Xuxa e os Duendes 2: No Caminho das Fadas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Xuxa e os Duendes 2 - No Caminho das Fadas
Xuxa e os Duendes 2 - No Caminho das Fadas (BR)
 Brasil
2002 •  cor •  87 min 
Direção Paulo Sérgio de Almeida
Rogério Gomes
Márcio Vito
Roteiro Vivian Perl
Wagner de Assis
Elenco Xuxa
Luciano Szafir
Betty Lago
Vera Fischer
Ana Maria Braga
Deborah Secco
Thiago Fragoso
Debby Lagranha
Género aventura
fantasia
infantil
Companhia(s) produtora(s) Xuxa Produções
Globo Filmes
Diler & Associados
Warner Bros. Pictures
Lançamento 13 de dezembro de 2002 (2002-12-13)[1]
Idioma Português
Receita R$ 11 486 623
Cronologia
Xuxa e os Duendes
Xuxa Abracadabra
Página no IMDb (em inglês)

Xuxa e os Duendes 2 - No Caminho das Fadas é um filme brasileiro de 2002, do gênero aventura, dirigido por Paulo Sérgio de Almeida e Rogério Gomes.

É a continuação de Xuxa e os Duendes de 2001. A música original do filme é de Mú Carvalho.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Kira, a botânica que é também filha de duendes, precisa combater a poderosa bruxa má Algaz e as bruxas. Para combatê-la, Kira terá a ajuda de Epifânia, a bruxa do bem, do elfo Dafnis e ainda da Rainha Dara, a fada mãe. Kira vai ao castelo das bruxas e Ana solta uma lagrima de amor que acaba com a maldição das bruxas, que seria transformar em pedra todos os coraçoes apaixonados, na próxima lua cheia. Kira consegue entrar no castelo das bruxas junto com os seus amigos, e prende a bruxa Algaz no espelho, e a deixa la para sempre. No final, Kira e Rafael se casam e tem um filho. Na última cena, aparece uma bruxa (Susana Vieira) dizendo que a história não acaba assim e começa a rir, dando sentido que teria uma continuação.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Luciano Szafir interpretou o protagonista Rafael.
Deborah Secco interpretou Epifânia.
Ator Personagem
Xuxa Kira / Duende da Luz
Luciano Szafir Rafael (Rafa)
Deborah Secco Epifânia
Thiago Fragoso Dáfnis
Susana Vieira Bruxa-Mór
Betty Lago Bruxa Algaz
Cristina Pereira Bruxa Bertildi
Vic Militello Bruxa Desdêmona
Karen Acioly Bruxa Adastéia
Debby Lagranha Fernanda Maia (Nanda)
Brunno Abrahão Daniel (Dani)
Ana Maria Braga Rainha Zinga
Emiliano Queiroz Rei Mika
Vera Fischer Rainha Dara / Mãe das fadas
Zezé Motta Profetiza Kálix
Guilherme Karan Gorgon
Nathália Rodrigues Fada Luz
Juliana Baroni Fada Kin
Cláudia Rodrigues Fada Milly
Tadeu Mello Alface
Luiz Carlos Tourinho Chuchu
Zilka Salaberry Cléo
Gustavo Pereira Lix / Duende do tempo
David Brazil Rodim / Duende Veloz
Maria Mariana Azevedo Ana
Thainá Medeiros Gabriela
Adriana Bombom Fada Azul
Adriana Bombom Fada Azul
Ana Paula Almeida Fada Amarela
Monique Alfradique Fada Rosa
Lana Rodes Fada Turquesa
Daiane Amêndola Fada Vermelha
Gabriella Ferreira Fada Lilás
Joana Mineiro Fada Violeta
Letícia Barros Fada Laranja
Stephanie Lourenço Fada Verde
Thalita Ribeiro Fada Pérola

Recepção[editar | editar código-fonte]

Marcelo Hessel destacando os problemas do filme para o Omelete escreveu: "As famosas mensagens dos patrocinadores, na forma da propaganda de escola de inglês e de bolacha recheada, ganham o primeiro plano de forma descarada. Os exemplos mercadológicos não se repetem mais até o final do filme, mas a situação começa a ficar desconfortável. (...) A engrenagem degringola quando são introduzidos o restante das personagens e a trama de fato. (...) Assim, abre-se caminho para toda classe de clichês de fantasia, como mapas secretos e palavras mágicas (...) Se o original de 2001 possuía, ao menos, alguma qualidade técnica, a continuação esbanja defeitos visuais e narrativos. (...) Vale destacar que Xuxa já soube como trabalhar enredos fantasiosos. No longínquo ano de 1988, Super Xuxa Contra Baixo Astral (...) [onde] mesclava originalidade em seu argumento."[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «"Xuxa e os Duendes 2" chega aos cinemas nesta sexta-feira». Rede Saci. 11 de dezembro de 2002. Consultado em 28 de abril de 2015 
  2. Marcelo Hessel (12 de dezembro de 2002). «Xuxa e os Duendes 2 - No Caminho das Fadas». omelete.uol.com.br. Consultado em 15 de outubro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.