxa Dance». Archive. Consultado em 19 de Dezembro de 2015. 
  13. O Fluminense. Xuxa em tempo de felicidade. (14 de maio de 1997). Consultado em 19 de julho de 2016.