Yahya Jammeh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Yahya Jemus Jammeh
Yahya Jemus Jammeh
2° Presidente da Gâmbia
Período 22 de julho de 199421 de janeiro de 2017
Antecessor(a) Dawda Kairaba Jawara
Sucessor(a) Adama Barrow
Vida
Nascimento 25 de maio de 1965 (52 anos)
Kanilai, Gâmbia
Dados pessoais
Primeira-dama Zineb Jammeh
Partido Alliance for Patriotic Reorientation and Construction - APRC
Religião Sunismo
Profissão Militar

Yahya Abdul-Aziz Jemus Junkung Jammeh (Kanilai, 25 de maio de 1965) é um militar gambiano que serviu como presidente de seu país desde que assumiu o poder por um golpe de estado em 22 de julho de 1994 até janeiro de 2017.[1] Foi eleito presidente dois anos depois, em 1996, num pleito que recebeu inúmeras críticas e novamente reeleito em 2001, 2006 e 2011.[2]

Nas eleições realizadas em 1 de dezembro de 2016, foi derrotado por Adama Barrow. Inicialmente, ele aceitou o resultado, mas em 9 de dezembro de 2016, Yahya Jammeh afirmou não reconhecer o resultado das eleições.[3] No dia 19 de janeiro de 2017, Adama Barrow tomou posse como Presidente da Gâmbia numa cerimônia realizada na embaixada da Gâmbia em Dacar, Senegal, enquanto em Banjul, Yahya Jammeh, negou mais uma vez a ceder o poder.[4] Contudo, em 20 de janeiro, Yahya anunciou que renunciava formalmente a presidência do seu país.[5]

Ex-presidente da Gâmbia exilou-se na Guiné-Equatorial e terá levado consigo USD 11 milhões e um avião de carga com carros de luxo e outros bens. Mais de USD 11 milhões estão em falta nos cofres públicos da Gâmbia, rombo que coincide com a saída do poder do ex-presidente Yahya Jammeh.[6] A denúncia foi feita por um conselheiro do presidente Adama Barrow.

Referências

  1. "President of Gambia - Yahya Jammeh" no portal sobre a Gâmbia (em inglês) acessado a 17 de junho de 2009
  2. «Presidente de Gâmbia, Jammeh se reelege com 72% dos votos». G1. 25 de novembro de 2011. Consultado em 7 de março de 2015 
  3. France Presse (17 de janeiro de 2017). «Presidente da Gâmbia decreta estado de urgência contra intervenção externa». g1.globo.com. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  4. DW África (19 de janeiro de 2017). «Adama Barrow toma posse como Presidente da Gâmbia na capital do Senegal». www.dw.com. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  5. EFE (20 de janeiro de 2017). «Ex-presidente de Gâmbia aceita ceder poder e deixar o país». UOL Notícias. Consultado em 27 de janeiro de 2017 
  6. O Globo/Agências Interncionais (23 de janeiro de 2017). «Após saída de ex-presidente de Gâmbia, somem US$11 milhões dos cofres públicos». O Globo. Consultado em 27 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
Dawda Kairaba Jawara
Presidente da Gâmbia
19942007
Sucedido por
Adama Barrow