Xuxa Gêmeas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Xuxa Gêmeas
 Brasil
2006 •  cor •  81 min 
Direção Jorge Fernando
Produção Diler Trindade
Coprodução Geraldo Silva de Carvalho
Telmo Maia
Luiz Cláudio Moreira
Mônica Muniz
Roteiro Patrícia Travassos
Flávio de Souza
Jorge Fernando
Elenco Xuxa
Ivete Sangalo
Murilo Rosa
Maria Clara Gueiros
Ary Fontoura
Luís Salém
Fabiana Karla
Género comédia
Música Ary Sperling
Direção de arte Paulo Flaksman
Figurino Lessa de Lacerda
Cinematografia Edgar Moura
Edição João Paulo Carvalho
Sérgio Marini
Fernando Vidor
Companhia(s) produtora(s) Xuxa Produções
Globo Filmes
Warner Bros Pictures
Diler & Associados
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento 15 de dezembro de 2006 (2006-12-15)[1]
Idioma Português
Orçamento R$ 5,2 milhões
Cronologia
Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço
Xuxa em Sonho de Menina
Página no IMDb (em inglês)

Xuxa Gêmeas é um filme brasileiro de comédia de 2006, estrelado pela atriz e apresentadora de TV Xuxa Meneghel, escrito por Flávio de Souza, Jorge Fernando, Patricia Travassos, dirigido por Jorge Fernando, produzido pela Diler & Associados e distribuído pela 20th Century Fox e Globo Filmes. Este é o último filme da Xuxa que contou com a produção de Diler Trindade.[2] O filme contou também com a participação de Ivete Sangalo, Murilo Rosa, Maria Clara Gueiros, Maria Mariana Azevedo, Eike Duarte, Ary Fontoura, Fabiana Karla e Thiago Martins.

No filme, Xuxa interpreta duas irmãs gêmeas idênticas que foram separadas quando ainda eram bebês. Trinta anos depois, Elizabeth (Xuxa) é agora presidente do império de artes gráficas do pai, enquanto sua irmã gêmea, Mel (Xuxa) dirige uma escola de artes performáticas que desenvolve trabalhos sociais em uma favela.Suas vidas se cruzam quando a perversa Elizabeth suspende o patrocínio da empresa à escola de Mel, que, no entanto, não desiste de lutar. Para complicar o enredo há um diamante que por engano, cai nas mãos de Mel.[3]

Ainda em 1989, Xuxa Meneghel começou a trabalhar em um roteiro para um filme que contaria a história de duas irmãs gêmeas e seria rodado no México e lançado na América Latina. O filme seria assinado por George Lucas, uma co-produção orçada de US $ 1,2 milhão que não ocorreu devido a compromissos internacionais da apresentadora a época. Em 2006, Xuxa resolveu reavivar a ideia do filme.

Xuxa Gêmeas mostrou um bom desempenho nas bilheterias, comparado ao anterior, com mais de 1.007.490 espectadores, sendo o último filme de Xuxa a conseguir um público de mais de 1 milhão de pessoas nos cinemas. O filme obteve uma arrecadação bruta de R$ 5.801.734.[4]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Um casal de ricos empresários, proprietários do maior diamante do mundo, tem duas filhas gêmeas: Margareth e Elizabeth. Porém quando as duas eram bebês, o motorista parou o carro para a babá dar mamadeira à Elizabeth, e Margareth acabou fugindo. Engatinhando, ela foi até o saco de roupas sujas de uma trupe circense e foi "embalada" e colocada dentro de um caminhão.Posteriormente,a criança é achada pela família e é batizada como Mel.

Passados 36 anos, Elizabeth se tornou uma pessoa rica e amarga, e dirige o jornal da família, O Dourado, e Mel se torna uma pessoa doce e pobre e dirige com a ajuda da melhor amiga a professora Alice, a falida escola de artes cênicas Estrelas do Amanhã, que ensina crianças e adolescentes carentes da periferia do Rio de Janeiro a se tornarem grandes artistas da música, dança e teatro.

