YG Entertainment

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
YG Entertainment
Nome nativo YG 엔터테인먼트
Tipo Empresa de capital aberto
Indústria Música e entretenimento
Gênero K-pop
Hip-hop
R&B
Música eletrônica
Dance
Fundação 24 de fevereiro de 1996 (22 anos)
Fundador(es) Yang Hyun-suk
Sede Coreia do Sul 397-5 Hapjeong-dong
Mapo-gu, Seul
Área(s) servida(s) Mundialmente
Pessoas-chave Yang Min-suk (CEO)[1]
Empregados 668 (2010)[2]
Subsidiárias YGEX
YGKPlus
YGPlus
HIGH GRND
The Black Label
NONA9ON
moonshot
YG Golf Academy
3geori Butchers
Acionistas Yang Hyun-suk (19.07%)[3]
Naver (9.14%)[3]
Beijing Weiying Technology (8.92%)[3]
Tencent (4.86%)[3]
Yang Min-suk (3.92%)[3]
Great World Music Investment (L Capital Asia - LVMH group) (3.05%)[3]
Receita Aumento US$ 286.40 milhões (2016)
Lucro Baixa US$ 12.50 milhões (2016)
Significado da sigla Yang Goon (apelido de Yang Hyun-suk)[4]
Website oficial www.ygfamily.com

YG Entertainment (hangul: YG 엔터테인먼트), é uma empresa de entretenimento sul-coreana, fundada em 1996 por Yang Hyun-suk com sede em Seul.[5] A empresa atua como uma gravadora, agência de talentos, marca de roupas, marca de cosméticos, empresa de gestão de eventos e produção de concertos e por fim como produtora e editora musical. A YG Entertainment faz parte do chamado "Big Three", um termo utilizado para referenciar as três maiores e mais populares agências de entretenimento da Coreia do Sul,[6] juntamente com a SM Entertainment e a JYP Entertainment.

No começo de sua atuação, a YG Entertainment teve suas raízes no Hip hop.[6] Ao longo de seu período de atuação, foi a residência de artistas como Wheesung, 1TYM, Gummy, Se7en, 2NE1, Nam Tae-hyun, Psy, dentre outros. Atualmente, sua lista de artistas incluem Big Bang, CL, Dara, Epik High, Akdong Musician, Lee Hi, Winner, iKon, Sechs Kies, Jinusean, Black Pink, dentre outros. Além de atores e atrizes que incluem Kang Dong-won, Choi Ji-woo, Cha Seung-won, Lee Sung-kyung, Nam Joo-hyuk e Yoo In-na.

História[editar | editar código-fonte]

1996–2005:: Raízes no Hip hop e início do sucesso[editar | editar código-fonte]

Big Mama

Em março de 1996, Yang Hyun-suk um ex-membro do exitoso grupo sul-coreano Seo Taiji and Boys, fundou a YG Entertainment junto com seu irmão mais novo Yang Min-suk.[5][7] Seu primeiro artista foi o trio de hip hop Keep Six. Quando eles não conseguiram atrair popularidade, Yang voltou seu foco para a dupla Jinusean e em 1998 para a estreia do grupo 1TYM. Ambos tornaram-se artistas bem sucedidos, que Yang credita por terem levado tanto a YG Entertainment como o hip hop, para o mercado mainstream da música coreana.[5]

Em 1999, os artistas da agência lançaram seu primeiro álbum em colaboração, sob o nome de YG Family.[8] E a mesma seguiu lançando materiais de Perry, Swi.T, Big Mama, Lexy, Gummy e Wheesung. O selo YG Underground foi criado contendo o grupo 45RPM e a dupla de reggae Stony Skunk. Em 2001, um segundo álbum da YG Family foi lançado, dentre outros artistas, está G-Dragon, um então trainee da agência com treze anos de idade.

