Yama No Anata - Para Além das Montanhas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Yama No Anata - Para Além das Montanhas
Cartaz do filme.
Portugal Portugal
2011 •  cor •  60 min 
Realização Aya Koretzky
Produção Miguel Clara Vasconcelos
Género documentário
Música Pedro Góis
Jiro Koretzky
Aya Koretzky
Cinematografia Aya Koretzky
Edição Tomás Baltazar
Companhia(s) produtora(s) Andar Filmes
Distribuição Nitrato Filmes[1]
Lançamento 27 de outubro de 2011 (Doclisboa)
Portugal 26 de junho de 2014
Idioma francês
japonês
português
Orçamento 20 000

Yama No Anata - Para Além das Montanhas é um documentário português realizado por Aya Koretzky e produzido por Miguel Clara Vasconcelos.[2] Foi projectado no Doclisboa a 27 de outubro de 2011, onde ganhou o Prémio DocLisboa para melhor longa ou média-metragem e o Prémio Restart para melhor longa ou média-metragem da Competição Portuguesa.[3] Nos cinemas portugueses foi lançado a 26 de junho de 2014.[4][5]

Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

Ano Prémios Categorias Destinatários e nomeados Resultado Ref(s)
2011 Doclisboa Prémio DocLisboa para melhor longa ou média-metragem (Competição Portuguesa) Aya Koretzky Venceu [3][6]
Prémio Restart para melhor longa ou média-metragem da Competição Portuguesa
(Prémio Escolas)
Aya Koretzky Venceu
Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira Melhor Filme Aya Koretzky Venceu [7][8]
Prémio Revelação Aya Koretzky Venceu
Prémio da Crítica Aya Koretzky Venceu
2012 Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba Melhor Filme (Mostra Novos Olhares) Aya Koretzky Venceu [9]

Referências

  1. «Listagem de códigos de filmes 2012» (PDF). Instituto do Cinema e Audiovisual. Consultado em 10 de setembro de 2015. Arquivado do original (PDF) em 24 de setembro de 2015 
  2. «Yama No Anata». Rádio e Televisão de Portugal. Consultado em 11 de setembro de 2015 
  3. a b Pedro, Filipe (30 de outubro de 2011). «"É Na Terra Não É Na Lua", "Yama No Anata" e "Praxis" premiados no 9.º DocLisboa». Fest Magazine 
  4. de Almeida, Manuel (26 de junho de 2014). «Três filmes portugueses premiados exibidos no Nimas». Lusa. Observador 
  5. Lusa (26 de junho de 2014). «Filmes portugueses premiados em exibição no Nimas». Diário de Notícias. Global Media Group 
  6. Anderson, Kelly (31 de outubro de 2011). «Doclisboa film festival names award winners» (em inglês). Realscreen 
  7. Alves, Tiago (21 de novembro de 2011). «A música marca o 15º Festival Luso-brasileiro». RTP Cinemax. Rádio e Televisão de Portugal 
  8. Pereira, Jorge (12 de dezembro de 2011). ««Yama No Anata» e «Histórias que só existem quando lembradas» dominam no palmarés do Festival de Cinema Luso-Brasileiro». C7nema 
  9. Benevides, Diego (5 de junho de 2012). «Conheça os vencedores do Olhar de Cinema – Festival Int'l de Curitiba». Cinema com Rapadura. Diário do Nordeste 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme português é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.