As gêmeas se reencontrarão quando Elizabeth nega patrocinar a escola "Estrelas do Amanha" e Mel irá visitar o escritório do jornal numa tentativa de reverter a situação.Todos empregados acham que Mel é a megera Elizabeth.Ao mesmo tempo que esta se desespera ao descobrir que a sua herança (o diamante) estava dentro de um lustre que ela havia vendido. A situação irá piorar quando este segredo foi descoberto por uma dupla de empregados: A enfermeira e o mordomo,juntamente a estes dois o segredo foi descoberto foi Jennifer,a secretária pessoal de Elizabeth.Sem conhecimento da história, Mel (Margareth) e sua turma, compram o lustre (sem saber do diamante) para uma apresentação no circo de Beto Carrero, o que é o mote para a situação do filme se desenrolar.

Produção[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 1990, Xuxa atingiu seu auge comercial e de popularidade. No Brasil, Xuxa tinha escrito seu nome na história do cinema doméstico, com o sucesso absoluto de Lua de Cristal (1989) e também a continuação de sua carreira musical exitosa.A repercussão do seu primeiro álbum em espanhol lançado no ano anterior também fora positiva,o que lhe rendeu um convite para lançar a versão argentina de seu programa matinal,que estava pronto para ser lançado.Após um período extenuante de trabalho,a apresentadora iria tirar um período de férias e ao mesmo tempo iria aproveitar para filmar um novo filme para o mercado latino chamado "Twins/Gemelas",que seria filmado no México.O roteiro do filme seria focado na história de um casal de gêmeas,interpretado pela própria Xuxa. As expectativas de Diller Trindade eram que o filme fosse visto por um público semelhante ao de Lua de Cristal no Brasil (que foi de mais de 8 milhões de pessoas). O longa-metragem seria assinado por George Lucas, que usaria uma tecnologia desenvolvida por sua empresa, a Industrial Light & Magic, para fazer as gêmeas interagirem. As filmagens do filme foram marcadas para junho de 1991,o filme seria e seria uma co-produção da Xuxa Produções com a Dreamworks,ao mesmo tempo em distribuição seria de responsabilidade da Columbia Pictures, o orçamento estimado seria de US$ 1,2 milhão (o equivalente a cerca de milhões de cruzeiros, à época).No elenco, estariam o cantor mexicano Emmanuel e outro ator brasileiro, que ainda não tinha sido escolhido. O primeiro nome escolhido foi o de Fábio Júnior.O cantor/ator acabou recusando pois não iria conseguir conciliar asgravações com as atividades promocionais de seu novo álbum.Outro nome considerado foi o do ator/cantor brasileiro Maurício Mattar,mas a produção do filme não avançou.O principal motivo alegado para isto,é era a incompatibilidade de agenda da apresentadora,que se preparava para estrear o seu programa na Argentina e juntamente a isto,a apresentadora havia assinado um contrato com a espanhola Telecinco,para fazer um novo programa.[5]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O ano de 2006 foi um ano de comemoração na carreira de Xuxa. Completando 20 anos na TV Globo,o projeto que fora abandonado em 1991 foi retomado,mas dessa vez a ideia de se fazer um filme international foi rejeitada.[6][7] No dia 4 de maio de 2006, Xuxa foi ao programa de TV Domingão do Faustão para lançar diversos projetos: o DVD "Xuxa, o Show - ao Vivo" e anunciar o filme Xuxa Gêmeas.[8][9] Os apresentadores de TV anunciaram um concurso, projetado pelo diretor Jayme Praça, e pela produção de Xuxa, para escolher uma sósia da artista. As candidatas precisavam ter entre 18 e 35 anos e a vencedora ira atuar com a apresentadora, especialmente nas cenas em que as irmãs gêmeas se enfrentam.