A agência conquistou sucesso na Coreia do Sul e Japão ao lançar seu primeiro ídolo, Se7en, que estreou em 2003. Apelidado de "rival" do também cantor Rain, no auge de sua carreira. Devido a seu sucesso, Se7en tornou-se seu primeiro artista a tentar entrar no mercado musical estadunidense, porém sua estreia nos Estados Unidos não conseguiu o impulso necessário.[9] Além disso, a confirmação de seu relacionamento com a atriz Park Han-byul em 2009 e uma pausa de quatro anos na industria de entretenimento sul-coreana, desaceleraram o ritmo de sua carreira e seu contrato com a YG Entertainment encerrou-se em abril de 2013 sem renovação.[10]

2006–2014: Reconhecimento internacional e expansão nos negócios[editar | editar código-fonte]

Devido ao sucesso de Se7en, a YG Entertaiment voltou o seu foco na criação de seu primeiro grupo de ídolos, que estreou em agosto de 2006 sob o nome de Big Bang, apesar de sua recepção inicial morna, o quinteto teve sua popularidade aumentada sobretudo em 2007 e 2008, com o lançamento de canções como "Lies" e "Haru Haru", que tornaram-se número um nas paradas musicais. "Lies" permaneceu por oito semanas consecutivas em número um, batendo o recorde da canção "I Know" de Seo Taiji and Boys.[11] Seus membros também alcançaram popularidade através de suas respectivas carreiras solo e na formação de sub-grupos. Através do constante sucesso e popularidade do Big Bang, o grupo tornou-se um dos maiores e mais rentáveis grupos masculinos do mundo.[12]

Em maio de 2009, a YG lançou o grupo feminino 2NE1, que foi inicialmente considerado como o equivalente feminino do Big Bang.[13] Após sua estréia, o 2NE1 alcançou rápida popularidade, sendo consideradas mais tarde, um dos grupos femininos mais bem sucedidos e populares da Coreia do Sul.[14][15] Similarmente a Se7en, ambos os grupos estrearam suas carreiras com sucesso no Japão. Em 2010, a YG mudou-se para um novo edifício, enquanto o antigo tornou-se um centro de treinamento. Neste mesmo ano fez sua primeira aplicação na bolsa de valores, além de expandir sua linha de artistas com a contratação do rapper Psy em 2010 e de Tablo em 2011, seguido de seus companheiros de grupo Epik High. Psy posteriormente experimentou sucesso mundial em 2012, através de seu vídeo musical da canção "Gangnam Style". Em dezembro do mesmo ano, o vídeo tornou-se o mais visto do mundo e o primeiro a alcançar a marca de um bilhão de visualizações no Youtube.[16] Sua popularidade levou Psy a aparecer em programas estadunidenses como o The Ellen DeGeneres Show e o The Today Show da emissora NBC,[16] e de outros países como o X-Factor Australia. A canção alcançou o topo das paradas musicais de diversos países e foi creditada como a principal razão para os preços das ações da YG Entertainment aumentarem em mais de sessenta por cento no mesmo ano.

Yang Hyun-suk fez seu retorno a televisão como um jurado do programa de competição de cantores, intitulado K-pop Star da SBS, contratando a vice-campeã Lee Hi que lançou seu primeiro álbum um ano mais tarde aos 16 anos. Outros participantes assinaram contrato com a YG como potenciais membros de futuros grupos masculinos. Na segunda temporada que terminou em 2013, os vencedores formados pelos irmãos da dupla Akdong Musician (também conhecidos como AKMU) e o segundo lugar Bang Yedam, foram contratados pela agência. O AKMU lançou seu primeiro álbum, intitulado Play em 2014. Um reality show chamado Who is Next: WIN foi exibido em 2013, onde dois grupos formados por trainees competiam entre si para um deles ser lançado pela YG, entretanto, os dois grupos conseguiram tal feito. O primeiro, formado pelo chamado "Team A", recebeu o nome de Winner e foram os vencedores do programa,[17] estreando o seu primeiro álbum intitulado 2014 S/S em 2014. Já o "Team B" recebeu o nome de iKON, e lançou seu primeiro álbum Welcome Back em 2015.

