Yesh Atid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Yesh Atid
Há um Futuro
Líder Yair Lapid
Fundador Yair Lapid
Fundação 2012
Ideologia Liberalismo
Centrismo
Secularismo
Liberalismo económico
Social liberalismo
Sionismo liberal
Solução dos dois Estados
Espectro político Centro
Afiliação nacional Azul e Branco
Cores Azul e Branco

Yesh Atid (em português: Há um Futuro) é um partido político centrista de Israel[1]. O partido foi fundado em 2012 por Yair Lapid e procura representar os interesses do que considera ser o centro da sociedade israelita: a classe média. Foca-se essencialmente em questões cívicas, socioeconómicas e governativas, incluindo uma reforma governativa e o fim da isenção do serviço militar para judeus ultraortodoxos[2][3][4]. O partido também defende a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo[5] e a retoma das negociações de paz com a Palestina, chegando a defender um fim à construção dos colonatos israelitas[6][7].

Nas eleições de 2013, o partido foi o segundo mais votado e juntou-se a um governo de coligação liderado pelo Likud de Benjamin Netanyahu mas[8], após divergências e um mau resultado nas eleições de 2015, Yesh Atid passou para a oposição.

Nas eleições de 2019, o partido juntou-se ao Partido da Resiliência de Israel numa coligação denominada Azul e Branco[9][10].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
2013 2.º 543 458
14,3 / 100,0
19 / 120
Governo
2015 4.º 371 602
8,8 / 100,0
Baixa5,5
11 / 120
Baixa8 Oposição
2019 Azul e Branco
15 / 120
Aumento4

Referências

  1. www.israelhayom.com http://www.israelhayom.com/opinions/beware-the-radical-center. Consultado em 8 de abril de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. «Israel elections 101: Can country risk another fragile coalition?». Christian Science Monitor. 19 de fevereiro de 2015. ISSN 0882-7729 
  3. «Yesh Atid - parties». en.idi.org.il (em hebraico). Consultado em 8 de abril de 2019 
  4. בר-זהר, אופיר; אטינגר, יאיר (1 de maio de 2012). «שירות לכל בעוד חמש שנים». הארץ (em hebraico) 
  5. Rudoren, Jodi (28 de janeiro de 2013). «Israeli Secularists Find Their Voice in Yair Lapid». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  6. «A look at the makeup of the new Israeli government». NewsOK.com (em inglês). 14 de março de 2013. Consultado em 8 de abril de 2019 
  7. «- The Washington Post». Washington Post (em inglês). Consultado em 8 de abril de 2019 
  8. «75% dissatisfied with Lapid's performance». Globes (em hebraico). Consultado em 8 de abril de 2019 
  9. staff, T. O. I. «After marathon talks Gantz, Lapid forge alliance in challenge to Netanyahu». www.timesofisrael.com (em inglês). Consultado em 8 de abril de 2019 
  10. staff, T. O. I.; Wootliff, Raoul. «United Gantz-Lapid party to be called 'Blue and White'; no women in top 6». www.timesofisrael.com (em inglês). Consultado em 8 de abril de 2019