[10] Posteriormente, enquanto as inscrições estavam abertas, o concurso foi anunciado diariamente pelo programa TV Xuxa e pela então coluna de domingo da apresentadora no jornal carioca Extra. A final do concurso foi realizada em 27 de agosto de 2006 e o vencedor foi a carioca Isabele Fintelman. Com um orçamento de R$ 5,2 milhões de reais,o desenvolvimento de Gêmeas veio de um questionamento do diretor Jorge Fernando "O que eu iria propor de algo diferente para a Xuxa?, O que ela nunca fez? Uma vilã. Como conciliar a imagem de Xuxa com uma vilã?" ele explicou. Xuxa comentou o desafio de interpretar um antagonista:[11] Em todos os personagens que eu fiz, me disseram: '"Em todas as personagens que fiz, me diziam: 'empresta algo de você para ela', era mais fácil [atuar], mas [em 'Gêmeas'] eu não tinha nada para emprestar para Elisabeth. Ela é perua, barraqueira. Como ia buscar algo para alguém que quer matar uma pessoa da família por causa de dinheiro? Queria ir embora no primeiro dia de gravação"[12] Para interpretar a personagem Elizabeth, Xuxa teve que fazer algo inédito,um laboratório. "Entrei em pânico. A primeira vez que fui a Elizabeth, eu não sabia como onde colocar sua mão, como falar fazendo Mel, que é a boa irmã, foi fácil. Eu não tive que mudar nada. Emprestei coisas minhas a Mel e assumi coisas que eram dela, numa troca natural. Já o figurino da Elizabeth... Nada, dali, servia para mim. Tinha de fazer a metida, usar unhas postiças, falar com uma voz que não era a minha. Sofri para caramba.".[13][14][15] O diretor diz que ficou satisfeito com a brincadeira da protagonista no telão, mas que não guarda boas lembranças do trabalho. "Eu, que nem sabia como desempenhar um papel certo, fiz dois. Foi difícil." Patrícia Travassos, coautora do filme com Flávio de Souza, conta que The Devil Wears Prada (2006) foi uma referência para a criação de Elizabeth. Patricia não tinha visto o filme até aquela data, Ela realmente leu o livro e achou que havia elementos comuns entre o personagem de Elizabeth, como dono do império gráfico O Dourado, e a personagem Miranda de The Devil Wears Prada.[16][17] Xuxa comentou que a intenção do filme era a de transmitir mensagens positivas ao público "É uma comédia para todos os tipos de pessoas, idade e classe social. Um filme que fala de amor e tenta transmitir esse valor e que o dinheiro não é responsável por trazer felicidade " Outro assunto abordado na trama é a comunidade do Morro Tavares Bastos, no Rio, aonde é realmente desenvolvido o projeto Estrelas do Amanhã - jovens que usam a música para expressar suas idéias. "O interessante é que o filme mostra a favela do lado positivo, e não o estereótipo que a sociedade está acostumada a ver na TV: o garoto sujo e marginal", acrescenta o ator Thiago Martins, que interpreta Tigre.[18] Murilo Rosa, vive o mágico Ivan, interesse amoroso de Xuxa no filme: "Ela é incrível! Nos entendemos muito bem, acho que a química funcionou. Foram 28 dias de muita diversão e aprendizado. Estou muito feliz em faça parte deste filme dedicado às crianças ". A produção também inclui comediantes como Leandro Hassum (Zé Mané), Marcius Melhem (Manézinho), Fabiana Karla (enfermeira) e Maria Clara Gueiros (Jennifer) - os veteranos Ary Fontoura, Emiliano Queiroz e os jovens atores Eike Duarte (Byte) e Maria Mariana Azevedo (Poodle). A cantora Ivete Sangalo - que faz sua estreia com atriz em filmes - se junta ao elenco como Alice, a grande amiga de Mel.[19][20]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As filmagens ocorreram em setembro de 2006. As primeiras cenas da Xuxa foram filmadas em 10 de setembro de 2006, no parque gráfico do jornal O Globo, que simula a sede do jornal fictício "O Dourado". Outro local era uma favela no Rio de Janeiro chamada Tavares Bastos. Todas as cenas externas do filme,realizadas na favela, foram filmadas de uma só vez no dia 19 de setembro de 2006. Devido ao intenso trabalho, tanto Xuxa quanto Ivete Sangalo não chegaram a conversar com a imprensa no dia.Além disso,houve uma certa confusão na favela,pois o assédio dos moradores foi grande. Também foram filmadas cenas no circo de Beto Carrero World e no Museu do Primeiro Reinado (alguns recintos do museu foram usadas para servir de mansão da família Dourado).[21][22][23]