A YG adquiriu em 2014, a equipe da T Entertainment, incluindo os atores Cha Seung-won, Im Ye-jin e Jang Hyun-sung.[18] Além disso, através da aquisição da agência de modelos K-Plus, a agência expandiu sua área de atuação, lançando os modelos Lee Sung-kyung e Nam Joo-Hyuk. Em 13 de setembro de 2014, uma subsidiária de capital privado, pertencente a multinacional francesa de artigos de luxo LVMH, a "L Capital Asia", anunciou o investimento de US$80 milhões na YG Entertainment. Com sede em Singapura, a L Capital Ásia tornou-se o segundo maior investidor da agência.[19] No mesmo ano, a mesma também expandiu-se para o mercado da beleza, com a criação da marca de cosméticos Moonshot.[20][21]

2015–presente: Continuação na expansão nos negócios e atualidade[editar | editar código-fonte]

Em 2015, a YG Entertainment investiu quase US$100 milhões de dólares em um novo complexo industrial com sede em Gyeonggi-do, para abrigar estúdios de gravação, instalações para ensaios e um complexo de turismo de lazer, previsto para ser concluído até dezembro de 2018.[22] No mesmo ano, recebeu a criação de duas sub-gravadoras, a primeira pertencente a Tablo[23] e a segunda aos produtores Teddy Park e Kush.[24]

Em maio de 2016, o grupo Sechs Kies que havia encerrado suas atividades há dezesseis anos, tornou-se seu contratado.[25][26] No mesmo mês, as empresas chinesas Tencent e Weiying Technology anunciaram um investimento de US$85 milhões na agência, tendo cada uma 8,2% e 4,5% de participação, respectivamente. Mais tarde, foram contratados e adicionados a sua lista de atores, Lee Jong-suk,[27] Kang Dong-won[28] e Kim Hee-jung.[29] Em agosto de 2016, estreou o quarteto feminino Black Pink,[30] e em novembro do mesmo ano, foram anunciados a saída de Nam Tae-hyun do Winner e o encerramento das atividades do 2NE1.[31][32] No ano seguinte, a YG Entertainment realizou a estreia do solista One[33] e lançou um programa de talentos chamado Mix Nine pela JTBC, com a temática de um concurso realizado entre trainees de diferentes agências.[34][35] Em maio de 2018, Psy encerrou suas atividades pela YG Entertainment.[36]

Parcerias[editar | editar código-fonte]

Distribuidoras de música[editar | editar código-fonte]

  • KT Music na Coreia do Sul.
  • YGEX, uma colaboração com a gravadora AVEX no Japão.
  • BEC-TERO Music na Tailândia.
  • Trinity Optima Production na Indonésia.
  • WMG no resto da Ásia. (Taiwan, Singapore, Hong Kong, etc.)

YGEX[editar | editar código-fonte]

Em 12 de abril de 2011, a YGEX foi estabelecida como uma parceria entre AVEX e a YG Entertainment para a promoção e liberação de material de todos os artistas da agência no Japão. Os artistas atuais sob o selo da YGEX, incluem todos os artistas da YG Entertainment ativos. A YGEX opera como uma joint-label conjunta entre as duas empresas. Desde o início desta parceria, foram lançados material japonês para GD&TOP, BIGBANG, 2NE1, Se7en, Daesung, Seungri e BLACKPINK[37]. Houve também um aumento notável em atividades promocionais no Japão.

Subsidiárias[editar | editar código-fonte]

Música[editar | editar código-fonte]

HIGHGRND[editar | editar código-fonte]

HIGHGRND (lê-se 'Highground') é um sub-selo independente liderado por Tablo do Epik High, que vai tomar o controle criativo, na qualidade de presidente desta empresa subsidiária. Primeiro foi anunciado em março de 2015, que o nome do rótulo deve refletir o objetivo de desenvolver e promover o talento underground, e também está ligada diretamente às origens musicais de Tablo. Instituído pelo presidente Yang Hyun-suk sob o suporte da YG Entertainment, faz parte de uma meta de longo prazo para chegar à cena indie e alternativa na música coreana, o rótulo principal tem um papel principalmente de apoio focado na assistência financeira, trabalho administrativo e marketing. Anunciada como "uma gravadora com sede em Seul que representa e nutre artistas criativos de todas as mídias", a atual lista da HIGHGRND inclui a banda indie HyukOh e o produtor Code Kunst.

