You Don't Have to Live Like a Referee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"You Don't Have to
Live Like a Referee"
Episódio de The Simpsons
You Don't Have to Live Like a Referee promo 4.jpg

Imagem promocional do episódio.
Episódio n.º 546
Título no Brasil Os Simpsons na Copa do Mundo
Código de produção SABF11[1]
Estreia original 30 de Março de 2014[2]
Produtor(es) Al Jean
Escritor(es) Michael Price
Diretor(es) Mark Kirkland
Convidado(s) Andrés Cantor
Temporada 25ª temporada
Couch gag A família Simpson corre pelas ruas de Pamplona, Espanha como vários touros estilizados como sofá perseguindo-lhes.
Episódios da 25ª temporada
Cronologia de episódios de The Simpsons
"The War of Art"
"Luca$"

You Don't Have to Live Like a Referee (em português livre: "Você Não Precisa Viver como um Árbitro") é o décimo sexto episódio da vigésima quinta temporada do seriado de animação de comédia de situação The Simpsons, exibido originalmente na noite de 30 de Março de 2014 pela FOX nos Estados Unidos.[3] Já na América Latina, a estreia do episódio foi ao ar em 8 de junho de 2014. Nele, Homer se torna juiz de futebol depois que Lisa faz um discurso no colégio em que elogia a integridade do pai. Ele é convidado a arbitrar na Copa do Mundo do Brasil e acaba se envolvendo com gangsteres que tentam manipular o resultado das partidas.

O episódio foi bem recebido pela crítica de televisão especializada. De acordo com o instituto de mediação de audiências Nielsen, foi assistido por 3,91 milhões de espectadores em sua exibição original e recebeu uma quota de 1.9/5 no perfil demográfico de telespectadores entre os 18 aos 49 anos de idade.

O episódio ganhou destaque na mídia por ter "previsto" alguns acontecimentos da Copa do Mundo de 2014 como o quarto título conquistado pela seleção Alemã, a derrota do Brasil para a Alemanha e a lesão sofrida pelo jogador Neymar.[4]

Produção[editar | editar código-fonte]

Em 22 de outubro de 2013, a Fox Broadcasting Company anunciou a imprensa um episódio de The Simpsons com temática voltada a Copa do Mundo FIFA de 2014, sob o título de "You Don't Have to Live Like a Referee".[5] O episódio faz parte de uma divulgação do esporte nos Estados Unidos, já que a Fox irá exibir as Copas do Mundos de 2018 e 2022.[6] Além do episódio, a Fox confirmou a criação de uma linha de produtos licenciados da série para algumas das principais equipes do planeta.[7]

O primeiro a ser anunciado foi o Chelsea.[8] Os jogadores Petr Cech, Eden Hazard, Frank Lampard, John Terry e Fernando Torres foram os selecionados e ganharam caricaturas feitas por Matt Groening.[9] Sobre as caricaturas, Terry comentou que "é incrível me ver e ver os meus colegas como personagens dos Simpsons. É o meu programa favorito".[10] Seguindo o Chelsea, em 12 de março o Barcelona apresentou em seu site oficial os jogadores Lionel Messi, Neymar, Xavi e Andrés Iniesta e suas versões personalizadas feitas por Groening.[11] De acordo com o site oficial do clube, a parceria durará até 2015, e será de inteira ação de merchandising, sem a necessidade da participação dos jogadores em qualquer episódio da série.[12]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Após um discurso feito por Lisa elogiando o desempenho de Homer como árbitro de futebol, ele recebe uma proposta para arbitrar a Copa do Mundo do Brasil. A família Simpson chega ao País após um voo turbulento da empresa fictícia Air Brasília.[13]

A família faz um tour pelas sedes do Mundial: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife e Manaus. No hotel, Bart assiste a um programa infantil com uma mulher seminua, similar ao Teleboobies (Teleseios). A inacabada Arena Corinthians aparece pronta, e Homer Simpson apita o jogo entre Brasil e Luxemburgo.[13]

Em São Paulo, Homer Simpson e a família jantam em um famoso restaurante no bairro nobre dos Jardins. Marge tenta fazer seu pedido em português. Homer vai para a rua e vê, no mesmo local, os principais pontos turísticos da cidade: o Edifício Altino Arantes (Banespa) e a Catedral da Sé, que ficam no Centro, além da Ponte Estaiada, que originalmente se localiza na zona sul, e a Torre da Band, na zona oeste.[13]

Homer Simpson é abordado por gangsteres latinos que oferecem propina para ele ajudar o Brasil a ser campeão do mundo. Após alguns pesadelos e a lembrança da filha, Lisa, que o considera seu herói, ele desiste da proposta na final, entre Brasil e Alemanha. No Maracanã lotado, Homer corretamente não marca o pênalti quando o fictício jogador brasileiro El Divo passa mal e cai na grande área (na sequência, o atleta aparece sendo sepultado), o que resulta na derrota por 2 a 0, causando ira aos gangsteres.[13]