Música[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora apenas contém duas músicas: Solidão, cantada por Xuxa interpretando suas duas personagens do filme. E Coisas Maravilhosas, cantada por Ivete Sangalo no final do filme. As trilhas instrumentais foram compostas por Ary Sperling.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O Xuxa Gêmeas teve dois pré-lançamentos. Um em São Paulo, no dia 9 de dezembro no Shopping Jardim Sul; e outro no Rio de Janeiro, no dia 13 de dezembro, no cinema UCI Barra. O filme estreou em 15 de dezembro de 2006 em 300 cinemas no Brasil.[24][25][26]

Home vídeo[editar | editar código-fonte]

O Xuxa Gêmeas levou quase um ano para ser lançado em DVD. Somente a partir de 21 de novembro de 2007, o DVD foi colocado à venda para o varejo. Para as locadoras, a espera foi um pouco menor, cerca de 4 meses antes. O DVD trazia como brinde,um passaporte adulto para o parque O Mundo da Xuxa que a época era operado na cidade de São Paulo.[27][28]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Comitiva de imprensa do filme Xuxa Gêmeas

Crítica[editar | editar código-fonte]

"Geralmente, gasto entre duas e quatro horas para escrever uma crítica. [...] Como a Xuxa não deve ter gastado muito mais do que meia hora para imaginar o seu novo filme de verão, é este espaço do meu dia que vou dedicar a Xuxa Gêmeas. E tá mais que bom! Principalmente porque já perdi quase três horas entre ir até o cinema, sofrer na sala de exibição e voltar pra casa."

— Marcelo Forlani, Omelete.[29]

A audiência do site Filmow deu ao filme uma classificação de 1,6, com base em mais de 1.522 votos. A audiência do Adorocinema, deu três estrelas de cinco, com uma nota de 3,1 pontos para o filme. A audiência geral do IMDb atribuiu ao filme uma classificação de 1,5 pontos e uma estrela.[30][31][32]

Como outros filmes de Xuxa Meneghel, Xuxa Gêmeas recebeu críticas extremamente negativas por parte da crítica especializada em cinema. Angélica Bito, do Cineclick deu ao filme uma meia-estrela, criticando o roteiro do filme pelo filme que "não traz nada de novo. É previsível, vergonhoso na maior parte do tempo e, claro, traz mensagens educacionais". Além disso, a produção aposta na cantora Ivete Sangalo como atriz. O que, acredite, não é o pior." No entanto, ela elogia a atuação da atriz Maria Clara Gueiros, escrevendo que "ela é a personagem mais engraçada (ou melhor, a única capaz de fazê-la rir) como a secretária de Elizabeth, Jennifer. Também elogiou a performance de Xuxa ao escrever que "é a produção que mais demanda Xuxa no sentido de interpretação, que não deixa de desapontar" e elogiou a apresentadora por abandonar a produção de filmes com teor fantasioso. "Não há deusas vikings ou duendes, que torna a produção mais tolerável. O destino é responsável por toda a magia de Xuxa Gêmeas e, entre tantos males, é necessário ver algo de positivo nessa produção".[33] Andy Malafaya escrevendo para o Cineplayers, também criticou o filme, escrevendo que "Assistir uma Xuxa já é um desprazer dos grandes, imaginem duas!", Ele também criticou o modo como as favelas do Rio de Janeiro são retratadas no filme: "Fome, miséria, traficantes? Isso não existe no mundo fantasioso da Xuxa, afinal, até a Ivete Sangalo (oops, Alice) mora lá. A loira quer que as crianças brasileiras acreditem que a favela é o melhor lugar do mundo para se viver? Todos, todos eles vivem cantando, dançando, enchendo-se de pães cheios de mel! Pena que nenhuma empresa era inteligente o suficiente para fazer merchandising, como é habitual. É triste ver a distorção da realidade, mais ainda de alguém que deveria estar educando". As performances também foram duramente criticadas pela crítica escrita. "As performances estão abaixo do nível aceitável - afinal, o que esperar de cantores, modelos e comediantes de quinta categoria?" No entanto, ele elogiou o desempenho de Xuxa, escrevendo que ela "faz o papel da jovem de bom coração - ela mesma, obviamente - e quando a megera entra em cena, a única palavra que vem à mente é vergonha". O crítico deu ao filme a nota zero.[34] Escrevendo para o Cinema com Rapadura, Amanda Pontes deu 3 ao filme, não recomendando aos seus leitores, escrevendo: "Se você já assistiu algum dos clássicos filmes da Xuxa você não ficará surpreso com essa nova produção, que segue todos os moldes das anteriores. 'Xuxa Gêmeas' vem com todas as falhas esperadas, o que acaba por classificá-lo como uma cópia autêntica do trash". Escrevendo para o mesmo site, Diego Benevides, ele também criticou a nova produção cinematográfica de Xuxa, escrevendo que Xuxa Gêmeas soa "patética, totalmente mal acabada e descartável como sempre. Pode até trazer diversão para as crianças, só temos que nos perguntar se eles podem ser enganados com tão pouco, dando uma nota para o filme.[35][36]