The Black Label[editar | editar código-fonte]

Após a formação bem sucedida da HIGHGRND, a YG Entertainment anunciou no dia 22 de Setembro de 2015 a criação de um outro sub-selo independente chefiado pelo produtor da YG Teddy Park e Kush do Stony Skunk. Teddy, um membro do primeiro grupo de hip-hop da YG, 1TYM e produtor regular do BIGBANG e de 2NE1, será o chefe da nova sub-gravadora. Além disso, Kush, que já havia sido um produtor da YG antes de sair em 2012 para perseguir atividades musicais pessoais, voltou a YG para co-dirigir a sub-gravadora.

Modelagem[editar | editar código-fonte]

YG KPLUS[editar | editar código-fonte]

Em 18 de Fevereiro de 2014, o co-CEO Yang Min-suk anunciou que a K-Plus, uma grande agência de modelos, assinou uma parceria estratégica e um acordo de investimento compartilhado com a YG Entertainment, essencialmente indicando uma fusão. Devido à recente tendência na Ásia de ex-modelos se tornarem atores de sucesso,a YG está ajudando estes modelos na transição para a mídia, proporcionando-lhes oportunidades na televisão e no cinema. A K-plus Model Agency, abriga atualmente mais de 170 modelos, incluindo modelos internacionalmente conhecidos como Kang Seung-hyun e Park Hyeong Seop, bem como modelos/atores como Lee Sung-Kyung, Nam Joo-hyuk, Choi Sora, dentre outros. Desde que formaram a parceria, os modelos da K-Plus foram muito utilizadas em vídeos de música dos artistas da YG , bem como em campanhas publicitárias de marcas de propriedade da mesma. Além disso, a YG Entertainment tem proporcionado a muitos modelos da YG KPlus oportunidades em dramas de TV, destacando-se Nam Joo-hyuk em Who Are You: School 2015 e Lee Sung-kyung em It's Okay, That's Love, que fizeram a transição formalmente de modelos para sua divisão de atuação.

Moda e beleza[editar | editar código-fonte]

NONA9ON[editar | editar código-fonte]

NONA9ON é uma marca de luxo street-wear fundada pela YG Entertainment e pela empresa subsidiária têxtil da Samsung a Cheil Industries, no início de 2012. Originalmente chamada de Nine Natural, a marca foi renovada antes do lançamento. NONA9ON não tem lojas próprias permanentes e opera vendendo seus produtos através de outros varejistas em lojas pop-up. De acordo com um representante da YG em 15 de setembro de 2014, após NONA9ON abrir sua primeira loja pop-up na Apgujeong’s Galleria Department Store em 12 de setembro, todo seu estoque foi esgotado completamente dentro de apenas dois dias. O estoque tinha sido feito com itens para duas semanas, uma prova ao poder da NONA9ON entre os consumidores e sucesso no mercado.

Após o sucesso da NONA9ON em sua estreia no mercado coreano, a linha de roupas também foi vendida rapidamente nas suas primeiras lojas pop-up internacionais, e em 10 lojas na Itália, em Milão, Seul e Xangai, bem como em Xangai e Hong Kong . As roupas da NONA9ON são vendidas através da loja online "Beakerstore".

Moonshot[editar | editar código-fonte]

Em 2 de Outubro, 2014, a YG Entertainment ramificou em outra linha de negócio e lançou sua marca de cosméticos de nome "Moonshot ". Desenvolvida com o Huanya Group da China e em parceria com a empresa de fabricação de cosméticos COSON, que é voltada para mulheres na faixa dos 20 a 30 anos. A marca recebeu o nome do pouso histórico de Apollo 11 na Lua, e assim como o evento transformou sonhos em realidade, a marca também tem a intenção de assumir vários desafios e de romper com as linhas de maquiagem típicas.

Anúncio[editar | editar código-fonte]

YG Plus Inc.[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2014, a YG adquiriu uma participação majoritária na empresa de publicidade Phoenix Holdings Inc., uma subsidiária da Bogwang Group. Esta aquisição foi realizada com a intenção de acelerar ainda mais o crescimento da YG Entertainment além da indústria da música e para maximizar a sinergia entre a empresa de música da YG e de conteúdo cultural. Como resultado desta aquisição, a Phoenix Holdings Inc. é agora conhecido como YG Plus Inc., e Yang Min-suk foi nomeado como CEO da empresa.

