Yago Pikachu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Yago Pikachu
Informações pessoais
Nome completo Glaybson Yago Souza Lisboa
Data de nasc. 5 de junho de 1992 (26 anos)
Local de nasc. Belém (PA), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,69m
Destro
Apelido Pikachu, Pokémon da Colina'
Informações profissionais
Clube atual Vasco da Gama
Número 22
Posição Lateral-direito, meia e ponta
Clubes de juventude
2001–2005
2005–2012
Tuna Luso
Paysandu
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2012–2015
2016–
Paysandu
Vasco da Gama
0220 000(62)
0145 000(27)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 17 de novembro de 2018.

Glaybson Yago Souza Lisboa, mais conhecido como Yago Pikachu (Belém, 5 de junho de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-direito, meia ou ponta. Atualmente, defende o Club de Regatas Vasco da Gama

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Nascido em Belém, Yago deu início a sua carreira aos nove anos de idade no time de futsal da Tuna Luso, o mesmo que revelou o meia Paulo Henrique Ganso. Foi lá onde recebeu o apelido de Pikachu, por sua baixa estatura e rapidez. Na época, ele não gostava de ser chamado assim.[1][2]

Paysandu[editar | editar código-fonte]

Em 2005, aos treze anos de idade, o jogador chegou as categorias de base do Paysandu.

2012[editar | editar código-fonte]

Após vários anos atuando pelas categorias de base do clube, o lateral realizou sua estreia como profissional em 2012 contra o Cametá, na Curuzu, em partida válida pelo Campeonato Paraense; na ocasião o Papão acabou derrotado por 2–1. No mesmo ano, o jogador marcou o primeiro gol de sua carreira profissional, diante do Águia de Marabá, em partida válida novamente pelo Estadual, mas viu novamente seu time ser derrotado por 2–1.[3] Ainda em 2012, 2012o lateral disputou seu primeiro campeonato nacional, a Série C, na qual marcou 6 gols, sendo dois deles muito importantes, marcados diante do Macaé na fase final, os quais garantiram o acesso do time paraense para a segunda divisão do ano seguinte.[4][5]

2013[editar | editar código-fonte]

Em 2013, o jogador conquistou o Campeonato Paraense, seu primeiro título como profissional, sendo um dos destaques do time na competição, tendo marcado seis gols.[6] Em partida válida pela Série B, contra o Avaí, Yago Pikachu chegou a marca de 100 jogos pelo Paysandu, e foi homenageado com uma placa antes do início do jogo, mas o Papão acabou sendo surpreendido dentro de casa e perdendo por 2–0 para os catarinenses.[7] Mesmo com o rebaixamento de sua equipe, sua primeira participação na Série B foi bastante positiva, tendo marcado 9 gols na competição.

2014[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Yago Pikachu contribuiu novamente para o acesso do Paysandu à Série B, ajudando a equipe a chegar na final, onde marcou um gol no primeiro jogo; porém sua equipe acabou perdendo o título para o Macaé.[8]

2015[editar | editar código-fonte]

Em 2015, diante do ABC, o jogador marcou um gol olímpico na vitória por 2–0 fora de casa, em partida válida pela Série B .[9] Em 15 de agosto, atingiu a marca de 200 jogos com a camisa do Papão, em partida válida pela Série B, na ocasião o time do Pará venceu o Oeste por 3–1 no Mangueirão.[10] Em partida válida pela Copa do Brasil diante do Fluminense, Yago marcou um belo gol de falta em pleno Maracanã; mesmo saindo com a derrota por 2–1 o lateral teve uma ótima atuação.[11] Pikachu foi novamente destaque tendo em dois minutos marcado um gol e dando passe para outro na vitória por 2–3 sobre o Botafogo, no Engenhão, em partida válida pela Série B. No total, foram 20 gols marcados no ano, sendo esse o melhor ano de sua carreira até então.[12]

Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

Em 16 de dezembro de 2015, Pikachu foi anunciado como o primeiro reforço do Vasco da Gama para a temporada de 2016.[13]

2016[editar | editar código-fonte]

Estreou na goleada por 4–1 sobre o Madureira em São Januário, válida pela primeira rodada do Cariocão, entrando no intervalo da partida. Constantemente utilizado como suplente no meio-campo e na lateral, o jogador ajudou a equipe a conquistar o Estadual invicto, seu primeiro título pelo clube.

Em 16 de julho, marcou seu primeiro gol com a camisa do Cruzmaltino, no empate em 1–1 diante do Luverdense, no Passo das Emas, válido pela Série B. No jogo seguinte, diante no Santa Cruz no Arruda, Pikachu marcou novamente, contribuindo na vitória cruzmaltina por 3–2, válida pela Copa do Brasil. Marcou ainda mais duas vezes na Série B, diante do Oeste, e do Joinville, sendo ambos os jogos em São Januário.

2017[editar | editar código-fonte]

Diante do Madureira, em 22 de março, o jogador deixou sua marca pela primeira vez no ano, dando a vitória por 1–0 ao Gigante da Colina em São Januário, válida pelo Campeonato Carioca. Marcou pela primeira vez em clássicos pelo Vasco no empate em 2–2 contra o Flamengo no Mané Garrincha, válido pelo Estadual.

