Yakovlev Yak-130

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Yak-130
Caça
Um Yak-130, da força aérea russa, em 2012.
Descrição
Tipo / Missão Treinador avançado / ataque leve
País de origem  Rússia
Fabricante Yakovlev
Período de produção 1991-?
Quantidade produzida ~100[1][2]
Custo unitário $15 milhões[3]
Desenvolvido em Aermacchi M-346 Master
Primeiro voo em 25 de abril de 1996 (23 anos)
Introduzido em 19 de fevereiro de 2010
Variantes
  • Yakovlev Yak-130
  • Yakovlev Yak-131
  • Yakovlev Yak-133
    • Yak-133IB
    • Yak-133PP
    • Yak-133R
  • Yakovlev Yak-135
Tripulação 2 pilotos (Yak-130)
Especificações (Modelo: Yak-130)
Dimensões
Comprimento 11,49 m (37,7 ft)
Envergadura 9,84 m (32,3 ft)
Altura 4,76 m (15,6 ft)
Área das asas 23,52  (253 ft²)
Alongamento 4.1
Peso(s)
Peso vazio 4 600 kg (10 100 lb)
Peso carregado 7 250 kg (16 000 lb)
Peso máx. de decolagem 10 290 kg (22 700 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x turbofans Progress AI-222-25
Força de empuxo (por motor) 2 500 kgf (24 500 N)
Performance
Velocidade máxima 1 060 km/h (572 kn)
Velocidade de cruzeiro 887 km/h (479 kn)
Alcance bélico 555 km (345 mi)
Alcance (MTOW) 2 100 km (1 300 mi)
Teto máximo 12 500 m (41 000 ft)
Razão de subida 65 m/s
Notas
Armamento: Até 3 000 kg (6 610 lb) de armamentos simétricos e assimétricos, guiados e não guiados, tanques auxiliares de combustível e pods de equipamentos eletrônicos de contra-medidas.
Dados de: www.yak.ru;[4] www.uacrussia.ru[5]

O Yakovlev Yak-130 (designação da OTAN: Mitten)[6] é um caça subsônico para treino avançado e ataque leve desenvolvido pela empresa russa Yakovlev. O projeto do seu desenvolvimento começou em 1991 e o primeiro voou foi realizado em 1996. Em 2002, ele ganhou a competição para se tornar o caça padrão de treinamento do governo russo e em 2009 começou a ser produzido em massa para a Força Aérea da Rússia. Avançado tecnologicamente e extremamente ágil, ele é considerado um dos melhores aviões do seu tipo. Ele também pode realizar ataques leves (carregando até 3 000 kg de bombas e mísseis), além de também poder fazer missões de reconhecimento.[7]

Utilizadores[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Russian Military Plans to Order More Yak-130 Combat Trainers".
  2. "Борисоглебская учебная авиабаза ВУНЦ ВВС получила еще 2 новых учебно-боевых самолета Як-130".
  3. "Warplanes: Little Yak With Big Teeth". Strategypage.com.
  4. YAK-130
  5. wwwuacrussia.ru
  6. Parsch, Andreas; Aleksey V. Martynov (2008). «Designations of Soviet and Russian Military Aircraft and Missiles». Designation-Systems.net. Consultado em 13 de abril de 2010 
  7. "Yakovlev Yak-130 - Advanced Trainer / Light Strike (2010)". Página acessada em 14 de novembro de 2014.
  8. «Бангладеш подписал контракт на 24 учебно-боевых самолета Як-130». Комерсант.ру. Consultado em 14 de novembro de 2014 
  9. «Russia to Deliver Four Warplanes to Belarus in 2015». RIANOVOSTI. Consultado em 18 de dezembro de 2011 
  10. ВВС России получили почти все учебно-боевые Як-130 RIA News, 17 de julho de 2014.
  11. Корпорация «Иркут» передала Минобороны партию Як-130 VPK News, 27 de outubro de 2014.
  12. Корпорация «Иркут» передала Минобороны партию Як-130 и Су-30СМ VPK News, 14 de novembro de 2014.
  13. «Insight – Syria pays for Russian weapons to boost ties with Moscow». Reuters. 29 de agosto de 2013. Consultado em 14 de novembro de 2014 
  14. Anton Denisov Russia will provide Syria with first batch of jet trainers by the year end RIA, 5 de maio de 2014.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Yakovlev Yak-130
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.