Segundo a Reuters, a empresa tem duas principais operações de negócios: propaganda de negócio de produção e mídia agência negócio. Ele lida com a criação de anúncios, e no lado da agência de mídia de negócios, publica transmissões de anúncios através de meios de comunicação de massa, como a televisão, rádio, imprensa e internet. Alguns de seus clientes notáveis incluem COCA-COLA, SK Telecom, e THE FACE SHOP.

Esporte[editar | editar código-fonte]

YG Golf Academy[editar | editar código-fonte]

A empresa adquiriu também a G-AD Communication, que é uma agência de golfe que atua com alguns dos profissionais golfistas sul-coreanos notáveis como Kim Hyo Joo, Lee Dong Min, Byun Jae Jin, e Yoo Go Un. A empresa também trouxe o treinador de golfe Han Yeon Hee, para atuar como instrutor chefe da YG Golf Academy. Este novo empreendimento no negócio de golfe internacional levará a atividades tais como a aquisição de campos de golfe, scouting e carinho de jogadores talentosos, hospedagem de torneios de golfe, o varejo de material de golfe e produtos de moda e introdução de outras empresas relacionadas.

Comida[editar | editar código-fonte]

Three Way Butchers (3Geori Butchers)[editar | editar código-fonte]

Three Way Butchers é um restaurante premium localizado em Hongdae. É um novo empreendimento de alimentos sob a marca "YG Food", uma colaboração entre a YG e Noh Hee Young, um ex-conselheiro do setor de alimentos do CJ. O restaurante é especializado em carne de porco, com profissionais selecionando os ingredientes e o menu para os clientes. Eles também têm a sua própria marca de bebidas, atraíndo muito interesse.

Filantropia[editar | editar código-fonte]

A YG Entertainment prometeu doar 100 wons por cada álbum vendido, 1% de todas as vendas de mercadorias e 1000 wons por cada bilhete de um concerto vendido, para instituições de caridade. Em 2009 eles arrecadaram US$141.000, e em 2010 US$160.000. A YG Family também entregou US$4,400 de carvão para famílias carentes durante o inverno. A empresa também anunciou que seria doado cerca de US$500.000 para ajudar famílias no terremoto e tsunami de Tohoku no Japão em 2011. Em 2013, o fundador e CEO Yang Hyun-suk, foi notícia quando doou todos os dividendos que recebeu como acionista da YG, para ajudar as crianças que necessitam de cirurgia. Seus dividendos totalizaram cerca de US$1 milhão.

Em 4 de maio, a YG Entertainment doou um total de 100 milhões de KRW (~ $ 92,450 USD) ao Comitê Coreano para a UNICEF com a mensagem: "Por favor, use [doação] para ajudar na recuperação dos danos do terremoto no Nepal, bem como para as vítimas que sofrem rescaldo". O fundo de ajuda será utilizado na prestação de suprimentos de emergência e medicamentos para a prevenção de doenças infecciosas entre a população no Nepal.

YG Family[editar | editar código-fonte]

Todos os artistas sob a YG Entertainment, são conhecidos coletivamente através do nome YG Family.

Grupos[editar | editar código-fonte]

Debut Nome Sexo Membros Líder Cor do fandom Fandom Status
1997 Sechs Kies Masculino Eun Ji-won, Lee Jae-jin, Kim Jae-duck, Kang Sung-hoon e Jang Su-won Eun Jiwon Amarelo YellowKies Ativo
1998 1TYM Masculino Oh Jinhwan, Teddy Park, Song Baekkyoung e Danny Im Teddy Park Preto Hip-Hop Village Inativo
2003[nota 1] Epik High Masculino Tablo, Mithra Jin e DJ Tukutz Tablo Preto High Skool Ativo
2006 BIGBANG Masculino G-Dragon, T.O.P, Taeyang, Daesung e Seungri G-Dragon Amarelo V.I.P Hiatus
2014 Winner Masculino Kang Seungyoon, Kim JinwooLee SeunghoonSong Minho Seungyoon Azul Nebula Inner Circle Ativo
2015 iKON Masculino B.I, Bobby, Kim Jinhwan, Koo Junhoe, Song Yunhyeong, Kim Donghyuk e Jung Chanwoo B.I Laranja iKONic Ativo
2016 BLACKPINK Feminino Jisoo, Jennie, Rosé e Lisa. Não definido Blink Ativo

