Y.M.C.A.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
"Y.M.C.A."
Single de Village People
do álbum Cruisin'
Lançamento 1978
Formato(s) 7", 12"
Gravação Sigma Sound Studios,
New York City; 1978
Gênero(s) Disco
Duração 4:48 (Album Version)
3:46 (Single Version)
Gravadora(s) Casablanca Records
Letrista(s) Henri Belolo, Jacques Morali, Victor Willis
Produção Jacques Morali
Cronologia de singles de Village People
"Macho Man"
(1981)
"Go West"
(1979)

"YMCA" é uma canção do grupo americano Village People lançada em 1978 como o único single de seu terceiro álbum de estúdio Cruisin'. A música foi escrita por Jacques Morali (também produtor do disco) e cantor Victor Willis.[1]

A canção atingiu o #2 nas paradas dos EUA no início de 1979[2] e chegou a Nº 1 no Reino Unido ao mesmo tempo, tornando-se o maior sucesso do grupo. É um dos trinta singles individuais a ter vendido 10 milhões (ou mais) de cópias pelo mundo.

A canção continua a ser popular e é reproduzida em muitos eventos esportivos nos EUA e na Europa. É freqüentemente tocada durante os intervalos em eventos esportivos. Além disso, a canção também mantém-se particularmente popular devido a seu status como um hino clássico de discoteca gay e, mesmo entre os ouvintes que são de outra maneira não envolvido em música disco ou cultura gay.[3][4]

Y.M.C.A. não ficou isenta de controvérsia. Uma vez que Young Men's Christian Association (YMCA), uma associação de caráter cristão que se dedica ao apoio e orientação aos jovens, processou judicialmente o grupo Village People após a música em sua referência. No entanto, o pedido foi retirado sem nenhuma explicação.

Em março de 2020, a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos adicionou a música ao seu Registro Nacional de Gravações, que preserva para a posteridade o áudio que é "culturalmente, historicamente ou esteticamente significativo".[5]

Durante sua campanha de reeleição em 2020, Donald Trump começou a usar a música (assim como outra música do Village People, "Macho Man") para encerrar seus discursos.[6][7][8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Facebook; Twitter; options, Show more sharing; Facebook; Twitter; LinkedIn; Email; URLCopied!, Copy Link; Print (5 de março de 2015). «Village People cop wins 50% of 'YMCA' rights». San Diego Union-Tribune (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2020 
  2. «The Hot 100 Chart». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2020 
  3. Neumann, Caryn E. «YMCA» (PDF) 
  4. staff/abbey-white (20 de dezembro de 2018). «The Real Story Of The YMCA That Inspired The Village People's Gay Anthem». Gothamist (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2020 
  5. «The Village People's YMCA is preserved for posterity». BBC News (em inglês). 25 de março de 2020. Consultado em 8 de novembro de 2020 
  6. Blistein, Jon; Blistein, Jon (8 de junho de 2020). «Village People Singer Victor Willis Tells Trump to Stop Using Their Music at Rallies». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2020 
  7. Sheffield, Rob; Sheffield, Rob (6 de novembro de 2020). «Make 'Y.M.C.A.' Great Again». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2020 
  8. Nelson, Steven (11 de setembro de 2020). «'YMCA' writer OK with Trump using song — but he wants to see him dance». New York Post (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2020