Yossi & Jagger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Yossi & Jagger
Yossi & Jagger (PT)
Delicada Relação (BR)
Pôster oficial.
 Israel
2002 •  cor •  65 min 
Direção Eytan Fox
Produção Amir Harel
Gal Uchovsky
Roteiro Avner Bernheimer
Elenco Ohad Knoller
Yehuda Levi
Assi Cohen
Aya Koren
Gênero Temática LGBT
Drama
Romance
Guerra
Música Ivri Lider
Direção de arte Amir Pick
Direção de fotografia Yaron Scharf
Figurino Natan Elkanovich
Edição Yosef Grunfeld
Companhia(s) produtora(s) Lama Films
Israel Cable Programming (ICP)
Lama Productions
Distribuição Strand Releasing
Lançamento Israel1 de agosto de 2002
Estados Unidos 18 de maio de 2003
Brasil 27 de setembro de 2003
Idioma Hebraico
Receita US$ 267,005[1]
Página no IMDb (em inglês)

Yossi & Jagger (Delicada Relação (título no Brasil) ou Yossi & Jagger (título em Portugal)) (Hebraico: יוסי וג'אגר‎ [pronuncia-se: Yossi VeJagger]) é um filme israelense de 2002, dirigido por Eytan Fox, sobre a rotina diária de soldados na fronteira entre Israel e Líbano.

O filme teve uma sequência intitulada Yossi (Hebraico: הסיפור של יוסי), lançada em 2012, que retoma a história dez anos após os eventos do primeiro filme.

Os papéis principais do filme são estrelados por Ohad Knoller (como Yossi), e Yehuda Levi (como Lior Amichai 'Jagger').

Enredo[editar | editar código-fonte]

Yossi (Ohad Knoller) é um tenente do exército israelense e comanda uma companhia na fronteira entre Israel e Líbano. Ele mantem um relacionamento amoroso com seu sargento, Lior (Yehuda Levi), que é apelidado de Jagger pelos colegas por seu estilo de astro do rock. Enquanto Yossi é reservado e taciturno, Lior tem um temperamento expansivo e extrovertido. O casal, mantem a relação em segredo e aproveitam as patrulhas externas para poderem ficar a sós um com o outro.

Certo dia, um coronel (Sharon Raginiano) chega à base com dois soldados do sexo feminino, uma das quais segue imediatamente com ele para um dos quartos do bunker. A outra, Yaeli (Aya Koren)[nota 1], mostra-se bastante interessada por Jagger, enquanto tenta se esquivar das investidas sexuais de Ofir (Assi Cohen), que tenta lhe mostrar que ela não desperta interesse algum no oficial. O coronel foi até a base supervisionar uma emboscada noturna com a qual Yossi discorda, pois a luz do luar poderia prejudicar a camuflagem e colocar a segurança de seus soldados em risco.

Lior, que está prestes a deixar o exército, expressa seus sentimentos por Yossi e revela seu desejo de apresentá-lo aos seus pais e de viver com ele. Entretanto, especialmente por causa da missão de emboscada, Yossi não dá atenção às declarações do amante e os dois discutem. Yossi critica Lior por sua imaturidade, mas não revela seu medo de que a relação entre os dois fosse descoberta.

Durante a emboscada, Yossi tenta reconciliar-se com Lior, que recusa-se a falar com ele. Ao término da missão, um dos soldados pisa acidentalmente em uma mina terrestre. Lior é mortalmente ferido, morrendo nos braços de seu amante, que só nesse momento é capaz de declarar seu amor por ele.

Após os funerais, familiares e amigos reúnem-se na casa dos pais de Lior. Sua mãe acredita que Yaeli seja sua namorada e lamenta saber tão pouco sobre o filho, incluindo seu filme e música favoritos. Yossi diz a ela que a música predileta de Jagger era "Bo", cantada por Rita.[nota 2] Ele vê um álbum de fotos e relembra com carinho os momentos vividos com Lior.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Nos créditos do filme, seu nome aparece como Aya Steinovitz.
  2. Na trilha sonora do filme, a música "Bo" é cantada por Ivri Lider.

Referências

  1. «Yossi and Jagger». Box Office Mojo. Consultado em 27 de Setembro de 2014