Duplas[editar | editar código-fonte]

Estreia Nome Integrantes Líder Sexo Status
1997 Jinusean Jinu e Sean Jinu Masculino Hiatus
2014 Akdong Musician Chanhyuk e Lee Suhyun Chanhyuk Misto Hiatus

Solistas[editar | editar código-fonte]

Estreia Artista Sexo Status
2001 Lee Jai-jin (Sechs Kies) Masculino Ativo
2004 Sandara Park Feminino Ativo
2008 Taeyang (BIGBANG) Masculino Hiatus
2008 Daesung (BIGBANG) Masculino Hiatus
2009 Seungri (BIGBANG) Masculino Ativo
2009 G-Dragon (BIGBANG) Masculino Hiatus
2009 CL Feminino Ativo
2010 T.O.P (BIGBANG) Masculino Hiatus
2011 Tablo (Epik High) Masculino Ativo
2012 Lee Hi Feminino Ativo
2013 Seungyoon (Winner) Masculino Ativo
2016 Mino (Winner) Masculino Ativo
2016 Bobby (iKON) Masculino Ativo
2017 One Masculino Ativo

Sub-grupos[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Notas Status
2010 GD&TOP Integrantes do BIGBANG Hiatus
2013 GDxTAEYANG Integrantes do BIGBANG Hiatus
2014 Hi Suhyun Lee Hi e Suhyun do Akdong Musician Hiatus
2016 MOBB Song Minho (Winner) e Bobby (iKON) Hiatus

Equipe de apoio[editar | editar código-fonte]

Atores[editar | editar código-fonte]

  • Choi Ji-woo
  • Choi Seung-hyun
  • Yoo In-na
  • Lee Seung-hyun
  • Sandara Park
  • Kang Dong-won
  • Cha Seung-won
  • Kal So-won
  • Jang Hyun-sung
  • Kim Hee-ae
  • Im Ye-jin
  • Lee Sung-kyung
  • Nam Joo-hyuk
  • Son Ho-jun
  • Jung Hye-young
  • Kang Seung-yoon
  • Bae Jung-nam
  • Kim Jin-woo
  • Kim Sae-ron
  • Seo Jeong-yeon
  • Kim Hee-jung
  • Jang Ki-yong
  • Jung Eugene
  • Hyoni Kang
  • Lee Hyun-wook
  • Kwang So-hee
  • Ji E-suu
  • Lee Ha-eun
  • Yamato Kohta (Japão)
  • Kansyuji Tamotsu (Japão)
  • Daiki Hiba (Japão)
  • Jung Chanwoo
  • Kim JiSoo

Comediantes[editar | editar código-fonte]

  • Yoo Byung-jae
  • Ahn Young-mi

Modelos da YGKPlus[editar | editar código-fonte]

  • Hyoni Kang
  • Sup Park
  • Sora Choi
  • Bom Chan Lee
  • Jang Ki-yong
  • Joo Woo-jae
  • Kim Kibum
  • Park Bosung
  • Kang Hui
  • Kim Gabi
  • Lee Ho-jung
  • Lee Ha-eun
  • Hong Hyo
  • Ji Esu
  • Um Yejin
  • Bae Jeong-nam
  • Hwang So-hee
  • Jung Yoo-jin
  • Shin Jaehyuk
  • Yoon Seonah
  • Kwon Hyunbin
  • Lee Jini
  • Jung Yongsoo
  • Byun Wooseok
  • Lee Seokchan
  • Kim Pilsu
  • Ellis Ahn (Ahn Soyeon)
  • Kim Seolhee

Artistas pertencentes as empresas subsidiárias[editar | editar código-fonte]

Ex-artistas[editar | editar código-fonte]