Marcou seu primeiro gol na Série A do Brasileirão diante do Bahia em São Januário, em um jogo onde o Vasco saiu com a vitória por 2–1. Novamente em São Januário, o jogador marcou o gol da vitória vascaína por 1–0, diante do Avaí, novamente pelo certame nacional.

2018[editar | editar código-fonte]

No segundo jogo da equipe na temporada de 2018, Pikachu marcou o seu décimo gol com a camisa do Vasco, sendo o terceiro da vitória por 4–2 sobre o Nova Iguaçu em São Januário, válida pelo Campeonato Carioca.[14] Em seu primeiro jogo de Copa Libertadores na carreira, o lateral marcou o terceiro gol da goleada por 4–0 sobre a Universidad Concepción no Municipal de Concepción.[15] No jogo de volta em São Januário, o jogador marcou novamente, dando números finais vitória por 2–0 que sacramentou a classificação do Gigante da Colina.[16] Em grande fase, o lateral marcou pela terceira vez consecutiva na competição, sendo o terceiro gol da goleada por 4–0 sobre o Jorge Wilstermann, novamente em São Januário.[17] Novamente pelo Estadual, o jogador marcou o primeiro gol da emocionante vitória por 4–3 sobre o Boavista no Kleber Andrade.[18]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 23 de julho de 2018.

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Paysandu 2012 19 6 3 5 2 1 21 4 1 45 12 5
2013 35 9 5 4 0 1 22 6 7 61 15 13
2014 22 4 3 5 1 1 27 10 5 54 15 9
2015 33 9 7 8 4 1 20 7 5 61 20 13
Total 109 28 18 22 7 4 90 27 18 221 62 40
Vasco da Gama
2016 27 3 3 8 1 1 11 0 1 46 4 5
2017 27 2 3 2 0 0 13 3 1 42 5 4
2018 13 7 1 2 1 1 10 4 0 11 4 1 36 14 5
Total 67 12 7 12 2 2 10 4 0 35 7 3 124 27 14
Total na carreira 176 38 25 34 9 6 10 4 0 125 34 20 345 85 52

Títulos[editar | editar código-fonte]

Paysandu
Vasco da Gama

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Paysandu
Vasco da Gama

Referências

  1. «Lateral artilheiro, Pikachu jogou futsal com Ganso e entrega ex-apelido do meia: 'Petrobras'». ESPN. 23 de março de 2015. Consultado em 23 de março de 2015. 
  2. «De Glaybson a Pikachu, a aventura de um Pokémon artilheiro no Papão». GloboEsporte.com. 24 de agosto de 2015. Consultado em 24 de agosto de 2015. 
  3. «PA: Águia vence Paysandu e chega à segunda posição». Folha do Bico. 26 de janeiro de 2012. Consultado em 26 de janeiro de 2012. 
  4. «Paysandu vence Macaé por 2 a 0 e fica mais perto da vaga para a Série B». GloboEsporte.com. 2 de novembro de 2012. Consultado em 2 de novembro de 2012. 
  5. «Paysandu perde para o Macaé, mas se classifica para a Série B 2013». GloboEsporte.com. 10 de novembro de 2012. Consultado em 10 de novembro de 2012. 
  6. «Paysandu vence Paragominas e conquista Campeonato Paraense». GloboEsporte.com. 19 de maio de 2013. Consultado em 19 de maio de 2013. 
  7. «Yago Pikachu faz seu 100º jogo pelo Paysandu e recebe homenagem». GloboEsporte.com. 18 de outubro de 2013. Consultado em 18 de outubro de 2013. 
  8. «Macaé cala mais de 37 mil torcedores do Papão e fica com o título da Série C». GloboEsporte.com. 22 novembro de 2014. Consultado em 22 de novembro de 2014. 
  9. «Com gol olímpico de Pikachu, Paysandu volta a vencer o ABC no Frasqueirão». GloboEsporte.com. 12 de junho de 2015. Consultado em 12 de junho de 2015. 
  10. «Com dois de Leandro Cearense, Paysandu se reencontra com a vitória contra o Oeste». GloboEsporte.com. 15 de agosto de 2015. Consultado em 15 de agosto de 2015. 
  11. «Após brilhar no Maracanã contra o Flu, Yago Pikachu comemora atuação». GloboEsporte.com. 20 de agosto de 2015. Consultado em 20 de agosto de 2015. 
  12. «Paysandu aproveita apagões, vence o Botafogo no Engenhão e cola no G-4». GloboEsporte.com. 23 de agosto de 2015. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  13. Sá, Edgard Maciel de; Lima, Thiago (16 de dezembro de 2015). «Eurico confirma Yago Pikachu como primeiro reforço do Vasco para 2016». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  14. «Vasco x Nova Iguaçu - Campeonato Carioca 2017-2018 - globoesporte.com». globoesporte.com. Consultado em 22 de janeiro de 2018. 
  15. «Vasco passeia em Concepción e sai na frente para seguir na Libertadores». Lance!. Consultado em 1 de fevereiro de 2018. 
  16. «Vasco x Universidad de Concepción - Taça Libertadores 2018 - Ao vivo - globoesporte.com». globoesporte.com. Consultado em 8 de fevereiro de 2018. 
  17. «Vasco goleia o Jorge Wilstermann e fica perto da vaga na fase de grupos - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 15 de fevereiro de 2018. 
  18. «Em jogo maluco de 7 gols, Vasco busca virada e vence Boavista em Cariacica - Futebol - UOL Esporte». UOL Esporte 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]