Ao final da partida, Homer é ameaçado de morte. Porém, Marge e a mãe do gângster o salvam, e a família e termina o tour pelo Brasil conhecendo a Amazônia, que aparece sendo desmatada pelo palhaço Krusty, que deseja abrir uma filial de sua rede de fast food.[13]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

O título é uma paródia ao refrão da canção Refugee, de Tom Petty and the Heartbreakers, "não tem que viver como um refugiado". Homer também canta uma paródia da canção "Juke Box Hero", da banda Foreigner. Quando Marge está no avião, aprendendo a falar português corretamente, para que não haja mal - entendidos, o piloto fala para ela parar de tentar aprender a língua portuguesa no avião, pois isso é desrepeitoso, Marge tenta se explicar e o piloto diz que, por isso, haverá uma turbulência proposital, dando a entender que as pessoas no Brasil são estressadas e nervosas. A música Samba de Janeiro de Bellini (também conhecido como Paffendorf) faz fundo musical quando Homer é assediado por suborno, pelas sedes do Mundial: de Recife (no jogo Brasil x Espanha), em Manaus e de Brasília.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

No geral, o episódio foi bem recebido pela crítica de televisão especializada. Dennis Perkins, do The A.V. Club, deu ao episódio um "C", dizendo que "o primeiro episódio que The Simpsons vêm ao Brasil, após Blame It on Lisa, teve uma relação muito confiável entre Homer e Lisa" e que "todas as peças estavam ali para ter um episódio memorável."[14]

Tereza Lopez, do TV Fanatic, deu ao episódio três estrelas(de um máximo de 5), dizendo que "além de ser um episódio comovente, o episódio contou também com piadas visuais e cenas hilariantes," e "foi uma maneira criativa de tirar sarro da corrupção desenfreada em grandes eventos, como a Copa do Mundo.[15]

Audiência[editar | editar código-fonte]

A exibição original do episódio em 30 de março de 2014 foi vista por 3,91 milhões de telespectadores. Foi o segundo show mais assistido da FOX naquela noite, perdendo apenas para Family Guy, com 4,17 milhões de telespectadores.[16]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. The Funton Critic - "Twentieth Century Fox Consumer Products to Celebrate "The Simpsons" and Soccer with Launch of Global Campaign in 2014"
  2. The Simpsons on FOX - TheFutonCritic.com Página Acessada em 07/03/2014.
  3. «'Os Simpsons' 'previu' Alemanha derrotando Brasil e vencendo a Copa». G1. Consultado em 22 de Junho de 2016.  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Mark Patterson (25 de outubro de 2014). «Fox Announce Episode of The Simpsons with World Cup 2014 Theme» (em inglês). Bleacher Report. Consultado em 22 de março de 2014. 
  5. Jack Bell (23 de outubro de 2013). «'The Simpsons': Springfield to Brazil». The New York Times (em inglês). NYTimes. Consultado em 24 de março de 2014. 
  6. Brooks Peck (22 de outubro de 2013). «Homer Simpson to be World Cup referee in episode about match fixing». Yahoo! Sports (em inglês). Yahoo!. Consultado em 23 de março de 2014. 
  7. UOL Esporte (26 de fevereiro de 2014). «Jogadores do Chelsea viram personagens do Simpsons. Ficaram parecidos?». UOL. Consultado em 25 de março de 2014. 
  8. «Chelsea assina acordo com os Simpsons». Goal.com. 27 de fevereiro de 2014. Consultado em 25 de março de 2014. 
  9. Globo Esporte (27 de fevereiro de 2014). «'Blues-amarelos': Atletas do Chelsea viram personagens em 'Os Simpsons'». Globoesporte.com. Consultado em 25 de março de 2014. 
  10. Redação Terra (12 de março de 2014). «Barcelona apresenta versão Simpson de Neymar e Messi». Terra. Consultado em 25 de março de 2014. 
  11. FC Barcelona (12 de março de 2014). «FC Barcelona presents the first 'simpsonized' players» (em catalão). FCBarcelona.com 
  12. a b c d e Selman, Matt e Jean, Al (produtores); Price, Michael (roteirista); Kirkland, Mark (diretor) (31 de Março de 2014). «You Don't Have to Live Like a Referee». The Simpsons. Temporada 25. Séries 546. Episódio 16. No minuto 30. Fox Broadcasting Company 
  13. http://www.avclub.com/tvclub/simpsons-you-dont-have-live-referee-202845
  14. http://www.tvfanatic.com/2014/03/the-simpsons-review-you-dont-have-to-live-like-a-referee/
  15. TV Ratings Sunday: 'Revenge','Resurrection', 'Believe' & 'Crisis' Down, 'Once Upon A Time' & 'The Simpsons' Steady - TV by the Numbers Página acessada em 31/03/2014