  • 1996–1996: Keep Six
  • 2003–2004: XO
  • 2002–2005: Swi.T
  • 2003–2006: Wheesung
  • 2003–2007: Big Mama
  • 2003–2007: Lexy
  • 2004–2007: Wanted
  • 2005–2007: SoulStaR
  • 2005–2008: 45RPM
  • 2007–2008: Kim Ji Eun
  • 2003–2010: Stony Skunk
  • 2003–2011: Digital Masta
  • 2003–2015: Se7en
  • 2003–2013: Gummy
  • 1998–2013: Kang Hye-jung
  • 2000–2016: Masta Wu
  • 2009–2016: Minzy
  • 2009–2016: Park Bom
  • 2009–2016: 2NE1
  • 2014–2016: Nam Tae-hyun
  • 2014–2017: Stephanie Lee
  • 2014–2017: Lee Yong-woo
  • 2003–2017: Ku Hye-sun
  • 2016-2018: Jung Yoo-jin
  • 2016-2018: Lee Jong-suk
  • 2010-2018: Psy

Notas

  1. O Epik High foi transferido da Woollim Entertainment depois que seu contrato expirou. Depois que Tablo assinou contrato como solista em 2011 na YG Entertainment, os membros remanescentes, DJ Tukutz e Mithra Jin assinaram no ano seguinte.

