Yona Wallach

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Yona Wallach
Nascimento 10 de junho de 1944
Tel Aviv
Morte 26 de setembro de 1985 (41 anos)
Qiryat Ono
Cidadania Israel
Ocupação poetisa, escritora
Causa da morte câncer de mama

Yona Wallach (hebraico: יונה וולך, n.1944 m.1985) foi uma poeta Israelense.[1] Orgulhosa de sua bissexualidade, surpreende seus leitores com expressões ousadas de sexualidade e de espiritualidade misturadas.

Wallach também contava com a psicologia junguiana no seu trabalho. Escreveu letras para bandas de rock israelenses. Seu livro Island Songs foi publicado em 1969. Ela morreu de câncer de mama em 1985.

Em seu poema Yonatan, ela interpreta a si mesma como um menino, Yonatan, que é decapitado por outros meninos que têm sede de sangue.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Yona Wallach». Biblioteca Nacional da Alemanha (em alemão). Consultado em 25 de novembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]