Um crítico no Cineweb escreveu que os fãs de Xuxa Meneghel que ficaram desapontados que ela apareceu pouco na animação do ano passado, Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço (2005), podem comemorar. Em seu novo filme, a ex-modelo retorna em dose dupla. "E que Xuxa tenta recompensar a ausência no período anterior e chamar novamente parte do público que a deixou. Como as gêmeas da novela Mulheres de Areia, Xuxa é uma irmã ruim e outra boa. Marcelo Forlani escrevendo para o Omelete, escreveu "Se você já imaginou o que pode ser pior do que uma Xuxa, eu tenho a resposta: DUAS XUXAS!". Dando nota um para o filme. Laura Mattos, da Folha de S. Paulo, considerou Xuxa Gêmeas um avanço na carreira cinematográfica de Xuxa, escrevendo que ela finalmente abandonou as fábulas capengas que queriam colar a atriz na imagem de fada.[37][38][39]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

De acordo com dados da Agência Nacional do Cinema, Xuxa Gêmeas teve uma bilheteria final de 1.007.490 espectadores, que na época era a mais baixa entre os filmes estrelados pela Xuxa - sem considerar Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço (2005) que teve 596.218 espectadores. Apesar da bilheteria mais baixa do que o esperado, a Xuxa derrotou seu concorrente nacional, O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili. Ao mesmo tempo em que Xuxa Gêmeas, o filme de Renato Aragão teve 742.340 espectadores. Ainda assim, Xuxa Gêmeas é o segundo filme nacional de maior bilheteria em 2007, perdendo para A Grande Família - O Filme, visto por 2 milhões de brasileiros. O filme arrecadou 5.801.734 reais nas bilheterias.[40][41][42][43][44][45][46]