Referências

  1. «Governance». YG Entertainment. Consultado em 28 de outubro de 2014. 
  2. Shim, Sun-ah; Lee, Eun-jung. «(Yonhap Interview) After 'successful' 20 years, YG Entertainment to keep pursuing refined music: CEO». Yonhap News. Consultado em 28 de janeiro de 2017. 
  3. a b c d e f 강, 두순; 송, 광섭. «[단독/레이더M] 네이버, YG엔터와 손잡는다» (em coreano). 매일경제 공식 페이스북. Consultado em 19 de março de 2017. 
  4. «YG Entertainment». Last.fm. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  5. a b c «YG is different». The Korea Times. 17 de abril de 2015. Consultado em 18 de junho de 2016. 
  6. a b «Hallyu 101: The Big Three Agencies (Part 1 – YG Entertainment)» (em inglês). KpopStarz. 14 de maio de 2013. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  7. Kim, JiYeon (19 de maio de 2012). «KPOP NEWS - The History of Yang Hyun Suk and YG: From ′Boy′ to ′CEO′ (Pt. 1)». Mwave. Consultado em 18 de junho de 2016. 
  8. «Yang Hyun Suk». YG Entertainment. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  9. «KPOP NEWS - [K-Pop Battle] Se7en vs. Rain». Mwave. 21 de março de 2013. Consultado em 8 de agosto de 2016. 
  10. «So Much For 'Family' - YG Entertainment Reveals Se7en's Contract Ended Months Ago» (em inglês). KpopStarz. 3 de julho de 2013. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  11. «K-Pop Rewind: Seo Taiji And Boys 'I Know'» (em inglês). kpopstarz. 19 de setembro de 2013. Consultado em 18 de março de 2016. 
  12. «Big Bang's Global Influence: How to Build a Boy Band That Lasts». The Hollywood Reporter. 1 de novembro de 2015. Consultado em 8 de agosto de 2016. 
  13. Park Kyeong-eun (28 de março de 2009). «'여자빅뱅' 5월 초 데뷔, 新 여자아이돌 대 격돌» ["Female Big Bang" Debut in May, Female Idol Groups Crash (Together)] (em coreano). Good Day Sports. Consultado em 8 de agosto de 2016.. Cópia arquivada em 6 de maio de 2012 
  14. Herman, Tamar (12 de julho de 2017). «10 Best K-Pop Girl Groups of the Past Decade: Critic's Picks». Billboard. Consultado em 5 de outubro de 2017. 
  15. Liu, Marian (17 de fevereiro de 2017). «K-pop's growing pains: Why Asia's biggest bands are splitting up». CNN. Consultado em 5 de outubro de 2017. 
  16. a b «Psy's 'Gangnam Style' Hits 1 Billion Views on YouTube» (em inglês). Bloomberg. 21 de dezembro de 2012. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  17. «WIN' 강승윤 속한 A팀, 최종 우승…'WINNER'로 데뷔» (em coreano). Nate. 25 de outubro de 2013. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  18. enews24 전수미 기자 (20 de janeiro de 2014). «차승원, YG패밀리 됐다…싸이·빅뱅과 한솥밥» [Cha Seung Won becomes YG family... labelmates with Psy and Big Bang] (em coreano). enews24. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  19. Mok, Fei Fei. «L Capital Asia, YG Entertainment exploring potential tie-ups». The Straits Times. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  20. «YG Entertainment to unveil cosmetics brand 'moonshot' with a launching party». Allkpop. Consultado em 16 de junho de 2016. 
  21. «Check Out Korea's Hottest New Beauty Brand». Refinery29. Consultado em 16 de junho de 2016. 
  22. Steven Koh (17 de janeiro de 2015). «YG Entertainment To Invest Nearly $100 Million Into K-Pop Culture Venue». Kpopstarz. Consultado em 3 de maio de 2015. 
  23. «Epik High to Start Their Own Label Backed By YG Entertainment and Headed by Tablo». Naver. 28 de março de 2015. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  24. «Teddy & Kush forming independent label under YG». Soompi. 21 de setembro de 2015. Consultado em 3 de maio de 2016. 
  25. Network, The Korea Herald/Asia News. «Sechs Kies inks contract with YG Entertainment». entertainment.inquirer.net. Consultado em 16 de maio de 2016. 
  26. «KPOP NEWS - Sechs Kies Officially Joins YG Entertainment». mwave.interest.me. Consultado em 16 de maio de 2016. 
  27. Herald, The Korea (10 de maio de 2016). «Actor Lee Jong-suk signs with YG». The Korea Herald. Consultado em 16 de junho de 2016. 
  28. Son, Ji-hyoung (18 de janeiro de 2016). «YG clinches contract with Kang Dong-won». K-pop Herald. Consultado em 10 de maio de 2016. 
  29. Cho, Na-young; Lee, Jae-ha (23 de maio de 2016). «'꼭지-원빈조카' 김희정, YG와 전속계약 '새출발'». OSEN (em coreano). Consultado em 23 de maio de 2016. 
  30. «YG Reveals BLACKPINK Debut Date And Teaser». Soompi. 28 de julho de 2016. Consultado em 8 de agosto de 2016. 
  31. «YG "위너 남태현 탈퇴 확정, 4인조 재편"(공식입장 전문)». Nate. Consultado em 5 de dezembro de 2016. 
  32. «K-pop girl band 2NE1 breaks up». The Korea Times. 25 de novembro de 2016. Consultado em 5 de dezembro de 2016. 
  33. «YG's solo artist One debuts with 'One Day'». Consultado em 28 de outubro de 2017. 
  34. «Watch: YG drops star-studded Mix Nine trailer». SBS PopAsia. Consultado em 28 de outubro de 2017. 
  35. «Yet another idol competition show unveiled in South Korea». AsiaOne. Consultado em 28 de outubro de 2017. 
  36. «[공식입장 전문] YG, 싸이와 8년만에 전속계약 종료.."아름다운 이별"» (em coreano). Naver. 15 de maio de 2018. Consultado em 22 de maio de 2018. 
  37. «BLACKPINK OFFICIAL WEBSITE». BLACKPINK OFFICIAL WEBSITE (em japonês). Consultado em 22 de janeiro de 2018. 
  38. «2NE1′s CL Reveals How She and Teddy Came Up With ′The Baddest Female′». MWAVE. 9 de junho de 2013. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  39. a b «Before the Album». Complex. 2013. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  40. «Brown Eyed Girls' Jea and YG Producer PK Have Been Dating for 3 Years». MWAVE. 27 de novembro de 2013. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  41. «Big Bang's fourth mini-album tracklist + concept photos released!». Allkpop. 17 de fevereiro de 2011. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  42. «Uk Jin Kang: Instagram» 
  43. «Sung Hwak Cho: Instagram» 
  44. «Why Taeyang's "Rise" is a Chart Topper». Hellokpop. 4 de junho de 2014. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  45. «SISTAR makes a hot comeback with "Alone" on 'Inkigayo'!». Allkpop. 15 de abril de 2012. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  46. «WINNER Debuts With Two Emotional MVs: "Empty" & "Color Ring!"». MTV K. 12 de agosto de 2014. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  47. «YG signs exclusive contract with lyricist». Naver. 14 de julho de 2015. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  48. «Crazy Girls». Consultado em 5 de maio de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]