Referências

  1. «Xuxa estréia como vilã no cinema no filme "Xuxa Gêmeas"». Folha Ilustrada. 15 de dezembro de 2006. Consultado em 29 de junho de 2016. 
  2. https://oglobo.globo.com/cultura/xuxa-termina-filmagens-de-sonho-de-menina-4147169
  3. https://www.bonde.com.br/cinema/estreias/as-duas-faces-de-xuxa-68512.html
  4. http://www.recam.org/_files/documents/mas_de_100_mil_espectadores_brasil.pdf
  5. http://www.tv-pesquisa.com.puc-rio.br/ImprimDoc.asp?CodRegistro=14807
  6. http://www.carnatal.com.br/blog/2006/07/03/ivete-e-xuxa-no-cinema-em-dezembro
  7. http://revistaquem.globo.com/Quem/0,6993,EQG1285351-6129-5,00.html
  8. http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/sosia-de-xuxa-e-escolhida-em-concurso-na-tv/2006/06/20-32966.html
  9. http://diversao.terra.com.br/gente/noticias/0,,OI3549319-EI13419,00-Jorge+Fernando+escolhe+possiveis+sosias+de+Xuxa.html
  10. http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/candidatas-a-sosia-de-xuxa-querem-mais-e-conhecer-a-apresentadora/2006/08/24-41206.html
  11. http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,xuxa-faz-sua-primeira-vila-no-cinema,20060927p2702
  12. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u67018.shtml
  13. http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,ixuxa-gemeasi-impoe-desafio-a-rainha-dos-baixinhos,20061214p3060
  14. http://www1.folha.uol.com.br/agora/show/sh1312200601.htm
  15. http://www.jornaldebrasilia.com.br/promocoes/xuxa-volta-as-telonas-em-papel-duplo/
  16. http://www.bemparana.com.br/noticia/11677/trocou-de-emissora
  17. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u67018.shtml
  18. http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/xuxa-e-murilo-rosa-encantam-publico-em-pre-estreia-de-xuxas-gemeas/2006/12/09-56791.html
  19. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u67018.shtml
  20. http://cinema.terra.com.br/ficha-filme/0,,OI6126-EI1176,00+Xuxa+Gemeas.html
  21. http://www.gazetadopovo.com.br/caderno-g/elizangela-estara-no-novo-filme-de-xuxa-a741ng6tlprialaecfz7ok9xq
  22. http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/xuxa-e-ivete-sangalo-filmam-em-favela-carioca/2006/09/19-44764.html
  23. http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/xuxa-para-de-gravar-seu-programa-temporariamente-veja-por-que/2006/09/15-44236.html
  24. http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,ixuxa-gemeasi-impoe-desafio-a-rainha-dos-baixinhos,20061214p3060
  25. http://cinema.terra.com.br/noticias/0,,OI1299951-EI1176,00-Claudia+Raia+beija+Jorge+Fernando+em+preestreia.html
  26. http://cinema.terra.com.br/fotos/0,,OI38437-EI1176,00-Xuxa+lanca+filme+de+sua+carreira+em+SP.html
  27. https://omelete.com.br/dvd-e-blu-ray/noticia/lancamentos-em-dvd-5-a-11-de-novembro/
  28. http://dvdmagazine.com.br/resenhas/resenha/filme/27602-xuxa-gemeas
  29. «Xuxa Gêmeas». omelete.uol.com.br. Consultado em 2 de dezembro de 2012. 
  30. https://filmow.com/xuxa-gemeas-t6601/
  31. http://www.adorocinema.com/filmes/filme-202301/
  32. http://www.imdb.com/title/tt0936504/
  33. https://www.cineclick.com.br/criticas/xuxa-gemeas
  34. http://www.cineplayers.com/critica/xuxa-gemeas/880
  35. http://cinemacomrapadura.com.br/criticas/83594/xuxa-gemeas-2006-83594/
  36. http://cinemacomrapadura.com.br/criticas/83593/xuxa-gemeas-2006-83593/
  37. https://omelete.com.br/filmes/criticas/xuxa-gemeas/?key=24518
  38. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/acontece/ac1612200603.htm
  39. http://www.cineweb.com.br/filmes/filme.php?id_filme=1981
  40. http://www.adorocinema.com/filmes/filme-202348/curiosidades/
  41. http://www.jb.com.br/cultura/noticias/2008/03/05/filme-de-xuxa-sai-de-cartaz-depois-de-apenas-dois-meses/
  42. http://animacaobrasileira.polenfilmes.com.br/bilheteria-animacoes-brasileiras/
  43. http://www.cineplayers.com/artigo/ranking-das-bilheterias-brasileiras-2007/50
  44. https://oglobo.globo.com/cultura/recordista-de-publico-da-retomada-xuxa-aponta-preferencias-cinematograficas-4190823
  45. https://www.ancine.gov.br/media/SAM/2009/SerieHistorica/1107.pdf
  46. http://www.filmeb.com.br/database2/html/ME01.php

Ligações externas[editar | editar código-fonte]